1. Spirit Fanfics >
  2. Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) >
  3. 60. Let Me Win

História Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 61


Escrita por: angelsophih

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 61 - 60. Let Me Win


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Gangster - Imagine Jungkook (BTS) - Capítulo 61 - 60. Let Me Win

A psicóloga parecia quase estar apagando, virei a tesoura em seu peitp, o sangue jorrou um pouco e ela arregalou os olhos

- Eu estive no controle, estou no controle e sempre vou estar e enquanto isso acontecer, ninguém vai mexer comigo ou com os meus, e você sabe por que Senhora Jeon? Porque eu sou a rainha de uma legião... E essa legião não tem medo de ter que tirar o que atrapalha o seu caminho... E você esta no meu caminho, desculpe.

 Vi Senhora Jeon fechando os olhos vagarosamente, a soltei e tentei abrir a janela para fugir, mas um barulho chamou mais minha atenção...

Um estouro e as portas abertas batiam nas paredes, os gritos dos pacientes por todo lado.

Alguém estava dentro

Me escondi atrás do armário de documentos logo depois de pegar os meus em cima da mesa da psicóloga. Vozes corriam pelo corredor, quase imperceptíveis com os gritos dos pacientes, o alarme tocava avisando que alguém tinha saído ou invadido

A Porta do consultório foi aberta e passos adentraram o local, segurei a respiração nervosa, mas me senti segura quando aquela voz ecoou o local

RM: Katharinna esteve aqui

Espiei e vi RM com Jimin, eles olhavam em volta, vagarosamente sai de trás do armário

- RM... Jimin

Os dois me olharam e sorriram, corri aos braços de RM que me apertou enquanto Jimin alisava meu cabelo

RM: Que bom que te encontramos.... - ele beijou minha cabeça - Temos que sair daqui logo antes que nos encontrem com esse corpo

Acenti e entreguei os papéis que eu segurava para Jimin que o guardou dentro da mochila, RM e Jimin sairam e acentiram para mim, foi ai que notei, os garotos tinham soltado todos os pacientes e eles corriam no corredor

SG: CORRAM! - ele gritou passando por nós com Jhope e Jin 

RM e Jimin começaram a correr, Taehyung passou por mim e me puxou pela mão,os médicos corriam no corredor, Eu e Taehyung entramos em um dos quartos e fechamos a porta, ele segurava uma pistola, e tirou outra de baixo da camiseta me entregando

Tae: Ainda sabe usar não é?

- Taehyung, 2 semanas sem segurar uma arma não vai me fazer esquecer de como usá-la - Ele riu, engatilhei a arma

Tae: No três... 1...2

Sai antes de ele terminar de contar e atirei no médico que passava, voltei a engatilhar a arma e Taehyung se juntou a mim, tinhamos que passar por corredores conectados para chegarmos nos outros meninos e logo na porta de saída, nesses conectores tinhamos que ter cuidado para não ser atacados...

Mas eu não me importava, apenas queria sair daqui

Corremos pelo corredor, enquanto Tarehyung atirava em quem viesse para perto, cada vez mais se tornava mais dificil passar por conta dos pacientes lotando os corredores. E eue stava presa entre eles

JM: Katharinna pega minha mão! - ele gritou por cima do alarme

Eu era empurrada de um lado ao outro, estiquei meu braço e cerrei os olhos fortemente, JImin puxou meu braço, consequentemente meu corpo foi deslocado contra o do Jimin, que logo entrou no meio de todos para tirar Taehyung

JM: Vamos porra!

RM empurrou a porta com força, os guardas se viraram com as armas, mas sem tempo de pensar, os meninos atingiram seus peitos com balas, corremos para fora do hospital, muitos dos pacientes correram para fora do hospital, Suga me ajudou a subir na van e RM foi dirigindo

Olhei para Jhope sorrindo e o abraçei

- Vocês vieram por mim!

JIN: Claro que viemos! Não poderiamos te deixar para trás

Sorri e limpei as lágrimas

JIN: Esta chorando?

Acenti e eles riram

JH: Não precisa mais chorar... Você esta a salvo agora...

Acenti enquanto ele me abraçava, RM dirigiu até as docas, voltando a onde estivemos antes, ele estacionou a van em frente ao prédio, desci da van e Jhope me ajudou a descer, todos a voltame encaravam, subimos as esscadas e empurramos a janela entrando

JM: Seja bem vinda de volta!

- E Maryah? Emma? - os fitei confusa e eles pareciam nervosos - O que aconteceu

SG: Maryah foi com o Got7 e Blackpink para o Canadá, estão em segurança

- E Emma? Esta junto não é?! Me diga que esta

SG: Eu sinto muito... Não chegamos a tempo, a policia já tinha chegado

Levei a mão a boca contendo os soluços, as lágrimas corriam por meus olhos... Minha garotinha tinha apenas 4 anos e tinha sido levada de mim?!

- Amber vai pagar cada uma das coisas que esta fazendo conosco

JH: Vai sim

JIN: Pequena tome um banho quente... Você precisa disso

Ele me levou até o banheiro e correu no quarto, e trouxe uma roupa minha

JIN: Trouxemos algumas coisas

- Obrigada - sorrio triste pegando a roupa

Fechei a porta e desabei em lágrimas, primeiro eu e Jungkook, agora Emma?! O que essa maldita garota queria conosco?! Eu não conseguia entender

Me despi e liguei o chuveiro, encarei meu reflexo no espelho, as marcas de mãos em meu corpo me machucavam sentimentalmente, eu sentia como se fosse apertad até agora, entrei em baixo do chuveiro e deixei que as lágrimas se misturassem com a água, e depois de um longo banho, senti o meu sangue ferver apenas de lembrar do sorriso que aquela vadia deu quando nos viu saindo algemados. Me vesti e sequei meu cabelo com a toalha o deixando úmido, sai do banheiro e voltei para a sala

Tae: O que eles fizeram com você?! - ele diz fitando meus braços desnudos

Jimin segurava e fitava os papéis que eu tinha o entregado

JM: Eles realmente tentaram a convencer de que Jungkook a manipulou

- Tentaram, mas no final das contas, acabou com uma tesoura no peito

Eles riram fraco

- Como tem ficado as coisas?

RM: Bem, somos caçados... já encontramos Jungkook, mas ainda não temos um plano parar acabar com Amber

- E quando planejam tirar Jungkook de lá?

Tae: O mais breve possivel... Conhecemos bem Jungkook, ele ja deve ter arranjaddo mil brigas la dentro, e sabendo que a perna dele ainda não esta recuperada, ele pode estar em mal estado

Acenti preocupada... Taehyung tinha razão, Jungkook não era um garoto fácil, e devia estar bem ferrado sozinho na cadeia

Jungkook povs on

3 dias depois

-aaah! - gritei quando Jasen passou a mão para tirar o sangue de meu olho

Jasen: É a quinta vez Jungkook! Você vai acabar morto!

- Eu estou bem porra! - tentei me levantar ma ele me empurrou contra a cama dura

Jasen: Jungkook você tomou uma facada na semana passada! Acha mesmo que esta bem?!

Revirei os olhos

Jasen: Você é a maior dor de cabeça dos guardas! - ele riu

- Esse sempre foi o meu objetivo -ri fraco

Jasen: E seu objetivo de sair daqui?

- Não sei... - bufei - não acho que vou conseguir

Jasen: E como não? E seus amigos? Filha? E a sua esposa?

Sorri lembrando do sorriso de Katharinna, pousei a mão sobre meu peit onde estava sua tatuagem.

- Eu queria poder ver o sorriso dela

Jasen: Então porque não continua tentando para ver ele?

- Porque ela esta presa... Em um hospital psiquiatrico por causa de uma vadia qualquer... E minha filha - dei um sorriso triste - provavelmente em um orfanato, porque ela nunca nos deixaria em paz...

Jasen: Bem... Minha namorada ta me esperando lá do outro lado... Perdi ela no ano passado

- Eu sinto muito... O que aconteceu?

Jasen: Acidente de ginástica... Ela era a melhor ginásta! - ele sorriu - Seus pais odiavam me ver com ela, mas nunca deixamos de sair... Ano passado em um ensaio, 2 dias antes da maior apresentação dela, ela caiu da barra e bateu a cabeça nela... - Ele fitou o chão - EU não estava lá na hora, não sei se agradeço por isso ou me culpo, ela pediu por mim ... E eu não estava lá

- Eu sinto muito.... - segurei seu braço - antes de me casar com minha esposa, eu tive outra namorada, sua melhor amiga por acaso... Seus pais me proibiam de vê-la - ri relembrando os momentos em que eu entrava pela janela de seu quarto -  Ela gostava muito de mim e eu dela... Mas no meio de um tiroteio eu perdi ela... E a minha atual esposa sempre me culpou de sua morte, mas nunca fui eu... 

Jasen: E como foi que a sua mulher parou de te odiar?

Sorri

- Porque ela começou a me amar... E quand eu percebi, não podia viver sem ela...

Jasen: E ainda a  ama depois de tantos anos?

- Claro! Com ela é impossivel enjoar... Ela sempre tem aventuras novas para vivermos

Jasen: Bem sendo gangsters... - ele riu

- É correr ou morrer

Ele riu e eu sorri ao lembrar de tudo

Katharinna povs on

Engatilhei a arma e mirei por teste, já estavamos prontos para tirar Jungkook da cadeia.

Meu coração batia mais forte a cada segundo, eu não sabia o estado de Jungkook...

Tinhamos localizado sua cela, e entrariamos por uma exploosão da parede, teriamos que ser rápidos... E tinham muitos riscos, inclusive Jungkook sair machucado...

Tae: É melhor você usar essa aqui - ele jogou a arma para mim, sorri ao ver que era minha arma - Afinal, uma guerreira fica muito melhor usando sua própria espada - ele piscou

Fitei a arma de cano prateado e sorri

- Vocês realmente a trouxeram

SG: E poderiamos deixar sua arma para trás?

Sorri para eles, me senti a antiga Katharinna, a que estava no poder...

RM: Bem... vamos?

Acentimos, descemos as escadas e fomos até a van, as pessoas continuavsam encarando tanto quanto voltei

RM deu partida enquanto eu colocava o cinto sentada ao seu lado, não demoramos muito a chegar na prisão, e quando chegamos... Bem, senti meu coração saltar pela boca, estava realmente contra o que seguiamos, mas para recuperarmos tudo, teriamos que seguir o mau...

Descemos da van

RM: Ok, onde é a a cela dele

Yoongi fitou o celular, mordendo o lábio tentando se concentrar

SG: Nos fundos

Nos aproximamos da cerca e a pulamos para dentro, tentando ao máximo que não nos vissem, ajudamos Jimin a passar os explosivos para o outro lado... Tirei a arma da cintura e andei com ela na mão

Segurança: O que estão fazendo a... - não pode terminar a frase antes que a bala atingisse seu peito, guardei a arma de cano quente novamente no cinto

RM: Bons reflexos

- Só estou nervosa

Ele riu, não demoramos a nos parar e Suga gritar dizendo que era ali, fitei a janela, joguei uma pedra para dentro, Jimin subiu nos ombros de Taehyung

JM: Jungkook! Jungkook! - ele gritou em um sussurro

JK: Jimin?! - sua voz saiu abafada

JM: EU preciso que se distancie da parede. Rápido!

ELe desceu e eu posicionei o explosivo e o acendi, nos distanciamos da parede

JM: Corre!

Corremos até perto da grade

JM: COntamos até 3, a parede explode e nos corremos tirando Jungkook daqui...

- 3... 2... 1... AGORA!

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...