História Dangerous Love- Vkook - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Bts, Drama, Gay, Lemon, Namjin, Romance, Smut, Taekook, Vkook, Yaoi, Yoonmin
Visualizações 81
Palavras 1.056
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi eheh
Quem é vivo sempre aparece
Boa leitura

Capítulo 9 - Confession


Fanfic / Fanfiction Dangerous Love- Vkook - Capítulo 9 - Confession

POV Jungkook

-Jin, me podes preparar um café? Tenho de passar a noite tratando de papelada.- foi a primeira coisa que ouvimos quando o Namjoon voltou para casa.

-Sim Namjoon.- Jin disse e se apressou para a cozinha. Eu estava sentado no sofá vendo televisão já que tinha de “manter a distancia com o Taehyung”.

Tentei não rir me lembrando de tudo o que aconteceu hoje, tendo em conta o “ficar longe”. Mas parei de rir e a minha cara imediatamente corou com a memoria. Não sei o que aconteceu comigo, mas de repente me tornei muito confiante acerca do Taehyung.

-Espero que não tenhas andado perto do Taehyung hoje, Jungkook.- saltei com a voz do Namjoon.

-N-não senhor. Ele esteve no quarto a maior parte do dia.

-Espero que sim.- o ouvi murmurar.

-Aqui Namjoon.- Jin voltou com o seu café, o fazendo imediatamente andar até ao escritório.

Quando olhei para o Jin, ele já estava me encarando.

-O que fizeste ao Taehyung?- ele perguntou do nada.

-O que queres dizer? Não fiz nada ao Taehyung.- disse confuso.

Ele rolou os olhos e se sentou na minha frente.

-Voce mudou ele.- ele disse simples.

-Umm…. Como?

-Ai… este garoto.- o ouvi suspirar- Sempre que o Namjoon traz alguém para casa, o Taehyung nunca quer saber, voce deve saber isso por ter andado a ouvir as conversas deles. Sim, ele nunca gostou do que o Namjoon faz, mas ele nunca mostrava emoções, imagina algum dia confrontar o Namjoon por isso. Quando voce chegou, percebi um brilho diferente nos olhos dele, que apenas se mostrava quando ou mencionávamos voce, ou quando estavas falando com ele. Claro que ele não mostrava nenhumas expressões faciais, mas os seus olhos mostravam algo… diferente. Eles não pareciam mortos como de costume. E claro que eu noto que quando vocês falam, ele tem a merda de um sorriso na cara. Ele já não sorria desde que foi estuprado, e sim, eu ouvi a vossa conversa sobre isso.

Os meus olhos já estavam quase a sair da cara com aquilo.

-M-mas… como que-

-Não te preocupes garoto, eu não contei ao Namjoon.- ele disse casualmente olhando para as suas unhas.

Tudo o que ele disse foi entrando na minha cabeça. Fiz o Taehyung sorrir pela primeira vez em que? Anos? Eu fiz o Taehyung mostrar alguma emoção, em vez da sua expressão facial seria e sem vida?

-Se me perguntares a mim, eu acho que ele gosta de voce. E não apenas no “jeito de amigos”.

-Espera… se voce pensa tudo isso… porque é que ainda não contaste ao Namjoon? Não que eu queira isso.- disse rapidamente a ultima parte.

Ele suspirou novamente.

-Não via o Taehyung sorrir faz seculos e o ver mostrar emoções com voce, me faz feliz.- ele admitiu.

Wow o Jin tem emoções? Isso é uma surpresa para mim.

-Obrigada por me contares isto Jin, mas posso perguntar a razão de me estres contando?

-Voce parece ser um bom garoto. Acho que estás tendo efeito no Taehyung, e em mim na verdade.- o ouvi rir pela primeira vez- Porque desde que fizeste o Taehyung sorrir, me tenho sentido um pouco melhor também.- ele terminou com um sorriso pequeno.

Sorri grande e gargalhei.

-Isso é bom de saber. Obrigado Jin. Vou agora para a cama por isso boa noite.- me levantei e me curvei, antes de sair.

---------

O Namjoon tinha de trabalhar outra vez por isso me deixou de novo com o Jin e com o Taehyung.

Fiquei perto do Jin esperando o Namjoon sair. Ele estava acabando o café da manha apressado.

-Vou embora agora. Jin, olha pelo Jungkook e não o deixes chegar perto do Taehyung.- ele me olhou.

-Eu sei Namjoon. Podes ir tranquilo.- o Jin falou com aquele olhar vazio. Quando dei conta o Namjoon já estava na sua van preta a sair.

-Vem.- o Jin disse quando o Namjoon finalmente saiu. Eu o segui ate chegarmos na porta do quarto do Taehyung, e ele bater.

-O que é…- o Taehyung abriu a porta mas congelou quando me viu.

-Eu sei que ambos se gostam admitindo ou não, por isso andem, passem tempo juntos.- ele disse me empurrando para dentro do quarto e fechando a porta em seguida.

O Taehyung olhou para mim confuso.

-O que? O Jin… voce…?- ele estava sem palavras, eu conseguia notar, o que me fez rir.

-Eu e o Jin tivemos uma conversa ontem e apenas digamos que ele pode estar mais no nosso lado do que no do Namjoon.

Ele parecia surpreendido.

-Serio?- ele sorriu. Mas não era o seu sorriso pequeno habitual. Era um sorriso grande e quadrado o que o fez mil vezes mais adorável.

Memorias da noite passada me fizeram sorrir. Me sinto orgulhoso sabendo que fui o único que o fez sorrir em tanto tempo.

De repente me sentindo confiante mais uma vez, me inclinei e passei os meus braços pelo seu pescoço, extinguindo todo o espaço que havia entre nós.

Juntei os nosso lábios com urgência, o sentindo surpreendido, mas acabando por sorrir e beijar de volta.

Quando as nossas bocas se afastaram, deixando as testas encostadas, eu falei baixo.

-Taehyung?- ele fez um barulho em resposta para eu saber que ele estava ouvindo- Eu… Eu realmente gosto de voce Tae.- confessei. Senti o calor se concentrar nas minhas bochechas pela vergonha que estava sentindo.

O ouvi rir e acenar com a cabeça.

-Eu já descobri isso, e… eu também gosto de voce.- ele admitiu.

Senti o meu coração falhar uma batida, e automaticamente escondi o meu rosto na curvatura do seu pescoço, o fazendo me abraçar e nos guiar para a cama, nos deitando nela, corpos sem se descolarem.

O senti beijar os meus cabelos e a minha testa, me fazendo imediatamente sorrir grande. Ter este tipo de carinho é tao bom… especialmente vindo do Taehyung.

Finalmente olhei para ele de novo e sorri. Os nossos rostos tao perto que conseguia sentir a sua respiração na minha cara e o seu cheiro mil vezes mais forte.

-Taehyung…- murmurei me sentindo extasiado com o ambiente entre nós. Era calmo e relaxante.

-Jungkook…- ele murmurou de volta, acariciando os meus cabelos e me olhando nos olhos. Sorri de leve.

-Voce me chamou pelo nome novamente.

Ele riu e acariciou o meu rosto.

-É… eu chamei.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Nao estou chorando, voce esta!
Jin é Taekook shipper yeyyy
bem vindo ao fandom Jin


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...