História Dangerous Girl (Wooseok - Pentagon) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Pentagon (PTG)
Personagens Hong-seok, Hui, Jin-ho, Kino, Personagens Originais, Shin-won, Woo-seok, Yan An
Tags Hongseok, Hui, Jinho, Kino, Pentagon, Ptg, Shinwon, Wooseok, Yan An, Yeo One, Yuto
Visualizações 22
Palavras 2.948
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente tudo bem?
Gente, sei que estou atrasada e peço mil desculpas. É que esse mês está tão corrido que estava difícil arranjar um tempo para vir postar aqui. Eu queria muito definir um dia para postar Dangerous Girl, mas pelo que estou vendo vai ser um pouco difícil esse mês :(
Queria dar um aviso, eu pensei bastante na história e percebi que estavam faltando alguns avisos e categorias então eu modifiquei e adicionei algumas, peço que vejam novamente e se ,caso se sinta desconfortável com algumas delas não leia a história!!!

Eu estou meio confusa com a história e não estou muito confiante com esse capítulo, mas fiz de coração e espero que gostem <3

Boa leitura :)

Capítulo 4 - Conhecer você melhor


O estúdio que antes estava com poucas pessoas agora estava uma completa bagunça. Mais pessoas da equipe haviam chegado e agora maquiadoras, estilistas e até o manager, andavam de um lado para o outro completamente apressados tentando arrumar todos os meninos a tempo. Mas a bagunça não estava apenas no ambiente, a cabeça de Emily estava também daquele jeito. Se duvidasse poderia estar pior.

Sentada, com as mãos entre seus cabelos e os cotovelos apoiados na mesa, Emily estava pensando em como aquilo poderia ter acontecido. Qual é, quais eram as chances de você transar com um garoto e dias depois descobrir que ele é alguém famoso?

Percebendo sua situação e o quanto estava ferrada, Emily apenas inclinou ainda mais seu corpo e apoiou sua testa na mesa tentando arranjar algum jeito de conseguir lidar com aquela crise que estava tendo dentro de sua cabeça.

- O que foi Emily? - Haru perguntou enquanto se aproximava da mesa que a amiga estava sentada. As duas estavam apenas esperando os meninos se arrumarem para que pudessem começar.

- Haru, eu sou a pessoa mais azarada desse mundo. - Emily disse, e logo em seguida soltou um choramingo pensando em como iria contar aquilo para a amiga.

- Ei, o que aconteceu? - Haru perguntou, sentando no pequeno espaço que havia sobrado na mesa.

Emily levantou sua cabeça e olhou para os lados se certificando que não havia ninguém por perto antes de olhar para Haru e pedir para que ela chegasse mais perto com uma de suas mãos.

- Aquele garoto, o Wooseok, foi com ele que eu fiquei na balada aquele dia. - Emily disse praticamente em um sussurro, ninguém podia ficar sabendo daquilo.

- VOCÊ O QUÊ?! - Haru gritou enquanto olhava para Emily e arregalava os olhos.

Emily rapidamente levantou da cadeira e colocou suas mãos em cima da boca de Haru, estava tentando ser o mais discreta possível e sua amiga ia lá e gritava daquele jeito.

- Será que tem como você tentar ser  mais discreta? Nem todo mundo precisa ficar sabendo. - Emily falou entre dentes com a amiga e percebendo duas pessoas passarem ao lado das duas, Emily apenas lançou um sorriso em direção a elas tentando fingir que estava tudo bem.

- Como assim o Wooseok é o garoto da balada? Como você não sabia quem ele era? - Haru jogou suas perguntas para a amiga quando teve sua boca livre.

- E como eu ia saber? Não é como se eu chegasse para as pessoas que eu pego e perguntasse: "Ei, você é algum famoso?". Como raios eu ia saber que ele era um idol? Você sabe muito bem que eu não sou ligada nessas coisas. - Emily respondeu em um tom de voz desesperado.

- Se você vive nas cavernas não é minha culpa. Mas a pergunta que não quer calar é: Você não conseguiu perguntar ou vocês estavam muito ocupados fazendo outras coisas que você nem conseguiu se preocupar com isso? - Haru perguntou a Emily e logo em abriu um sorriso malicioso em direção a mesma, o que resultou em Haru sendo atacada novamente pelos tapas da amiga.

- Como você consegue brincar com uma coisas dessas, não está vendo o quanto eu estou desesperada? - Emily perguntou a amiga em um tom ainda mais desesperado, como ia conseguir se concentrar naquela sessões de fotos se o choque de ter encontrado Wooseok tão de repente havia lhe afetado tanto?

- Ei, não é você que gosta de casos de uma noite? Então, apenas finja que ele não está na sua frente e faça o seu trabalho, não deixe que isso te afete. Controle-se você sabe o quanto precisa dessa vaga. - Haru disse, logo descendo seu corpo da mesa.

Antes que Emily conseguisse responder a amiga ela percebeu as vozes dos garotos preencherem novamente o ambiente, fazendo com que sua atenção se voltasse para eles.

Emily já sabia mais ou menos qual era o conceito que os meninos usariam daquela vez. Enquanto arrumava as coisas no estúdio com Haru, a garota havia comentado que agora os meninos iriam voltar com um álbum com conceito mais sexy, mas ela não esperava que seria tão sexy assim. Emily não sabia se eram as roupas que eles estavam usando ou a maquiagem que havia sido feita neles, ela apenas sabia que se o objetivo da empresa naquele álbum era fazer os garotos parecerem mais sexy, eles com certeza haviam acertado em cheio.

Os olhos de Emily passaram por todos os meninos, mas ela tinha que admitir que a sua atenção havia se concentrado mais em apenas uma pessoa: Wooseok.

Se Emily já achava Wooseok bonito suficiente com roupas tão simples como as que ele usou no dia em que se conheceram, é porque não havia visto ele daquele jeito como estava a sua frente. A blusa longa branca que Wooseok vestia por baixo de um casaco também da mesma cor que a blusa e com uma calça preta, traziam ao menino um visual casual mas ao mesmo tempo que impressionava as pessoas. Não sabia se era pelo porte físico ou beleza do garoto, mas Emily poderia facilmente pensar na possibilidade de Wooseok entrar na lista de modelos mais bonitos que já havia fotografado, mesmo o garoto não tendo aquela carreira como uma profissão.

Mas a atenção de Emily foi tirada de Wooseok quando a mesma ouviu a voz de Haru chamando todos para que conseguisse explicar como as coisas funcionariam a partir dali.

- Bom pessoal, irei explicar como iremos fazer essas fotos. - Haru começou a explicar quando percebeu que todos estavam a sua volta e não precisaria ter que repetir tudo de novo. - Vai ser como sempre foi, mas agora quem irá tirar a fotos de vocês vai ser a Emily. Como só precisamos tirar as fotos individuais agora com as novas roupas e os cenários novos, vou deixar a Emily completamente a cargo dessa sessão de fotos, tanto para ver se vocês irão se acostumar com ela, como também para ver como ela irá se sair, afinal de tudo, ela está sendo avaliada. Entenderam?

Todos os garotos responderam com um sonoro sim e olharam para a garota que ainda parecia um pouco apreensiva com toda a situação.

- Então vamos começar, seguiremos a ordem de sempre: Jinho, Hui, Hongseok, Shinwon, Yeo One, Yan An, Yuto, Kino e por último Wooseok. - Haru disse e apontou para cada um respectivamente, fazendo com que Emily tentasse pelo menos gravar  o nome de todos para que não pagasse nenhum mico.

.

.

- Caramba, você é realmente boa. - Kino disse olhando mais uma vez impressionado as fotos que haviam sido tiradas de si.

Emily soltou um pequeno riso pelo elogio do garoto e olhou mais uma vez o trabalho que havia feito ali. Quando começou a fotografar Jinho ainda estava um pouco nervosa, mas os membros eram tão gentis e carismáticos consigo, que o nervosismo que estava sentindo no início logo desapareceu e deu lugar a confiança que sentia sempre que fotografava.

- Quantos anos você disse que tinha mesmo? - Kino perguntou enquanto virava sua cabeça para observar melhor a menina ao seu lado.

- Vinte anos. - Emily disse e passou mais uma vez seus olhos pelas fotos que havia tirado de Kino para ver se não teriam que tirar mais algumas.

- Uau, e você já tem esse talento todo. Garota, você vai longe.

Agradecida e achando graça das palavras do menino Emily acabou rindo, o que fez com que o garoto risse junto com ela e repetisse várias vezes que o que estava dizendo era sério.

De longe, Wooseok observava a interação de Emily com os outros membros. Wooseok tinha que admitir que a garota era realmente boa no que fazia e logo supôs que a garota conseguiria a vaga facilmente, não só pelo talento que tinha, mas também pelo carisma espontâneo que a garota possuía e nem parecia perceber, Emily já tinha praticamente conquistado todos naquele estúdio.

- Ei, é sua vez Wooseok. - Kino gritou enquanto andava em direção a sala de maquiagem para que pudesse trocar de roupa e retirar a maquiagem de seu rosto.

Observando Emily virar para trás e olhar em sua direção Wooseok apenas suspirou antes de começar a andar em direção aonde a garota estava sentada.

- Parece que você não tem muita sorte, para quem parecia não querer me encontrar de novo... - Wooseok disse em um tom sarcástico, pensando em sua mente que não poderia perder a oportunidade de provocar Emily.

- É parece que a sorte não gosta de ficar do meu lado. - Emily disse, retribuindo no mesmo tom que o garoto havia falado consigo.

Wooseok soltou um pequeno riso e conferiu ao seu redor se havia muitas pessoas por perto antes de colocar uma de suas mãos na parte de trás da cadeira que a garota estava sentada e a outra em cima da mesa do computador, se inclinando para que conseguisse ficar com a boca próxima da orelha de Emily.

- Você sabe muito bem que ela poderia estar ao seu lado se você quisesse, nós dois sabemos que ambos gostamos daquela noite, e isso, você não tem como negar Emi. - Wooseok sussurrou bem próximo do ouvido de Emily fazendo com que a garota sentisse arrepios pelo corpo.

Meio afobada, Emily apenas se levantou de súbito da cadeira fazendo com que ela fizesse um alto barulho quando a mesma a arrastou para trás. Pegando sua câmera correndo, Emily apenas foi para frente do cenário que usaria nas fotos com Wooseok e esperou o menino terminar de rir de si para que pudessem começar a tirar as malditas fotos.

Mexendo nas configurações de sua câmera Emily percebeu por canto de olho Wooseok passar ao seu lado e se posicionar a frente do cenário de fundo amarelo onde as fotos dele seriam feitas.

- Tá bom. Vamos começar. - Emily disse e logo observou Wooseok começar automaticamente a pousar para as fotos, como se estivesse acostumado a fazer aquilo todos dias.

Emily já havia trabalhado com muitos modelos e visto pessoas de todos os tipos e de vários portes diferentes mas ela tinha que admitir que Wooseok tinha algo diferente, não sabia se era as poses que o garoto fazia, as roupas que o mesmo usava ou a altura que deveria o favorecer, mas Emily colocaria ele facilmente na sua lista de pessoas mais fotogênicas que já havia visto. Talvez bem no fundo fosse a beleza do menino, mas naquele momento ela não queria admitir aquilo pra si mesma.

Se sentindo meio afetada pelo garoto, Emily retirou a câmera de seus olhos e fingiu olhar as fotos que havia tirado pelo visor de sua câmera, se olhasse mais uma vez para aquele menino ela não responderia pelos seus atos.

.

.

Depois de finalmente ter terminado uma longa sessão de fotos, Emily finalmente estava arrumando suas coisas para que pudesse voltar ao seu apartamento. Já eram oito horas da noite e a garota ainda tinha que no dia seguinte trabalhar no maldito café de seu querido chefe.

O trabalho com os meninos tinha chegado ao fim e agora Emily apenas teria contato com eles através da tela de seu notebook enquanto estivesse editando as fotos deles. Emily realmente esperava que fizesse um bom trabalho e conseguisse aquele emprego.

Colocando a alça da bolsa em seu ombro, Emily começou a andar em direção a saída do estúdio. Já havia se despedido de todos os funcionários que haviam sobrado ali dentro antes de começar a arrumar suas coisas.

Andando pelo corredor Emily escutava o som do salto de suas botas ecoarem sobre o piso. Já que estava sozinha ali o som ficava mais alto e até deixava a menina um pouco mais relaxada.

Mas a garota se surpreendeu quando virou para a direita no corredor e viu o corpo de Wooseok encostado na parede ao lado do elevador enquanto mexia em seu celular com bastante concentração.

Por um momento Emily hesitou em passar por ali e quase considerou a possibilidade de descer as escadas de emergência até o térreo, mas a garota sabia que uma hora ou outra teria que encarar o menino de qualquer jeito.

Quem visse Emily agora com certeza não a reconheceria. A garota cheia de atitude agora estava completamente nervosa de ficar a sós com um menino que havia ficado em uma noite qualquer. E pensar que ela havia dado o primeiro passo era algo mais irônico ainda.

Mas Emily sabia que se acontecesse alguma coisa entre os dois, ela não conseguiria resistir. Talvez não tivesse nenhum problema em querer ficar com o garoto novamente, mas a possibilidade daquele caso evoluir para algo maior deixava a garota apreensiva e assustada. Não que Emily nunca tivesse namorado em sua vida inteira mas depois dele, Emily não encarava mais relacionamentos sérios da mesma forma que antes.

Se aproximando do elevador Emily apenas apertou o botão e esperou que o mesmo chegasse até o andar em que estava, enquanto observava pelo canto de olho Wooseok guardar seu celular e ficar ao seu lado parecendo que também estava esperando o elevador.

- Então vamos mesmo fingir que somos completos estranhos? - Wooseok perguntou enquanto olhava para as portas metálicas a sua frente sem se quer virar um pouco seu rosto para o lado para que conseguisse enxergar Emily.

- Você não acha que é melhor? - Emily perguntou e virou seu rosto para que conseguisse enxergar a expressão do menino, mas tudo o que rosto de Wooseok mantinha era uma expressão neutra.

- Eu acho que deveríamos fazer o que quiséssemos. - Wooseok disse e observou as portas do elevador se abrirem, logo em seguida entrando nele.

- E o que você quer? - Emily perguntou, também movendo seus pés e entrando dentro do ambiente.

Emily ficou de costas para Wooseok e apertou o botão para que as portas se fechassem logo. Mesmo que estivesse apreensiva, a curiosidade de ouvir o que o garoto tinha a lhe dizer era maior.

Sentindo o corpo de Wooseok se aproximar do seu, Emily apenas sentiu a movimentação atrás de si enquanto Wooseok abaixava lentamente seu corpo para que ficasse com a boca na altura da orelha da menina. Parecia até mesmo uma espécie de déjà vu.

- Eu quero te conhecer melhor Emi. - Wooseok sussurrou próximo ao ouvido da menina e quase soltou uma risada quando a garota começou a bater levemente seus pés contra o piso do elevador.

- Você está maluco garoto? Aqui dentro tem câmeras. - Emily disse em uma voz tensa, mas não se moveu um centímetro para que afastasse seu corpo do garoto.

- Você pode ter certeza que essas câmeras já flagraram coisas piores do que essa. - Wooseok respondeu, quase no tom debochado, enquanto ainda mantinha-se atrás do corpo da garota.

- É, mas eu não acho que eles vão gostar muito se descobrirem que a fotógrafa de teste está por aí com um membro do grupo que acabou de fotografar. - Emily disse e rapidamente afastou-se um pouco do corpo de Wooseok e virou-se em direção ao menino para que conseguisse vê-lo.

Antes que Wooseok conseguisse dizer alguma coisa ele ouviu a voz robótica do elevador avisar que já haviam chegado no andar desejado e apenas observou o corpo de Emily andar em passos apressados para fora do elevador. Até parecia que ela estava querendo fugir dele.

Wooseok até tentou ir atrás da garota, mas foi interrompido quando sentiu a mão de uma pessoa lhe segurar pelo ombro e logo o garoto observou uma cabeleira vermelha ficar em seu campo de visão.

- Nós estávamos procurando você, ainda bem que te achei. Precisamos de você pra ensaiar Wooseok. - Kino disse e começou a empurrar o garoto para dentro do elevador novamente.

- Espera, eu preciso fazer um negócio antes. - Wooseok disse, tentando se livrar das mãos do garoto que estavam em seus braços.

- Nada disso Wooseok, você não vai fugir, já está meia hora atrasado. - Kino disse em um tom sério e ainda segurando um dos braços do garoto virou levemente para trás e apertou o botão para o andar onde ficavam as salas de dança.

Wooseok apenas bufou em frustração, realmente estava atrasado e não tinha como questionar o mais velho sobre esse fato.

Kino percendo que Wooseok finalmente havia se acalmado, saiu da frente do garoto e posicionou seu corpo ao lado do mesmo.

- Mas... o que você ia fazer? - Kino perguntou em um tom de curiosidade enquanto virava sua cabeça em direção a Wooseok.

- Nada demais. - Wooseok disse em palavras simples não querendo prolongar o assunto, sabia o quanto o mais velho era curioso.

- Tudo bem. - Kino disse em um tom calmo não querendo insistir muito no assunto. Sabia que mesmo se insistisse, Wooseok não diria exatamente o que iria fazer. Mas o mais velho sentia que havia alguma coisa que Wooseok estava escondendo e ele faria questão de descobrir o que era.

Wooseok finalmente observou as portas se abrirem e Kino andar em sua frente, mesmo que o mais velho estivesse com o pé machucado e não podendo participar das danças do grupo, ele fazia questão de ficar nos ensaios do grupo observando os membros e falar caso algum membro tivesse errado alguma coisa na coreografia.

O corpo de Wooseok acompanhava o garoto até a sala de dança, mas sua mente estava apenas na garota de cabelos curtos e como faria para conquistar ela e ganhar sua confiança.

Wooseok só tinha certeza de uma coisa. Não iria desistir.

 

 

 


Notas Finais


Gente espero que tenham gostado. Vou tentar postar o mais rápido que conseguir o próximo capítulo :)
Muito obrigada a todos que comentam, leiam e favoritam a história <3

Bom final de semana, beijinhos :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...