História Daijoubu My Hero - Imagine Shouto Todoroki - Capítulo 3


Escrita por: e Qiyao

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens All For One, Chiyo Shuzenji (Recovery Girl), Dabi, Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Enji Todoroki (Endeavor), Fumikage Tokoyami, Hanta Sero, Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Mina Ashido, Minoru Mineta, Momo Yaoyorozu, Ochako Uraraka (Uravity), Shouta Aizawa (Eraserhead), Shouto Todoroki, Tenya Iida, Thirteen, Tomura Shigaraki, Toshinori Yagi (All Might)
Tags Bakudeku, Boku No Hero Academia, Comedia, Drama, Família, Hentai, Heterossexualidade, Homossexualidade, Imagine Todoroki, Katsudeku, Kirikami, Luta, Magia, Mistério, My Hero Academia, Spoilers, Suspense, Todoroki, Violencia, Yaoi
Visualizações 128
Palavras 612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bo noite 😳

Capítulo 3 - Novo Problema


 Mais tarde depois de um jantar nutrido e um banho morno S/N já estava pronta para dormir, apesar de já estar pronta para a festa do pijama que fora convidada no quarto de Ochako.

Está um pouco receosa por estar usando uma camiseta fofa e cor de rosa com uma saia branca na altura da coxa. Seus pais sempre a trataram como uma princesa então sempre dormiu com esse tipo de roupa.

Vendo no celular ainda faltam vinte minutos então decidiu deixar sua porta encostada e resolveu se deitar em sua cama que está completamente iluminada pelo luar, assim que seu corpo relaxou a garota fechou os olhos.


----//----


A garota acordou quando ouviu sua porta ranger.

— Momo, eu já estou indo pro quarto da Uraraka, desculpa o atraso. -, a garota esfregou os olhos.

E quando olhou de novo se assustou porque não era Momo.

— Você devia olhar melhor antes de falar que sou a Momo. -, S/N já conhecia essa voz e sabia que ela não vinha com boas intenções.

— E você não deveria nem estar aqui, não acha que só porque chegou aqui ontem pode tudo, não é? -, ele riu. — Vou mostrar pra você que não é assim que as coisas funcionam. -, começou a se aproximar enquanto soltava seu cinto.

— Teve uma péssima decisão. -, falou enquanto seu pulso era preso com força e era forçado para o colchão.

O garoto já estava entre as pernas da mesma, enquanto lutava para seus pulso não encostarem no colchão o garoto se esfregava na mesma.

— Como você é nojento! -, falou tentando produzir sua chama azul.

Quando quase conseguiu começou a sentir seu braço queimar, o loiro realmente está disposto a machucá-la e é exatamente isso que está fazendo.

— Eu te disse, você devia ter ficado quieta! -, quando disse isso já estava levantando a saia da mesma.

— Você não vai encostar mais nenhum dedo em mim. -, conseguiu fazer força mesmo com seus braços pouco queimados, o olhou bem nos olhos e criou uma explosão no quarto.

O quarto havia sido um tanto destruído, sua janela estava destruída e no lugar dela ficou um grande buraco.

A luz do corredor se acendeu e o alarme de incêndio havia soado, as portas dos outros quartos haviam sido abertas com rapidez e os garotos estavam vindo pelo corredor para ver o que estava acontecendo.

As chamas azuis haviam saído um pouco do quarto e queimava o tapete do corredor, e assim que a fumaça chegou no teto o sprinkler* começou a funcionar.

— S/N! -, Momo se aproximou se molhando junto da garota. — O que houve aqui...? -, observou o quarto escuro porém com uma grande cratera, voltando a atenção para a garota jogada no chão. — Seus braços... -, observou os braços ensanguentados da mesma.

Quando o sprinkler parou, Momo criou uma caixa de primeiros socorros e bolsas de gelo, enquanto Todoroki congelava as bolsas, Momo e Uraraka enfaixavam os braços já desinfetados com água oxigenada.

Kyouka e Mina amarraram o cabelo da bicolor enquanto Asui e Todoroki tentavam deixá-la fresca, parecia que estava prestes a explodir de tão quente que estava.

— O que aconteceu aqui? -, Aizawa perguntou enquanto via Kirishima e Kaminari carregarem Bakugou. — Bem isso não importa agora, temos que levar esses dois pra enfermaria. -, falou quando percebeu que os outros estavam bem.

— Espero que fiquem bem. -, Toshinori falou pegando a garota no colo e Bakugou em seu ombro. — Fiquem lá embaixo crianças, Backdraft e Cementos-sensei já vão chegar para consertar tudo.

 Todos assentiram e foram andando atrás do loiro.


Notas Finais


Amanhoje tô postando mais, espero que tenham gostado 🙆

*: é um componente do sistema de combate a incêndio que descarrega água quando for detectado um incêndio, por exemplo, quando uma temperatura predeterminada foi excedida.
Fonte: rw engenharia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...