1. Spirit Fanfics >
  2. Dangerous Love >
  3. Disagreement

História Dangerous Love - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Yoo minna-san<3
Espero que gostem do capítulo, qualquer erro ou contradição me avisem...
🌟Nos vemos lá em baixo🌟
Boa leitura (;

Capítulo 14 - Disagreement


Capítulo 14- Disagreement

Lucy On:

Ao ouvir seu tom de voz ameaçador e convicto senti o chão sob meus pés desaparecer e um vazio me engolir, voltei a encará-lo com meus olhos castanhos arregalados e aterrorizados. Meu corpo tremia e minhas pernas pareciam fraquejar perante sua presença desumana, que pareciam perder cada vez mais sua humanidade ao ameaçar a vida de uma pessoa inocente sem remorso algum. Mordi meu lábio inferior numa tentativa vã para controlar meu aparente nervosismo, sem desviar meu olhar de seus olhos opacos um segundo sequer. O-O quê ele pretende fazer com a Levy-chan?!

-O quê você está dizendo, Dragneel? -Assim que consegui reunir coragem e forças o perguntei, não recebendo nada além de seu sorriso indiferente e olhar mórbido. -Está me ameaçando? É isso?! Pois saiba que não tenho medo das suas ameaças!!!

-Eu sei que minhas ameaças não representam nada para você, princesa... Afinal, você sabe que eu nunca conseguiria cumprir qualquer ameaça que a machucasse ou colocasse sua vida em perigo. -O rosado respondeu de maneira clara, porém, seu cinismo ainda era perceptível. -Não, realmente não faria sentido continuar com minhas ameaças vazias... Então resolvi partir para uma nova abordagem, que não irá machucá-la ou lhe colocar em alguma situação de risco!!! 

-E-Então matar uma pessoa inocente será uma abordagem mais plausível??!!! -Trinquei meus dentes sentindo meu coração disparar ao vê-lo sorrir firmemente em confirmação. -Matar minha amiga resolverá seus problemas?!

-Incrível como você julga os outros pelas suas próprias falhas, Heartfilia!!! -De repente Natsu ficou sério, me lançando um olhar sem vida. -Eu te avisei que haveriam consequências se descobrisse o segredo da família Dragneel, mas mesmo assim você quis saber... E agora, além de se arriscar, contou esse segredo para uma pessoa inocente que logo sairia daqui!!! Você me chama de monstro e deixa claro que me despreza todos os dias, mas não vê que suas ações e escolhas me obrigam a tomar decisões que eu gostaria de evitar!!!

-Seria muito mais fácil se você não tivesse nos trancafiado aqui, para início de conversa!!! -O culpei sentindo o peso de suas palavras, me odiando por estar me deixando abalar. -Eu não pedi por isso!!! EU NÃO PEDI POR NADA DISSO!!!

-Culpe-me o quanto quiser por ter a sequestrado, mas meu pensamento permanece o mesmo... -O rosado se aproximou de mim com um sorriso de canto, me fazendo bufar irritada. -Já não está sendo fácil ter que lidar com todos me criticando por tê-la trazido aqui em um momento de crise. Mas não, você tinha que envolver a Levy e me fazer ter que dar um fim nela!!! Você tem idéia de como minha decisão afetará ainda mais a confiança dos outros em mim como líder e prejudicará minha relação com um dos meus melhores aliados?!

-Eu não ligo para nada disso, Dragneel!!! -Retruquei sem dar a menor importância para seus problemas, o vendo se irritar. -Não me importa como sua imagem ficará manchada ou suas birras de garotinho mimado brincando de líder!!! 

-"Garotinho mimado brincando de líder"? -Me arrependi pelo insulto ao notar sua expressão furiosa, enquanto o rosado caminhava em minha direção a passos pesados. -Não me compare a você, Heartfilia, posso ter minha parcela de culpa... Mas não sou eu a garotinha mimada do papai que só fica se queixando da vida e não faz nada para mudar!!! Não sou eu quem vive covardemente!!!

-C-Cala a boca... -O olhei com meus olhos arregalados, recuando meus passos à medida em que o rosado se aproximava. -N-Não fale como se me conhecesse, você não sabe nada sobre mim, Dragneel!!!

-Eu te conheço mais do que você mesma... -Natsu agarrou meu pulso com uma expressão sem vida, eu me debatia inutilmente para me afastar dele com meus olhos marejados de lágrimas. -É apenas uma garota mimada que não tem forças para fazer nada por si mesma e é egoísta o suficiente para fazer o quer sem pensar nas consequências, é teimosa e não reconhece seus próprios desejos porque está com medo... Medo de se entregar a mim!!!

-I-Idiota!!! Não ache que tudo se resume a você!!! -Parei de me debater e o encarei no fundo dos olhos com minha face levemente ruborizada, o vendo sorrir de canto. -Eu não sou sua e jamais me entregaria a alguém que desvaloriza vidas humanas!!! V-Você não me conhece e nunca irá, pois eu prefiro morrer a ter que ceder a alguém como você!!!

-Ao menos seja honesta consigo mesma, Heartfilia... Está tão perdida quanto eu, só não quer reconhecer isso. -Senti sua apertar mais meu pulso, me fazendo soltar um gemido dolorido ao ser puxada para mais próxima de si. -Agora que o papai não está por perto você pode vestir roupas que nunca ousaria, sair de uma rotina tediosa e não terá mais que ser mantida em um pedestal... Não precisa ser uma bonequinha de luxo, talvez assim você se descubra...

-Quem você pensa que é para me dar lições de moral, Dragneel?! -Ignorei meu pulso dolorido, assumindo um tom de voz nem um pouco amistoso. -Dá pra ver nos seus olhos o homem triste e sem perspectiva que você é, a última pessoa que eu deveria escutar é um monstro como você!!! Você não sabe nada sobre mim e muito menos sobre amor, jamais entenderia que tudo o que o meu pai fez foi por amor!!!

-Às vezes acho que você quer que eu me torne o monstro que acha que sou, o que facilitaria muito para mim... -Minhas palavras pareciam ter feito algum efeito sob o rosado, que por breves segundos deixou sua tristeza transparecer em suas orbes ônix. -Mas o quê você entende sobre amor? Nunca amou ninguém para que entendesse e se já tivesse... Talvez entenderia o porque de tudo isso!!!

-O-O quê?! -Senti minhas bochechas corarem e meu peito acelerar, enquanto a visão do mascarado surgia em meus pensamentos inebriados. -E-Está errado, eu sei o que é amar alguém!!! Diferente de você, eu me apaixonei por uma pessoa e sinto que jamais irei deixá-la!!! Esta pessoa faz parte de mim...

De repente senti o aperto em meu pulso se afrouxar, me deixando confusa ao notar o rosado cabisbaixo à minha frente. Porém, meus olhos se arregalaram em surpesa ao vê-lo me encarar com um olhar vazio e opaco, me fazendo recuar um passo para trás. Natsu deu um passo para frente e me prensou contra a parede atrás de mim que impedia de me afastar, deixando minhas pernas trêmulas com seu olhar animalesco que se mantinha sob mim.

 O rosado colou nossos corpos com mais precisão e segurou minha cintura firmemente com uma mão, enquanto a outra descia até minha bunda. Não consegui evitar de corar com seus toques atrevidos, que vergonhosamente tinham efeito em meu corpo e me faziam desejar secretamente pelo Dragneel. Me mantive absorta à realidade, sentindo suas carícias pelo meu corpo e olhando perdidamente no fundo de seus intensos olhos ônix que me encaravam fixamente. Num movimento rápido Natsu me ergueu do chão e apalpou mais minha bunda, me fazendo enlaçar minhas pernas ao redor de sua cintura para que não caísse. Senti minha intimidade ser fortemente pressionada contra sua pelve, me fazendo estremecer ao senti-lo chupar com brutalidade meu pescoço enquanto apertava minhas nadegas com suas mãos que me sustentavam. C-Céus... O quê estou fazendo??!!!

-Eu te farei esquecer esse cara!!! -Seus beijos e chupões percorreram todo o meu pescoço, subindo até o canto dos meus lábios. -Mas eu nem mesmo preciso fazer muito, não é loirinha?! Você diz que ama alguém, mas se deixa levar pelo primeiro que abre suas pernas... Não achei que você fosse esse tipo de mulher, mas aposto que ele não te deixa tão molhadinha dessa forma...

-C-Chega, Dragneel... N-Não faz assim comigo!!! A-Awnn... -Soltei um gemido manhoso ao senti-lo apertar minha bunda com uma mão e pressionar meu clitóris tensionado com sua outra mão disponível por baixo da minha saia, deixei uma lágrima escorrer pelo meu rosto corado. -S-Seu i-idiota, cafajeste...

-O quê foi, princesa?! Já o esqueceu??!!! -Natsu chupou meu pescoço com mais força, adentrando um dedo em minha boceta úmida, se movimentando no interior. -Já vi que é mais fácil do que eu imaginava, só é preciso tocar aqui... 

-P-Para!!! Não toque em mim!!! -Deixei minhas lágrimas virem à tona, me envergonhando de mim mesma por sentir prazer com os toques indecentes do Dragneel enquanto pensava na gentileza inesquecível no olhar do mascarado para mim. -C-Chega... Nada do que você fizer mudará o fato, de que eu o amo...

-Entendo. -De repente o senti me descer ao chão cuidadosamente, enquanto seu olhar sem vida retornava aos poucos. -Lamento mas esteja ciente que a execução de sua amiga ocorrerá, não irei mais arriscar minha família... Agora eu entendo o que precisa ser feito...

-V-Você não pode a matar!!! Ela não fez nada!!! -Segurei seu braço ainda em prantos, recebendo seu olhar frio e sem emoção. -P-Por favor, mate-me no lugar dela... L-Levy-chan não tem culpa...

-Você sabe que eu não posso fazer isso... -Sua voz soou num tom melancólico, o mesmo puxou seu braço para que eu o soltasse e me deu às costas. -Não toque mais em mim... E alegre-se Lucy, finalmente serei o monstro que você tanto desejou!!!

Cai de joelhos ao chão sem conseguir cessar minhas lágrimas, abraçando a mim mesma em sinal de desespero. Observei o Dragneel me dar às costas e sair do quarto o trancando, me deixando caída de joelhos soluçando inconsolável. Tentei reunir forças para me levantar, porém, estava abalada demais para conseguir dar qualquer comando para minhas pernas. Me deitei no chão com minhas lágrimas rolando pelo meu rosto, enquanto o sentimento doloroso de confusão e impotência novamente assolavam meu peito. Continuei deitada chorando encolhida, com a imagem dos olhos mais gentis e calorosos que eu já vira me olharem através de uma máscara de dragão. Ele fará sempre parte de mim... 

Lucy Off/Natsu On:

Assim que fechei a porta e tranquei me encostei na mesma, ouvindo os soluços da loira que permanecia do outro lado. Meu coração parecia se partir ao ouvi-la chorando tão tristemente, mas suas palavras e desprezo pareciam pesar ainda mais em meu peito. Passei a mão pelo meu rosto em sinal da minha aparente confusão e indignação, me permitindo escorregar as costas pela porta e me sentar ao chão ainda escorado na mesma. Os murmúrios de seu choro não contribuíam com os meus pensamentos culpados pelo que estava prestes a fazer, mesmo que eu soubesse que era o correto para proteger todos. Mesmo que eu perca um amigo, é o certo a se fazer... Ele teria me dito isso...

-O quê você pensou, idiota?! Que ela lhe amaria?! -Sorri amargamente com um sentimento de ira queimando em meu peito, enquanto cerrava meus punhos com ódio de mim mesmo. -Um monstro como você nunca poderia ser amado, é lógico que ela amaria outro... Alguém como eu não é digno de amor, ele mesmo te ensinou isso.

"-N-Natsu, você está bem? -Senti sua mão delicada pousar sob a ferida em meu rosto, mas ela logo foi afastada de mim. -P-Por favor, ele não merece isso... Deixe-me ficar com ele!!!

-Levem ela daqui imediatamente, esse moleque não precisa de moleza e sim de disciplina!!! -Assim que ele a afastou de mim, senti um soco acertar meu rosto. -Lembre-se amor e essas baboseiras não fazem um líder forte, você não deve se permitir sentir!!! Fui claro?!

-Sim, senhor... -Respondi com minha voz fraca e visão embaçada, ainda que estivesse desnorteado ignorei seu olhar rígido e me foquei na mulher que era carregada aos prantos para fora da sala."

-Um líder não precisa de amor... -Repeti para mim mesmo puxando meus fios róseos, enquanto respirava fundo. -Um líder não sente... Não posso me permitir sentir...


Notas Finais


Yoo minna-san<3
- - - -
Autora-chan voltou rápido, né?! Hoje é o meu niver, mas vocês que ganham um capítulo novinho meus amorecos :3
Eu sei que falei que demoraria para postar pois estaria estudando para um concurso, mas com essa pandemia meu concurso e muitas outras coisas foram adiadas. Não estou dizendo que não estou estudando, afinal, eu estou me esforçando igual condenada e provavelmente passarei um tempo sem postar... Até lá, peço um porquinho de paciência ^^
Gostaria de conscientizar todos neste momento de crise, vamos aproveitar esse momento para ficarmos em casa e tomarmos certos cuidados em prol do próximo. Lavar as mãozinhas e usar álcool em gel, não passar a mão no rosto e evitar aglomerações 👍🏻
- - - -
Não me matem, lembra que eu falei que esse Natsu é babaca!!! Ele vai passar umas raivas em você antes de melhorar e se tornar um ser humano melhor 👀
Tadinha da Lu... Veremos o que acontecerá no próximo capítulo hihihi
- - - -
Comentem o que acharam do capítulo e o que esperam para o próximo💖
Até a próxima...
Bjos de Nutella, meus lindos e lindas💋🍫


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...