História Danger - Imagine Johnny Seo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Hendery, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Jungwoo, Kun, Lucas, Mark, Personagens Originais, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, XiaoJun, YangYang, Yuta
Tags Imagine Johnny, Imagine Kpop, Imagine Nct, Imagine Taeil, Johnli, Johnny, Johnny Seo, Kpop, Nct, Nct 127
Visualizações 71
Palavras 859
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores, voltei.
Estou aqui com um capítulo novo que terá revelações e amados espero que vocês gostem.

Boa leitura ♥️

Capítulo 2 - Parte 002



Estava arrumando minhas coisas no armário do quarto do Taeil. Eu estava muito cansada, o dia foi corrido e eu só queria acabar aquilo logo mas parecia que nunca acabava.


Taeil foi tomar seu banho após a recepção "calorosa" do seu irmãozinho mais novo e então eu esperava ele sair de dentro daquele pequeno banheiro que tinha em seu quarto para que eu possa pelo menos ir pegar um copo de água, eu não queria correr risco de ir até a cozinha e encontrar seu caçula na sala de estar, peguei a última peça de roupa da minha bolsa e ouvi o barulho da porta do banheiro e pude sentir o bafo quente que saia de dentro do pequeno cômodo e logo senti um cheiro de sabonete predominar no quarto e uma voz angelical surgir em meus ouvidos:

— Hoje a noite eu queria te levar para algum lugar para você poder esfriar sua cabeca, nem posso imaginar o que está se passando aí dentro. — ele apontou para a minha cabeça e logo me abraçou e começou a me beijar e em meios aos nossos beijos e carícias ele falava palavras lindas em meu ouvido "você é tão perfeita" "eu queria poder te beijar o tempo todo, 24h do meu dia". Tudo estava indo cem porcento até ouvirmos uma voz do outro lado da porta.

— Hyung abre essa porta, eu pedi uma pizza, aquela favorita sua, e claro se você quiser pode chamar a sua namorada. — pude sentir um pingo de ironia na sua última frase e olhei para meu namorado e falei — Ele me odeia, eu consigo sentir isso.

— Ele não te odeia, é coisa da sua cabeça, vem vamos descer e jantar.






Eu comia meu segundo pedaço de pizza enquanto olhava para a televisão e eu conseguia sentir o olhar pesado do Johnny sobre mim, aquilo já estava me incomodando e eu quase estava explodindo e gritando naquela sala mas eu me segurava.

— Meu irmão mais velho está namorando e nem me contou sobre você direito, então me conte um pouco mais sobre você.

— Do que você quer saber? — eu nao quis ser rude nem nada, mas eu estava meio apreensiva de tem que contar minha vida para aquele garoto atrevido.

— Qualquer coisa, que falta de educação não se apresentar formalmente para a família de seu namorado, como eu e meu irmão não temos pai nem mãe, somos a família um do outro. — Aquilo estava me deixando desconfortável, seu olhar de leão faminto me deixava ainda mais nervosa  e Taeil percebeu isso.

— John, vamos parar por aqui?  Ela não está muito afim hoje, a cabeça dela tá cheia e chega por hoje. — pegou em minhas mãos e já estávamos indo para seu quarto novamente.

— Eu só queira saber quem ela é de verdade, conta vai, por favor. — Esse menino ia tirar minha paciência.

— CHEGA, olha me deixa em paz por favor. — Subi as escadas correndo e Taeil veio atrás de mim.



Johnny Point Of View

Essa menina eu a conhecia muito bem, melhor do que eu queria. 

Eu tinha um trabalho que ninguém sabia sobre o que se tratava, mas ela sabia o que era. Todas as noites do fim de semana eu trabalho com um stripper, eu dançava para algumas mulheres e em troca eu ganhava o meu querido dinheiro no fim do mês.

E foi nesse lugar que eu a conheci, a um tempo atrás ela chegou no bar e foi direto tomar uma bebida e pude perceber que era a mais forte que tinha na casa e em pouco tempo eu pude a ver bêbada, até demais. Meu show começou e ela gritava junto das outras mulheres, mas só ela chamava minha atenção, depois do meu pequeno show nos encontramos em uma das cabines de dança exclusiva e nisso quebrei meu contrato de "não poder ter relação sexual com as clientes" e tudo acabou ali.

Depois da minha demissão eu continuei a encontrando por alguns meses até a mesma falar que queria acabar com aquilo pois tinha encontrado alguém por quem ela tinha se apaixonado perdidamente, eu só não contava que esse alguém era meu irmão mais velho. 

— Você é péssimo, por que fez aquilo com a menina? Ela tá com a cabeça cheia e você a precionando a falar da vida? — Meu irmão que recém desceu da escada já estava me dando bronca.

—  Eu só fiz uma simples pergunta, por que ela se afetou tanto?

— Só cala a boca cara. — Virou as costas para mim e foi direto para a cozinha.

Peguei meu celular e procurei pelo número dela, e mandei a mensagem:

"Você ficou tão mexida assim ao me ver? Não sabia que essa sua nova paixão era meu irmão, agora vamos viver na mesma casa, estou louco pelo o que vamos viver."


"O que você quer de mim? Agora estou com seu irmão, me deixa em paz e vamos viver como cunhada e cunhado, só isso"

[Ela]


"Cunhado e cunhada? tsc, eu não te deixarei em paz até você assumir que sente algo por mim."







Notas Finais


Eai o que acharam? Gente me falem ai, comentem eu gosto de ler as opiniões de vocês ♥️


Obrigado por ler até aqui, e não se esqueça de ler as outras fics do perfil


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...