História Dançando com você - Kai - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho
Tags Drama, Exo, Festa, Kai, Romance, Sexo, Você
Visualizações 164
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeiro e um dos únicos ponto de vista pelo Kai 💕

Capítulo 10 - X - Pensamentos de Kai


Fanfic / Fanfiction Dançando com você - Kai - Capítulo 10 - X - Pensamentos de Kai

Dançando com você 

Capítulo 10 – Pensamentos de Kai.

 

Acordei mais tarde naquele dia ainda nos braços de Kai, ele estava tão lindo dormindo. Seus cabelos lisos bagunçados, deixando lindo como sempre. Fico velando seu sono quieta em seus braços. O mesmo se remexe um pouco na cama e acaba acordando, Jongin sorrir ao me ver, o mesmo beija minha testa delicadamente, enquanto fecho os olhos afim de aproveitar o contato. 

- Oi. - Sorrir.

- Oi. - Digo tímida. 

- Está acordada  faz tempo? - Nego. - Queria ficar aqui com você, porém preciso ensaiar. – Suspira decepcionado.

- Eu entendo. - Sento na cama.

- Minha linda! - Beija minhas costas desnuda. 

Não tenho mais vergonha de ficar nua perto dele, afinal já passamos dessa fase faz tempo, passamos muito dessa parte.

- Você já vai? - Enrolo no lençol indo para o banheiro. 

- Sim e não. - Me segue sério. 

Vou ate o banheiro afim de tomar um banho, ligo o chuveiro afim de relaxar, entro no box sendo observada por Kai. O mesmo tira sua cueca box e vem até mim, ele entra no banho comigo e me abraça por trás. Não fizemos sexo nem nada, muito pelo contrário. Ficamos trocando carinhos e isso está me assustando. Dês do começo coloquei na minha cabeça que iria ser apenas sexo e nada mais, porém agora estou confusa demais. Ele está me tratando com carinho e amor. Ele está me deixando muito confusa com seus atos repentinos. Suspiro quando saímos do banheiro, visto uma roupa confortável já que não iria sair, Kai então veste sua roupa, antes de ir ele me beija intensamente. Ao terminarmos sorrimos um para o outro e ele se vai, me deixando confusa ainda mais. 

 

Kai POVS

 

Droga! Chego em meu apartamento e bato a porta com força, eu poderia estar com ela agora lá. (S/N) vem andando nos meus pensamentos sempre, toda vez que fechos os olhos vejo seu belo sorriso. Aquela menina mulher me deixa louco, nunca senti isso antes por outra pessoa. Quando tivemos nossa primeira vez disse para mim mesmo que seria apenas sexo, tudo seria apenas puro sexo selvagem como gostávamos, contudo ela não saiu da minha cabeça muito antes de fizemos sexo. 

Quando a vi conversando com aquela mauricinho fiquei possesso de raiva, só pensar outro homem lhe tocando meu sangue ferveu, quando vi já estava lá brigando com aquele tal de Chen. O desgraçado teve audácia de chamar o meu docinho de (S/A)! Ah, ele não sabe com quem está mexendo, quis mostrar para ele quer (S/N) é a minha mulher! Contudo, (S/N) não deixou socar o mané. 

Coloco minha roupa para ensaiar, deixo a música tocar enquanto sinto meus músculos relaxarem com a música que tocava ali, cada passo que dava lembrava da minha menina, minha (S/N). A mulher que vem estando em minha cabeça essa tempo todo. Não tenho olhos para outra, contudo tenho medo de que não seja recíproco. Ela não parece gostar de mim e isso me deixa bem decepcionado, preciso conquistar ela, conquistar o meu docinho. 

Quando vi as horas já estava na hora de ir para a boate dançar, tomo um banho rápido, pego uma cueca box preta, visto a peça desejada rapidamente, após isso pego minha calça preta justa, uma regata branca. Termino de me arrumar rapidamente, antes de ir quero ver a minha menina, hoje por ser quinta ela não ira na boate, talvez só amanhã ela fosse. Na verdade meus dias de dançar são quartas e sextas, porém essa semana troquei com um outro dançarino que possuía um compromisso importante hoje, bato na porta do meu docinho sendo recebida por ela.

- Vai sair? - Pressiona os lábios.

- Vou na boate dançar. – Dá espaço para que eu entre. 

- Na o sabia que dançava as quintas. - Comenta pensativa.

- Na verdade danço, quartas e sextas. Contudo troquei com um outro dançarino que tinha o compromisso importante hoje. - Explico.

- Ah sim. - Me olha. - Esta bonito, tenho certeza que aproveitar bem a noite hoje. - Vejo seu rosto entretecer.

- Na verdade a noite vai ser bem chata. - Me olha sem entender. - Você não estará lá para me ver. - Me aproximo. - Hoje só vou ir lá dançar e vir embora. Não quero ficar lá sem você. - Confesso.

- Amanhã e vou com as meninas. - Sorrio.

- Então amanhã e como todos os dias vou dançar só para você. - Cora. - Se cuida! -Encosto nossas testas.

- Você também. - Fica pensativa.

- Um boquete pelo seus pensamentos! - Brinco, mas na verdade não seria tão ruim.

- Tão galanteador você. - Rir. 

- Eu sei que você adora minha língua na sua bocetinha! – Nega sorrindo.

- Tão boca suja. - Brinca.

- Preciso ir, docinho. – Suspiro triste.

- Já? - Assinto, 

- Tranca tudo ok? Por favor se precisar de qualquer coisa me liga. - Assente. 

- Tchau, Kai. - Vamos até a porta.

- Tchau, docinho! - Beijo sua testa. - Tranque a porta, irei ficar aqui esperando ouvir o barulho da senhorita trancado a porta. Você deixar sempre a porta aberta e isso não é seguro. - revira os olhos. 

- Sim, senhor Capitão! - Bate continência

- Boba! - Sorrir. 

(S/N) fecha a porta após eu lhe dá outro beijo na testa, fico esperando a mesma trancar a porta. Me preocupo bastante com ela, ela sempre deixa a porta aberta e isso não é seguro, não quero que nada aconteça com ela, sua segurança é o mais importante para mim. 

- Tchau, meu docinho. - Digo após ouvir a porta ser trancada.

Vou ate o elevador pensado na (S/N), ela ainda vai me enlouquecer. Hoje a boate não terá graça alguma, sem ela não tem graça estar dançando. Mas pelo menos tem um lado positivo nessa história, hoje vou poder bater um papo bem sério com SeHun, preciso deixar umas coisas bem claras para ele. Coisas que eu deveria ter dito há muito tempo. Dessa vez vou fazer tudo diferente, com (S/N) será tudo diferente do que eu já fiz.


Notas Finais


Kai gosta da (S/N) ❤❤
O que será que ele vai falar com o SeHun? 👀
Perfil: @KimPark__


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...