História Damned Soul - Capítulo 8


Escrita por: e feelingss

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Drama, Justin Bieber, Mistério, Policial
Visualizações 533
Palavras 1.226
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


olá bebês.

Capítulo 8 - It was a productive night


Fanfic / Fanfiction Damned Soul - Capítulo 8 - It was a productive night


Massachusetts, Estados Unidos.

Scarlett Rose ー Point Of View

Sábado, 22h56pm.


Passei a mão no cabelo me olhando no espelho. Ótimo, estou pronta. Saio do banheiro passando pelo meu quarto que estava uma bagunça, a cama estava cheia de roupas em cima. 



Fecho a porta do apartamento e guardo a chave na minha pequena bolsinha. Meu celular apita e eu pego enquanto o elevador abre. Mensagem da Suzan perguntando se eu já estava na boate, apenas respondi que estava à caminho.


ー Vamos, Alan? ー Paro na frente do meu carro esperando ele vim ate a mim.


ー Eu vou com o meu carro e você vai com o seu? ー Perguntou vindo em minha direção.


ー Vamos juntos. ー Ele apenas concorda. ー Pode dirigir. ー  jogo a chave do meu carro para ele.



ー Seus amigos é chatos? Brutos? ー Alan puxa assunto.



ー Sim e não… Quer dizer, eles não são chatos, apenas me perturbam muito. ー Dei de ombro e olhei para o lado. Não posso negar, Alan é um homem muito bonito.



ーPara de me olhar. ー  Murmurou envergonhado, ri nasalado.



ー Você está muito bonito.



ー Obrigada… Você também está muito bonita, em outras palavras… Gostosa?



ー Eu sei. ー falei sarcástica.



ー Retiro o que eu disse, seu ego é muito alto. ー Rolou os olhos.



ー Idiota! ー Sorri ーVocê sabe o caminho? 


ー Claro.


•••


ー Eu vou no banheiro, você vai?  Suzan fala no meu ouvido por conta da música alta, apenas nego.


 ーEu vou comprar uma bebida. ーProcuro pelo Alan e o encontro beijando uma garota. ー Pelo jeito, aquela ruiva foi mais rápida que você. ー sussurro no ouvido da Suzan e a mesma dá de ombros.



Caminho até o bar e quando vejo o barman quase que caio para trás. Que homem lindo é esse, como que eu não vi ele antes aqui? 


ー Oi. ー me inclino no balcão



ー Olá, boa noite. ー Além de bonito é educado. ー O que deseja? 



ー Você... – Murmuro e ele sorri de lado ー Não. ー Sorri envergonhada ー  eu quero uma dose de tequila.


ー Pronto. ー Me entregou o copo. 



ー Está muito bom. ー Lambi os lábios saboreando o sabor enquanto o barman na minha frente acompanhava o movimento. ー Como é o seu nome? 



ー Jack.  ー Sorriu de lado ー E o seu? 



ーScarlett! ー Quando ele iria me responder um casal pediu uma bebida. 



Já perdi a conta de quantos copos de drink já tomei só para ficar conversando com Jack, ele realmente me interessei nele. Eu com certeza estou mais alegre e sorrindo para tudo. Não estou bêbada, estou feliz.



ー Vamos direto ao ponto… Você tem um tempinho? ー Sorri sapeca.



ー Espere um pouquinho.  ー Sorriu malicioso e saiu me deixando. Já estava desistindo de esperar Jack, perdi metade da minha noite com um cara que me deixou plantada o esperando.



Um dia eu ainda o mato.



ー Demorei? ー Me virei dando de cara com Jack, sorri o olhando de cima em baixo. ー Troquei de roupa e pedi para que um amigo ficasse no meu lugar. 



ーNão importa. ー Puxei a sua mão e caminhei até a pista de dança. Começou a tocar Or Nah, um pensamento malicioso veio em minha mente e sem pensar duas vezes coloquei em prática. 


Não seria uma má ideia seduzir, Jack, não é?


 ー Você não acha melhor um lugar mais reservado? ー Mordeu de leve meus lábios. 



ー Vamos. ー Sussurrei e logo o segui.


•••


Me levantei da cama e logo me arrependi, a dor de cabeça está grande. Olhei para os lados e estranhei o fato de eu está em casa. Como que vim para aqui? 


 ーBom dia. ー Suzan entra no meu quarto com um copo de água e um remédio na mão.



ー Dia. ー Passei a mão no rosto.



ー O bom ficou no quarto da boate ontem a noite, eu sei. ー Deu de ombros e eu quase me engasguei com água.



ー Como você sabe?



ー Encontrei você saindo do quarto toda descabelada. Você me contou tudo, eu achei o máximo o sexo de vocês…. Depois te convidei para beber junto comigo e você aceitou, bebemos muito e você ficou um um cara loiro dos olhos azuis, maravilhoso porém testudo. 



ー Ótimo, transei com dois? 


ー Não, só um, o outro você só beijou. ー Deu de ombros.


ー E você? 


ー Foi uma noite produtiva. ー  Sorriu de lado.


ー Tem o dia inteiro para me contar.


•••


Segunda feira. 08h30am.


Tentei achar mais informações sobre o Justin, mas não consegui nada. A única chance de eu conseguir descobrir algo é me aproximando mais dele. Não vai ser tão difícil, Bieber parece amar me irritar com o seu jeito machista achando que pode tudo. Caminho até sua cela para levá - lo para o refeitório. 



ー Bieber. ー Bato a mão na grade.



ー Não quero comer. ー Resmunga de cabeça baixa



ー Já é o terceiro dia seguido que não come, vai passar mal. ー Me encostei na grade.



ー Tem enfermaria nessa porra pra que? ー Levantou seu olhar e eu pude ver seus olhos vermelhos.



ー Não está dormindo também. O que foi grande Bieber? Está ficando doido aqui dentro? ー Ri nasalado.



ー Porque você não me deixa em paz, vadia de quinta? ー Como uma fera, avançou na grade para se aproximar de mim.



ー Eu diria no seu próprio inferno.  ー Falei sarcástica.



ー Quer fazer parte? ー Me olhou desafiador.



ーVamos tomar um sol, hoje é o seu dia de “liberdade” não quis sair?  ー Abri a grade.



ー Acho que não. ー Falou irônico.



ー Ande logo, você vai sair por bem ou por mal. ー falei o vendo bufar e estender as mãos, me deixando algema-lo, e fechei a grade. Caminhamos até o pátio e o mesmo estava com pouco presidiários.



Observei Justin se sentar no chão, onde tinha sombra, e apoiou suas costas na parede, mexendo em suas mãos, parecendo estar em outro planeta, pensando em algo, quero dizer. Olhei para a esquerda vendo um policial se aproximar.


ー Pode ficar de olho nele? Preciso beber água. ー falei e o policial assentiu.



Me afastei indo a um bebedouro mais próximo e tomei alguns goles de água em um copo descartável. Após alguns minutos, voltei e o policial se foi. Direcionei meu olhar para dentro do pátio e vi Justin malhando e sem camisa. Me aproximei vendo suas costas suadas, seus braços musculosos e...só de pensar eu posso até sentir um calor entre minhas pernas.



Vi ele se levantar, e engoli seco me afastando um pouco, ele olhou pra mim colocando sua camisa mesmo todo suado. Eu só queria me jogar nele e foder no meio do pátio. 


ー Gostou da visão? ー perguntou, enquanto eu abria a grade, o ignorando.



ー Já vi coisas melhores. ー Encostei na parede olhando para os lados.


ー Como o Jack? 



ー Como? ー O olhei séria e ao mesmo tempo surpresa.



ー Já se esqueceu dele? ー Se fez de sonso. ー Deixa eu te ajudar lembrar, aquele cara da boate o barman….



ー Como você sabe?! ー Quase gritei me aproximando mais dele ー Você… Você colocou alguém para me vigiar? ー Sorriu largo.



ー Eu não sei. ー Deu de ombros. ー Talvez sim, talvez não…. Ou talvez Jack se…



ー Você não tem esse direito. ー Segurei seu braço com força.



ー Se sua intenção é me machucar, não esta conseguindo. ー apertou meu pulso fazendo com que eu largasse seu braço.



Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo meus amores. Demoramos um pouco, mas aqui está. Queria avisar que o ponto de vista do Justin está bem próximo, estamos animadas para o escrever, e como muita gente estava pedindo já podem festejar e aguardar ;)

Agradecemos pelos comentários e favoritos que estamos recebendo! Isso é de grande importância!

Mas é isto, até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...