1. Spirit Fanfics >
  2. Dangerous Reunion >
  3. Primera Conquista

História Dangerous Reunion - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


💙Aaah, eu não esqueci dessa fanficccc, desculpem pela demora, eu estava cheia de exercícios lara fazer, tinha que resolver algumas coisas do meu rpg, e acabei não separando um tempo pra escrever a fanfic, vou tentar não demorar tanto, não desistam da história plis💙

Capítulo 6 - Primera Conquista


Klaus



Queria entender como Caroline e Louis haviam se conhecido, e o fato de ele rouba-la de mim para ir dançar me irritou mais ainda. Mas seguiria o plano, Carlus estava de olho em mim, aquilo realmente não me importava.

Adentrei mais na mansão, sabia que o osso não estaria protegido por magia, então eles poderiam ter escondido em algum compartimento ou coisa do tipo.
Entrei em uma sala, provavelmente faziam reunião aqui, procurei por todos os lugares, mas nenhum sinal desse maldito osso. Subi as escadas, uma separada, mas que dava no mesmo lugar que as dos salão principal. Pude ver que aquele era o local dos quartos, e muitos deles. Carlus poderia estar juntando um exército, ou tentando reconstruir uma nova família, ri com aquilo.



- Perdeu alguma coisa?- falando no infeliz...


- Carlus, meu amigo...- caminhei em sua direção sorrindo


- Não preciso ouvir esse seu cinismo Klaus- ele parecia irritado- Oque está fazendo aqui?- elevou a voz


- Você ainda guarda rancor? Eu lhe fiz um favor Carlus...- sorri para ele- Você realmente não tinha bom gosto- estava realmente tentando tirar ele do sério 




Nesse momento Carlus corre na minha direção com os olhos brilhando, idiota, como sempre fácil de saber seus próximos movimentos 





- Você vai me pagar, seu maldito!- Carlus falava caído no chão, depois de eu ter desviado de seu ataque


- Poupe seus esforços- falei sério, a diferença entre ele e eu era nítida


Ele novamente pulava em minha direção, talvez seja a hora de acabar com essa infelicidade dele.  E aquilo já estava me irritando 


Eu não desviei, apenas cravei minha mãos no seu peito, ele cuspia sangue.


- Seu...- ele não conseguia falar, e eu já podia sentir seu coração palpitando  na minha mão


- Dê um oi na sua esposa por mim- e simplesmente arranquei seu coração, coisa que eu deveria ter feito a muito tempo, mas Carlus me divertia, mas naquele monstro estava me atrapalhando


Seu corpo caiu e eu joguei seu coração em algum canto do quarto, batendo na parede, o sangue que escorria, estava indo para abaixo do chão. Me ajoelhei e toquei no chão, havia alguma coisa ali, arranquei uma das madeiras, encontrando um tecido sujo enrolado em algo e pude ver sangue sendo puxado, sujando o tecido mais ainda, peguei e desenrolei


- Finalmente...- tinha o osso em minhas mãos- Até que você serviu para alguma coisa Carlus, olhava para seu corpo caído






                                      //





Caroline





Klaus estava demorando um pouco, percebi quando Carlus foi na direção que ele estava, eu tinha que ir até eles. Louis estava conversando com uns amigos, estávamos todos na mesma mesa.


- Preciso ir ao banheiro- falei mais perto do ouvido de Louis


- Eu levo você até lá- ele segurava minha mão

- Não precisa, eu...- não adiantou muito, então fui com ele


Caminhamos para longe de todas as pessoas,para fora da mansão, eu estranhei aquilo, até que ele parou e ficou na minha frente




- Oque houve?- perguntei estranhando


- Você é realmente linda Caroline...- ele segurava meu rosto- Mas ela não vai desistir


- Do que você está falando?



- Ela não vai deixar suas filhas em paz, principalmente a filha de Klaus



Espera...  oque ele...




Nesse momento, Louis, agarrou meu pescoço e me jogou para longe, fazendo com que eu batesse em uma árvore que havia alí.



- Primero, vou cuidar de você, depois de Klaus- Louis caminhava lentamente em minha direção


Eu não estava entendendo nada, Louis estaria sendo controlado?


A Hollow... ela estava aqui?



Levantei com dificuldade, minha cabeça doía. Quando eu direcionei meu rosto para ele, em um susto Louis bateu seu corpo contra o meu, consegui me afastar com a velocidade de vampiro, estávamos só nós naquele lugar, e a música era alta demais para os outros escutaram, e ficaria pior  se os lobisomens e bruxas soubessem que estávamos aqui 



- Não vou deixar vocês fazerem nada com minhas filhas!- gritei, pude sentir eu me transformando


- Linda, mas ingênua...- ele se vira para trás- Existe três maneiras de se matar um vampiro... arrancando a cabeça, o coração ou ... enfiando uma estaca em seu peito- então Louis arrancava um galho da árvore em sua frente- As coisas são realmente simples...- ele se vira para mim novamente, arremessando a estaca em minha direção


Eu apenas esperei, não sei por que fiquei parada, naquele momento só pensava em minhas filhas. Nunca imaginei que Louis de viraria contra mim, talvez não fosse culpa dele ...

Eu tinha que esquivar daquilo 





- Talvez com mais um pouco de força- Klaus segurava a esfaca a centímetros do meu coração


- Klaus...- Louis falava sorrindo 



- É assim que você trata as acompanhantes dos outros,amigo? - sorria irônico


- Klaus, acho que ele está sendo controlado- avisei, agradrbcrnso mentalmente por ele ter aparecido 


- Poderia me devolver o osso? - Louis estendia a mão- Vou precisar dele


- Você fala disso aqui?- Klaus segurava o osso da Hollow nas mãos- Sinto muito, mas precisamos mais dele- disse me entregando o osso


Louis, rapidamente, empurra Klaus para longe, virando para mim novamente


- Isso pertence a mim- seus olhos brilhavam em azul


Não deixaria todo aquele nosso esforço acabar aqui, o empurrei com os meus dois  braços, ele logo se levanta, até que Klaus aparece e crava a estaca no seu estômago. Louis se afasta e arranca a estaca, e agora, seus olhos brilhavam amarelo



- Oque você acha de um dos seu híbridos te matar? O grandioso Klaus Mikaelson!- ele sorria, jogando a estaca longe



- Louis... - Klaus sorria- Você cometeu grandes erros esta noite


- Não mais do que você Klaus!- falava


- O meu plano inicial era ter uma dança com Caroline antes de matar seu irmão e você- respira fundo- Mas, pelo visto, as coisas saíram de ordem


Louis avança na direção de Klaus com raiva, aquele momento me fez lembrar de Tayler, quando se transformava em lobisomen.
Klaus também estava com os olhos amarelos, segurando os ataques de Louis. Klaus lhe dá um soco no estômago 




- Louis, você sabe...- Klaus falava para ele que estava caído no chão



- Cala a boca!- ele falava baixo, sangrando- Eu não posso te matar... eu não sou forte o bastante...- tossia sangue- Mas... ela pode, e ela vai Klaus...matar todos vocês, seus irmãos, Caroline e sua filha, ela vai ser a primeira morrer - sorria- O temível Klaus Mikaelson  vai morrer!- ele olhava para Klaus rindo

Klaus caminha até ele, que não faz nenhum movimento, só continua rindo


- Então...- ele segura o rosto de Louis- Deixa ela vir!- agarrou seu cabelos e, sem piedade, arrancou a cabeça de Louis fora




Klaus era impiedoso, sabia que ele faria tudo por Hope, igual a mim, pelas minhas filhas


- Klaus?- o chamei, ele estava sujo de sangue 


- Você está bem?- apenas acenti com a cabeça- Vamos sair daqui, já temos o que precisamos- ele passa por mim indo em direção ao carro



Olhei para o corpo de Louis, e imaginei que Carlus também estaria assim. Eu sempre julguei Klaus pelas as atitudes dele, mas era diferente do que todos faziam, eu queria o bem dele. Mas agora, pude entender um pouco ele. Klaus fez oque era necessário, fez por Hope, segurei firme o osso que estava em minhas mãos e caminhei até ele.



Talvez eu voltasse para Paris algum dia, acompanhada de Klaus talvez... Mas agora, Roma era o nosso próximo destino








Notas Finais


Capítulo curtíssimo, mas enfim.

Fiquei com pena do Carlus, masss o Klaus é assim msm hashuahaha. Iai oque acharam?

Prometo não demorar a postar o próximo capítulo, obrigada por lerem, até💛❄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...