História Dangerous Message - Interativa - Capítulo 4


Escrita por: e LoveUJinnie

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Idesign, Interativa, Interativadasemana01, Mensagens Misteriosas, Mistério, Sequestro, Suspense, Terror, Tortura, Tragedia, Violencia
Visualizações 129
Palavras 1.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi Pessoal!!

Desculpem a demora, aconteceu uns imprevistos com o jornal e eu tive que me virar aqui, se querem culpar alguém, culpem a co-autora (@LoveUJinnie), ela tem culpa kkkkk.

Boa Leitura e Nos vemos nas notas finais!!

~ desculpem os erros ;-;

Capítulo 4 - Capítulo III: "Não importa onde você esteja" - Primeira Part


Lugar desconhecido – 15/03 – 02:45

 

O vidro embaçado, a água do chuveiro caindo sem ter ninguém realmente interessado em a usar, desperdiçando-a, o cheiro de sexo que excitava ainda mais os dois seres naquele espaço pequeno que era o box. Ou que pelo menos parecia pequeno para dois corpos tão agitados naquele local.

 

– Awn!! Vai com calma, por favor – pedia a voz feminina naquele local. Suas costas eram amassadas conforme era exprimida pelo corpo mais forte. Além disso, a força como o outro a penetrava era forte, funda e dolorosa, nem tempo para respirar tinha. – Para! Está.. Awn, está me machucando! Aaahh!!

 

– Fica quieta e aproveita o prazer que eu estou lhe oferecendo, eu sei que você gosta. – disse confiante de suas palavras, continuando os movimentos fortes no interior da garota morena.

 

Mais alguns segundos, que mais pareciam minutos para a pobre garota, e os movimentos cessaram e um líquido esbranquiçado saiu de seu interior. A morena foi deixada no chão daquele box pela figura mais alta, que logo saiu daquele cômodo.

 

Já um pouco recuperada, a morena se levantou, com dificuldade, e foi para o quarto, procurando sua roupa.

 

– Estam ali! – a figura masculina apontou para um amontoado de suas roupas e a garota foi em direção delas. – Nem precisa agradecer pela noite, o dinheiro está em cima daquela escrivaninha, pode ficar com a gorjeta. – com certeza o garoto não sabia tratar bem uma dama.

 

A garota nada disse, chegava a ficar com a cara vermelha de tanta raiva do garoto, do seu jeito e tudo mais. Saiu do quarto sem mais nem menos.

 

O garoto soltou um risinho, pela forma como a garota saiu toda estressada batendo a porta com força. O loiro não entendia muito bem sobre dar prazer a alguém ou sentir prazer, afinal, nunca se sentiu realmente contente em transar com alguém. Na verdade, pensou que seria virgem para sempre, já que nunca foi seu desejo transar…

 

Mas o que Nathan queria realmente, era extravasar sua raiva, e essa foi sua única opção.


 

Colégio Rose Teaching – 15/03 – 07:10


 

Margot esperava pelo primo, Eric, no portão do Colégio, o qual já estava prestes a fechar. Mesmo assim, a garota quase fazia um pole dance ali mesmo, implorando para o porteiro não fechar.

 

– Por favor, espere só mais um minutinho, eu tenho certeza que ele já deve estar chegando. – a garota pedia, apesar de não ser muito atendida pelo porteiro, que estava ficando sem paciência com a garota. – Puff! Que saco, Eric, por que você não veio? – dizia já vendo o portão fechado.

 

Resolveu ir para a aula, mesmo que não tivesse muita coisa para fazer lá.

 

Ao chegar na sala, seus costumeiros lugares estavam ocupados, que era ou no canto da janela da sala ou no finalzinho da parede da janela. Percebeu um lugar vago do lado de Lilien e resolveu se sentar. Lilien e Margot não tinham lá um relacionamento muito bom, mas não eram de bater boca por bobeira, na verdade, as mesmas eram amigas, mas às vezes Margot tinha vontade de socar Lilien.

 

– O que aconteceu? Por que toda essa demora? – Lilien a questionou e a mais nova, porém mais alta, respondeu.

 

– Eric não veio… E o mais estranho é que a minha tia tinha me dado certeza que ele viria. Aff!! E aquele porteiro chato ainda teve que fechar o portão, fiquei implorando, quase de joelhos, para ele esperar o Eric.

 

– E funcionou? – a mais loira perguntou.

 

– Não, fechou do mesmo jeito. Mas parece que o meu primo não vem mesmo, ele ainda sente muito pela irmã, e eu também, mas… – não pode terminar, já que o professor entrou na sala. A aula de matemática começaria. – Que legal, matemática…

 

Margot abriu, sem vontade alguma, sua bolsa e pegou seus materiais, hoje, tinha prometido para a tia que iria fazer de tudo para não ser expulsa da sala, e Margot, apesar de não gostar da matéria, iria cumprir sua promessa.


 

Casa dos VanCamp’s – 15/03 – 12:00


 

Eric andava de um lado para o outro, completamente atordoado com.a situação, o que estava escutando de sua melhor amiga era verdade? Como poderia sua amiga estar sendo “perseguida”?

 

– Karen, isso ainda não está certo, tipo, como conseguiram seu número? Como sabem onde você mora? E por que justamente com você? – no desespero, Eric acabou fazendo perguntas demais, estava realmente preocupado com a amiga.

 

– Eric se acalma! Eu não sabia que você ia ficar mais desesperado que eu, se soubesse, nem teria te contado. – disse a ruiva um pouco preocupada com o amigo. – Só me mandaram isso até agora, nada mais. E… pode ser trote também, sabe como tem gente que adora fazer esse tipo de brincadeira.

 

– Trote? Me desculpe, mas isso não pode ser! No mundo onde a gente vive hoje você está pensando que é trote? ‘Tá louca? Um monte de gente está morrendo por aí, está desaparecendo, principalmente crianças. E você acha que é trote? – Eric se estressou.

 

– Ai Eric! Primeira coisa, você não tem nenhum direito de ficar todo estressado e falar desse jeito comigo, por favor, né! E segundo, eu também estou preocupada com isso, não consegui dormir o dia inteiro, perdi aula, e isso tudo foi por causa de medo, então não me venha com esse seu estresse que eu é que não estou bem...

 

Assim que Karen terminou de falar, a porta principal foi aberta. Eric já podia deduzir que era sua mãe, mas, ao olhar o relógio perto da televisão da sala, que marcava 12:30, percebeu que não tinha como ser ela, afinal, chegava um pouco tarde ainda.

 

Tirando essa hipótese da cabeça, surgiu uma Margot um tanto estressada, que não parecia gostar nem um pouco de vê seu primo com “aquelazinha”.

 

– Eric! Como você faz aquilo comigo! Me deixa no portão te esperando, quase me humilhando para o porteiro não fechar o mesmo, para no fim você estar o tempo todo aqui, com essa vadia ainda por cima. – disse Margot ríspida – Nem para ter bom gosto você tem primo? Aff!

 

– Margot, não come… – o garoto foi interrompido pela amiga.

 

– Quem você está chamando de vadia? Acha que eu sou você, por acaso? – Karen estava provocando, e estava provocando quem não deveria.

 

– Repete o que você falou!?

 

É, parece que agora Eric terá outra coisa para se preocupar.

 

Continua....


Notas Finais


Então.... Finalmente!! Depois de 1 hora, mais ou menos kkkk. Pelo menos estamos aqui.

Temos algumas coisas a dizer antes, e a agradecer também:
- Então, obrigada a todos vocês pela força que estão dando a fanfic, adoro ler cada comentário de vocês, as vezes me faz rir, as vezes me deixa muito emocionada, sinceramente, vocês são demais!! Obrigada!!!
- Outra coisa, para os que foram aceitos, peço que não sumam da fanfic, se não, seremos obrigadas a diminuir a frequência que o personagem aparece com quem está inativo.
- Para quem não foi aceito, nós decidimos que vamos usar os seus personagens vezes ou outras (caso vocês permitirem) na história, afinal, amei todas as fichas e queria poder aceitar todas, mas seria meio impossível isso. Eles não apareceram com tanta frequência e não serão o foco, masmesmo assim faremos com que a aparição deles seja bem legal e marcante ^^ rsrs.
- Aqui está o link do jornal com todos os personagens dessa história maravilhosa: https://www.spiritfanfiction.com/jornais/dangerous-message-characters-14218979
- Vai ter parte dois heim, gente, então, se preparem!
- Quem ainda não conseguiu mandar a ficha ainda tem chances de mandar, ainda aceitaremos algumas, mas só as reservas que tiverama confirmação, e esse jornal pode haver mudanças também, Então não se preocupem!

Acho que é isso, mais uma vez, obrigada pelo apoio, espero que quem eraativo antes, não se esqueçada fanfic, afinal, agorasim ela ta começando.

Beijos!! 💋💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...