História Dancing in Seoul ji.kook - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Seul
Visualizações 1
Palavras 994
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, LGBT, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura :)

Capítulo 1 - "Nós devemos criar laços"


[JK P.O.V ♡]

Minhas malas já estão prontas, eu já comprei minha passagem e já esta tudo organizado, eu realmente vou me mudar do Japão.

Minha avó materna que nunca manteve tanto contato comigo por ser de outro país, disse que agora nós devemos nos aproximar e "criar laços". Então ela decidiu que bancaria meu curso de dança na escola mais cara de Seul com uma condição: que eu morasse na casa dela durante esse período. Eu não poderia recusar uma oportunidade dessa então eu aceitei, mas só tem um detalhe: ela mora na Coréia do Sul

A maior parte da minha família é de lá, meus pais são coreanos, mas decidiram que depois de casados eles iriam sair da cidade grande e começar a vida deles juntos em outro país. Eles vieram pro Japão e foi aqui que eu nasci.

Meus pais me ensinaram a falar e escrever coreano desde muito cedo, então a língua não vai ser um problema pra eu estudar lá, mas eu realmente não sei como vou passar tanto tempo com uma pessoa que quase não vi em toda a minha vida.

Sim, ela já apareceu em algumas reuniões da família e festinhas de aniversário, mas mesmo assim eu não me sinto confortável em ir morar com ela.

Eu só estou indo porque não quero desistir do meu maior sonho que é me tornar um grande dançarino. Eu sei que essa não é uma profissão tão prestigiada como a medicina ou engenharia, mas eu amo estar no palco dançando e sendo parabenizado com uma chuva de aplausos. É isso que eu quero pra minha vida.

Taehyung vulgo meu melhor amigo decidiu vir me visitar pra se despedir, já que meu voo é logo pela manhã.

- Eu não acredito que você vai me abandonar aqui nesse fim de mundo- ele diz enquanto me da um abraço apertado

- Eu não sei como eu vou sobreviver lá sem você, sério.- eu digo tentando ser o mais dramático possível- Eu vou pra um país onde eu não conheço ninguém, na casa de uma avó que nunca trocou mais de vinte palavras comigo na minha vida inteira... tem certeza que você não quer ir escondido na mala?

- Não, eu não quero, e outra, você precisa aprender a lidar melhor com as mudanças. Olha pelo lado bom, vai ser uma chance de conhecer gente nova, você vai realizar seu sonho e talvez até conhecer um garoto legal por lá, só não esquece do seu amigo aqui

- Só você pra me fazer rir Tae, obrigado - novamente nós nos abraçamos - é lógico que eu não vou te esquecer, mas você tem que me prometer que vai ir lá me ver.

- Assim que eu tiver um tempo pra te visitar eu vou lá e fico na casa dos meus amigos que moram em Seul, eu juro de dedinho - ele pega na minha mão e nós entrelaçamos nossos dedos mindinhos.

Depois disso, Tae decide ir pra casa, segundo ele eu tenho que dormir cedo. Antes de dormir eu vejo se não esqueci nada importante de fora da mala de novo, de novo, e de novo. Olho cada centímetro do meu quarto e deito na minha cama, é muito estranho saber que essa é a última vez que eu vou dormir nesse quarto por um bom tempo.

Decido ir dormir, a partir de amanhã eu vou começar uma nova fase da minha vida.

04:00 AM

Meu vôo está marcado para as 5:30 e eu estou esperando o meu táxi que me levará até o aeroporto.

Quando meu táxi chega e eu me preparo para ir embora, não consigo controlar minhas lágrimas quando vejo minha mãe chorar.

Minha mãe não vai poder me levar até o aeroporto então eu me despeço dela com um abraço apertado e demorado.

-vai dar tudo certo, filho. Boa sorte.- ela diz secando as lágrimas

-não se preocupe mãe, eu vou ficar bem lá

-não se esqueça de me ligar todos os dias, e mande um beijo pra sua avó por mim.

-nosso filho já é um rapaz crescido, não temos com o que nos preocupar.- meu pai diz enquanto me puxa para outro abraço apertado

-boa sorte meu filho

-eu vou ficar bem, eu juro - eu digo tentando tentando deixar minha mãe mais calma enquanto ela me leva até a porta.

Eu entro no táxi e aceno para os meus pais enquanto o taxista fecha o porta malas e dá a partida, olho pra trás e vejo minha casa, não sei por quê, mas já sinto falta dela.

Um pouco mais de meia hora depois chego no aeroporto e faço o check-in. Vejo que tenho tempo até entrar no avião, decido ir comer alguma coisa, mas quando vejo o preço de um mísero chá, desisto. "por que tudo em aeroporto é tão caro?" eu penso. Coloco meus fones e decido ouvir música, mas de repente a música para e quando eu vejo, era uma ligação do Tae.

- eu to nervoso pra caralho e meu voo é daqui a pouco

-bom dia pra você também, sim eu estou bem. - ele responde em tom de deboche já que nem bom dia eu dei pro meu amigo que acordou cedo pra me dar tchau.

-desculpa, bom dia.

Nós ficamos conversando por um bom tempo e Taehyung me dá conselhos e me acalma bastante, também me faz jurar que vou falar com ele todos os dias e não vou troca-lo por um coreano qualquer.

"-Atenção passageiros do voo J861 para Seul, dirijam-se para o portão de embarque 6."

-Tae, eu vou entrar no avião agora então vou ter que desligar agora, me deseje sorte

-boa sorte, qualquer coisa é só me ligar. Tchau

-tchau.

Eu me dirijo até o avião e procuro meu assento, que por sinal é na janela. Sinto meu corpo estremecer quando o avião começa a decolar, mas até esqueço do meu medo de altura quando vejo o céu pela janela, o céu estava muito lindo e as nuvens realmente parecem de algodão. Fico admirando o céu até pegar no sono.


Notas Finais


Oioii, essa é a primeira fanfic que eu posto aqui no spirit e espero que vocês gostem.
Se vocês gostarem e quiserem comentar ou curtir eu vou agradecer :)

bem vindos 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...