História Dangerous Love - Fillie - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Capítulo 7



                       Narradora


Mesmo sendo pego de surpresa o moreno desvia da bala e pega sua arma , não demorando a ver seus empregados fazerem o mesmo , dando início ao tiroteio .



 Finn permanece atirando até perceber que Millie ainda estava no meio daquilo tudo , não conseguindo esconder sua preocupação.



Ela não devia estar ali...



Precisava protegê-la!




Finn - MILLIE! CORRE PRA O APARTAMENTO! 



O moreno grita se virando pra ela , mas tudo que consegue sentir é uma ardência dolorosa em seu braço...



Havia sido atingido... 



Millie que estava em choque , parece reacender diante da cena não demorando a sentir o desespero e a preocupação tomar conta de si .



 Em um ato de coragem , a morena corre em direção a Finn e o puxa na intenção de levá-lo com ela para dentro do edifício , e mesmo querendo ir o traficante resiste.



Finn - N...não , eu eu preciso ficar ! Sai daqui , você pode se machucar ! 



O moreno fala tentando se soltar enquanto ouvia os tiros continuarem a serem disparados , mas logo sente Millie o agarrar com mais força e afogar sua cabeça em seu peitoral enquanto soluçava...



Ela estava chorando ? 



Millie - P-Por favor...vem comigo ! Não vou te deixar aqui ! 


 

Brown chorava desesperadamente se agarrando ainda mais a Wolfhard e por um momento toda sua resistência foi ao chão juntamente com o seu plano de se afastar da morena . 



O sangue de Finn fervia de raiva , afinal , alguém havia ousado tentar matá-lo , mas olhando pra Millie ali em seus braços , a dor que estava sentindo não era nada comparado a necessidade de protegê-la.



Noah - SAIAM DAQUI! 



Noah grita em direção a Millie e Finn enquanto continuava atirando, os dando cobertura , e dessa vez Finn não resiste às sentir as mãos de Millie o puxarem para dentro do edifício onde a mesma morava . 



Os tiros podiam ser ouvidos em todo o vapor e ainda correndo, o casal chega rapidamente ao apartamento da morena.



                            Finn



Entro no apartamento ainda podendo ouvir o som dos tiros e mesmo sentindo a ardência insuportável em meu braço , caminho a passos largos em direção a janela , podendo assim observar o que acontecia lá em baixo .



 Mesmo sendo pegos de surpresa os meus empregados e Noah eram ótimos atiradores e já podia ver dois dos homem que estavam na moto caídos no chão , diminuindo a quantidade de disparos . 



Continuo observando tudo até ouvir o som de um choro baixo , fazendo toda minha atenção e preocupação irem de encontro a morena de olhos inocentes que por mais que tentasse afastar , sempre voltava novamente para os meus braços.



Finn - Ei , você tá bem ? Se machucou ? 



O moreno caminha a passos largos em direção a Millie e coloca a mão em sua nuca a analisando por completo enquanto procurava algum indício de que a morena havia se ferida...mas não havia nada!



 O traficante parou por um momento e olhou no fundos dos olhos de Millie podendo ver todo o medo que havia sentido escorrer por seu rosto através das lágrimas , o fazendo entender o que estava à fazendo chorar....



Ela estava assustada!



 Sem conseguir se controlar , mais uma vez Wolfhard à envolve em um abraço acolhedor tentando ignorar a dor que sentia em seu braço.



Finn - Shii...vai ficar tudo bem ! Vai passar !



O moreno sussurra no ouvido de Millie à fazendo se arrepiar e logo a mesmo começa a se acalmar , fazendo ambos perceberem que os tiros haviam parado totalmente .



 Millie permanece abraçada a Finn e sem perceber acaba apertando o braço machucado do traficando o fazendo gemer de dor.


 

Millie - Aiii meu Deus , eu me esqueci completamente do seu braço , me desculpa , eu...eu...



                  Finn interrompe



Finn - Não precisa se preocupar comigo , eu me viro ! Já vou indo ! 



O moreno fala em um tom frio e se afastar ao perceber o quanto estava próximo da jovem , não demorando a começar a caminhar em direção à porta .



 Finn estava pronto pra sair quando sente as mãos de Millie o puxarem de volta.



Millie - Não tenta me afastar de novo , só... deixa eu cuidar de você , por favor! 



Wolfhard volta o seu olhar para Millie e mais uma vez sente seu coração disparar . O traficante não conseguia entender o que acontecia consigo mesmo quando estava perto da jovem , somente sentia que sua tentativa de afastar Brown de si se tornava mais impossível a cada dia .



 Seu olhar percorreu a morena mais uma vez e sua mente pareceu viajar até os acontecimentos anteriores , o olhar assustado , as mãos trêmulas e o medo estampado em seus olhos . 



Finn sabia que Millie nunca estaria segura perto dele , mas algo também lhe dizia que ela nunca estaria protegida longe do mesmo , algo que o impedia de se afastar totalmente da jovem , algo que o fazia se sentir como nunca havia se sentido antes , algo que o fazia ser incapaz de lhe dizer "não" mais uma vez .



 Sem conseguir pronunciar uma única palavra , Wolfhard se afasta levemente e se senta no sofá , fazendo Millie entender sua resposta . 



Ainda sentindo seu coração bater forte , a morena corre em direção a caixa de primeiros socorros e volta até o traficante , sentando de frente para o mesmo. 



Millie - Preciso que você...ti...tire a...



A jovem aponta para a camisa de Finn sentindo seu rosto corar , mas não demora a sentir seu corpo esquentar de forma surpreendente ao ver o moreno tirar a peça de roupa.



                           Millie



Meu corpo pegava fogo e meu coração disparava como nunca antes . Sua pele era bronzeada e cada um de seus músculos parecia ter sido esculpido com perfeição . 



Minha mão ansiava tocar seus ombros fortes , acariciar seu peitoral e deslisar até seu abdômen definido , eu queria toca-lo de verdade , não somente em seu corpo , eu queria tocar sua alma .



 Desperto dos meus pensamentos assim que meus olhos se deparam com seu braço ensanguentado , e não demoro a voltar toda a minha atenção ao seu ferimentos . 



Pego tudo o que precisaria e levo minhas mãos ao seu braço , me esforçando ao máximo para esconder um sorriso ao ver que sua pele havia se arrepiado com o meu toque . 



Minhas mãos se moviam com delicadeza , limpando e enfaixando a marca do tiro que por sorte havia sido de raspão . Podia sentir seu olhar fixo em mim , sua respiração acelerada , e o movimento de seu peitoral que subia e descia rapidamente . 



Termino de fazer o curativo e sem conseguir me afastar volto a deslisar minhas mãos por seu braço forte . Eu sabia que o certo seria me levantar e manter distância , afinal , já havia acabado de fazer o que devia , mas por algum motivo minhas mãos pareciam ter controle próprio , sendo assim incapazes de se afastarem de sua pele quente e macia .



 Sua respiração começa a se tornar cada vez mais acelerada na medida em que o acaricio e finalmente consigo levantar a cabeça , encontrando com os olhos negros que me tiravam de órbita , os olhos que me atraiam para um mar de mistério e perigo , mas que acima de tudo me faziam sentir em casa...na minha verdadeira casa! 



                      Narradora



Ambos permanecem navegando no olhar um do outro e por mais que a mesma voz em suas mentes os mandassem se afastar , o desejo que ardia em seus corações falava mais alto naquele momento . 



Seus rostos se encontravam a centímetros de distância enquanto um imã invisível parecia os puxarem cada vez pra mais perto . 



Ele era o traficante perigoso e ela era a jovem boazinha , ambos totalmente diferentes , mas naquele momento o desejo que sentiam de unir seus lábios em um beijo apaixonado falava mais alto do que suas diferenças...



Mas perai...



Apaixonado??...



Por quê não ?!?...



O casal continua a se aproximar , mas antes que seus lábios pudessem se unir , o toque do celular de Finn toma conta da sala , fazendo ambos se afastarem rapidamente . 



Suas respirações se encontravam descompassadas e seus corações continuavam a bater enlouquecidos...



Iriam mesmo se beijar ? 



Mesmo com os olhos ainda fixos em Millie , Wolfhard parece voltar a despertar de seus pensamentos não demorando a ver a mensagem que Noah havia enviado para o seu celular.



                      Mensagem



Noah - Pode descer , está tudo limpo aqui em baixo ! 



Ainda sem camisa Finn se vira , caminhando em direção a janela para checar a situação , deixando uma Millie completamente boquiaberta pra trás . 



O corpo do moreno de fato a deixava fora de órbita , mas havia sido a grande tatuagem em suas costas largas que chamou sua atenção . 



Um anjo da morte cobria toda a pele do traficante e por um momento Millie se imaginou tocando aquela área , acariciando suas costas nuas enquanto sentia o corpo do mesmo colado ao seu . 



Brown balança a cabeça negativamente tentando afastar esse pensamentos de sua cabeça e volta a focar no que acontecia em sua frente , não demorando a ver Finn começar a andar em direção a ela como um leão atrás de sua presa . 



Os ombros largos , a barriga definida , os braços fortes e o corpo perfeitamente esculpido se moviam com maestria até a morena , à fazendo engolir em seco ao vê-lo parar em sua frente .



 Ainda conectados aos olhos de Millie , Finn estende o braço para trás da morena , deixando seus rostos novamente a centímetros de distância . 



Um calor infernal parecia tomar conta da jovem , seu corpo fervia com o desejo de ser tocada por ele , mas antes que isso acontecesse , a mesma vê o traficante voltar a se afastar dessa vez com sua camisa em mãos , não demorando a vesti-la.



Finn - Acho melhor eu ir embora...muito obrigado por...você sabe ! 



O traficante fala tentando manter seus olhos longe de Millie.



Millie - Eu...eu...



Finn interrompe , conseguindo finalmente andar em direção à porta.




Finn - Adeus Millie!





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...