História Danger Love - Taegi - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Boyxboy, Danger Love, Faculdade, Menção!jikook, Menção!namjin, Menção¡yoonseok, Otp, Taegi, Tattoo, Texting, The Neighbourhood
Visualizações 87
Palavras 2.265
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


depois de uma semana eu consegui trazer o capítulo, porém, talvez irei só atualizar depois do comeback do BTS já que eu preciso focar em outra obra e também em projetos que saíram logo.
boa leitura e não se esqueçam de ler as notas finais.

Capítulo 3 - Two


Era até interessante conversar com Taehyung e Yoongi teria que admitir a si mesmo sobre isso, ambos fluíram com as conversas por mensagens – não tão frequentementes quanto Taehyung queria mas ainda sim o deixavam satisfeito – Yoongi ultimamente estava mais concentrado em tudo no que acontecia sobre a faculdade e claro, sempre que possível falava com o mais novo.

O moreno dedicava-se cerca de duas a três horas por dia estudando e também revisando cada coisa que teria estudado para ter certeza de que estava em ordem e de que sua nota seria o mais belo dez na matéria pretendida.

E com isso, chegando o fim de semana, ele poderia relaxar um pouco mais, porém cogitando a idéia de querer sair, já com medo de acabar indo parar na cama de algum estranho novamente. Mesmo que tenha acontecido com Taehyung, as chances de ter algum perigo eram grandes, então, o moreno apenas ficaria em casa maratonando alguma série que haviam sido deixada de lado e também comeria tudo que conseguisse.

Jimin por outro lado também se dedicava aos estudos mas sempre que podia – ou seja, todos os dias – trazia Jungkook pra passar um tempo consigo, se é que me entendem e assim em diante.

A programação para tarde e noite era: ver stranger things e depois alguns filmes de terror, mesmo sendo todos repetitivos. Você acaba pagando caro mas a Netflix nunca atualiza. Yoongi estava a procura de um filme com o velho tema clichê, onde um grupo de amigos vão para uma casa ou fazem um acampamento em um lugar extremamente longe da civilização e quando anoitece, acontece algo com algum deles, um casal fica transando na barraca ao lado e o resto vai atrás da pessoa perdida. Clichê.

Depois de separar pipoca, um suco e também alguns doces, Yoongi caminhou até a sala, se sentando no sofá e prestes a dar o play no filme.

Os minutos foram passando e com isso o tédio esteve presente, chegava a ser incômodo apenas ficar ali olhando a tela plana sendo que poderia estar fazendo algo produtivo. Após alguns minutos vendo aquilo e se sentindo entediado, o moreno deixou o filme de lado, arrumando a mínima bagunça que teria feito. Yoongi caminhou até seu quarto e olhou para o teclado que havia perto de sua cama. O que poucas pessoas sabiam era que o moreno gostava de tentar compor algumas músicas ou de tentar reproduzi-las em seu tão magnífico teclado; ele também gostava de piano porém seria algo comprado mais adiante, quando já estivesse em uma casa maior do que a atual.

O moreno ligou o teclado na tomada, logo se sentando; e também estralando seus dedos, por mais que ele tivesse o instrumento, o mesmo não era tocado diariamente. Assim, pensando em qual música ele poderia reproduzir, qualquer uma mas não havia uma sequer, nenhuma passava pela sua cabeça.

Até quando ele teve uma possível brilhante idéia, pegando seu celular em cima da cama e vendo que ainda não tinha mensagem alguma; deu uma leve bufada mas esse não era o objeto em si, ele queria saber o nome da tal banda que Taehyung gostava – não porque ele queria agradar, de certa forma. Seria bom se o que fosse pra ser tocado no projeto de piano, algo diferente do habitual.

Taehyung:

ei, tá ocupado? - 17:00, enviado - visualizado.

nossa, olhando assim nem parece que trabalha.

o que devo a honra da sua mensagem, caro anjo da minha vida - 17:01.

qual o nome daquela banda que vc gosta? eu vi uns pôsteres colados no seu quarto quando estive aí. - 17:03

vejo que vc tem uma ótima memória mas respondendo sua pergunta, é the neighbourhood, pq? - 17:03

é pro meu tcc - 17:04

Do outro lado da tela, Taehyung ria baixinho em sua sala enquanto esperava um cliente atrasado, ultimamente seus dias tem sido melhores depois que Yoongi entrou em sua vida.

Taehyung não chegava a gostar do moreno, não numa questão onde envolvesse sentimentalismo, longe disso, seria algo como se ele entendesse de forma errada o jeito "legal" de Yoongi; dando a entender que poderia ter algo a mais ou que o mesmo mostrasse outra coisa.

tudo bem kkkkkkk não sei se vai te ajudar tanto mas ouve Sweater Weather, ela é ótima. - 17:05

obrigado, depois a gente se fala - 17:05, enviado - visualizado.

Com isso, Yoongi abriu o Youtube em seu celular – já que o mesmo não tinha a música no aparelho – digitou o nome da mesma e ela estava em primeiro na página sobre a banda.

– Uou, mais de duzentos e cinquenta milhões de visualizações. – ele disse surpreso mas ainda sim, se sentia um tanto curioso para saber o porquê de Taehyung gostar tanto.

Assim que deu play no vídeo, ele ainda quase "dormiu" por ter que esperar a batida começar e também a cantoria. Era algo diferente mas incrivelmente bom.

– Até que não é ruim. – o moreno disse, se esquecendo totalmente do assunto anterior e indo em direção a cama para conseguir uma posição mais confortável – Por que eu nunca ouvi isso antes?

Outra coisa que Yoongi teria que aceitar – porém não iria fazer tão cedo – que pelo menos a música que estava ouvindo naquele momento era boa. Agora, cabe a ele escolher se iria continuar a procurar ou se pararia por ali mesmo.

Enquanto ouvia e via os recomendados do YouTube, a plataforma aparentemente havia sugerido outra música, cujo nome era Nervous. Yoongi queria na verdade ver o clipe mas como não tinha e não sabia se haveria algum, teve que aceitar apenas o áudio. De começo o rapaz achou que seria uma música totalmente parada e melancólica mas, ao chegar no refrão, a batida calma e a voz do vocalista lhe fizeram relaxar de imediato na cama.

As partes mais fáceis pra si era só quando o vocalista dizia "Nervous" e depois o moreno acaba misturando tudo, passava longe de ser algo em inglês.

Quando a música acabou, Yoongi suspirou e ouviu seu celular notificar uma nova mensagem, com isso, o rapaz pegou o aparelho e viu o nome de Taehyung na tela.

te dei alguns minutos pra apreciar a obra de arte versão sonora, o que achou? - 17:20

eu gostei e também ouvi outra música deles - 17:21

Taehyung estava levemente feliz, até parecia aqueles adolescentes quando mostram algo para seu amigos, na tentativa de fazê-los gostarem das mesmas coisas que você. No final, acabava dando certo.

Enquanto digitava a próxima mensagem, o cliente que estava atrasado a praticamente uma hora havia acabado de entrar na sala, fazendo o loiro quase pedir para que o homem saísse um pouco mas se conteve.

por mais que eu esteja gostando de saber sobre isso, o cliente chegou

mais tarde nos falamos, até mais - 17:30

tudo bem - 17:30, enviado - visualizado.

Sem ter o que fazer e ter pedido a vontade de ficar no teclado, Yoongi apenas continuou deitado. Enquanto tinha a mente vazia mas, foi interrompido quando sua porta foi aberta – ou quase derrubada. Jimin estava sorrindo largo, faltava pouco pro seu sorriso rasgar sua face.

– Na próxima você bate na porta – Yoongi falou desinteressado – O que você fez?

– Desculpa de existir na sua vida – o mais novo disse, fingindo uma tristeza – Eu preciso da sua ajuda, o Jungkook me chamou pra sair e eu não sei o que vestir.

– Mas gente, vocês se conheceram só tem alguns dias e já estão assim? – Yoongi o olhava com sua sombrancelhas arqueadas – Você praticamente tem um shopping de roupas no seu armário, duvido que não tenha algo bom lá dentro.

– Mas eu quero impressionar, por favor me ajuda – o de de cabelos laranja juntou suas mãos próximas ao peito, logo fazendo um bico; sabendo que o mais velho se renderia facilmente.

– Tá, vamos lá – o moreno se levantou da cama e foi para perto do amigo; enquanto passava um de seus braços pelos ombros do outro – Você já tem uma idéia mais ou menos sobre o que vestir?

– Não, ele me chamou pra ir no cinema e já tem um tempinho que não vou – o ruivo disse, logo entrando em seu quarto e sendo acompanhado de Yoongi; que se assustou ao ver a cama bagunçada e o guarda-roupa todo revirado – O que foi? Eu disse que precisava de ajuda.

Sem nem ter o que dizer, o mais velho caminho até o meio das roupas espalhadas pela cama, olhando peça por peça e depois indo até o armário. Tirando de lá uma blusa preta de mangas curtas, uma jaqueta jeans; junto com uma calça. Yoongi era o que menos entendia de moda ou qualquer coisa que envolva roupas, pra ele, qualquer coisa estaria bem; contanto que ele se sentisse confortável com que usava, até usaria pijama se fosse o caso.

– Veste isso, arruma o cabelo um pouco pros lados e passa um perfume – o moreno sugeriu – É só duas borrifadas, no máximo três e não precisa tomar um banho de perfume.

Jimin riu, já indo abraçar o amigo e distribuir beijos no rosto do mesmo – mas, acabou sendo interrompido – entretanto, o sorriso já era sinal de agradecimento e Yoongi estava satisfeito. Não precisou fazer nada além de pegar qualquer peça e dar ao outro. Trabalho concluído.

– Você deveria sair com o Taehyung – Jimin disse de repente e viu o semblante de Yoongi mudar – Você mesmo disse que ele foi legal em ter te ajudado e tudo mais, além disso, ele é bem bonitinho.

– Como pode dizer isso sem nunca ter visto ele?

– As coisas hoje em dias não são tão complicadas – o mais novo respondeu, enquanto olhava para a roupa escolhida em cima da cama – Parece que as coisas são difíceis pra você em relação a esse assunto.

O que Jimin queria dizer com isso? Yoongi nunca foi um cara no qual era fácil de se apegar a alguém, mesmo que a pessoa fosse legal e tudo mais. Era uma coisa totalmente sem sentido e o mais velho realmente não sabia até onde aquela conversa chegaria.

– E por que virei o assunto agora? – desistindo de voltar para o quarto, o rapaz se sentou na cama – Só porque não dou chance pra alguém não significa que sou ruim ou qualquer coisa do tipo, ninguém além de você deveria se lembrar do que aconteceu antes.

E com isso, Jimin suspirou, talvez esses tipos de assuntos o deixavam frustrado. Era como se tivesse dando concelhos a alguém novato no assunto. Como alguém que nunca havia passado por alguma superação amorosa.

– Só estou dizendo que você deveria sair mais.

– Da última vez que isso aconteceu eu acordei em um lugar desconhecido e com uma tatuagem na bunda. – o moreno falou enquanto observava o amigo segurar a risada – Que aliás, ainda dói quando fico sentado, nem que se fosse numa nuvem acho que resolveria.

Jimin achava engraçado – claro, não era consigo então se achava no direito de rir.

– Veja pelo lado bom, você não precisou pagar.

E foi o gatilho para que Jimin soltasse sua risada e aquilo não tinha sido tão engraçado, não tanto quanto achou que seria.

– Fiquei sabendo que haverá uma feira do rock daqui alguns meses – o mais novo comentou, após se acalmar – Dessa vez é em Seoul, eu tô pensando em ir já que aparentemente ando tendo vontades de colocar alguns piercings.

– E por que você vai tão longe assim? Sabe que aqui na cidade tem também – Yoongi comentou – Não sei qual vai ser a diferença.

– Para de ser chato, agora me dá licença que vou me arrumar.

– Tá se escondendo por que? Não é como se eu já não tivesse visto pelado.

O moreno estava de pé enquanto achava graça da própria fala e quando estava prestes a sair do quarto, um travesseiro lhe acertou. Direcionando o olhar da onde o objeto havia sido jogado, ele viu Jimin mostrar a língua, porém, não se prolongou e voltou para seu quarto, logo se jogando na cama e pegando novamente seu celular.

Só havia se passado alguns minutos mas foram os minutos que teriam feito Yoongi pegar no sono. Ultimamente ele sentia mais sono do que o normal, e sempre que possível; jogava a culpa na faculdade por ocupar seu tempo demais com estudos. Mas o mesmo trocava o dia pela noite, quando saia da universidade, ele vinha para sua casa e ficava a tarde toda sem fazer absolutamente nada ou até dormia um pouco, deixando os estudos para noite e começo da madrugada.

Mas como era fim de semana, ele não se cobraria tanto, talvez no próximo dia sim entretanto, enquanto o dia seguinte não chegava, ele ia aproveitar o momento e a paz que tinha.

Horas mais tarde, Yoongi acordou assutado, ouvindo um barulho de diferente na casa e pelo o que sabia, Jimin teria saído e estava "cedo" demais pro mesmo estar em casa, porque pelo o que parecia, quando o ruivo estava com Jungkook, se esquecia das horas; palavras dele.

Se levantando mas ainda sim quase caindo na cama novamente, ele pegou seu taco de baseball no canto do quarto e voltou para perto da porta, logo a abrindo e indo cautelosamente até onde vinha o barulho. Passando pelo curto corredor, ele viu a luz da sala e da cozinha acesas e já ia reclamar porquê isso faria a conta vir até às nuvens e todas coisas possíveis, mas, se assustou ao ver uma pessoa de diferente no sofá. Indo até o mesmo e prestes a bate-lo, ele começou a ameaçar o até enquanto ladrão.

– Quem é você e o que tá fazendo aqui? – com o taco posicionado sobre a cabeça da pessoa, ele o viu se levantar mas quando teve uma noção de quem era, ele quis poder ser uma mosquinha e sair por aí como se nada tivesse acontecido – Taehyung?


Notas Finais


boa tarde, boa noite ou bom dia (?) pra quem estiver lendo, eu iria demorar mais um pouquinho porém, acho que seria justo postar hoje e tirar alguns dias pra focar em outros deveres.

queria dizer algumas coisas antes de tudo, estou participando de um projeto no qual o mesmo explica sobre a falta de fanfics taegi na plataforma e isso é muito bom, eu nunca havia participado de algo relacionado e espero que dê certo. Logo sairá também uma shortfic com esse mesmo projeto e espero que vocês dêem todo o amor possível, nele tem várias pessoas incríveis e talentosas.

agora sobre o capítulo, não sei se teve algum erro que passou despercebido – como sempre – mas espero que me perdoem por isso, e mais uma vez, se tiver algo que vocês não entenderam ou que ficou confuso, não hesitem em falar pois posso explicar ou até arrumar o próprio capítulo para isso.

e por último, algo não tão importante e sim uma possível vontade, vocês entrariam ou gostariam de participar de um grupo no wpp sobre a fanfic? Tipo, não precisaria ser em si só sobre ela, pode ser sobre qualquer coisa. Se sim, irei fazê-lo.

mais uma coisinha rsrs eu amo os comentários de vocês, mesmo que as vezes eu não responda – porque quando vejo, eu acabo esquecendo de responder. Mas, são tão ótimos e me deixam motivada para continuar, por favor, não desistem de mim e nem de Danger Love.

beijos e até o próximo capítulo 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...