História Dance comigo - Suga (reconstruída) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Blackpink, Brasil, Brigas, Bts, Coréia, Romance
Visualizações 8
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aaaaaaahh voltei meus amores, com algumas alterações, mas não deixa de ser nossa fic.

Espero que gostem da minha reconstituição bebês ❤

Boa leitura...

Capítulo 1 - Prólogo


*S/N on* 

  Já tem uns dois meses que frequento a academia Dancing Seoul, entrei nessa academia pois soube por meio de panfletos que diariamente tinha aulas na mesma e como desde pequena, dança sempre foi uma das minha paixões, não pensei duas vezes em me inscrever.

  Nunca tive muitas amigas mulheres, e como a maioria dos meus amigos eram homens, meus pais temiam que eles "tentassem algo contra mim", essa era a desculpa deles pra me afastar dos meus amigos, já que eu era literalmente a única mulher em um grupo de 4, isso fez com que meus pais me mandassem pra Coreia do Sul, mais especificamente Seul, pois aqui a cultura é diferente, mais rígida, se bem que não alterou em nada, já que moraria sozinha. Apesar de morrer de saudades do Brasil, dos meus amigos, a Coreia tem me agradado, não digo que é melhor lugar do mundo pra se viver, por que realmente não é, mas tem lá seus agrados.

Kim Seokjin, conheci através de umas das minhas minhas visitas na empresa do meu pai, ele é filho de um dos negociadores, Kim Namjoon conheci através do Jin, já Jeon jungkook, nossas famílias são amigas de outras épocas. Ambos são coreanos e tiveram de mudar da Coréia ainda crianças, juntos somos os piores melhores amigos do mundo, nossas aventuras ao decorrer dos anos foram as mais loucas possíveis. Nos distanciamos de fato com a minha mudança pra Coréia, mas apenas fisicamente.

[Chamada de vídeo]

S/N: Oi meninos.

NJ: S/n que saudade, como estão as coisas? 

S/N: Estão mais ou menos Nam.

J: O que aconteceu? 

S/N: Nada que deva se preocupar, cadê o JungKook? 

JK: Presente! - Aparece do nada na câmera.

S/N: Eu tô morrendo de saudades gente, como andam as coisas aí? 

J: Namjoon quebrou o quadro que você me deu com a nossa foto.

NJ: PORRA JIN, EU JA PEDI DESCULPA. 

JK: Esses dois não tem jeito. 

S/N: E é essas brigas que eu sinto falta JungKook. - Sinto um nó se formar em minha garganta. 

JK: S/n, não importa a distância, vc pode estar do outro lado do mundo... 

NJ: mas ela está kook - Interrompe a fala de JungKook 

J: Cala boca Namjoon. - Todos riem 

JK: Como eu ia dizendo, não importa a distância, sempre seremos melhores amigos. 

NJ: Jeon Jungkook sendo fofo, eu acho que é o fim dos tempos - Dá um impulso para trás se afastando com a cadeira.

S/N: Obrigada kook, bem, já está tarde aqui, só queria ver vocês, tenho que ir, beijos amo vcs. 

Ambos: tbm te amamos. 

[Chamada finalizada]

  Aos 19 anos já possuo meu próprio apartamento, venho de uma família de classe média alta, minha mãe é uma médica renomada no Brasil e meu pai um grande empresário, mas nunca liguei muito para o que ganhava ou deixava de ganhar, eu só queria ser feliz, então meu pequeno apartamento, do jeito que eu queria, isso era minha felicidade. 

Como todos os dias, feito meus afazeres diários, deito em minha cama e durmo junto aos meus pensamentos.

[Dia seguinte]

  Em mais um dia normal da minha rotina, acordo totalmente destruída à procura dos meus óculos, olho o celular e já são 7h, ainda não acostumei com o fusorario, eu só queria dormir mais um pouco, mas não dava, tinha que ir para o trabalho. Trabalhava como secretária para Bang Si-Hyuk, chefe de uma grande agência de modelos, se não a maior de Seul, o cara é amigo do meu pai, então vim por indicação do mesmo. Quando tomo coragem, levanto da cama e acabo dando com o mindinho na quinta do criado mudo - PUTA QUE O PARIU QUE ÓDIO - Vou mancando para o banheiro onde faço minha higiene diária, me arrumo o mais rápido que posso e decido apenas comprar um café no caminho para o trabalho.

[Quebra de tempo]

  18h saio do trabalho eu vou direto para academia, hoje é sexta-feira então poucos apareceram, mas não importava.  

JM: Oi S/n, pensei que não viria hoje.  

S/N: Oi Jimin, eu sempre venho, e você sabe.

 

JM: É, eu sei. - Abriu um sorriso de canto, bem discreto.

  Park Jimin é meu professor, nos tornamos muito amigos nesses dois meses, ele sempre me ajudou bastante em tudo, desde me levar em tal lugar até passar a noite cuidado de mim por estar doente, ele me apresentou Jung Hoseok e Kim Taehyung, Hoseok era outro professor da academia, Taehyung era aluno, mas sempre ajudava os dois quando podia. Sempre fui muito confusa, nunca tive muita certeza sobre o que sentia por Taehyung, porém isso não importava, ele gosta de uma outra garota, o nome dela não importa, desde que cheguei, percebi que ele sentia algo à mais por ela, bom, pelo menos eu acho, pelo jeito como à trata.

  Enquanto aula não começa, me posiciono em meu lugar. Percebi entrar um cara diferente, nunca tinha o visto, deve ser aluno novo, ele era muito atraente, pálido, alto, roupas largas, o cabelo bagunçado em tom preto que realçava ainda mais sua postura de homem mal - Será q devo falar com ele? - Saio de meus devaneios quando ouço uma música de fundo, à aula havia iniciado - bom quem sabe quando a aula acabe, talvez fale com ele.

  Como de costume, Jimin escolhe a música, se posiciona ao meu lado e inicia o alongamento. 

  No meio de uma coreografia sinto minha pressão baixar, então me encosto em um canto qualquer. Jimin e Hoseok não podiam sair de seus lugares por minha causa, porque até então eu estava "bem", no entanto, minutos depois Taehyung me viu saindo quase desmaiando, e foi atrás de mim, Jimin e Hoseok se mostraram bastante preocupados, eu apenas disse que precisava de um pouco de ar. 

*S/N off*

*Taehyung on* 

  S/n aparentava estar mal, ela me disse que só precisava de ar, porém eu fui atrás dela da mesma forma, chegamos ao lado de fora da academia onde ela recuperava seu fôlego, e percebi que os comentários realmente condiziam com ela, ela de fato é linda.

S/N: Taehyung sério, não precisava vir atrás de mim, eu estou bem. - Ela diz se encostando na parede.

V: Me chame de Tae ou V, e não, você não está, e eu vou ficar aqui até você melhorar. - Digo em tom autoritário e colocando uma mecha de seu cabelo atrás da orelha, ela apenas sorri e se mantém com a cabeça baixa.

  Ficamos conversando do lado de fora, para distrai-lá. Nesses dois meses, ela tem sido uma ótima amiga, sempre me ajudando a fechar o salão junto de Hoseok e Jimin, nos tornamos bastante próximos esses tempos, soube por meio de Hoseok que talvez ela estivesse gostando de mim, com um sentimento à mais que amizade, só espero que nada estrage nossa amizade.

JM: TAEEEEEEEEEEEHYUNG - Escuto o Jimin me chamando, droga, logo agora?

V: Vou ver o que ele quer e já volto.

S/N: ok, não se preocupe, como disse, estou bem.

*Taehyung off*

*S/N on*

  Taehyung​ se mostrou bastante atencioso comigo hoje, confesso que gostei dele ter vindo atrás de mim.

  21h quando a aula acaba, eu fico ainda no corredor, me mantenho de cabeça baixa, as pessoas passam e nem notam minha existência, mas não me importava, minha cabeça só passava flash's do Tae. Meus devaneios se encerram quando vejo alguém parar em minha frente.

 ***: Está tudo bem? - Era o aluno novo.

S/N: Si-sim, é... Estou. - Ele apenas sorri e me encara, me fazendo corar de imediato.  

***: Desculpe não me apresentar, me chamo Min Yoongi, mas pode me chamar apenas de suga.

S/N: Então, prazer em conhecê-lo suga.


Notas Finais


Coninua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...