História Dangerous Love! - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane, Lauren Jauregui, Normani, Selena Gomez
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Alren, Camariana, Drama, Norminah, Romance, Semi, Vercy, Violencia
Visualizações 90
Palavras 1.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, LGBT, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Já colocaram os coletes? Boa Leitura.

Capítulo 9 - Eu Quero Você!


Fanfic / Fanfiction Dangerous Love! - Capítulo 9 - Eu Quero Você!

Pov Camila!

 

 Subi em cima dela e comecei a beija-la, no começo ela ficou surpresa demais, mas logo retribuiu, mordi seu lábio inferior e o puxei, arrancando um gemido baixo dela. Pedi passagem com a língua e ela logo cedeu, comecei a explorar toda a extensão de sua boca quente e doce, nossas línguas se encontraram e começaram uma batalha por dominância, que eu logo ganhei, suguei sua língua e ela arfou, infelizmente o ar nos fez falta e tivemos que terminar o beijo com vários selinhos.- Me deixa respirar por favor.- Ela falou e eu sorri. Me aproximei de sua orelha e falei baixinho.- A partir de hoje, você é minha.- Falei e mordi o lóbulo de sua orelha, o que a fez se arrepiar. Desci com os beijos para seu pescoço e deixei vários chupões que com certeza irão deixar uma bela marca.- Ca... Camila.- Ela gaguejou e eu continuei a beijar e chupar seu ponto de pulso.- Adentrei minhas mãos por baixo de sua blusa e constatei que ela estava sem sutiã. Aproveitei e tirei a minha camiseta e meu sutiã também. Ariana, no mesmo momento tomou meus seios em sua boca, ela chupava e dava mordidinhas com vontade e eu me arrepiei toda, que boca é essa meu Deus. Tirei sua blusa e tive a bela visão de seus seios, comecei a passar a língua em volta do mamilo esquerdo, enquanto minha mão acariciava o seio direito, eu mordiscava o bico já rígido de tesão e chupava seu seio com gosto, essa noite quero deixa-la toda marcada de chupões, pra todos saberem que ela é minha a partir de hoje. Tenho que tomar cuidado para não machuca-lá, pois os ferimentos dela ainda não estão totalmente curados, mas quem se importa. Dei a devida atenção ao seio direito e fui descendo com uma trilha de beijos pela sua barriga, até finalmente chegar a sua calça. Tirei a mesma sem muito cuidado e ela fez uma leve cara de dor.- Desculpe.- Pedi sincera e voltei a beijar sua barriga, circulei seu umbigo com a ponta da língua e vi a pele dela se arrepiar toda. Fui descendo com beijos molhados até chegar em sua calcinha, a qual eu mordi e comecei a tira-lá com os dentes, passei a língua por suas coxas e ela se contorceu e gemeu, dessa vez de prazer. Fui tirando lentamente aquela ultima peça que ainda cobria seu corpo, revelando sua intimidade já molhada.- Vem aqui.- Puxei ela para sentar no meu colo e comecei a beija-la. Ariana começou a rebolar e o atrito de nossas intimidades estava já me enlouquecendo, confesso que eu também já estava muito molhada. Ela rebolava com vontade e eu já gemia em meio ao nosso beijo, apertei sua bunda e ela gemeu mais alto.- Oh Camila.- Diz pra mim o que você quer.- Falei e ela me olhou.- Me fode Camila.- Ela falar com aquela voz rouca me deixou muito mais excitada.- Deitei Ariana na cama e comecei a beijar suas coxas, beijei a parte interna e ela foi cada vez mais abrindo suas pernas. Comecei a massagear sua intimidade, com a ponta dos dedos, olhei em seus olhos e ela mordeu o lábio, foi o sinal que eu estava esperando. Comecei a passar a língua por toda a extensão de sua intimidade.- Oh Camila.- Ariana gemeu meu nome e eu comecei a chupar sua intimidade encharcada, circulava com a língua por ela e fui até seu clitóris, mordiscava e chupava e ela se contorcia. Introduzi um dedo e ela gemeu alto, Ariana se contorceu e puxou meu cabelo. Introduzi o segundo dedo e ela começou a rebolar.- Me fode Camila.- Ela pediu entre gemidos e eu comecei um vai e vem com os dedos em sua intimidade encharcada, eu chupava seu clitóris e comecei a sugar com mais intensidade e acelerar os movimentos com meus dedos, Ela rebolava no ritmo das minhas estocadas.- Camila, eu vou... Gozar.- Mal ela terminou de falar e senti suas paredes internas apertarem meus dedos e ela começou a tremer toda. Passado os espasmos Ariana estava mole na cama e ofegante, eu lambi meus dedos e olhei para ela.- Seu gosto é uma delicia.- Falei e ela corou.

-Posso te fazer uma pergunta.- Indaguei e a olhei.- P.. pode.- Ariana ainda ofegante respondeu, ela estava toda suada.- Você está apaixonada por mim?- A olhei com um sorriso.- E.. eu es.. estou.- Passei a mão em seu rosto.- E você morreria por mim?- Indaguei e coloquei a mão embaixo do travesseiro.- Sim, eu mataria e morreria por você Camila.- Ela falou e eu sorri de canto de olho.- ENTÃO MORRA.

 

Pov Ariana!

 

-NÃO.- Acordei assustada e toda suada, coloquei as mãos no rosto.- Foi só um sonho.- Olhei para o lado e vi Camila deitada na minha cama e ela estava nua, olhei para meu corpo e eu também estava nua.- Então não foi um sonho, nossa noite de amor aconteceu mesmo. Mas será que Camila pegou a faca para me matar, ou será que foi apenas um sonho?- Indaguei para mim mesma e olhei para Camila que dormia serenamente do meu lado. Comecei um carinho em seus cabelos e vi um sorriso surgir em seu rosto.- Quem te vê dormindo serenamente assim, nem imagina que você é uma assassina.- Falei e ela se levantou com tudo e colocou a faca na minha garganta.- Quando você descobriu?- Camila indagou.- No nosso encontro aquela noite, eu montei seu perfil comportamental e vi as mesmas coisas na assassina.- Falei e ela fez uma cara de surpresa.- Então, agora você vai me prender?- Camila indagou e pressionou um pouco mais a faca em meu pescoço.- Vou ir contra meu código de ética do trabalho e não irei te prender, primeiro eu quero saber o que te levou a se tornar uma assassina, mas isso vai ser com o tempo e como você disse, agora eu sou sua.- Peguei em sua mão e joguei a faca longe, mesmo com dor eu avancei e a beijei.


Notas Finais


Postei e sai correndo.

Espero que gostem.

Até o próximo capítulo.

Beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...