História Dangerous Love! - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane, Lauren Jauregui, Normani, Selena Gomez
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Alren, Camariana, Drama, Norminah, Romance, Semi, Vercy, Violencia
Visualizações 26
Palavras 686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, LGBT, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura.

Capítulo 8 - Eu Gosto Dela!


Pov Ariana!

 

Realmente, os Cabello estavam cuidando muito bem de mim, Alejandro e Sinu, me tratam como se eu fosse uma das filhas, faz tempo que não sinto esse carinho todo. Quando eu entrei para a policia, minha mãe ficou brava e piorou quando entrei para o FBI, hoje em dia ela não fala mais comigo. Estava a muito tempo sem ter esse carinho de família.- Ei Nana, você ta chorando?- A pequena Sofia, que estava na cama de Camila, indagou.- Ah não é nada princesinha, só lembrei de coisas do passado.- Enxuguei a lágrima que desceu pelo meu rosto.- Se for algo sobre família, agora você tem a gente.- A pequena falou e veio na minha cama, Sofia começou um carinho em meu rosto.- Já pensou em ser policial quando crescer? Você daria uma ótima investigadora, sabe ler as pessoas.- Falei e os olhinhos dela brilharam.- Policial igual você Nana? Você me ensina tudo que sabe? - Ela indagou e me olhou com um sorriso gigantesco.- Você vai ser muito melhor que eu e eu ensinarei sim.- Falei e Camila me encarou.

- Vamos pequena, Ariana precisa descansar e eu tenho que entrevistar uma nova funcionária.- Camila falou e a pequena me deu um beijo molhado na bochecha.- Bom, Lauren está vindo me buscar, vamos para a delegacia para eu assinar alguns papeis e ela vai me falar de alguns casos e prisões.- Falei.- Diz pra Lauren que ela pode fazer isso aqui, a entrevista é envolve a garota ter que fazer na prática, então vou acompanhar de perto por pelo menos quatro horas, vocês terão toda privacidade pra conversar sobre os assuntos da delegacia.- Após a saída de Camila e Sofia, Lauren chegou minutos depois.

Foram muitos papeis para assinar e casos para revisar.- Então.- Lauren começou.- Hum.- Fiz um som nasal para que ela continuasse a falar, ainda olhando para uma ficha criminal da ultima vitima de Camila.- Você já descobriu quem é o assassino?- Lauren indagou.- Sim, no meu encontro com a assassina eu descobri quem era.- Falei e Lauren arregalou os olhos.- Então é uma mulher e você descobriu em apenas um confronto. Que incrível.- Ela falou e eu sorri.- Sim, mas antes de revelar a identidade, eu quero investigar o que levou ela a se tornar essa assassina  cruel e fria.- Falei e Lauren me lançou um olhar questionador.- Então a policial está apaixonada pela assassina. Já sei quem é a assassina, mas eu não vou me meter nisso e nem falar pra ninguém. Fala a verdade, você está apaixonada pela Camila.- Lauren falou e sorriu vitoriosa.- Eu gosto dela, gosto muito e sinto que devo protege-lá.- Falei e ela sorriu.

- Você sabe que mais cedo ou mais tarde terá que escolher entre prende-lá ou fingir que não descobriu nada, em ambos os casos você volta para sua cidade, a diferença é que em um dos casos você volta com a Camila e no outro, volta sozinha. Bom já vou indo, espero que se recupere logo.- Ela se despediu. De certo modo Lauren está certa, quando chegar a hora eu terei que escolher entre proteger ou prender Camila, em ambas as situações eu terei que me separar dela.- QUE DROGA, AAAIIII.- Dei um soco na parede com meu braço que estava machucado. Em poucos segundos Sinu entrou no quarto com a expressão preocupada e Camila estava logo atrás.- Querida o que houve?- Sinu perguntou preocupada.- Ah bem, eu só cai da cama, desculpe preocupar.- Falei e vi Camila deitando em sua cama.

- Posso te fazer uma pergunta?- Camila me encarou e eu assenti com a cabeça.- Por que você quer tanto me proteger?- Camila indagou.- Porque eu gosto muito de você.- Falei e Camila veio até minha cama e se sentou.- Gosta de mim?- Ela me olhou fundo nos olhos e eu me perdi naquele olhar achocolatado.- Gosto demais.- Falei e fui surpreendida por ela tomar meus lábios em um beijo que eu não esperava, mas os lábios macios dela me hipnotizaram eu já não tinha mais controle sobre mim mesma, apenas deixei ela tomar conta da situação.


Notas Finais


Eita que Camila tomou uma atitude inesperada.

Espero que gostem.

Compartilhem com os amigos, favoritem e comentem se puderem, vamos interagir.

Até o próximo capítulo.

Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...