1. Spirit Fanfics >
  2. Daddys ( Yoonmin, Namjin e Vhope) >
  3. Episódio 42:

História Daddys ( Yoonmin, Namjin e Vhope) - Capítulo 43


Escrita por: Panqueca_k-pop

Notas do Autor


Gente eu vou posta o cap em partes porque ficou muito grande mesmo ,nesses dez dias de feriado eu não parei de escrever então o ep ficou muito grande pra ser postado de uma vez só.

Espero que você goste .

BOA LEITURA!

Capítulo 43 - Episódio 42:


Fanfic / Fanfiction Daddys ( Yoonmin, Namjin e Vhope) - Capítulo 43 - Episódio 42:

O "H" (RM )

(...)

Ao som da voz do homem através da linha fez uma grande eufórica nascer no coração do moreno de covinhas , sua atenção foi toda para o aparelho perto de seu ouvido , seus batimentos batiam em ansiedade enquanto  um largo sorriso preenchia seu rosto, talvez hoje o grande mistério séria desvendado.

_Diga-me BamBam quem é esse desgraçado- diz Namjoon ansioso deixando o hospital preste a atravessa a rua , as mãos enquietas do Kim tremiam em busca de respostas enquanto o próprio moreno só queria que todo mistério finalmente desse seu fim o trazendo finalmente paz e sossego para se dedicar ao seu filho/sobrinho .

_"O nome dele é... Pera !... NÃO!... PAR!!!"- Nem ao menos pode completa sua fala pois uma bala atravessou o crânio do loiro, o chão havia ser desabado aos pés do Kim enquanto uma lágrima solitária rolava até o asfalto da rua , uma fúria desconhecida preencheu seus pensamentos ao som da gargalhada que vinha do outro lado da linha , BamBam já não estava mais entre os vivos ... Meu irmão o matou .

_NÃO!-Grita desacreditado o Kim assustando as pessoas a sua volta , o moreno derramou suas lágrimas em desesperado enquanto entrava em um período de negação , Ele não morreu... Meu amigo não morreu !

_" Ha irmãozinho acho que não deixei claro que era pra você me achar não mandar seu cãozinho fazer o trabalho por você afinal não estou tão longe como você pensar"- diz o albino  desdenho limpando sua arma com um pano branco que encontrou no local , o moreno fora de sir rosnou para o aparelho e rangiu os dentes .

_Eu vou te acha enquanto eu te acha vou de tontura até dizer chegar SEU BASTADO FILHO DA PUTA !- Diz Namjoon descontrolado pela raiva e sede de vingança que reina em seu ser ,mais sua fúria só intensificava ao ouvir o som da gargalhada exagerada do irmão ao outro lado da linha .

_" Ha Joonie estarei a espera disso irmãozinho "- diz o albino antes de desligar o aperelho .

O corpo do moreno parou de ser movimentar assim que viu aonde havia chegado , em frente aonde tudo começou , aonde todos seus medos e inseguranças ficavam predominantes em seu rosto , aonde lembranças dolorosas e intensas faziam o homem ser arrepiar dos pés até a cabeça .

A casa aonde nasceu.

Tudo estava em ruínas, a casa estava em péssimo estado , a única coisa que restou depois do fogo enfurecente era as lembranças de um dia uma tontura era praticada , os dias sem comer ou beber apenas a dor da rejeição de quem ter trouxe ao mundo e o treinamento ardor para ser o melhor matador que poderia para seguir o legado de sua família.

Ao adentrar mais pelo local destruído as mãos do homem ser sujavam pelas cinzas que ainda era existente no ambiente,seus olhos vasculhavam todo local e aos poucos ia ser deslocando para o lugar aonde tinha mais traumas em sua mente, O quarto de sua mãe um lugar aonde um de seus medos ser mantia , a cama ainda ser mantida em pé mais estava carbonizada pelas chamas do incêndio mais algo  chamou a atenção do moreno ,uma caixa de metal maciço que ser encontrava debaixo da cama , em poucos paços o Kim ser ajoelhou perto do móvel e pegou a caixa em suas mãos.

_ O que é isso ?- pergunta intrigado pegando o objeto em suas mãos, o moreno ainda confuso abriu a caixinha encontrando diversas cartas e uma... Foto .

_" Minha cara amada , como sinto sua falta ,desde de sua ida pra Seul me mantive cuidando de nosso bebê , ele ser mostrou uma criança ativa e brincalhona além de seu interesse por armas e séries polícias que ser passam na televisão,sinto tanto sua falta que meu coração chegar a grita por sua ausência, sei que tem muitas coisas para fazer em Seul mais minha saúde anda comprometida nesses últimos meses e não sei ser poderei cuidar de nosso filho por muito tempo pois estou a morre a cada dia que ser passar , afinal acho que um detetive como eu não sou tão indestrutível como nós pensavamos , minha marrenta que tanto amo , a mulher mais dura na queda que já conheci espero que cuide de nosso bem mais preciso quando eu não infelizmente não poder mais está em vida cuidando de vocês dois , eu te amo e nosso filho sentir saudades da mãe, eu realmente espero poder ver seu rosto pela última vez antes de morre minha linda , har como eu te amo Kim ,meu coração sempre vai pentecer a uma criminosa que eu deveria prende mais não tive coragem , eu quero te ver pelo menos antes de morre .

Poderia realiza esse desejo de um pobre homem apaixonado?

~ De Han Hwan ."- o moreno lê a carta em sua mão extremamente confuso mais assim que pagar a foto tudo fez que o Kim apenas risse balançando sua cabeça em negação.

_Você estava esse tempo todo ao meu lado ... Seu filho da puta agora eu te pego .


Notas Finais


Até o próximo ep!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...