1. Spirit Fanfics >
  2. Danganronpa 4 : Chaos Symphony >
  3. Capítulo Um : Vida Escolar Mortal - Ínicio

História Danganronpa 4 : Chaos Symphony - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo Um : Vida Escolar Mortal - Ínicio


Eu abro meus olhos, uma escuridão vaga e estranha, nenhum ambiente familiar. Eu esfrego meus olhos, tentando os abrir, à procura de uma solução, ainda nada. Uma mão familiar me levanta, assim que eu abro meus olhos, era um rapaz alto, de cabelos cacheados.

- É-É você?

- Isso mesmo, levanta aí cara. - Diz o rapaz -

- Espera... eu me lembro!

Um flash de memória me vem à cabeça, e eu me lembro vagamente, mas a memória passa rapidamente.

- Prazer, João Pedro! Super Colegial Chef Caseiro!

- O-Olá, prazer em conhecê-lo.

- Minha especialidade é cozinhar comida boa feita em casa, pode apostar.

- Talvez numa outra oportunidade eu possa provar.

Um rapaz meio magro e com um cabelo escuro caminha até mim, ele me dá uma saudação com um "Olá."

- E ai, meu nome é Danilo. Super Colegial Programador.

- Prazer, desculpa se isso soar rude, mas por que você é tão magro?

- Não falamos sobre isso aqui, amigo.

Outro rapaz anda até mim, ele tem uma pele parda e um pequeno topete. Ele aperta minha mão e me dá uma saudação também.

- Prazer, Mateus Barbosa! Super Colegial Persistência!

- Saudações, parceiro.

- Eu sou o cara mais persistente desse lugar, pode apostar.

Outro rapaz vem correndo em minha direção, e tropeça, caindo que nem banana madura no chão. Ele se levanta tentando apresentar uma boa postura. 

- Opa, me esborrachei feio ali ... Haha, muito prazer, sou João Vitor Valentim, Super Colegial Positividade!

- O-Opa, t-tudo bom?

Ele havia um grande sorriso no rosto, mais pessoas foram aparecendo. Uma garota razoavelmente alta, de cabelos escuros e um óculos bem arrumado veio me saudar também.

- Prazer, sou Rafaela. Super-Colegial Leitora.

- Olá, prazer.

Um rapaz com cabelos loiros nas pontas e escuros atrás, com olhos notavelmente grandes e uma barba meio "mal-feita" veio em seguida.

- Olá, meu bom amigo, meu nome é Maurício, O Super Colegial Filósofo.

- Huh, você é bem arrumadinho.

- Que nada, ele é um pastelão - Diz Valentim - ele se paga de inteligente, hahaha.

- Fica quieto ai ô gaivota maluca.

- Num falei? Hahahaha.

- Vamos, tem mais gente na quadra. - Diz João -

- Certo..

Eu tento firmar minhas pernas ao chão, indo vagarosamente, mancando um pouco até o Portão. Chegamos até lá dentro, eu tendo me esforçado muito para caminhar. O resto dos Super-Colegiais vem igualmente me receber.

- Ai ai, meu nome é Yuri, Super Colegial Respondão.

- Como é o seu talento?

- Eu tenho uma resposta pra tudo, ai ai.

- Sério, qual os 6 primeiros algarismos de Pi?

- Pi, 3.1415

- Caramba, ele tem mesmo.

Um jovem moreno de cabelos encaracolados que estava sentando em uma das arquibancadas levanta e vem até mim.

- Yo, Rowan, Super Colegial Basquetista.

- Prazer.

Enquanto ele se apresenta, ele joga uma bola atrás de si, acertando a cesta sem esforço. Subitamente, outra garota sai de trás do mastro da cesta, andando em um jeito arrojado, tendo vários alunos olhando pra ela fixamente.

- Fala ai, Julia Ferreira, Super Colegial Popular.

Eu deixo pra lá por um momento, para ver os outros. A próxima na verdade, não veio até mim,  mas ao invés, eu fui até ela.

- Meu nome é Ludmila, Super Colegial Militante. - Ela diz com os braços cruzados -

- Huh.

O próximo veio até mim, me abordando de um jeito arrojado.

- Coé, engomadinho.

- Engo... madinho?

- Isso aê, bafudo.

- Uh, e.. ai?

- Deixa, ainda sim, vejo potencial em tu muleque.

- Huh..

- Miguel, Super Colegial Rebelde

Seu amigo o dá um pequeno empurrão sem violência, e vem andando

- Não liga pra ele, menor. Qual teu talento, maluco?

- Perdão, eu deveria ter dito antes. Felipe, Super Colegial Abtruso.

- Que porra é essa menor?

- Eu mexo com coisas mais desconhecidas, Profundezas da internet, xadrez, maçonaria, essas coisas.

- Já tô com medo de tu, mas beleza. Mateus Vasconcelos, Super Colegial Playboy.

Algumas das garotas nitidamente encaram-o com um olhar de admiração. Eu penso: " Que raios... "

- Ainda tem mais 3 alunos. - Diz João -

- Huh.

Um deles anda ate mim, ele estava um pouco acima do Peso, ele balançava sua mão em frente do seu rosto.

- Tenta me bater, vai.

- Que?

- Eu disse tenta me bater, passa pela minha mão.

- Uh...

- Deixa pra lá, mas bem, meu nome é Arthur, Super Colegial Lutador.

- Huh.

Um jovem de cabelo engomadinho, um óculos moderno e um colar reluzente.

- E ai meu confrade, meu nome é Breno Baltar, Super Colegial Influenciador Digital.

- Uau, você é famoso! O que você faz?

- Uh, eu faço vídeos pra criança com a minha prima...

- Entendo...

Uma garota bem magra, sentada em baixo da arquibancada, olhando para baixo. Ela parecia meio melancólica, fui abordá-la para entender a situação.

- Você está triste?

- Sim... 

- Por quê?

- Eu não tenho talento...

- Como não?

- Eu não me lembro dele...

- Não se preocupe, vamos descobrir. - Eu abro um largo sorriso -

Ela abre um sorriso igualmente. Eu jurava que seria um momento tranquilo e feliz, mas eu me enganei, isso iria pra uma série de eventos brutal e sanguinária...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...