História Daddy's Little Girl - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Baby, Daddy, Jungkook, Pequena, Traficante
Visualizações 130
Palavras 959
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Dever da Senhora Kim


Fanfic / Fanfiction Daddy's Little Girl - Capítulo 10 - Dever da Senhora Kim

 - Como disse para o Jungkook, no tempo e ma hora certo, digo a vocês


                                    •••


      E assim tinha acontecido, se passaram várias semanas até que chegou o grande dia em que a senhora Kim ia nos contar o que ela tanto tinha para fazer aqui.

      Jungkook tinha me explicado o que aconteceu com ele e com a Hyuna, e eu perdoei claro, até porque tudo fazia parte do plano que o Choi queria fazer comigo e com o Jungkook.

       Depois do almoço a senhora Kim nos fez a seguir até nosso quarto e nos colocou de frente para um espelho.


 - Hoje é o dia de contar a vocês, e está próximo - Ela fica na nossa frente.

 - O que está próximo ? - Kook a olho.

 - Aqui - Ela coloca a mão na minha barriga enquanto olhava o espelho - Vai crescer um fruto, o grande herdeiro de vocês ,porém... Haverá complicações, a inveja vai trazer perigos para ele, e eu vou ajudar a cuidar dele e de você minha querida.

 - Eu... Eu vou ficar grávida ? - Digo surpresa e um pouco assustada.

 - Vai, mas não sei dizer ao certo quando, eu sei que vocês se cuidam para isso não acontecer, mas quando for para acontecer será e nada vai em pedir.

 - Mas quem vai fazer mal a o bebê ? - Kook questiona.

 - A inveja, uma pessoa, e você Jungkook vai fazer de tudo para os proteger mas o ódio é maior, por isso estarei aqui.

 - Você fala do bebê como se fosse um menino, como sabe ? - Minha vez de pergunta.

 - Eu sei, eu tenho certeza e pelo fato de ser um menino que vai causar mais ódio. E você Jungkook, algo do seu passado que lhe fez muito mal vai voltar, e você vai ter que aprender a lidar com isso, vai ter que ser ainda mais forte, vocês dois vão, os obstáculos na vida de vocês ainda não acabaram, o Choi, foi só o começo para terem uma ideia do que ainda esta por vim.


       Depois daquilo, ficamos mais um tempo conversando e quando ela saio do quarto me sentei na cama com a mão na barriga pensando em tudo que ela tinha acabado de me dizer, ter um filho pode ser bom, mas ao saber das coisas que vamos passar, se torna algo aterrorizando para mim, Jungkook estava andando de um lado para o outro no quarto, ele estava nervoso e preocupado, dava para se notar isso de longe.


 - Se continuar assim vai abrir um buraco no chão, vem aqui - Ele sobe na cama e se deita com a cabeça em meu colo.

 - Isso... Isso é tão confuso e ruim ao mesmo tempo, não que eu não queira um filho com você, mas sabendo dessas coisas eu fico desesperado, não sabemos quem vai querer o mal do bebê, não sabemos o que do meu passado vai voltar a tona, aconteceram tantas coisas.

 - Shhh... Calma, acha que não estou pensando assim ? Mas quando a hora e o dia disso tudo acontecer chegar, vamos fazer que nem a senhora Kim disse, vamos ser fortes juntos, vamos conseguir enfrentar tudo isso, ainda mais tendo a ajuda dela, então fica calmo - Faço carinho nele.


                              Xxx on


       Jeon Jungkook é o maior traficante que já existiu na Coréia. Ele faz tráficos de drogas, órgãos, e muito mais se duvidar.

         Qualquer coisa que estiverem em suas mãos ele faz com que traga dinheiro para seus bolsos, e o dinheiro que ele consegue é algo inacreditável.

        Sozinho nisso, construindo tudo do seu jeito sem precisa de ninguém ao seu lado para o ajudar, Jungkook afogou todo o país em cocaína e na lama. E ninguém consegue tirar nada dele, porém.

      A única maneira de ele ser parado é o enfrentando e todos que tentaram hoje estão mortos. Ou o matando. Mas Jungkook é coml uma erva daninha, você pode corta pela raiz, mas quando menos esperar ela estará la de novo, no mesmo lugar.

       Então eu vou tentar de todas as formas, atingindo seu pontos fracos, mas para isso tenho que trabalhar bem nisso e descobrir quais são. Ter aquilo tudo que ele construiu é o sonho de qualquer um, até os polícias do país já desistiram de prender ele, eles tem medo até de pronúncia seu nome.

       Correr o risco de tirar tudo dele é excitante, ainda mais quando se tem problemas psicológicos, como no meu caso, isso te incentiva ainda mais, mas uma pessoa irá me ajudar.

       Todos que o enfrentou, sairam mortos, mas eu quero arriscar, quero ter o gostinho de começar.... Como posso dizer... Uma guerra com ele, e é isso que eu irei fazer.


                           Você on


       Jungkook tinha ido tomar um banho para relaxar, aproveitei e ajeitei a cama e peguei um óleo para fazer uma massagem nele para ver se isso o deixa mais tranquilo. Quando ele sai do banho esta vestindo apenas uma calça de moletom, faço ele se deitar e subo em cima dele me sentando no mesmo, pego o óleo e passo em suas costas começando a massagem.


 - Suas mãos são mágicas - Sorrio.


     Depois de um tempo faço ele se virar de frente para mim e começo a beijar seu pescoço descendo por sua clavícula, colo, peito e abdômen parando em sua pélvis, o olho e toco seu membro o massageando por cima da calça.


 - Você tem que relaxar mais.

 - Então faça isso, deixei seu Daddy mais relaxado.


Tiro sua calça e seguro em seu membro começando uma leve masturbação que vai se intensificando aos poucos. Não demoro muito para o abocanhar e o chupa-lo. 

 Ele não queria relaxar mais. Então.

                                    




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...