História Danger - Imagine Jungkook - Capítulo 29


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, EXO, Got7, IU, Monsta X, Red Velvet, TWICE
Personagens BamBam, Byun Baek-hyun (Baekhyun), Chaeyoung, Dahyun, Do Kyung-soo (D.O), Huang Zitao (Tao), Hyung Won, I'M, Irene, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeongyeon, Jihyo, Jinyoung, Jisoo, Joo Heon, Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Ki Hyun, Kim Jong-dae (Chen), Kim Jong-in (Kai), Kim Jun-myeon (Suho), Kim Min-seok (Xiumin), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Ji-eun "IU", Lisa, Lu Han (Luhan), Mark, Min Hyuk, Min Yoongi (Suga), Mina, Momo, Nayeon, Oh Se-hun (Sehun), Park Chan-yeol (Chanyeol), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sana, Seulgi, Show Nu, Tzuyu, Wendy, Won Ho, Wu Yifan (Kris Wu), Yeri, Youngjae, Yugyeom, Zhang Yixing (Lay)
Tags Bangtan Boys (BTS), Imagine Bts, Imagine Jungkook, Jungkook, Você
Visualizações 103
Palavras 1.748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Luta, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 💜💜💜

Capítulo 29 - Silvery Argent


Fanfic / Fanfiction Danger - Imagine Jungkook - Capítulo 29 - Silvery Argent


°•°•°•°•°• Jungkook on °•°•°•°•°•



Naquele momento criou-se um silêncio incompreensível, pude ver Gabi com uma raiva inexpressivel , sem outra maneira Jin a segurou pela cintura, para não partir pra cima de J.Seph.

- Todos já sabemos de Jeon Heyoon - desviei meu olhar para S/n que já não estava mais alí, caminhei até a janela do casarão e vi minha pequena sentada na grama abraçada em seus joelhos, deixando as lágrimas escaparem. 

Aquilo era demais para mim, em 1° eu descobri a pouco tempo que a mulher da minha vida estava de volta para tanto voltar comigo quanto a recuperar Yasmin, em 2° descobri apouco tempo que tinha uma filha que é completamente igual com a filha que desejava, em 3° acabo de descobri que minha filha está correndo um perigo que sinceramente não achava que iria acontecer e acabei de ver minha pequena chorar, isso é demais. 

O peguei pela gola e o levantei, ficando cara a cara com o sujeito. Sem demora soquei sua face, Jimin e Ana seguraram meus braços me impedindo de tentar mata-lo.

- Me solta - Disse me sacudindo dos braços dos dois que me seguravam- Você não teve ideia da merda que você fez ! Se acontecer algo com a minha filha, eu vou te torturar da forma mais horrenda possível.

- Que seja então - O moreno sorriu ladino ainda no chão, dessa vez consigo me soltar e vou em sua direção com os punhos pressionados 

- Não! Por favor eu digo tudo que sei sobre sua amiga e os Argent- Somi levantou - Mas, por favor só queremos ficar fora dessa porra de vida de merda - abaixei minha guarda.

- Somi - O moreno repreendeu, a materna se levantou e caminhou até seu marido e colocou suas mãos em suas costas, os dois fizeram uma troca de olhar rápida - Diz tudo - respondeu 

S/n entra pelo casarão com seus olhos inchados , Ana aproxima-se da mais nova e a abraça.

- Antes da amiga de vocês serem terem a sequestrado, Ji-eun e Bambam nos disse que conseguiria sequestrar uma dos membros do esquadrão de vocês , Ji-eun nos disse tudo sobre vocês meninas e o ponto fraco de vocês então quando a sequestraram ela mesma já sabia que o resto do grupo iria atrás da Yasmin - Maria apenas passou suas mãos pelo rosto nervosa com toda aquela situação - E um pouco depois de ser sequestrada, Bambam afirmou que S/n era mãe de uma menininha e o chefe ficou mais feliz do que imaginassemos sobre a criança , mas tem uma forma de salvarem sua amiga e a filha de vocês - Somi olhou para S/n- De mãe pra mãe, Eu sinto muito por sua filha e por ter a colocado em perigo, e - Somi põe as mãos sobre a barriga com os senhos franzidos 

- O bebê - J.Seph se levanta em uma velocidade e se expôs ao lado da esposa 

- Leve a para o quarto o mais rápido- S/n corre em direção a Somi, J.seph assentiu e subiu as escadas com a mulher em seus braços - peguem toalhas e uma tesoura - assentimos.


.

.

.

.

°•°•°•°•°• S/n on °•°•°•°•°•

Estava um pouco apreensiva porque não fiz nenhum parto antes, e no dia que Heyoon nasceu eu estava em um hospital e não em um casarão.

- Certo, respire fundo e empurra o tanto que você conseguir, depois respire com a boca - a mesma assentiu - Aí meu Deus... e depois- olhei assustada para as meninas

- Tira o bebê - respondeu Maria 

- Depois disso corta o cordão umbilical né burra - Gabi disse meio óbvio 

- Eu não sei cortar um cordão umbilical, não sou obstetra ! - respondi, na hora Somi dá um grunido de dor - Ai Jesus! 

- Sai daí , que eu faço o parto merda - Gabi me empurrou, e se sentou na cama - Faz mais força - Somi assim fez 

- Esses homens de merda, nem conseguem ver um parto - Paolla reclamou nos fazendo rir - Somi, menina não ri no parto - a mesma diz preocupada - Se eu tivesse grávida e só tivesse o Namjoom e uma pessoa desconhecida na casa, com toda certeza eu pediria pra pessoa desconhecida fazer o parto. Você já viu, ele quebra fácil as coisas, se depender me ele vai é me quebrar ou quebrar a criança - a mesma disse indignada 

- E aqueles dias que você não saia do quarto, você tava..... - Maria a olhou e Paolla lançou-lhe um olhar malícia - Meu Deus - Paolla riu 

- Ótimo Somi, já estou vendo o cabeça do bebê agora preciso de mais um empurrão mais bem forte, aí acabou - explicou Gabi - S/a já pega pra mim, a tesoura por favor - a morena assentiu 

.

.

.

.


Enquanto isso.... 




°•°•°•°•°• Jimin on °•°•°•°•°•


Estavamos sentados na sala, até que ouvimos um grito de dor de Somi , e fizemos uma troca de olhar. 

- Ahm... Jungkook, sinto muito por termos bom sabe... ter investigado mais a vida da sua filha e da sua esposa.... e por termos sequestrado a amiga de vocês - o mesmo ergueu o olhar para mim e para os meninos.

- Pra falar a verdade namorada e sim aceito suas desculpas- sorrimos um para o outro.

- As vezes penso que bom, que não somos mulheres - Hoseok comentou 

- Por que? - perguntou Jimin, J-hope apenas apontou pra cima. Na hora ouvimos um berro de dor vindas de Somi

- Deve ser estranho ver uma criança sai debaixo das suas pernas e deve sentir uma dor - Tae se debateu - Nem quero imaginar- Taehyung se encostei no sofá e fechou os olhos.

- De acordo com alguns estudos dizem que o parto é a maior dor que se pode sentir - completou Namjoom

- Aish... o parto da S/n , deve ter doído muito - fechei os olhos tentando imaginar

- Você não viu o parto?- neguei 

- Soube a pouco tempo que eu era pai- respondi

Ana Luisa aparece na sala, e faz um sinal para J.Seph subir, e assim fez. Aninha se jogou ao lado de Jimin, e suspirou cansada. Park passou seu braço em torno do ombro de Luisa a puxando para mais perto.

- Deu tudo certo ?- perguntou o Hyung

- Sim, é um menino - comentou Ana - Ele é muito bonitinho - Jimin a encarou - Que foi ? 

- Nosso futuro filho vai ser lindo - Jimin deu uma piscadinha para a mais nova.

- Enfim, meninos é melhor subirmos - a mesma se levantou e caminhou até as escadas subindo para o quarto.

.

.

.


°•°•°•°•°• S/n on °•°•°•°•°•

Podia ver a alegria no olhar de Somi, ao ver seu pequeno filho em seu braços principalmente de J.Seph que sorria bobo para a criança.

- Obrigada meninas e meninos - agradeceram 

- Não foi nada - respondi

- Bom... amanhã o nosso chefe vai fazer um evento, onde apenas os descendentes dos Argents irão participar , bom S/n , tenho uma meia irmã chamada Kim Sejeong, e ela está morando no Canadá junto com seu namorado. Ela é uma Argent e tipo ela nunca foi , então você pode se passar como minha " irmã " - deduziu J.Seph - Queremos retribuir essa ajuda , e então o que acha ? - apenas sorri e assenti

- Sim, e muito obrigada - agradeci 

- Quando é exatamente esse evento? - perguntou Jungkook 

- Está noite - respondeu J.Seph - Deve ir você, Jungkook , Jimin e Ana 

- Ana diga que você é sobrinha de Jeon Somi - a unnie assentiu - Jimin e Jungkook digam que são maridos das duas - os dois assentiram.

- Mas como vamos saber onde Pin tá?! - foi a vez de Ana perguntar

- Ela está na ala "D" , eles vão pedir de que parentes vocês são, S/n apenas diz que é irmã de Kim J.Seph e Ana diga que é sobrinha de Jeon Somi - assentimos 

- Então o plano é o seguinte... - Começou Kim J.Seph


.

.

.

.

.


Horas depois....

- Amor, você pode fechar o vestido para mim - pedi me virando de costas, para que o mesmo pudesse fechar.

- Você ta bem atraente com esse vestido - dedilhou minhas costas com um simples toque - Assim eu vou bater em todos os caras, que te olharem - sorri negando , e assim o mesmo fechou o vestido

- Obrigada - agradeci , com suas mãos em minha cintura me fazendo girar, e ficando face a face, notando aquele seu sorriso ladino. Com um certo aperto em minha cintura, o espaço entre nossos lábios já não havia mais. Não demorou muito para que a faltasse ar tanto para um quanto para outro - Eu já disse que você sabe muito bem me provocar, com apenas um vestido vermelho justo, com um decote entre seus seios ? - neguei 

- Vamos descer, Jimin e Aninha deve ta nos esperando - falei arrumando sua gravata

- Como quiser madame - sorri entre laçando sua mão com a minha descendo as escadas sorrindo bobos um para o outro.

- Olha que beleza - falei me referindo a Ana que vestia um vestido preto que realsava bem suas curvas e combinava principalmente com a makae.

- Vamos garotas ?- perguntou os dois em sinônimo, assentimos em resposta e caminhamos até os nossos carros.


.


.


.

Diferentemente da casa de Somi a do chefe deles era completamente uma mansão, e tinha muitas pessoas que entrava naquela mansão. Nosso motorista, estacionou o carro enfrente a enorme casa. Saímos do carro e fomos em direção a entrada.

- Por favor, diga sua descendência - pediu um rapaz alto.

- Sou Kim Sejeong , irmã de Kim J.Seph - interpretei meu papel- E esse é meu marido Kim Jusef - o rapaz me olhou mordendo seu lábio, e por um motivo Jeon passou sua mão em minha cintura , e o homem logo nos deixou passar.

- Sou Jeon Yumi, sobrinha de Jeon Somi e esse é Jeon Jyung- o mesmo rapaz assentiu e nos deixou passar. Agora sim, daremos iniciativa ao nosso plano....

.

.

.

.

Continuaaa 



Comentem o que estão achando do capítulo, porque adoro ler os comentários de todos. E o que acham de ter 7 hot'z seguidos ????? Mas se quiserem que aconteça vamos chegar aos 200 favoritos ta bom ?! Beijos 😙😙😙😙






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...