1. Spirit Fanfics >
  2. Dança Para Mim - Jiwon - Bobby >
  3. One Shot

História Dança Para Mim - Jiwon - Bobby - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


⚠️Essa fanfic One Shot contém cenas para maiores de 18+ se vc tiver menos que isso não leia, ou se não gostar não leia.

💫Aconselho a lerem ela ouvindo no começo Con Calma e depois Or Nah, são músicas ótimas para essa fanfic.

🔥Aproveitem a história e deixem nós comentários oq acharam, sejam felizes, dois beijos.

Capítulo 1 - One Shot


Fanfic / Fanfiction Dança Para Mim - Jiwon - Bobby - Capítulo 1 - One Shot

O dia amanheceu lindo demais para eu ter acordado de mal humor, mas foi isso que aconteceu, eu estou de mal humor por que hoje não terá aula de dança e poxa, eu faço aula de dança justamente para esvaziar a mente e relaxar, mas fazer o que.


Levanto da cama e vou para o banheiro, retiro a única peça de roupa que eu usava (Calcinha) adentro o box e ligo o chuveiro na água fria, precisava espantar o sono se não eu iria passar o dia dormindo, passei metade do banho dançando e cantando, meu pequeno dueto e a plateia era os meus produtos de beleza.


Após acabar o banho e vencer o dueto eu saiu enrolada na toalha indo até o meu guarda-roupa, pego um conjunto de moletom, short e blusa de manga grande e capuz.


Pego meu creme para pele e o passo pelo meu corpo, o que? Preciso cuidar dessa pele de porcelana que eu tenho, termino de passar o creme e me visto.


Passo o creme em meus cabelos e os penteio os deixando solto, odiaria ter caspa só por que prendi meu cabelo enquanto ele estava molhado.


Desço a escada da minha casa indo em direção a cozinha de cor cinza, adentro a mesma e pego um frigideira fritando dois ovos, logo após eu frito alguns pedaços de bacon e depois eu faço uma panqueca, faço um suco natural e coloco na mesa.


Coloco a panqueca no prato e jogo a calda de chocolate por cima logo colocando dos lados os ovos mexidos e o bacon, me sento na cadeira e corto um pedaço da panqueca a colocando na boca saboreando.


Estava tranquila começando e saboreando a minha panqueca que eu fiz com tanto carinho, porém sou atrapalhada com a campainha tocando, amaldiçoado seja o ser que está tocando a minha campainha tamanha das 8 horas da manhã!.


Levanto da cadeira e vou até a porta a abrindo dando de cara com Jiwon, suspiro e resmungo o encarando.


- O que você quer? - Pergunto sem paciência


- Assim? Tão curto e grosso? Cadê o "Bom dia amor da minha vida"?


- Jiwon! Eu não tô com paciência pra mim te receber com "Bom dia amor da minha vida" ok?!


O mesmo me encara e adentra a minha casa, resmungo e fecho a porta atrás de mim e caminho para a cozinha sendo seguida pelo menos, me sento na mesa junto a ele e volto a comer.


- O que você tem hoje? - Acaricia meu rosto


- Tô irritada por que hoje não teve aula de dança e você sabe que eu amo as aulas de dança - Respondo cabisbaixa


- Por que você não dança para mim? Eu adoraria lhe ver dançar - Ele sorrir


Levanto da mesa e seguro na mão dele o levando até o meu quarto, adentro o quarto e tranco a porta logo colocando a música Or Nah.


Comecei a mexer meu corpo conforme o ritmo da música.


Eu tenho muito dinheiro

Eu não me importo de gastá-lo


Eu vou fumar esse baseado, depois te pego de jeito

Eu estaria mentindo se eu dissesse que você não é única

Todas essas tatuagens em minha pele te excitam

Muitos cigarros, bebidas, essa é a merda que eu estou falando


AUTORA ON


A música envolvia o quarto trazendo uma sensação prazerosa, S/n movia o corpo conforme a música ia tocando.


Ouvi dizer que você não é do tipo que leva para casa e apresenta à mãe

Vamos transar ao deixar o clube ou não?

Eu não estou gastando dinheiro à toa, quero ver você tirar as roupas

Eu vou estourar esta garrafa, você vai me dar um oral ou não?


Se aproximando de Jiwon, S/n se sentou no colo dele começando a rebolar no ritmo da música, indo para frente e para trás, circulando a cintura em cima do membro rígido de Jiwon.


Você gosta do jeito que eu mexo minha língua ou não?

Você pode montar no meu rosto até que você esteja pingando

Você pode lamber a ponta depois engolir o pau ou não?

Você pode me deixar esticar essa buceta ou não?

Eu não sou do tipo que liga no outro dia

Mas do jeito que você faz isso em mim, é provável


Jiwon pegou S/n no colo e a deitou na cama, retirou a camisa dela agradecendo aos deuses por a peça que tanto o irrita não estar ali, Jiwon odiava ter que tirar o sutiã de suas vítimas na cama, sempre os rasgava.


Com um sorriso nos lábios Jiwon começou a chupar, morder, e mamar o seio direito da mesma, enquanto sua mão brincava com o esquerdo o deixando rígido, Jiwon adorava a sensação de ter o seio da jovem em sua boca.


Não há ninguém tentando te salvar ya

Bebê, pegue essa grana

Provavelmente tem um monte de outras cadelas lhe devendo favores

Buceta tão boa, eu tive que guardar essa merda para mais tarde

Levei-a para a cozinha, peguei ela ali mesmo na mesa

Ela repetia xo até a morte, que estou tentando fazer essas vadias suarem

Estou tentando manter essa boceta molhada, eu to tentando foder com ela e suas amigas


Os gemidos de S/n poderiam ser ouvidos de longe se a música não tivesse impedindo isso, ela estava adorando a sensação de ter seus peitos chupados como gosta, porém resmungou e gemeu dengosa quando sentiu a boca do rapaz sair de seus seios.


Jiwon ficou entre as pernas de S/n e tirou o short da mesma junto a calcinha, e salivou ao ver o íntimo da jovem latejar por atenção, estava pedindo para ser chupada e ele adorava a ver assim, Jiwon então reparou na buceta molhada da mesma e sorriu satisfeito, adorava o jeito que a deixava entregue para si.


Jiwon desceu a cabeça até o íntimo da jovem e lambeu recebendo um gemido mediano em resposta, sorrindo ele enfiou a língua dentro do íntimo da mesma e chupou, levou a língua até o clitóris dela e começou a lamber, chupar com força e passar os dedos a fazendo revirar os olhos e jogar a cabeça para trás puxando o cabelo do rapaz.


Você vai isso por grana menina ou não?

Mostre-me que você realmente está afim desse dinheiro ou não?

Não brinque com um chefe, menina tire tudo

Guarde-se para a pessoa certa

Você vai conseguir tudo

Você realmente quer o dinheiro ou não?

Você pode realmente aguentar esse pau ou não?


Jiwon cansado daquilo levantou e retirou a própria roupa, seu corpo era bem formado, tinha tatuagens em algumas partes do abdômen e uma caveira na parte do pescoço.


Ele então abriu um preservativo e o colocou, ficando entre as pernas de S/n ele adentrou ela fazendo a mesma soltar um gemido alto, como ele amava os gemidos dela, amava o jeito que ela quicava para ele, amava o jeito que ela o chupava, ele amava tudo nela.


Jiwon já dentro da mesma começou a se mover, lento no começo e aumentando a velocidade depois, os gemidos de S/n o faziam ficar mais excitado se é que será possível.


Posso trazer uma outra vadia ou não?

Essas coisas são com você ou não?

Oh não, oh não

Você rebolaria por um mano ou não?

Você morreria por um mano ou não?

Você mentiria para um mano ou não?

Oh não

Você pode realmente aguentar esse pau ou não?

Posso trazer uma outra vadia ou não?

Essas coisas são com você ou não?

Oh não, oh não

Você rebolaria por um mano ou não?

Você morreria por um mano ou não?

Você mentiria para um mano ou não?

Oh não


Jiwon entrava e saía dela, saía lento e voltava com força atingindo o ponto de prazer da mesma a fazendo gritar , mudando as posições Jiwon a deixou por cima fazendo a mesma quicar.


S/n quicava como nunca, amava o pau do companheiro de transa, amava o cheiro que ele chupava o seio e buceta dela e amava ainda mais o proíbido.


Garota faz essa bunda bater palmas para o jovem Dolla $ign

Você já sabe o meu dinheiro dura um longo tempo

Eu poderia deslizar nela, como Nelly

Eu vou até onde você me deixar

Garota é você me chupando ou me fodendo ou não?

Posso trazer uma outra vadia, vamos fazer um trio

Você vai fazer ovos com queijo e aveia ou não?

Você pode fazê-los assim, neste pau ou não?


S/n quicava e Jiwon segurava na coxa da mesma a ajudando, ela subia lento e descia rápido, quicava, rebolava, ia para frente e traz, cada movimento fazia ambos irem aos céus e voltar numa velocidade incrível, amavam a sensação que ambos os corpos sentiam quando estavam juntos, colocados no calor do momento.


Transavam como nunca, tinham sempre as melhores fodas e isso era de se invejar, Jiwon sabia como enlouquecer uma mulher apenas com a língua e S/n gostava disso, S/n sabia como quicar gostoso para um home e e Jiwon gostava disso.


Porém nenhum dos dois se importava com o que eles tinham, não sabiam se era amizade colorida ou só sexo, mas o que eles tinham era segredo dele e dos lençóis de ambas as camas, aqueles lençóis que presenciaram cada foda, cada masturbação, cada orgasmo, oh como eles amavam aquilo.


E numa última quicada S/n solta um gemido alto sentindo eu orgasmo chegar, Jiwon então solta um gemido abafado gozando enquanto segura a mesma para não cair para trás, S/n fraca se encosta no peitoral de Jiwon ofegante e cansada.


E mais uma vez eles transaram, sem compromisso, sem testemunhas, apenas eles e os lençóis.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...