História Dangerous Game - ABO - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Sope
Visualizações 2
Palavras 1.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - The Contract


Fanfic / Fanfiction Dangerous Game - ABO - Capítulo 2 - The Contract

Now 

Sr.Jeon 

Aaaaaaaah- gemeu se liberando dentro do beta, talvez o quinto ou quarto corpo que fez sexo,durante aquele dia de cio. Levantou indo ao banheiro,tomou uma ducha rápida e colocou suas roupa sociais, pegando rapidamente o celular na cômoda. Saiu do  quarto se direcionando a parte vip da boate. Sentiu seu celular vibrar, pegou e visualizou várias ligações e mensagens do seu Omma.

Repreendeu mentalmente por ter esquecido de avisar sobre o seu cio.

Omma jin ❤:
Cadê você meu filhote ?(15:20)
Você passou o dia fora . Está tudo bem?(16:15)
Kookie?(18:45)
Atenda minha ligações. Agora!!(19:30)
Desisto!(20:08)
Apenas mande uma mensagem quando visualizar. Bjs !! (23:45)

Me: 
Omma visualizei agora. Desculpa
Tinha entrado no cio 
Fui para a boate me aliviar
Daqui algumas horas estarei em casa
Bjs!!(1:55)


Bloqueou o celular, passando pelo emaranhado de pessoas na pista, indo direto ao bar.

   Me veja uma dose dupla de uísque sem gelo Konw - falou enquanto sentava em dos bancos próximo ao balcão. Enquanto apreciava seu drink, observou que na parte das mesas de apostas, tinha uma confusão. Quando se aproximou, viu que dois seguranças estavam segurando um velho alfa e outro o beta  responsável pela mesa de apostas. Fez com que o seu cheiro ficasse forte para que o notassem.

   Sr. Jeon esse cliente está porre e ainda causando problemas, além de estar endividado com as apostas - explicou um dos seguranças próximos a Jeon.

   Okey !!! Apenas levem no até a minha sala -Jeon falou irritado com a situação causada pelo já conhecido "velho"  - quero ter uma conversa particular sobre negócios .

Puxou rapidamente seu celular .Desbloqueando abrindo o app de mensagens

me:

Quero um contrato para um indulgente (2:30)

pra agora(2:30)


MONSTER

OKEY (2:34)

ME DE ALGUNS MINUTOS (2:34) 

JIN QUER TIRAR A MINHA CABEÇA(2:34)


me : 

NÂO USA CAIXA ALTA COMIGO(2:34) 

Isso que da querer meter (2:35)

o pinto aonde não é chamado(2:35)


MONSTER :

 PANACA COM P MAISCULO DE PAU NO CU. (2:26) 

Elas estavam no "CIO" e altomaticamente se esfregar em mim. Virei adivinho agora(2:36)

Vou mandar o Jin adotar outra criança(2:36)


 me : 

bobão(2:36)

Jin me ama mais do que tu (2:36)


O mais velho apenas visualizou a mensagem deixando um Jungkook no vácuo e risonho sobre a conversa idiota que tiveram  . Bloqueou seu celular se direcionando para sua sala particular. 


                         [ • • • ]


O clima estava pesado no escritório de Jungkook. O alfa chamado Park Shen desde que foi posto na cadeira em frente a mesa do Alfa lupus não ousou nem se mexer ou falar algo. Sabia que mesmo porre estava muito encrencado, a sua dívida já se encontrava na casa dos 5 ou 6 dígitos. Sempre conseguia  por meio da lábia renovar os contratos de pagamentos com os agiotas de Jeon.

   Então Park como irá pagar sua dívida?  - perguntou ironicamente.

   Sr. Jeon me dê mais uma chance. Eu irei pagar- Park falou em cabeça baixa.

O medo dele era eminente dentro da sala a qualquer momento o lupus poderia puxar o gatilho para o corpo a sua frente. Um barulho de batidas na porta foi ouvido. Jeon apenas falou um "Pode entrar"
.Sabia que era Appa Namjoon devido a forte mistura do cheiro  amadeirado com um toque floral de Jin.

   Seu imbecil deixou o Jin preocupado a toa. Aqui está a papelada que você pediu - Namjoon falou entregando a papelada e sentou no sofá puxando seu celular após o beep de mensagens do smartphone.

   Pelo que vi você está falido em todos os sentidos da palavra  - falou  folheando a papelada, parando na imagem de um Ômega de cabelos ruivos - pelo que vi você tem um lindo filhote ômega.

   Grrrr- Park rosnou pelo ódio que sentia do ômega. Sabia que estava próximo ao pai verdadeiro, que nem desconfiava de nada. Ele queria apenas destruir seu inimigo assim como ele fez a sua, ao ter matado seu filho.Todos sabiam da fama de encrenqueiro do seu filho, ao ponto de mexer com ômegas marcados - Te dou esse ômega em troca quero todas minhas divida pagas .O que acha ?

  ¨nada mal essa ideia de poder lucrar bem com esse lindo ômega ¨ divagou em sua mente. Nem estava preocupado com o dinheiro era rico,apenas estava com raiva, o individuo a sua frente estava lhe roubando .Ninguém lhe fazia de trouxa . Esse pequeno poderia ser a sua ¨foda particular e exclusiva ¨.

Jungkook achou muito estranho o fato de um pai nem lutar por seu filhote. Que tipo de pai ele era ? Repreendeu -se tentando foca no contrato em que Namjoon produziu .

   Okey! Aceito esse ômega como condição de pagamento - jeon se levantou estendendo sua mão com a caneta e virando o contrato para que park assinasse - Traga o mais rápido possível. Gosto de meus brinquedos pra já - aumentando a  intimidante voz de alfa.

    Sim Sr.Jeon! Amanhã o quanto antes possível estarei entregando ele - Park se levantou meio tonto e nervoso,saudou a Jeon e o Kim saindo da sala.

   Appa Namjoon como foi o recrutamento dos novatos a bangtans ? - Jeon perguntou girando sua cadeira para direção do outro lupus.

   O de sempre. Muito choro e desistência. Esses moleques pensam que fácil fazer parte de uma máfia - Namjoon falou

Às vezes jeon gostava da conversas banais com seu Appa. Sempre que alguém perguntava quando criança quem era seus pais respondia com muita felicidade que era seu padrinho e o marido dele . 


  Moleque ! você não sabe aonde está se metendo nessa transação ?- Namjoon falou reprovando a ideia do filho .


   Sei sim! Vou sair lucrando Monster. Pabo! -jeon falou alegremente 


kook sempre recebeu mais carinho e atenção por parte de Jin do que sua mãe biológica que só se preocupava em status, festas e joias E a Namjoon que presenteava o alfinha com brinquedos da época e passeios a parques  do que seu pai,que apenas reprovava as ações dos adolescentes que levavam o seu filho dizendo que o estavam mimando o demais,  tornando o fraco e incapaz de controlar a máfia BANGTA .


Notas Finais


🤗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...