História Daddy's little pet - yaoi - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO, Jay Park, Park Seo-joon, Wanna One
Personagens Daehwi, Eunwoo, Guanlin, Jay Park, Jinyoung, Park Seo-joon, Personagens Originais
Tags Jaypark, Kitsune, Parkjaebeom, Psj, Yaoi
Visualizações 80
Palavras 532
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


a quanto tempo não eh mesmu
vou tentar atualizar mais rápido :')

ENJOY THE CHAPTER GUYS

até as notas finais cuscus (°3°)

Capítulo 7 - Take Me - One


Fanfic / Fanfiction Daddy's little pet - yaoi - Capítulo 7 - Take Me - One

Quarta-Feira, Seul

Depois do que aconteceu na tarde passada Jay e seu pet não se viram por quase 24 horas. O Park agora passava a tarde em sua empresa, vulgo AOMG, e Yonshin na casa de Kualin.

+POVs Jay

O que foi aquilo? Um ataque de... pânico? Mas até isso não faz sentido. (Emoji pensador)
Até agora não nos falamos, e isso me dá agonia. Ele se arrumou rapidamente e foi pra escola pela manhã, desde então não parei em casa. Não tenho certeza se ele fez o mesmo. Aa, eu fiz algo de errado? Me sinto culpado de uma maneira que não consigo explicar.
Não queria ter que recorrer a ele, mas a situação exige decisões extremas.

-Me chamou... chefe?

Seojoon entrou na sala com um sorrisinho irônico. Tinha o chamado pela secretária eletrônica, e agora aquele bestão estava sentado em uma das minhas poltronas, comendo meus doces. Idiota.
-Não, a secretária imitou minha voz.
-Sendo assim voltarei pra m-
-Se cale, estou com problemas.- Disse já perdendo meu resto de paciência.

E daí se você é bonita(o), eu posso amar e odiar Seojoon ao mesmo tempo.

-Ok, conte-me o que lhe aflige- Disse se endireitando na poltrona, movendo seu olhar sempre atento pra mim. Não contive o riso, mesmo passando por uma situação complicada.

Por mais deplorável que seja, Seojoon é meu psicólogo.
-Sabe o Kitsune?- Fez um sinal positivo com a cabeça. -Então, meio que estamos com alguns...problemas internos.
-Internos em que sentido?- Riu. Por Deus, só passa merda na cabeça daquele Park.
-Não o que você está pensando. Ou é? Ahhh, estou tão confuso.- Pus as mãos sobre meu rosto.
-Pera... vocês dois...?- Sei que ele queria uma resposta negativa, mas não podia mentir se precisava de ajuda.
-Todo dia, mas essa não é a questão. Ou é, NÃO SEI.
-PERA... VOCÊ ANDA FAZENDO COISAS INDECENTES COM SEU SOBRINHO PARK JAEBEOM?- Levantou-se, me olhando incrédulo.
-Como eu disse, todo dia. E não, ele não é meu sobrinho.

Seojoon ainda demorou alguns segundos pra entender parte daquilo, até que se sentou novamente e voltou a me olhar.
-Ele teve uma...crise eu acho, ontem. 
-Crise hm? De quê?
-Não sei, ele começou a gritar e chorar quando eu ia... ia...
-Ia...?

Não ia fazer nada demais. Ia acariciar seu rosto, e só. Não entendi o motivo pra tudo aquilo.
-Fazer um carinho em seu rosto, somente.
-E isso foi aonde?
-No banheiro...

Me senti meio envergonhado, então involuntariamente minha voz saiu baixa.
-Deus... tá explicado.- Riu.
-Não, não está. Ele nunca teve medo de mim, eu acho, por quê teria agora?
-Isso nem eu nem você podemos esperar até que adivinhemos a resposta. Vá falar com ele, seja lá o que seja seu.

Queria poder contar tudo a Seojoon, afinal ele é meu melhor amigo, mas não quero manchar a imagem de Kitsune. 

E, pensando bem, é melhor fazer o que ele sugeriu. Ir falar com o único que pode me responder. Quero saber o que aconteceu pro Kitsune ter ficado daquele jeito. Ele parecia tão triste.. tão... vazio... não quero vê-lo nunca mais assim. E como um bom dono, vou proteger meu pet, até o fim.

End Part 1


Notas Finais


Quatro avisos:

1- Esse cap vai ser dividido em duas partes. A primeira na visão do tio jay e a segunda na do Yonshin.
2- Essa cena foi "inspirada" no dorama "O Que Houve com a Secretária Kim" que por sinal recomendo muito. Nele o Jay é o Seojoon e o Seojoon é o kiyoung (uatafoqui).
3- MIL PERDÕES PELA DEMORA AAAAAA, vou postar a parte 2 ainda hoje.
4- Como sou jaebeom utted, irão ter MUITAS referências, 2bj.

até breve cuscus :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...