História Dane se o roteirista! - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Visualizações 13
Palavras 1.524
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 42 - Bla bla bla bla vamos nos divertir


Shu voltando a realidade e vendo a casa animada vazia Shu pegou alguma gasolina e tCou na casa.

Pegando o telefone e ligando para sua casa e falando com sua mãe Shu perguntou:

Mãe você está bem? Shu

Sim meu filho o que aconteceu? Mãe

Estou voltando para casa posso voltar?Shu

Sim sempre que você quiser.Mãe

Bom acertei as contas com o chefe e estou voltando para casa com algum dinheiro.Shu

Beleza quando você chegar a gente conversa foram seis meses no emprego o que aconteceu?Mãe

Não gostei de ficar sozinho bateu uma saudade de vocês.Shu

Bom venha logo.Mãe

Beleza estou pegando o ônibus para ir para aí.Shu

Shu chegando em casa três dias depois de ônibus e abraçando a sua família inteira.

Shu tinha oitocentos mil reais na conta e uma história de contrabando de drogas.

Os pais de Shu quase tendo um ataque cardíaco Shu disse:

Eu estava desempregado e fazendo supletivo, não bebi,não fumei e muito menos usei drogas,o dinheiro está ae e é todo de vocês,se quiserem entregar para a polícia para fazerem cinco minutos de fama se lembrem que quem financiou isso tudo foi o governo morrer vai ser um alívio para a gente se fizermos isso.Shu

Shu não é isso esse dinheiro é ilegal. Mãe

Isso mesmo esse tipo de dinheiro não deveria estar nas suas mãos.Pai

Bom venham comigo.Shu

Shu imprimindo quinhentos currículos e indo em várias lojas com os pais.

Bom estamos com a equipe cheia,mas guarda ali debaixo da pilha de Currículos.Alguem

Não temos vagas.Alguém

Mas até para limpar o vaso eu aceito.Shu

Não temos desculpe.Alguém

Shu pegando e indo em mais de oitenta lojas e quiosques diferentes e até se ajoelhando para um emprego,e sendo miserávelmente rejeitado os pais de Shu não tinham argumentos.

Chegando em um restaurante perto de casa e sendo chamado até de vagabundo e desgraçado pelo dono os pais de Shu tinham lágrimas nos olhos.

Pai,mãe,estão vendo? Como vou ganhar dinheiro se as pessoas sequer me dão uma chance? Shu

Filho desculpe a gente não vai mais tocar no assunto, o que você quer fazer da vida?Mãe

Bom eu estou pensando em montar o meu restaurante.Shu

E onde esse restaurante vai ser?Pai

Está vendo esse restaurante que acabou de me chingar de vagabundo,desgraçado e que disse que eu nunca ia ser ninguém na vida?Shu

Sim!Mãe/Pai

Vou comprar a casa na frente dele e abrir o meu próprio restaurante por metade do preço. Shu

Filho você não é uma boa pessoa.Mãe

Isso mesmo,isso não é uma boa coisa.Pai

E eu vou deixar um cara que eu nem conheço o nome me humilhar desse jeito na frente da minha mãe e do meu pai desse jeito? Shu

Desculpe mas tem coisas que eu posso aceitar e coisas que eu não posso aceitar,esse filho da Puta não é ninguém ele não vai sequer ter a chance estamos aqui a dez anos,e meu nome é Flávio.Flávio

O pai de Shu querendo partir para cima de Flávio e Shu o segurando com a mãe dele,os três foram para a casa da frente do restaurante.

Quanto custa essa casa?Shu

Nós compramos por cem mil mas vivemos aqui a cinco anos e essa crise financeira no país está uma loucura.

Te damos duzentos mil a vista agora e eu quero a casa vazia até sábado.Shu

Feito.

Mãe,Pai vamos lá resolver os documentos.Shu

Sim filhão!Mãe

Filho você tem certeza que você quer fazer isso?Pai

E ficar me humilhando até para lavar vaso sanitário e os caras ficarem com talvez sim,talvez não.No pior a gente tem um local para comer sossegado.Shu

Todos concordando e os documentos estando prontos a tarde,Shu e seu pai apareceram dois dias depois com marretas nas mãos e uma casa vazia.

Filho a partir daqui isso é com você.Pai

Sim vamos derrubar essa casa e refazer do zero vou ensinar a esses playboys filhos da puta o que é raiva,agora vamos ao trabalho divertido.Shu

Shu e o pai dele começando a derrubar as paredes da casa na base da marreta Felipe estava fazendo piadas e rindo com as pessoas.

No final do dia a casa demolida por inteiro Shu pagou ums cinquenta mil reais de materiais de construção e chegou em um pedreiro pinguço pai de três filhos solteiro.

Eae Luís tudo bem quanto é que você me cobra para fazer um restaurante na frente desse outro ali?Shu

Quatro mil reais e eu te entrego pronto daqui a duas semanas.Luiz

Beleza!Shu

Mas espere um pouco tem algum filho desempregado?Shu

Sim tenho dois.Luiz

Beleza está vendo esse pacote aqui?Shu

Shu contando vinte mil reais com Luiz disse:

Em duas semanas eu quero esse local pronto para receber as cadeiras e as mesas esse pacote vai ser seu,e os dois vão estar assinando a carteira comigo para trabalhar,a cada semana que o senhor atrasar vou remover mil reais desse envelope alguma reclamação?Shu

Não senhor nenhuma.Luiz

Luiz olhando para o envelope gordo e Shu indo embora para casa aquilo com certeza era a torta de carne caindo do céu em lenda.

Correndo para casa e chutando os vagabundos da sala.

Luiz colocou os dois para trabalharem quinze horas por dia durante duas semanas e puxou mais seis serventes.

Todos gritando abuso com a rotina de trabalho demoniaca,Shu tinha um restaurante pronto uma semana e meia e com capricho.

Colocando um envelope a mais encima e colocando a comida e bebida de graça no futuro para o Luiz,Shu e todos começaram a descarregar as panelas,eletrônicos mesas e cadeiras juntos.

Pessoal o negocio é o seguinte assim como os filhos do Luiz eu estou desempregado e sou tão simples como vocês,não sou rico por ter pais ricos,passei a três semanas ali na frente daquele restaurante e até pedi para lavar os vazos sanitários de joelhos vocês podem perguntar tanto para os meus pais quanto para o proprietário do restaurante aí da frente ele ficou me humilhando na frente dos meus pais ,e até me chamou de Zé ninguém.Shu

Usei a minha economia total para investir em vocês, alguma reclamação?Shu

Não nenhuma.Todos

Muito bem esse é o restaurante self service nosso,eles cobram vinte reais para os clientes comerem a gente cobra dez reais sempre.Shu

Vamos mostrar para esses filhos da puta o que é que a gente pode fazer.Shu

Vando e Vinicius vão comprar esses ingredientes na lista.Shu

Os dois limpam e se revezam no caixa e na compra de ingredientes a cozinha é a minha área exclusiva.Shu

Ok!x2

Os dois indo correndo para o local e comprando os ingredientes e outras coisas na lista,e Shu indo dormir no restaurante sozinho.

Tanto os pais e a irmã de Shu, quanto Luiz e os filhos dele tinham respeito por Shu a obra custando quatrocentos mil ao todo e Shu garantindo o salário de todos por pelo menos cinco anos.

Shu estava a noite olhando para os ingredientes e as coisas boas e usando o raio de aumento em várias carnes.

Parceiro o que você está achando? Ame no Habakiri

Calmo e quieto perfeito para a gente treinar.Shu

Sim muito satisfatório. Ame no Habakiri

O primeiro dia de funcionamento chegando e as pessoas comuns vendo a placa de coma tudo o que puder por dez reais .

As pessoas ao redor indo olhar e a comida várias ruas mais gostosa que o restaurante da frente que cobrava vinte reais o prato e Flávio gritando abuso com a falta de vergonha de Shu, todos os clientes dele sabiam a história completa por boatos e a reputação do restaurante fedendo esgoto Shu estava sorrindo de orelha a orelha enquanto o restaurante da frente estava abaixando o preço.

Shu pegando os currículos e vendo dez jovens disse:

Chame os dez aqui.Shu

Beleza.Vando

Os dez chegando e Shu tirando dez caixas de panfletos e setecentos reais para cada Shu disse:

Estão vendo essas dez caixas pesadas? Shu

Sim.Todos

Em cada caixa tem um número e no caixa a partir de amanhã vai ter uma urna.

Cada um de vocês vai ganhar setecentos reais para se livrar dessas caixas de panfletos, os dois que fizerem os clientes colocarem mais panfletos dentro vão ter a vaga,não quero saber quem vocês são ,se bebem ,fumam,ou o que tem de escolaridade eu quero resultados,quanto aos oito restantes podem tentar daqui seis meses ou recomendarem amigos para o mês que vem estamos entendidos? Shu

Sim!x10

Todos assinem os seus nomes nesses dez formulários e peguem suas caixas e sumam da minha vista e voltem como os ganhadores.Shu

Shu fazendo todos assinarem e rasgando os currículos na frente de todos e jogando na lixeira todos estavam nervosos,o dinheiro estava na mão as caixas estavam na frente deles,todos olhando para o outro e pegando uma caixa para distribuir.Shu estava pagando pontos para o sistema para a próxima travessia e o tempo configurado para uma hora no mundo real.

 Shu evoluindo o anel espacial para o espaço de uma ilha independente ele começou a próxima travessia a meia noite.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...