História Dangerous - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Angelina Jolie, Barbara Palvin, Cameron Boyce, Justin Bieber, Taylor Marie Hill
Personagens Barbara Palvin, Justin Bieber
Tags Criminal, Drama, Família, Violencia
Visualizações 94
Palavras 1.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Completamente certa


Fanfic / Fanfiction Dangerous - Capítulo 9 - Completamente certa

Narração Por Justin Bieber 

 

Los Angeles, EUA 

 

 

Já estou dando o ar de minha graça nessa escola ridícula, as horas não passam e aquela idiota não aparece para pelo menos perturbar ela. Nosso professor está atrasado, e quando penso que ela faltou à mesma aparece na porta ofegante. Marie vai direto para sua amiga e nem um olhar fulminante eu recebo, me levanto da cadeira e vou em sua direção que está em pé. 

 

Assanhada da sua amiga percebe minha presença e logo me olha, coloco meu braço no ombro de Marie e sinto ela incomodada.

 

Justin"bom dia branquinha"

 

Seus olhos fitam minha boca antes de subir para os meus olhos, sei que está pensando mil xingamentos para me dizer.

 

Kassie"o...o que...está acontecendo?"gagueja sem tirar um só segundo seus olhos de mim

 

Justin"vou tirar ela de vocês um pouquinho"

 

Marie tenta não me acompanhar, mas lhe puxo com força sem ninguém perceber. Vamos em direção a minha cadeira onde Ryan está sentado na frente, mas ele se vira para nos olhar.

 

Marie"você não deveria ter ido me chamar, agora eu vou dizer o que para minha amiga?"pergunta extremamente baixo

 

Justin"inventa algo, mas nada de dizer que estávamos em uma boate ontem, está me ouvindo?"assentiu cruzando os braços

 

Marie"pra que você me chamou?"me encostei na cadeira e olhando bem para o seu rostinho 

 

Justin"vai se sentar comigo na hora do intervalo"sorri ao ver o seu espanto

 

Marie"por acaso você quer uma namorada ou algo parecido, eu não vou demonstrar afeto por você no meio da escola toda"

 

Justin"você vai sim, agora Marie você é uma de nós"arregala os olhos e se afasta de mim

 

Marie"nunca"

 

Justin"não tira minha paciência, depois você vai sair comigo..."

 

Assim que terminei de falar o diretor apareceu em nossa sala, Marie tenta voltar para sua amiga, mas seguro seu braço.

 

Justin"nada de me contrariar"

 

Solto seu braço fino ao terminar de falar, ela volta para o seu lugar e me sento em minha cadeira.

 

Ryan"vai ser um problema para gente"nego

 

Ela vai ser uma solução, Marie vai afastar qualquer suspeita de nós dois sobre os sumiços das garotas. E ainda vou sair ganhando ao comer ela, rostinho inocente é o que mais atiça os homens, e isso ela tem de sobra.

 

(...)

 

Me sento na mesa do refeitório e vejo Marie caminhar ao lado de sua amiga, lhe lanço um olhar para se sentar ao meu lado. Ela fala algumas palavras com Kassie e logo vem em minha direção sozinha.

 

Sinto sua raiva ao se sentar ao meu lado, sorri debochado para Ryan que me olha sem acreditar. Estou conseguindo domar a fera.

 

Justin"hoje vamos em uma loja comprar um celular para você"digo apenas para ela ouvir 

 

Marie"falou comigo?"reviro os olhos 

 

Justin"é claro sua anta"

 

Resmungo ao sentir algo duro em cima do meu pé, e vejo que é a merda de sua bota.

 

Justin"faz isso de novo que você vira uma mulher morta"digo realmente furioso

 

Marie"eu não preciso de um celular"diz comendo aquele almoço horrível 

 

Justin"precisa sim, como vou avisar para você de nossas saídas?"

 

Viramos o rosto ao ver Taylor passar por perto de nossa mesa, com certeza estamos sendo motivo de fofoca. 

 

Marie"o que vou dizer para minha mãe e minha amiga ao aparecer com um celular?"

 

Ryan"garota porque simplesmente não aceita?"bateu com a mão na mesa para chamar atenção

 

Marie"eu nunca tive um celular e nem mesmo tenho dinheiro para isso"

 

Ryan"é só para usar com o Justin, você esconde essa merda nos peitos ou na sua buceta, eu sei que pode entrar algo bem maiores por elas"

 

Marie"você quis dizer sair, porque a única coisa que pode sair maior que um celular é um bebê"

 

Justin"não bate muita boca com ele, nasceu burro vai morrer burro"

 

Me encosto no seu corpo fazendo ela recuar, mas deixo minha mão repousar em sua coxa.

 

Marie"eu posso sentar com a minha amiga agora?"pergunta já terminando de comer

 

Justin"não"

 

Marie"por que?"sua voz sai um pouco indignada e alta

 

Justin"quer ver o que tem na minha cintura?"nega 

 

Comecei um papo com Ryan sobre Kylie a mulher de ontem que perguntou por ele, mas não me fez tirar os olhos de Marie que fica a cada segundo olhando para sua amiga assanhada e o viado que nem parece ser viado.

 

Ryan"será que amanhã ela vai me procurar?"pergunta sorrindo abobalhado

 

Justin"ela quer você longe dela e do namorado"

 

Ryan"é isso que ela diz para você"reviro os olhos

 

Marie"é isso que você fica acreditando e se iludindo?"joga algumas verdades sem mesmo saber o verdadeiro assunto

 

Ryan"fica do teu canto pirralha"

 

Lhe vejo revirar os olhos e rir debochada, essa menina afronta qualquer um, tenho até receio de ficar com raiva extrema e matar ela de verdade.

 

Marie"quantos anos você tem para me chamar de pirralha, seu escroto"

 

Ryan se levanta a olhando fulminante, me levanto também para fazer ele se sentar.

 

Ryan"se ela ficar mais um dia com a gente, eu mato ela"aponta o dedo na cara dela

 

Marie"coitado, não tenho medo de..."

 

Levo minha mão a sua boca fazendo ela apenas resmungar, beijo sua bochecha e afasto o cabelo de sua orelha.

 

Justin"porque você não guarda sua preciosa língua, antes que um de nós dois arranque"mordo o lóbulo de sua orelha

 

 

 

 

Narração Por Marie Lentz

 

Los Angeles, EUA

 

 

Suas mãos finalmente me solta, e vejo um grande sorriso na boca do Ryan, parece satisfeito com o que viu e ouviu. Os minutos se passam, e eu decidi ficar calada, o sinal volta a bater para voltarmos para sala de aula. 

 

Olho novamente para Kassie e Carl que me olham ainda sem compreender, eu disse que iria me explicar, mas o que eu vou explicar para eles?

 

Ao voltar para sala posso me sentar ao lado de minha amiga, Kassie olha para frente, mas eu sei que ela quer explicações.

 

Marie"eu..."

 

Kassie"desde quando eles entraram eu sempre achei eles lindos, mas nunca recebemos olhares deles e principalmente um oi, agora você aparece falando com um deles, sentando na mesma mesa que eles dois"fala em algum tipo de desabafo ou tentando formular alguma história 

 

Marie"foi de repente, quando percebi já estava falando com o Justin, mas não somos amigos"

 

Kassie"então ficando?"arregalo os olhos assustada

 

Por um momento uma cena correu pela minha mente, o Justin me beijando enquanto me aperta, isso me faz ter calafrios.

 

Marie"não"

 

Kassie"então o que é?"

 

Marie"não posso falar"

 

Kassie"você está esquisita, e foi desde aquele racha"

 

Ela está completamente certa.

 

 


Notas Finais


desculpa pela demora, não esqueci de vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...