História Dangerous Negotiations - Capítulo 2


Escrita por: e CrazyMind13

Postado
Categorias The 100
Personagens Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Costia, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Echo, Emori, Indra, Jasper Jordan, John Murphy, Lexa, Lincoln, Marcus Kane, Maya Vie, Octavia Blake, Personagens Originais, Raven Reyes, Roan
Tags Clexa
Visualizações 420
Palavras 867
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esperemos que curtem ^^

Capítulo 2 - CEO's 2


Clarke

Chego sorridente na empresa e Raven já vem na minha direção negando enquanto ri.

- O que você fez Griffin?

- Eu? Mas sou uma santa Raven.

- Eu vou fingir que acredito, como foi?

- Ela achou que poderia ter o comando, mas sabemos que isso eu não aceito.

- Sua empresa, suas regras.

- Exatamente minha cara. Seguimos para minha sala, eu não diria que sou rígida, longe disso, sou simpática e verdadeira com todos meus funcionários por mais que a empresa seja minha, eles mantem ela funcionando comigo, não vejo porque ser rígida ou ignorante com eles, prefiro trabalhar de uma forma sincera e em conjunto, por mais que eu mantenha uma pose séria, é apenas na frente das outras empresas, já conheci muitos como Lexa Woods, que querem controle, mandar, fazer dos outros seus submissos, tive que passar por muitos assim, muitos que achavam que eu não poderiam manter a empresa, provei a eles o contrário e agora eles estão aos meus pés, não vai ser uma CEO convencida que vai achar que pode chegar e simplesmente querer que eu beije seus pés, mas de certa forma ela tem algo de diferente que me intriga.

Me sento na minha cadeira e Raven fica na minha frente, Raven e Octavia são as pessoas que mais confio, sempre estiveram do meu lado, me ajudaram em momentos difíceis e até mesmo nos que me marcam até hoje, não só no psicológico, mas no físico.

- Está passando a mão na cicatriz de novo, para de pensar nisso cabeça dura. Ela dá um peteleco na minha testa e rio.

- Isso dói sabia.

- Tô nem aí, negócios vamos falar disso.

- Woods não vai desistir e por mais que seja tentador assinar o contrato, falta uma coisa ali.

- O que?

- Divisão. Jogo a cópia do contrato na mesa, Raven começa a ler enquanto eu olho pela janela, a cidade está relativamente tranquila hoje, sem muito transito.

- Nossa, ela te ofereceu tudo que você poderia querer, mas conseguiu ferrar o contrato não mencionando a parte principal, divisão.

- A empresa é minha.

- Ela é gostosa? Acabo rindo. – O que? Do jeito que falam nas revistas, fiquei curiosa.

- Tem belas curvas, expressão firme, ela é gostosa, porém, um rostinho bonito não me convence a fazer algo, eu quero fechar negócios e não transar, e se isso fosse o caso, seria nas minhas condições. Me levanto.

- Cabecinha dura você anda pensando demais no que não deveria. Ela levanta e saímos da sala.

- Eu sei, mas tem se tornado algo mais presente nos meus pensamentos, mas enfim, eu tenho uma empresa para pegar para mim.

- Como tem certeza que vão vender.

- Porque eu sou um gênio. Alguém fala atrás de nós, Octavia, ela vem até nós com seu tablet em mãos. – Raven quando eu dei um palpite errado. Raven abre a boca. – Não responde. Raven ri. – Então a empresa deles está falindo, eles estão dando uma de durões fingindo que está tudo bem, mas a economia deles desceu em 15% só esse mês e estamos no começo do mês.

- Hora de agir, vai ser um favor a eles.

- Com certeza, mais tarde decidimos o que fazer com a Woods, eu vou estar na minha sala sendo uma secretária maravilhosa. Octavia ri.

- Nem um pouco convencida né.

- Eu? Nunca. Ela sai, eu e Octavia seguimos para a outra empresa, normalmente levo ela comigo, ela é ótima com os números assim como eu, quando nos juntamos em uma reunião fica um pouco difícil para os outros discordarem de nós.

Olho a janela, é estranho lembrar de tudo que passei até chegar onde estou hoje, por isso muitos achavam que eu não conseguiria, não era apenas por descrença em mim, mas também por pena, eu via nos olhos das pessoas elas tinham pena de mim.

Essa empresa era do meu pai quando ele morreu tudo desandou, não só na minha vida e da minha mãe, mas a empresa começou a afundar, perdi o homem que por anos foi um exemplo, minha mãe ficou devastada, mas ela se manteve forte do meu lado, eu tinha 16 anos, minha mãe passava noites em claro tentando resolver os problemas da empresa, mas só meu pai poderia, estávamos falindo, caindo, eu passei por algo terrível tenho pesadelos até hoje, mas eu não quis deixar as coisas desse jeito, não eu não podia, minha mãe precisava de mim.

 Com 18 anos eu tomei a frente da empresa, enquanto fazia faculdade de administração, Octavia e Raven se ofereceram para ajudar, Raven sempre foi boa em negociar e concertar coisas, Octavia e eu sempre fomos nerds, ela tinha facilidade com computadores e eu com cálculos, foi com nós 3 que a empresa deixou de trabalhar apenas com vendas, hoje temos fabricas de carros, graças a Raven conseguimos produzir os melhores, graças a Octavia conseguimos fazer um sistema impecável, graças a tudo isso eu consegui ajudar a empresa e minha mãe, não tive a melhor adolescência, perdi metade dela, mas não me importo hoje eu sou uma das CEO mais poderosas do mundo, meu pai ficaria orgulhoso. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...