1. Spirit Fanfics >
  2. Dangerous Game- Imagine Kim Junmeyon >
  3. Temos um traídor entre nós!

História Dangerous Game- Imagine Kim Junmeyon - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


E aí
Tudo bem com vocês?
Espero que sim
As coisas estão começando a esquentar nesse cap
Boa leitura
Beijos da ChinSun ❤️❤️

Capítulo 5 - Temos um traídor entre nós!


Fanfic / Fanfiction Dangerous Game- Imagine Kim Junmeyon - Capítulo 5 - Temos um traídor entre nós!

-Suho, vamos pensar com calma tá... Não vamos fazer nenhuma besteira- ele se aproximava cada vez mais do meu rosto, então eu fechei os olhos sabia o que iria acontecer

Yeji- S/N você... Ah desculpe não sabia que vocês estavam ocupados, mas precisamos de você Suho, a Irene foi baleada- antes que o Suho pudesse processar o que estava acontecendo eu já estava nas escadas correndo para ver como a Irene estava

D.O- Cadê o Junmeyon? Ela precisa de ajuda rápido- dizia estancando o sangramento

-Me passa a anestesia, você vai ficar bem tá?!- passei a mão em seus cabelos

D.O- O que vai fazer?

-Se não estivéssemos em um momento como esse? Bateria em você, me dá logo a porra da anestesia!- Depois de aplicar a anestesia na garota Suho chega

Suho- O que está fazendo?

-Saia! Bisturi

Suho- Eu perguntei o que está fazendo!- segurou meu braço na hora em que iria começar a mini cirurgia para remover a bala

-A menos que queira que ela morra saía! Eu sei o que estou fazendo! Junmeyon a cada minuto que você me segura ela está perdendo mais sangue e elevando as chances de morte, então dá pra me soltar porra!- ele me soltou e enfim pude tirar a bala da garota e dar os pontos no local- ela precisa de sangue, vocês tem aqui?

Suho- Naquela geladeira, tem O   deve servir

-Sim, acho que é só, ela precisa descansar, vocês podem sair?

Todos- Claro- todos saíram menos o Suho e o Kyungsoo

-Você também Kyungsoo

D.O- Porque quer ficar sozinha com ele? Acho que não vai dar tempo de transar, daqui a pouco a Irene acorda

-Se eu não tivesse problemas com você deixaria você ficar, mas acho que esse não é o caso

D.O- Você tá se achando toda poderosa né, acha que manda em alguma coisa nessa porra, mas você é uma merda assim como os outros

-Oh pequeno Kyungsoo não se esqueça que você também é como os outros- falei com sarcasmo- agora saí daqui

D.O- Não

-Se você não sair vou ser obrigada a tirá-lo a força

Suho- Kyungsoo, sai daqui por favor, Depois conversamos- pediu e o homem saiu- parabéns

-Pelo que?

Suho- Você foi muito bem, parecia que sabia o que estava fazendo

-Mas eu sabia...

Suho- Como?

-Tem certeza que fez a lição de casa completa?

Suho- O que quer dizer com isso?

-Eu sou formada em medicina. Era o sonho da minha mãe que eu fosse médica, depois de terminar a escola entrei na faculdade de medicina, me especializei em clínico geral e com 26 anos já estava formada, mas depois de 3 meses trabalhando como médica vi que não era o que eu queria para a minha vida, então acabei abandonando o jaleco

Suho- Sua mãe deve estar orgulhosa de você

-Meu pais morreram quando eu tinha 15 anos

Suho- Ah, me desculpe eu não sabia... Então você disse que não queria ser médica, o que você queria ser?

-Na verdade eu não sei, ainda estou tentando descobrir

Suho- Entendi... S/N eu precisou te falar algo

-Diga...

Suho- Eu...

Irene- S/N...- murmurou

-Irene- Corri em sua direção- você tá bem?

Irene- Sim, obrigada

-Você é muito forte, se fosse outra pessoa não teria aguentado, tenta dormir um pouco tá, você ainda tá fraca

Irene- Me leva pro meu quarto por favor...

-Vou pedir para um dos garotos te levar

Irene- Obrigada

-Pode pedir para um dos garotos levarem ela para o quarto?

Suho- Claro- depois que os meninos levaram ela voltei a conversar com Suho

-Então, o que queria me dizer?

Suho- Ah... Nada, só ia perguntar o que mais está precisando aqui, sabe as pessoas sempre acabam se machucando, com uma médica aqui agora teremos como ter resultados mais preciosos

-Bom... Várias coisas estão faltando aqui, Depois faço uma lista com o que precisa

Suho- Ok, vou estar no meu escritório, se precisar me chame

-Ei! Onde pensa que vai? Sei que não era isso que queria me dizer

Suho- Me pegou

-Desembucha

Suho- S/N... Eu gosto muito de você, mas não como amiga como algo mais, te amo muito

-Suho, eu também te amo... Mas não sei se podemos fazer isso

Suho- Porque não? O que nos impede?

-Eu não sei, mas sinto que isso não daria certo

Suho- S/N...- antes que ele pudesse terminar saí correndo para o quintal, eu estava muito triste, realmente o amava mas não podia o magoar, querendo ou não eu sou uma traidora, me sentei em um banco que havia alí e comecei a chorar

Seulgi- O que houve?

-Eu não aguento mais Seulgi, não aguento mais mentir para as pessoas que eu amo! Eu preciso contar a verdade pra ele!

Seulgi- Não faça isso! Ele pode te matar, teremos que preparar o terreno para contar isso a ele, respira tá?! Vai ficar tudo bem- deitei em seu colo o chorei por muito tempo

{Q.D.T}

Kai- Junmeyon, o LuHan foi preso!- disse entrando na sala apressado

Suho- Como?

Kai- Ao que tudo indica eles já sabiam que o LuHan estaria lá

Suho- Temos um traídor entre nós

-Ou ouvidos entre nós

Suho- O que quer dizer com isso?

-Os celulares podem ter sido hackeados...

Suho- A polícia pode ter ouvido todas as nossas conversas, temos que mudar todas as missões, eles vão estar em alerta em todos os pontos

Kai- Precisamos melhorar a segurança dos celulares, e acabar com os meios de que eles tem para nós ouvir ou ver 

-Isso eu consigo resolver, posso colocar uma segurança e privacidade maior, evitar que qualquer pessoa consiga entrar nos nossos celulares

Suho- Então quer dizer que é cheia de talentos né?!

-Mais ou menos isso... Agora preciso de todos os celulares da casa e prometo não invadir a privacidade de ninguém

Suho- Eu vou pegar os celulares para você...

-Tá, vou estar esperando no meu quarto- Depois de um tempo Seulgi adentra meu quarto com uma pequena caixa

Seulgi- Foi você não foi?! Eu sabia que iria nos trair!

-Calma, tenho uma ótima explicação para isso

Seulgi- É bom mesmo, Porque senão te entrego para o Suho agora mesmo

-LuHan era um traídor

Seulgi- O que? Está brincando né?!

-Não- coloquei o pequeno pendrive colocando no computador- ouvi ele falando isso há alguns dias quando estava passando- rodei o áudio para que ela acreditasse em mim- Quando ouvi isso pensei na hora em o entregar para a polícia, se ele matasse o Junmeyon eu nunca me perdoaria por não ter feito nada



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...