História Dangerous Love- Luwoo - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Doyoung, Jungwoo, Lucas
Tags Assassinatos, Jungwoo, Lucas
Visualizações 233
Palavras 1.607
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, LGBT, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


BOM DIA PARA QUEM ESTÁ NO COLÉGIO!! E PARA QUEM AINDA VAI ( que no caso é eu ;-;)

Capítulo 10 - Preparação para a Guerra!!


 

A guerra iria acontecer na Coreia, Ten e Taeyong como tinham saído da mesma para ir até Las Vegas, voltariam Junto de Lucas e Jungwoo, eles( TxT)  usavam passaportes normais mesmo, já que, quando vão para a rua em seu outro modo, usam máscaras que impedem de verem seus rostos e usavam nomes falsos.

Jungwoo ficou até feliz em saber que iria voltar para casa, porém triste que o motivo da volta é a Guerra- Enfim Casa- Falou com o ar Triste.

Lucas abraçou o menor de lado- Eu sei que não era dessa forma que queria voltar para cá, mas assim que tudo acabar, ficaremos juntos.

Taeyong chegou do lado deles- Além Do mais kim, Lucas e Ten, sabem se defender muito bem- falou confiante.

O kim sorriu fraco- Esse não é o problema, quando chegarmos em casa eu falo qual é.

Lucas estava mascarado, não podiam saber que era ele, todos iriam para a casa de Jungwoo, era uma das partes mais pacíficas ali, apenas Doyoung sabia mesmo o local.
A casa era grande, quem passava por ali, pensaria que Jungwoo era rico, mas na verdade, ele a comprou com a dinheiro que havia guardado para isso.
Quando entraram Havia uma surpresa a espera do Kim.

O menor ficou tão feliz- D-doyoung hyung! - correu para abraça-lo.

Doyoung sorria acariciando as madeixas acastanhadas de seu amigo- senti que você voltaria hoje, não tinha certeza, mas vim até aqui fazer uma surpresa.

Yukhei não fez nada sobre isso e também não queria, como pensado antes, Doyoung foi e continua sendo o melhor amigo de Jungwoo.

Ten apenas observava sem entender nada, Taeyong já sabia, pois o Kim havia contado para ele.

Jungwoo enxugava suas lágrimas de felicidade- Eu estava com saudades Hyung.

Young sorriu, o menor adorava ver o sorriso do amigo, era lindo- Eu também.

O menor se ajeitou- Hyung...

- são seus novos amigos?- Jungwoo assentiu.

Lucas se aproximou dele- Desculpe por tudo naquele dia.

Doyoung corou um pouco- Tudo bem, o Importante é que Jungwoo está bem.

Jungwoo também corou- Hyung, esses são Ten e Taeyong, eles vão ficar aqui, é o único lugar seguro.

Doyoung não falou nada, apenas assentiu- Eu vou indo.

- Não.. Fique mais um pouco, por favor! - pediu

Doyoung realmente tinha que ir para o trabalho- Hoje não pequeno, tenho que ir trabalhar, outro dia ok?- bagunçou o cabelo do menor.

Jungwoo fez um bico- Ta bom.. Ah, não diga a ninguém sobre eles ok? Por favor.

O kim mais velho suspirou- Eu não vou falar, eu prometo- sorriu e saiu.

Taeyong sorria pro nada, parou para prestar atenção na grande casa- Uau, é grande aqui Jungwoo, como consegue morar aqui sozinho?- perguntou olhando os cômodos.

O menor ficou pensativo- Gosto de ficar sozinho e que não me incomodem, sabe, minha família é um desastre, mas os amo fazer o que, porém tive que me mudar, não aguentava ficar perto deles com tantas brigas que aconteciam, então peguei as minhas economias e comprei essa casa aqui, apenas Doyoung e agora Vocês Sabem da localização.

Lucas olhava cada traço da enorme casa ,admirando cada detalhe ali- Você é bem organizado Little Kim.

- Ela está uma bagunça, passei quase "Uma ano" fora, sabe- falou ironicamente fazendo o maior rir.

Ten se deixou-finalmente- ser dominado  pelo cansaço- Ah que confortável- Se sentou no sofá.

Jungwoo sorriu, olhou pelo comodo onde estavam e não avistou Taeyong, então foi a procura do mesmo, e lá estava ele no Jardim.

O Lee observava as rosas- É lindo aqui...- sorriu fraco- Só de pensar que também tive uma vida antes de tudo isso de agora, dá vontade de voltar no tempo.

Kim se aproximou do mais velho- mas ai, você não conheceria o Ten-Hyung...

Lee sorriu minimamente- Depois que passa a amar um psicopata, fodidamente Gostoso como o Ten, não há mais volta- riu nasalado sendo acompanhado por Jungwoo.

Kim pensou sobre isso também- E quando se apaixona por Wong Yukhei, ou como eu prefiro chamá-lo, Xuxi?

Taeyong sorriu- É a mesma situação, só que vocês já foram amigos bem antes, já eu e Ten, foi diferente, me meti em uma furada com uns amigos e agora estou aqui, mas confesso que também não me arrependo.

Jungwoo e Taeyong voltaram para dentro, vendo um Lucas e um Ten Deitados no sofá- Mas que pouca vergonha ein Xuxi..- falou o menor arqueando a sobrancelha.

Lucas o olhou sorrindo- É realmente confortável aqui Jung.

Taeyong se juntou a Ten- Que sofá ein Woo...

Kim balançou a cabeça rindo, subiu as escadas e foi para seu adorado quarto, viu que o mesmo continuou da mesma forma que havia o deixado, na pequena comoda ali, havia um porta-retrato com uma foto dele e Yukhei, como eles eram felizes naquela época.
Sorriu bobo ao lembrar das promessas do maior- ah Jungwoo, você amava ele, mas nem sabia ainda- falou para si mesmo olhando a foto.

Yukhei observava parado na porta- Voce era tão ingênuo naquela época- pronunciou, Jungwoo deu um leve pulo pelo susto- Desculpa- sorriu- sente saudades desse tempo? - perguntou e o menor assentiu sorrindo fraco- Eu também...

Jung colocou a foto no lugar e foi até Lucas, o abraçando e beijando seus lábios, queria sentir aqueles lábios de sabor viciante, caso fosse a última vez que estivessem tendo esse momento- Eu te amo Xuxi... Volte vivo desta guerra, não quero que esse seja nosso último beijo- falou triste e o Chinês aprofundo o momento.

- esse não vai ser nosso último beijo Jung, e nunca será.. Quero muito que essa guerra acabe logo, mas não é assim que funciona, prometo voltar vivo- sorriu.

Jungwoo sorriu feliz- Assim ficaremos juntos para sempre.

.

.

.
Mal sabia o Kim, que ainda haveria muitos obstáculos depois dessa guerra, é como se o tempo estivesse testando eles, querendo saber se eles foram mesmo feitos um para o outro.
Chegou o tão esperado dia, Ten e Lucas se arrumavam, armas, facas.. Tudo quanto tipo de armamento eles tinham, a Guerra praticamente seria em toda Seul, só acabaria se matassem o culpado disso tudo e Jungwoo sabia muito bem quem era, mas não podia ir, teria "Infelizmente" que deixar este trabalho para os mais velhos.

Yukhei já estava pronto, os dois se despediram de seus amados e foram para a batalha- Para tudo isso acabar Ten, temos que matar Sang-hun, mas há um problema ai, aquele puto do Seong-ho- falava.

Ten apenas escutava o que seu amigo falava, mas lembrou de uma pessoa- Yukhei, o Jun-ho, sabe que ele não é um cara nada piedoso... Se voce amarelar ali, o que vou dizer pro Jungwoo?

Lucas ficou de boca aberta, mas estava confiante e prometeu voltar vivo- Ele não vei me matar, se eu o matar primeiro...- falou frio e sorriu sínico.

Jun-ho já estava a espera do Chines, e nada como um belo ator que Yukhei é para esse momento- Meu jovem Lucas, é voce quem vai falar, mate todos aquele idiotas sem piedade, assim como eu o ensinei.

Lucas olhou para o lado, viu o líder deles, culpado dessa guerra, Sang-hun sorrindo mas sínico do que antes-se possível- Matar todos.. Ok- foi até a frente ficar cara a cara com o rival, Isso tudo estava sendo gravado ao vivo por um jornalista que estava bem escondido.

Sang-hun deu seu terrivel sorriso psicopata- Lucas.. Achou mesmo uma boa ideia deixar aquele rapaz sozinho?

Yukhei já se estressava, Ten queria muito que o amigo se controlasse para não fazer mais uma merda, como sempre- Ouse encostar um dedo nele Seong-ho, e eu te mato- apontou para o outro jovem da equipe rival.

Sang-hun assentiu para o jovem, e o mesmo se retirou dali, Lucas sabia o que era, seu lado psicopata despertou e começou a atirar, acertando dois e se escondeu evitando ser acertado.

Ten se aproximou com cautela- O que aconteceu!!

- SEONG-HO VAI ATRÁS DO JUNGWOO!!  AQUELE MERDA!!

O Tailandes até que não estava preocupado, Lucas passou tanto tempo treinando o menor que com certeza ele saberia se defender.
.
.
.
.
.

Jungwoo e Taeyong assistiam tudo aflito pela Tv, o menor não conseguia ficar calmo, ver Lucas no meio daquilo tudo o preocupava muito.

Estava com uma vontade enorme de ir até lá, queria ficar perto do Chines, não importa o momento em que esteja, então pegou sua bolsa tirando da mesma uma arma com cano silencioso, e uma faca de tamanho idela- Jungwoo Não!! - gritou Taeyong tentando o impedir, mas foi em vão, pegou sua arma e foi atrás do mesmo, porém no meio do caminho, Taeyong não espera ver aquele cara novamente- Seong-ho....

O jovem ria já avançado em Jungwoo, porém falhando miseravelmente em apunhaná-lo, ele quem foi "apunhalado", com um tiro bem em seu estocado e um chute em sua cabeça, Seong-ho era um dos mais difíceis de derrotar e o Kim conseguiu isso em questão de minutos- Voce participou da morte dos pais de Lucas, agora está pagando por isso... Peça desculpas para eles, só que do Inferno Desgraçado!!- cortou a gargante de Seong-ho deixando um Taeyong paralisado ao ver isso, mas refletiu e voltou a correr atrás do menor.

Quando os dois chegaram no local da guerra, a rua estava toda ensanguentada, corpos de cada facção ali, Jungwoo olhou Para Lucas vendo o mesmo matar 5 de uma vez, Ten fazia o mesmo, porém com cuidado, correu até lá junto do Lee, mas sem que todos percebam se esconderam, Kim tinha um plano, mas para isso teria da ajuda do amigo.

- Hyung, vou precisar da sua ajuda...

Continua?


Notas Finais


Taquei a bomba e sai correndo!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...