História Danger --Vhope-- - Capítulo 3


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V)
Tags Imagine Min Yoongi, Jikook, Kookmin, Namjin, Taeseok, Vhope, Yoongi
Visualizações 31
Palavras 1.996
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, LGBT, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente :3
~Estavam com saudades?

Fiz o meu máximo para trazer algo bom... E bem, acho que consegui ^^

Boa Leitura ( ̄ε(# ̄)︴

Capítulo 3 - Danger: Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Danger --Vhope-- - Capítulo 3 - Danger: Capítulo 3

(•••) 3Capítulo (•••)

°•Kim Taehyung•°


  Aqui. – Jimin falou ao entrar na sala novamente, ele havia realmente feito cereal para o Jeon Jungkook.


– Obrigado. – ele sorriu do mesmo jeito que aprendeu e o Jimin sorriu de volta. – Vocês conhecem a história da floresta, não é? – Jeon Jungkook perguntou.


– Eu conheço. – sorri satisfeito. – Mas, provavelmente, eles não. – falei.


– Você não vai comer o cereal não? – S/n perguntou ao ver que Jeon Jungkook ainda não tinha nem comido.


– Eu já comi. – Jeon Jungkook falou e eu olhei para a tigela, ela estava vazia... Mas como?


– O que era toda aquela história de vampiro do Norte e vampiro tipo A e B? – perguntei curioso, irei ignorar o fato que ele comeu super rápido, por enquanto.


Em um ato inesperado, Jeon Jungkook arregela os olhos e na velocidade da luz, ele vai para perto da janela. Ele estava em modo de ataque, suas garras estavam para fora.


– Temos que ir. – Jeon Jungkook falou fechando a janela e fazendo uns sinais estranhos com a mão.


De repente, sua mão ficou avermelhada e ele colocou a mão na janela que acabará de fechar. Ele estava tipo selando a janela?


– O quê você fez? – Jin perguntou olhando perplexo para a janela, ela estava avermelhada também.


– Isso é sangue. – ele explicou. – Vai atrair os vampiros do Sul, isso vai nos dar mais tempo. – Jeon Jungkook falou.


– Mais tempo? – ele concordou. – Tempo para o quê? – S/n perguntou.


– Para irmos ao Reinado Norte. Ou por acaso, vocês preferem ser chupados até a morte? – Jeon Jungkook perguntou.


– C-Chupados? – Jimin perguntou com os olhos arregalados.


– É. Sabem como é. Eles são vampiros, obviamente vão chupar seus sangues. – deu de ombros. – Agora, peguem seus pertences e vamos. – Jeon Jungkook falou e rapidamente fui para meu quarto, eu iria pegar o essencial.


°•~<(•••)>~•°


  Como em um filme, nós fomos andando até a floresta, meu sonho estava se tornando realidade. Eu sempre quis ver um vampiro de verdade, e eu finalmente iria entrar nessa floresta misteriosa.


– Por que vocês humanos vivem enchendo a floresta de placas? – Jeon Jungkook perguntou ao olhar todas as placas em frente à floresta.


– Temos medo. – S/n deu de ombros. – Sempre ouvimos boatos sobre crianças desaparecidas, adolescentes mortos e coisas do tipo. – falou dando de ombros.


– Nós do Reino Norte não matamos humanos. – afirmou. – Apenas o Reinado Sul. – Jeon Jungkook falou.


– O quê são esses dois Reinados? – perguntei pegando meu caderninho de anotação e um lápis.


Existe o Reinado Sul e o Norte, antes de entrarem na floresta, devem saber, o Reinado Sul não é amigável. – concordei anotando no meu caderno. – Exatos quarenta anos atrás, um ser vivo do Reinado Sul, infelizmente foi conduzido ao mal. Ele fez coisas horríveis, e sua morte, foi sem dúvidas, brutal. – Jeon Jungkook falou.


– Quem era ele? – perguntei ao terminar de anotar o que ele dizia.


– Meu Appa, o Segundo Rei. – Jeon Jungkook falou e logo paramos de andar, ao erguer meu olhar, vi onde estávamos. Que lugar era aquele?


– Aqui começam de verdade todos oa perigos, aconselho que fiquem junto, se um de vocês se perderem, eu não irei conseguir protegê-lo. – Jeon Jungkook falou e nós concordamos.


Aquela parte da floresta era totalmente encantadora, árvores com frutos tinham ali, e eu podia ver uma movimentação estranha por ali. Vi um pequeno ser se aproximando de nós, e rapidamente eu corri para mais perto do vampiro Jeon.


Não tenham medo, não olhem ao redor, tudo não passa de uma ilusão. – Jeon Jungkook avisou.


Com dificuldade, eu mantive meu olhar apenas para frente e às vezes olhava para meu irmão, ele encarava as costas do vampiro Jeon. Jin e S/n andavam abraçados e olhando para os pés do vampiro Jeon.

–  É muito longe o tal Reinado Norte? – Jin perguntou e logo vi alguns homens de capuz se aproximando de nós.


Jeon Jungkook parou de andar, e levantou a mão para um deles. Em um passe de mágica, um enorme portão surgiu do chão e logo começamos a andar rumo ao que tinha lá dentro.


– Sejam bem-vindos ao Reinado Norte. – Jeon Jungkook falou sorrindo de lado e corri até uma fonte enorme que tinha ali, era tudo tão lindo.


Alteza, quem são esses estrangeiros? – uma mulher com um vestido preto perguntou, ela não me parecia uma criada. Eles têm criadas?


– Eles agora pertencem ao Reinado Norte. – ela fez referência. – Por favor, os leve para seus novos aposentos, mais tarde teremos uma janta maravilhosa. – Jeon Jungkook falou sorrindo de lado.


– Sim, senhor. – ela fez um sinal para que a seguissemos. – Por favor, venham. – ela falou.


A seguimos em silêncio, eu apenas observava tudo com muito cuidado. Ali era muito estranho, por que tudo tinha um aspecto tão obscuro?


– O que é àquela bolinha branca? – perguntei ao ver uma luz branca voando parada.


– A aura do Príncipe Jung Hoseok. – deu de ombros. – Agora que pertecem ao Reinando Norte, devem assinar uma folhinha. – ela falou sorridente.


– Que folhinha? – S/n perguntou meio área, ela olhava para um campo de rosas que tinha ali.


– É para afirmarem que estão dispostos à serem do Reino Norte, sabe, vocês são muito importante para nós, já fazia um tempo que estávamos à vossa procura. – ela falou sorrindo.


– Estavam à nossa procura? – Jimin perguntou fazendo uma cara de desconfiado, essa cara que eu conhecia muito bem.


– Todos os Reinados estavam à vossa procura. – ela sorriu mais ainda. – Mas, fomos nós quem achamos vocês. – ela falou vitoriosa.


O resto do caminho não falamos nada. Algo me parecia errado. Mas o quê?


Nosso tal aposento não era tão longe do castelo, após sermos deixados pela mulher estranha, corri para avaliar o "meu" novo aposento. Era tão... Estranho. Com certa curiosidade, me sentei na cama para saber como era sua espessura, me surpreendi ao ver que era dura. Muito dura.


  – Pessoal, vocês viram meu caderno? – perguntei ao sentir falta de algo. Será que eu perdi meu caderno?


– Eu vi, aquele tal de Jeon Jungkook pegou. – S/n falou e eu franzi o cenho. Por que ele iria pegar algo tão inútil para ele?


– Gente, esse lugar é muito estranho... – Jin falou indo até uma janela que tinha ali, olhando para fora.


– Sério que a única coisa que achou estranho foi esse lugar? – perguntou irritado. – Olha onde estamos, não vê que é tudo estranho? – meu irmão se sentou numa das cadeiras que tinha ali. – Essa floresta é estranha! – Jimin afirmou convicto.


– Por isso que eu quis vir. – dei de ombros. – Preciso ir buscar meu caderno, querem ir junto de mim? – perguntei indo em direção à porta.


– Nós vamos com você. – ela se levantou da cama onde estava sentada. – Não irei te deixar sozinho nessa! – S/n falou firmemente e eu sorri.


– Vocês também vão vir comigo? – perguntei aos dois Hyungs que me olhavam com uma expressão duvidosa.


 °•~<(•••)>~•°


  Enquanto andávamos em direção ao castelo, eu via várias luzes brancas brilhando. Se eu me lembro bem, aquela mulher estranha disse que são auras. Mas, por que tem tantas auras espalhadas por aqui? E apenas aquela do tal Príncipe estava naquela sala?


– Então é verdade mesmo. – paramos de andar ao ouvir uma voz feminina. – O Mowgli conseguiu enganar mais humanos idiotas! – a voz falou e eu olhei ao redor, em busca dela. Era uma senhora de idade.


– Ya, o que quer dizer com "humanos idiotas" e quem é Mowgli? – Jimin perguntou irritado.


– Pobres humanos. – ela começou a chorar. – Foram seduzidos por Mowgli. Mowgli é mau! Mowgli não presta! – ela soluçou e sua voz ficou mais fraca. – Mowgli é aquele que chamam de Alteza! Mowgli é aquele que se passa por outra pessoa e confunde a cabeça dos humanos idiotas! – ela falou com a voz fraca.


– Então, esse tal de Mowgli é o Jeon Jungkook? – S/n perguntou confusa.


– Mowgli não é Jeon Jungkook. – pôs a mão sobre os olhos. – Jeon Jungkook é um cavaleiro, digno de olhares bons. Mowgli é um cavalo velho, digno da morte eterna! – ela falou.


Onde achamos esse Mowgli? – Jin perguntou curioso. Eu também estava curioso.


– Mowgli não se acha. Mowgli vêm até você! – gargalhou e em seguida gritou. – Mowgli... Mowgli coleciona auras boas. Salve as auras! – ela falou e antes que eu pudesse dizer algo, ela jogou algo no rumo dos meus olhos.


Rapidamente fechei meus olhos com força, eu me sentia tonto. O que ele havia tacado em mim?


– Abram seus olhos, humanos. – com um pouco de receio, eu abri meus olhos, e me assustei ao ver onde estávamos. – Agora enchergam? – concordei enquanto observava um lugar totalmente diferente. – Para libertar as almas, basta ir na auma do Príncipe Jung Hoseok e salvá-lo. Ele se encontra no castelo, naquela parte branca. – a mulher falou e derepente sumiu.


– Tudo bem, isso tudo é loucura. Mas eu sinto que precisamos salvar essas auras. – falei correndo em direção ao castelo.  


– Kim Taehyung! Espere! – Jimin falou um pouco alto de mais, eu vi alguns bichos verdes passando ali.


Fui até meus amigos e os puxei para trás de uma enorme pedra que tinha ali. Tinha um buraquinho ali, eu conseguia ver melhor esses bichos. Eles eram horrendos, seus dentes eram gigantes, tinham a pele verde e suja, pelos cobriam seus braços e pernas.


– Como deixaram aqueles humanos imbecis fugirem? – de imediato eu reconheci aquela voz, era aquele tal Mowgli que a mulher falou à pouco.


– Não é nossa culpa, Alteza. – se curvou e logo Mowgli ergueu a mão e colocou sobre a cabeça do outro bicho. – Me dê mais uma chance Alteza, prometo achar esses humanos e matá-los! – o bicho esquisito falou.


General Glow, hoje considere-se um homem de sorte. – passou a mão na cabeça do bicho feio. – Ache os humanos, mate-os e impeçam que achem a aura do Príncipe Jung Hoseok! – o Mowgli falou batendo algo no chão, ao olhar para o que era, vi um cajado com uma cristal verde escuro na ponta.


– O quê você está vendo aí? – Jimin perguntou em um sussurro, mas pude ver as orelhas do bicho ficarem arguidas. Eles escutaram!


Corram! – gritei ao ver os bichos vindo para a pedra.


Com toda adrenalina que percorria meu corpo, corri em direção ao castelo. Com ajuda dos outros três, conseguimos abrir a enorme porta, essa que era de pedra como todo o resto dali. Após abrir a pedra, Jin e Jimin ficaram empurrando a porta para que ninguém abrisse.


– S/n me ajuda a levar essa mesa até a porta! – pedi ao ver uma mesa de pedra ali e me posicionando para empurrá-la.


– Certo. – S/n falou vindo em direção à mesa, se posicionado atrás e começando a empurrar a pedra.


Aquela mesa era incrivelmente pesada, não dava para empurrá-la só com duas pessoas. Jin e Jimin não poderiam nos ajudar agora, eles estavam segurando a porta.


Não percam seus tempos, vão salvar a aura do Príncipe! – Jimin falou e eu concordei. Talvez esse tal Príncipe Jung Hoseok fosse nos ajudar.


Eu e S/n corremos em direção à escada que tinha ali. Subindo todos aqueles degraus sujos e verdes, era incrível como todo aquele castelo era feito de pedra. Fomos a procura de um quarto iluminado de branco, mas para nosso azar, não estava no primeiro andar e nem no segundo, muito menos no terceiro.


– Se lembra qual era o andar que a luz estava? – S/n perguntou ofegante após subirmos até o quarto andar.


– É nesse aqui. – falei ao ver uma forte luz branca vindo de um quarto que tinha ali.


De mãos dadas com S/n, fomos até a porta brilhante. Coloquei minha mão sobre a maçaneta e a girei, era quente como fogo e fria como gelo. Abri a porta devagar e caminhei em direção à luz.


– Como faço para salvá-lo? – perguntei cutucando a bolinha branca, que ficou vermelha durante um curto tempo.


– Não faço a menor ideia. – suspirou. – Tente segurar a aura. – S/n sugeriu e eu coloquei a mão sobre a bolha.


Ela soltava alguns raios vermelhos, mas não machucavam, fechei os olhos com força ao ver um claro tomar conta da minha visão. Mas logo abri os olhos assustado ao ouvir um barulho de vidro quebrando.




Notas Finais


Iiihhhh... Será que Taehyung quebrou a aura do Jung Hoseok?
~Saberemos no próximo sábado!!
Por favor, se puderem, compartilhem a fanfic e não esqueçam de favoritar! ♥♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...