História Dangerous Secret (Yoonseok, Sope) - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias A.C.E, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, BLANC7, EXO, HyunA, K.A.R.D, Monsta X, Super Junior, UNIQ
Tags Yoonseok
Visualizações 180
Palavras 3.707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEEEEI MEUS BBS MARAVIGOLDS.

Pergunta inofensiva⚠

Querem beijinho Yoonseok no próximo cap?

Falando no próximo cap, ele vai demorar mais, pois pretendo tentar fazer 7K de palavras. (Vai dar um trabalho...)

Boa leitura!
~Dudiiis

Giih: as escolhas que vocês fizerem aqui, poderá mudar o rumo da história para melhor ou pior. Apenas pensem antes de responder. Só isso mesmo, bye

Capítulo 13 - Capítulo 12 - Podemos fazer de novo?


Fanfic / Fanfiction Dangerous Secret (Yoonseok, Sope) - Capítulo 13 - Capítulo 12 - Podemos fazer de novo?

Narradora P.O.V on


Yoongi acordou com seu despertador tocando, odiava o fato de ter que acordar cedo, sendo mais exato as 5:30, a semana toda, mas tinha que fazer isso.


Sentou em sua cama e ficou ali por um tempo tentando raciocinar tudo o que se passava à sua volta, depois de um tempo se levantou e foi fazer suas higienes e se arrumar. “Seria legal se minha rotina muda-se um pouco”, pensou ele.


Era todo dia mesma coisa, levantava cedo, tomava banho, escovava seus dentes, se vestia, ia para o galpão e fazia a contagem das drogas que haviam chegado.


Após verificar que todas as drogas haviam chegado em perfeito estado, foi fazer seu café da manhã.


Foi para cozinha, suspirou aliviado por não ter que presenciar mais uma cena "namjin".


Preparou o seu café colocou leite e açúcar, como estava com preguiça apenas fez algumas torradas, após tudo estar pronto se virou para trás tomando um susto com Hoseok trazendo suas coisas para dentro da gangue junto com Namjoon.


-O que vocês estão fazendo? -Perguntou Yoongi colocando seu café e sua torrada em cima da mesa e logo depois indo ajudar com as coisas de Hoseok.


-Ah, é que eu tinha que me mudar para cá no prazo de uma semana, certo? -Yoongi concordou- então eu decidi trazer minha coisas logo. -Disse Hoseok sorrindo e segurando uma mala.


-Okay, isso eu compreendi. Mas agora me explica, por que você tem tantas roupas? -Disse Yoongi fazendo Hoseok rir. -Estou falando sério, eu sou ômega e nem tenho esse tanto de roupa.


-Só porque ele é Alfa não significa que não possa se cuidar. -respondeu Namjoon.


-Ah, você tá aqui, nem tinha te visto. -disse Yoongi. -Bom vamos levar essas coisas para o seu quarto, deixa eu só conferir com Jung-Su qual é o quarto que você vai ficar.


Yoongi subiu as escadas e foi em direção a porta da sala de Jung-Su, ia bater porém escutou uma discussão vinda de dentro da sala, pelo visto era Junhee e Jung-Su discutindo sobre a gangue.


-Mas pai! Eu não quero ser o líder da gangue! Eu posso fazer parte da gangue, mas eu não quero ser o líder! -dizia Junhee


-Você não tem querer Junhee, você é meu filho e você vai sim ser o líder da gangue.


Aquilo estava irritando Yoongi, ele sabia como é ser forçado a ser algo que não quer. 

Bateu uma vez na porta e não esperou até escutar um entre.

-Ah, desculpe, não sabia que você estava ocupado -disse com um sorriso sínico no rosto.


-Não estou. -respondeu Jung-Su fazendo Junhee lhe lançar um olhar triste. -O que você quer Yoongi? -Disse sentando em sua mesa.


-Eu só queria saber em qual quarto Hoseok vai ficar.


-Ah, ele veio pra cá hoje? -Yoongi concordou com a cabeça. -Bom, no momento não temos um quarto disponível, então ele vai dividir com você.


-Mas chefe- -Disse Yoongi porém foi interrompido


-Sem mas, Yoongi. Estou irritado não me deixe mais. -Disse massageando a testa.


-Okay, só mais uma coisa, eu acho que Junhee tem direito sim de ser o que ele quiser, a vida é dele, não sua. Agora com sua licença, eu vou me retirar. -Disse e saiu da sala deixando um Chefe mais irritado ainda pra trás.


Yoongi desceu as escadas um pouco irritado indo em direção a Hoseok e Namjoon.


-Bom, Hoseok, Jung-Su disse que não tem um quarto para você ficar, então infelizmente você vai ter que dormir no mesmo que eu. -Disse respirando fundo no final da frase.


-Hoseok, tirou a sorte grande, vai ter que aturar o senhor açúcar amargo. -Disse Namjoon tirando sarro da cara de Yoongi


-Não era anão estressado? -disse Yoongi se referindo ao apelido dado para sí por Namjoon.


-Por que não pode ser os dois? Enfim, Hoseok vamos levar suas coisas para o quarto de Yoongi. Aliás, onde ele vai dormir? no seu quarto só tem uma cama né Yoongi? -Disse Namjoon


-Sim, só que a cama, na verdade é uma bicama, então tem onde o Hoseok dormir. Agora vamos levar as coisas de Hoseok pro quarto. -Disse e começou a caminhada na direção de seu quarto.


Namjoon e Hoseok olharam um para o outro e depois seguiram Yoongi. 


Chegando no quarto Yoongi apenas se sentou em sua cama e os outros dois deixaram as coisas de Hoseok pelo quarto.


-Bom Hoseok, seja bem vindo ao seu provisório quarto. -Disse Yoongi


Namjoon chegou perto do ouvido de Hoseok para sussurrar algo que apenas os dois pudessem ouvir.


-Agora você não vai ter que invadir o quarto dele pra ver ele dormindo. -Disse Namjoon e Hoseok lançou um olhar feio para ele, fazendo Namjoon dar uma risada.


-Hum… pelo visto já estão bem amigos, não é?


-É sim, Ciuminho Yoongi? -respondeu Namjoon provocando o menor


-De vocês? -Disse e riu. -Por mim vocês podem transar que não vai fazer diferença nenhuma pra mim. Apesar que vocês são dois alfas. -disse se deitando na cama.


Namjoon deu de ombros, se despediu de Hoseok e saiu do quarto. Tudo estava um completo silêncio até Yoongi levantar da cama com um suspiro.


-Eu vou pegar meu café da manhã. -Disse e olhou para Hoseok. -Você quer algo?


Hoseok iria negar, se não fosse pelo barulho de sua barriga roncando entregando o fato de não ter comido nada.


-Okay, sua barriga respondeu por você, vou fazer algo e já volto. -Disse e se retirou do quarto indo para a cozinha.


Enquanto isso no quarto Hoseok estava começando a arrumar suas coisas e meio envergonhado pelo fato de sua barriga ter roncando.


Enquanto guardava suas coisas encontrou um pedaço de papel em cima da escrivaninha. Curioso foi até o papel e o pegou, olhou para o papel e conseguiu ver uma caligrafia perfeita.


“Sempre que tu esteve ausente

Eu estive sorridente

Sempre fui diferente

Nunca estive contente


A cada poema cantado

Tu nunca esteve ao meu lado

Todas as palavras que eu tive falado

Nunca fui avisado


Estive entediado

Disto ser lembrado

Sempre cansado

De ser apagado


A vida tem que ser vivida

Mas sempre Há uma partida

Sempre Há uma saída

E assim, ela é esquecida -Min Yoongi.” (poema escrito by me, pq eu sou muito poética. Atr: Dudiiis)


Hoseok leu e releu aquelas mesmas rimas, não sabia que Yoongi fazia poemas e achou isso bastante interessante. Tinha tanto a descobrir sobre Yoongi, e estava realmente interessado em descobrir todas essas coisas.


Botou novamente o papel sobre escrivaninha exatamente do jeito que estava antes. Voltou a arrumar suas coisas como se nada tivesse acontecido, mas mesmo assim com um sorriso bobo no rosto, curioso sobre o que mais o Min podia fazer.


Saiu de seus devaneios com Yoongi entrando no quarto junto de um prato com algumas torradas e café em uma xícara.


-Toma. -Disse estendendo o prato e a xícara a Hoseok.


Hoseok pegou ambos e deixou de arrumar suas coisas apenas para poder comer.


-Faltam muitas coisas para você a arrumar? -Perguntou Yoongi e Hoseok concordou. -Hum… Se quiser eu posso ajudar… 


-Yoongi, eu sei que você não está com um pingo de vontade de ajudar e só está oferecendo pra não pagar de mal educado. -Disse rindo


-Ah graças a Deus você percebeu. -Disse e começou a rir também. -Hum… bom, eu queria pedir desculpas por ter te ameaçado de morte naquele dia.


-Não se preocupa, eu sei que foi só porque você foi instruído a fazer isso. -Disse terminando de comer e bebendo o resto do café fazendo Yoongi rir. -O que foi?


-É que você come que nem uma criança. -Disse rindo.


-Não é verdade. -Respondeu Hoseok


-É sim, olha só você se suja todo.


-O que? Tá sujo? Onde?


-Aqui. -Disse se levantando da cama e indo até a cadeira onde Hoseok estava sentado e passando o dedão perto do seu lábio inferior.


“Próximo de mais” -Pensou Hoseok.


-Pronto, Vê se come direito agora Criança. -Disse Yoongi se deitando novamente na cama.


-Hey, me respeite, eu sou seu Hyung. Esqueceu?


-Sim, você é meu Hyung. Mas aqui eu sou seu Sunbaenim. -Aquela última palavra saiu de certa forma mais sexy, e claramente Hoseok percebeu isso.


Hoseok ia responder se não fosse pelas batidas dadas na porta do quarto de Yoongi. Logo a porta foi aberta e então dando a visão de um Taehyung sorridente.


-Oi Yoon! -Disse não percebendo que Hoseok estava alí e se jogando em cima de Yoongi.


-Taehyung sai! Você é pesado! -Disse e Taehyung saiu de cima dele com uma expressão triste.


-Você disse que eu sou gordo. -Disse fazendo drama. Yoongi sempre foi frágil quando Taehyung fazia essa sua cara triste e fingia que ia chorar.


-N-Não, Hey, eu não disse que você é gordo, só que você é pesado, mas você não é gordo, Okay? -Disse e Taehyung começou a rir. -Porra Taehyung, não faz isso com meu coração, eu sempre acho que você vai chorar de verdade!


Como pelo visto Taehyung não havia notado a presença de Hoseok alí e Yoongi parecia ter esquecido completamente dele. Então ele fingiu uma tosse atraindo a atenção dos dois para ele.


-O que ele está fazendo aqui, Yoon? -Sussurrou Taehyung. 


-Ele vai dormir no mesmo quarto que eu por um tempo porque não tem outro quarto disponível. -Respondeu sussurrando também


Hoseok sorriu para Taehyung e o mesmo devolveu o sorriso.


-Eu não concordo com isso. -Respondeu ainda sussurrando e ainda sorrindo.


Yoongi apenas riu.


-É… vocês são só amigos, certo? -Perguntou Hoseok, sempre teve muitos amigos mas nunca os tratavam como Taehyung trata Yoongi ou vice-versa.


-Não, Yoongi é meu melhor amigo. -Respondeu dando ênfase no “Melhor” E abraçando Yoongi.


-Sim, apesar de eu ter pedido pra ele passar o cio comigo e ter sido recusado lindamente. -Disse fingindo estar triste. Logo depois recebendo um tapa no ombro.


-Já te disse pra parar com isso. Desculpe Hoseok, ele só tá brincando. -Disse rindo.


-Mas é verdade que eu pedi pra ele passar o cio comigo e ele recusou. -Disse em um sussurro de voz mas Taehyung ainda conseguiu ouvir e deu outro tapa em seu ombro.


°•°•°•°•°•°•°•°•


Já estava de tarde e Yoongi havia sido instruído a ser o “guia” De Hoseok, tendo de mostrar toda a gangue para ele.


E como sempre, Yoongi não estava com um pingo de vontade de fazer aquilo, mas tinha que fazer assim como o foi ordenado.


-Bom, Hoseok, você já conhece boa parte da base da gangue, mas você ainda não conheceu o galpão que no caso é onde você vai trabalhar, porém, é meio longe e eu não estou afim de andar e você provavelmente também não, então eu vou mandar Namjoon levar a gente, ele gosta de você então acho que ele não vai reclamar. -Disse Yoongi já indo para a sala sendo seguido por Hoseok. -NAMJOON! -Gritou quando viu o mesmo sentado no sofá- Leva a gente lá pro galpão.


-Sendo um mal-educado como sempre, nem pra falar um “Por favor”. Eu vou mas não por você e sim porque o Hoseok é legal, diferente de um certo açúcar amargo. -Disse se levantando do sofá.


Yoongi respirou fundo.


-Okay, vou ser educado. Namjoon, por favor vai tomar no meio do seu cu seu arrombado. -Disse sorrindo sínico


-Não estou afim, obrigado. -Disse passando por Yoongi e dando um abraço de lado em Hoseok.


Yoongi revirou os olhos e começou a seguir Namjoon e Hoseok que estavam indo em direção ao carro.


[...]


Já dentro do carro Hoseok prestava atenção em cada coisa que se passava do lado de fora da janela, como se fosse um cachorrinho saindo para passear de carro pela primeira vez.


Enquanto Hoseok estava animado Yoongi já não estava tanto. Para ele, era um saco ir para o galpão. Mas ver Hoseok completamente animado com quase nada, o que fez o Min rir baixo.


Não demorando muito, eles chegaram ao galpão, Yoongi e Hoseok desceram do carro.


-Querem que eu vá com vocês? -Perguntou Namjoon ainda dentro do carro.


-Não, obrigado Namjoon. -disse Yoongi- eu odeio esse lugar mas não tanto quanto a sua companhia.


-Nossa. Nesse caso eu já vou indo. Tchau Hyung! -Disse Namjoon acenando para Hoseok que retribuiu o gesto.


Logo Namjoon foi embora com o carro e Hoseok lançou um olhar curioso para Yoongi, logo percebendo fez um sinal para que o mesmo perguntasse o que queria.


-Por que você não gosta daqui? -Perguntou Hoseok


-Quando entrarmos você vai descobrir. Alguma outra pergunta antes de entrarmos? -perguntou Yoongi se aproximando da porta do galpão.


-Por que você e o Namjoon brigam tanto?


-Eu quis dizer perguntas sobre o trabalho, Hoseok. -Respondeu


-Por que você e o Namjoon brigam tanto mesmo quando trabalham juntos? -Disse mudando a pergunta e sorrindo.


Yoongi também riu um pouco e logo respondeu a pergunta do maior.


-Não sei, é assim desde que a gente se conheceu, já virou um hábito. -disse dando de ombros. -Acho que podemos entrar agora, certo? -perguntou e viu Hoseok concordar e logo abriu a porta.


O olhar de todas as pessoas que se encontravam alí se voltaram para Yoongi, o mesmo já sentiu sua paciência indo por água abaixo.


-Olha se não é o Yoongi. Você ainda não me respondeu se a gente vai sair ou não. -Perguntou um dos milhares alfas presentes alí.


Yoongi era o único ômega do local. Já que na gangue não era grande a quantidade de ômegas, na verdade, era baixíssima. Logo fazendo Yoongi ser o alvo das atenções quando chegava ao galpão.


Vários alfas abestados já vinham dar em cima de Yoongi todos os dias, além disso, outro motivo para ele odiar aquele lugar era que como só haviam alfas, o cheiro era muito forte, quase fazendo ele vomitar.


-Você quer uma resposta, Bon-hwa? -Perguntou para o Alfa de ainda a pouco- Minha resposta é não, eu não vou sair com você, agora vê se larga do meu pé. Não só você como todos os outros. Mas antes, esse aqui é o Hoseok, ele entrou na gangue recentemente ele vai trabalhar conosco, cuidem bem dele e todo aquele bla bla bla. -Disse e logo saiu indo em direção onde ficavam as drogas que Hoseok iria cuidar.


Hoseok confuso começou a seguir Yoongi.


-Isso acontece sempre? -Perguntou para Yoongi.


-Na maioria das vezes, mesmo que eu sempre diga não. -Respondeu ainda andando.


Hoseok suspirou, realmente conseguiam existir pessoas cada vez mais babacas no mundo.


Quando chegaram ao local onde queriam Yoongi parou rapidamente fazendo um Hoseok desligado bater em si.


-Desculpa. -Murmurou Hoseok dando um passo para trás.


-Sem problemas. Bom, o que você vai ter que fazer aqui é basicamente colocar tudo em prática o que lhe dissemos. Sua sala será junto com a minha -Disse Yoongi começando a andar em direção a sua sala. Hoseok ainda em silêncio lhe seguia. -Sua mesa será aquela alí em frente a minha. -Apontou para mesa. 


-Okay… Só isso? -Yoongi concordou com a cabeça e começou a andar em direção a sua cadeira e sentando na mesma.


Hoseok fez o mesmo, porém sentando na própria cadeira, viu Yoongi concentrado mexendo em alguns papéis, porém, não sabia o que fazer e não queria atrapalhar Yoongi com seu trabalho, já que o mesmo parecia concentrado. Então ficou apenas observando o mesmo fazendo o seu trabalho.


Hoseok achou as feições de Yoongi fofas, quando não entendia nada virava levemente a cabeça para o lado e fazia um bico confuso, Hoseok riu por conta da expressão de confusão dele.


Yoongi percebeu que o mesmo não estava fazendo nada e passou a encará-lo.


-Por que você não ‘tá fazendo nada? -Perguntou desconfiado.


-Você não me disse o que eu tenho que fazer... -Respondeu Hoseok


-Ah, verdade. -Disse e se levantou indo até a mesa de Hoseok sentou na mesma e abriu o notebook que havia alí. -Então o que você tem que fazer é o seguinte, você só vai ter que olhar nessa lista. -puxou uma lista com escrito "carregamentos" Diversas vezes, com horários e datas. -E passar o que está escrito aqui pro computador, e depois salvar. Bem simples não? -Disse e deu um sorriso.


Hoseok sentiu seu coração bater mais rápido depois de ver o mesmo sorrir, geralmente só via o menor sorrindo sínico, e toda vez que viu um sorriso sincero daqueles seu coração batia mais forte, mas tinha certeza que não era por nada além de achar Yoongi bastante fofo sorrindo, até porque ele tinha certeza que não sentia nada sobre o mesmo.


[...]


Quando já haviam terminado de fazer tudo o que tinham de fazer, Yoongi ligou para Namjoon pedindo para que os levasse de volta à base da gangue. Não demorando muito para que o mesmo chegasse.


Quando saíram de lá, Hoseok pediu para passar no shopping para comer algo, já que estavam, não só ele, mas todos com fome. 


No caminho ao shopping estavam conversando coisas aleatórias, até que Yoongi acabou dormindo. Namjoon para em frente a um estabelecimento do MC donald's. 


 -Hyung, vamos ver quem vai buscar os lanches no pedra, papel e tesoura -Disse Namjoon se virando para trás. Hoseok concordou levantando sua mão e a fechando. Hoseok jogou tesoura e Namjoon papel, fazendo assim Namjoon ter que comprar os lanches.- Aish... Vai querer o que? -Disse se virando para a porta. Jung, Abusado, Hoseok apertou a boca olhando para o teto com um dedo no queixo. Namjoon apenas revirou os olhos.


 -Vou querer Sprite e um Big Mac -Disse e voltou a posição normal -Compra algo pro Yoongi -Namjoon balançou a cabeça confirmando e saiu do carro. 


Hoseok sorriu ao ver Yoongi dormindo, porém, percebeu que ele estava prestes a cair sobre o banco de Namjoon, então tentou arrumar lentamente o outro. 


Quando passou seu braço envolta da cabeça de Yoongi para arrumá-lo direito no banco, Yoongi abraçou seu braço, fazendo o mesmo de travesseiro.


 Hoseok sorriu se perdendo em tamanha fofura, porém logo puxou o braço de volta quando o menor já estava sentado de um jeito que não fosse lhe dar um torcicolo mais tarde.


Hoseok estava observando a janela do carro e Yoongi continuava dormindo, quando Namjoon voltou com o seu lanche mais os dos dois que estavam no carro.


Entrou no carro e fechou a porta, logo depois entregou o lanche de Hoseok ao mesmo.


-Não assediou Yoongi enquanto eu estava comprando o lanche, né? Eu sei que você tem um leve fetiche por pessoas que estão dormindo. -Disse Namjoon, fazendo Hoseok parar de abrir seu lanche para encarar feio o mais novo. -Okay, desculpe. -Disse rindo.


[...]


Ao chegarem de volta a base da gangue, Yoongi ainda não tinha acordado, então Namjoon resolveu acorda-lo.


-YOOOOOOOOOOONGI! -Disse gritando no ouvido do menor que acordou com um susto logo encarando o mais novo com a maior cara de ódio possível.


-Porra Namjoon! Não sei como não te matei até agora! Puta que pariu moleque chato! Mais chato que o Jungkook! Como que o Jin consegue te aguentar?! -Disse fazendo Hoseok e Namjoon rir, logo depois saindo do carro irritado.


Hoseok e Namjoon foram seguindo Yoongi até entrarem na base da gangue, Yoongi foi direto pro seu quarto seguido por Hoseok.


-Eu realmente não vou me acostumar com isso de você dormir no mesmo quarto que eu. -Disse o menor sussurrando, porém, Hoseok conseguiu ouviu.


-Quem sabe, é só por um tempo, e além disso talvez quem sabe amanhã mesmo você já pode estar acostumado. -Disse Hoseok e logo depois sorriu.


Yoongi percebeu como aquele sorriso era encantador, também percebeu que Hoseok não era como os outros alfas, assim como ele não era como os outros ômegas.


-Hoseok, por uma questão de curiosidade e de segurança, eu vou lhe fazer uma pergunta invasiva, quando você vai ter seu rut? -Perguntou fazendo Hoseok se tocar que nem havia pensado naquilo.


-Hum… daqui um mês mais ou menos, sobre seu Heat não devo me preocupar já que foi recentemente, certo? -Disse e Yoongi concordou.


-Bom, acho que já estamos resolvidos -disse e abriu a porta do quarto. -Como dito antes você vai dormir no colchão e eu na cama, se eu durmo no colchão minhas costas doem, então eu espero que não ligue para eu dormir na cama. -Disse se deitando em sua cama. 


-Sem problemas. Além disso se eu fosse dormir na sua cama seu cheiro extremamente doce ia estar impregnado em toda parte e talvez meu nariz começasse a arder. -disse arrumando seu colchão e deitando logo depois.


-Dúvido, talvez você fosse gostar do meu cheiro. -Disse Yoongi provocando Hoseok.


-E talvez você fosse gostar do meu, mas isso a gente não vai descobrir. -disse e começou a mexer em seu celular.


-O que você está fazendo? -Perguntou parando de provocar Hoseok.


-Estou mandando uma mensagem para minha mãe dizendo que está tudo bem. -Respondeu ainda olhando para o celular.


-Falando nisso, quando fui a sua casa não vi nem seu pai e nem sua mãe lá. O que houve com eles? -perguntou se sentando na cama.


-Você é sempre invasivo assim?


-Na verdade, sim. -Disse se deitando de novo. -Eles se separaram?


-Sim… -Respondeu Hoseok terminando de falar com sua mãe. -E os seus pais? Ainda são casados?


-Sim. -Disse curto. -Por que eles se separaram?


-Oh céus, onde foi parar minha privacidade? -Perguntou dramatizando.


-Eu comi. -respondeu e Hoseok o encarou. -Vamos, me responda, por favor!


-Meu pai traiu minha mãe com meu ex-namorado. -respondeu simples.


-Wow, você é realmente um cara sem sorte.


-Não acho que você tenha tido muita também, já que veio parar aqui. Afinal, como você veio parar aqui?


-Bom, minha vida nunca foi muito fácil, e piorou quando meu pai descobriu que eu era ômega, e no meu aniversário de 16 anos ele tentou… é… ele me tocou, digamos assim. Essa foi a gota d'água, depois disso fugi de casa com Taehyung, encontrei Namjoon, e aqui estou.


-Seu pai é um babaca Yoon.


-Eu concordo com você. -Disse e riu anasalado. -Mas o seu também é, seu ex também. Ele foi realmente trouxa de ter traído um Alfa legal como você.


-Pera. Min, arrogante, Yoongi acabou de me elogiar, ah me sinto grato. -Disse e riu da própria piada enquanto Yoongi só revirou os olhos e sentou na cama.


-Babaca, eu só quis dizer que em comparação aos outros alguns alfas idiotas que eu conheço você é o mais legal. Não se ache.


-Bom, em comparação aos outros ômegas que eu conheço, você é o mais chato. Não se ache. -Disse e sentou no colchão.


Hoseok riu e Yoongi revirou os olhos, mas depois riu junto com o mais velho.


Depois que as risadas pararam, ambos não sabiam mais sobre o que falar, então acabaram ficando se encarando.


Nesse momento, Yoongi sentiu uma coisa que nunca havia sentido com nenhuma outra pessoa, nem mesmo com Taehyung. Hoseok era diferente, mas Yoongi não sabia porque e queria descobrir.


-Hoseok, sobre aquele beijo que nós demos na boate… -disse mas foi interrompido antes de continuar.


-Espera, você disse que não lembrava, não é possível você mentiu pra mim? Eu vou chorar. -disse dramatizando de novo.


-Cala a boca Hoseok. Voltando ao assunto, sobre o beijo, você acha que poderíamos fazer de novo?


Notas Finais


Eu sei que eu sou uma fdp por ter terminado o cap assim, eu reconheço.

Rut = cio dos alfas
Heat = cio dos ômegas

~Dudiiis


^^^^^^^^^^^^^^^

Juro que dessa não sabia, pra mim é tudo cio

~Appa Giih


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...