História Dangerously - Jungkook - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Seventeen, TWICE
Personagens Chanyeol, Hansol "Vernon" Chwe, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sehun, Yugyeom
Visualizações 18
Palavras 2.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha, só vocês mesmo pra me fazer escrever um capítulo no meio de um churras (acho que por isso estou inspirada). Tô eu aqui, escondida escrevendo isso. Espero que gostem

Capítulo 18 - Pizza!


Alguns dias depois do ocorrido tinham se passado, e hoje, íamos numa pizzaria comemorar a volta de Vernon. Lisa estava aqui; tinha a chamado para se arrumar aqui em casa. A pizzaria não era chique, então optei por colocar uma calça jeans que marcava bem minha perna; cropped branco e uma camiseta xadrez vermelha, que batia em meu joelho. No pé, calcei meu Adidas superstar. Deixei meu cabelo solto e passei um batom nude.

- E aí? Como estou? - falei saindo do banheiro e indo em direção a Lisa, que estava passando rímel. Ela vestia uma regata preta e uma saia curta da mesma cor

- Talita, você é um moleque mesmo né? - sorriu, embora ela falasse sem maldade alguma. Ela conhecia meu estilo

- Ah vai, eu sou linda de qualquer jeito - joguei o cabelo de forma divertida e nós rimos

- Pior que é verdade. Uh! Namjoon já chegou - falou enquanto olhava seu celular. Provavelmente tinha recebido alguma mensagem do mesmo - vamos? - colocou o aparelho em sua bolsa

- Só um segundo - peguei o perfume que estava em cima de minha cômoda e dei duas borrifadas na altura da minha clavícula

- Ande! Daqui a pouco vai ficar empestiada - indagou impaciente

- Aish, chata. Vamos - falei e descemos as escadas indo em direção a porta, que foi trancada assim que saímos. Me virei e vi que Namjoon já estava nos esperando dentro do carro, junto com Seokjin e Taehyung. Fomos até o carro e Nam o destrancou. Lisa entrou primeiro, se sentando ao lado do acastanhado; logo depois eu entrei.

- Olá meninos! - sorri simpática e eles repetiram meu gesto

- Olá Talita, Olá Lisa - Jin falou

- O-oi Lisa - Taehyung disse coçando a nuca. Tinha que ser muito idiota para não perceber que ele está com uma queda por Lalisa. Desde o acontecimento com o Kai, eu e Hoseok percebemos isso. Não sei Lisa, mas eu pegaria muito, ôh se pegava.

- Olá Tae - sorriu - como está?

- Bem melhor agora, quero dizer, estou b-bem sim - riu de nervoso e vi Namjoon rir baixo negando com a cabeça, logo dando partida com seu carro

Em menos de 30 minutos nós tínhamos chegado a pizzaria. Todos saímos do carro e Tae foi na frente, apressado. Fui até Lisa que estava um pouco a frente e cheguei mais perto de seu ouvido

- Você percebeu, não é?

- O que, menina?

- Taehyung! Ele está caidinho por você! - falei ainda baixo enquanto entrávamos no estabelecimento

- Aigo Talita! Conta outra, ele não gosta de mim

- Uhum. "Bem melhor agora" - imitei o tom de voz do mais alto fazendo-a rir

- Você é ridícula - deu um tapa em meu ombro e fomos de encontro com os meninos.

Eu me sentei entre Vernon e Jackson, que me cumprimentaram meio eufóricos.

- Oi meninos!! - passei os braços pelo pescoço dos dois, e beijando suas cabeças

- Aish Talita, chega - Vernon resmungou "limpando" o cabelo

- A partir de hoje eu não trato você com carinho, Senhor Vernon - fingi tristeza e ele me abraçou

- Owwn, dicupa Talitinha - beijou minha bochecha e ouvi Jackson pigarrear - tá bom, toda sua - se virou para falar com Yoongi

- E então Jack Sparrow, cadê o Jimin? - disse quando percebi que ele não estava ali

- Ah, ele foi buscar Jeon - sorriu

- Entendi. Tava com saudades suas, sabia? - coloquei minha cabeça em seu ombro

- Que saudade é essa? Você mora do nosso (ele e Jimin) lado, pode me ver quando quiser

- Eu sei. Tô dizendo de estar com vocês todos assim, alegres, sem preocupações. Tinha muito tempo que não fazíamos isso

- Pensando por esse lado, é verdade. Nunca tivemos tantos problemas assim, Deus nos livre

- Realmente - suspirei

O barulho da porta do local foi ouvida - apesar de todo barulho de pessoas falando e de uma música qualquer que tocava alí - e nossos olhares se direcionaram até lá. Era Jimin, e logo atrás vinha Jungkook... com uma garota?! Ela tinha sua cintura envolvida pelo braço de Jeon e mostrava seu sorriso contagiante por onde passava. Todos os olharam torto e sem entender. Mesmo sem olha-la, pude sentir o peso do olhar de Lisa pra cima de mim, como quem diz "ué, ele não estava com você?"; e não foi apenas o dela, foi de todos.

- Mas que por... - falei baixo, mas não completei a frase por ter sido interrompida por Jungkook

- E aí, gente? Beleza? - ele fala na maior naturalidade. Como pode ser tão cínico?!

- Oi - todos tinhas desconfiança em seu tom de voz. Eu fui a única que não respondi pois ainda observava aquela cena, incrédula

- Essa aqui é a Jennie, minha nova namorada - nova namorada, nova namorada. Essa frase ecoava na minha cabeça. Não acredito, não acredito que depois de tudo o que passamos ele simplesmente chega com uma garota qualquer dizendo que é sua namorada! Isso é ridículo, ridículo mesmo. Eu não estava triste, e sim nervosa, irritada. Queria tacar aquela comida toda na cara daquela vagabunda oxigenada

- Oi, gente - falou tímida dando um sorrisinho escroto, quero dizer, sem graça. Dei uma risada irônica e baixa ao ver aquela ceninha patética

- Algum problema, Talita? - Jeon me olhou com um sorriso sádico

- O que? Não, claro que não, nenhum. Ah, por sinal, olá Jennie, é um prazer conhecê-la - sorri, mas no fundo queria esganar ela e esse garoto

- Prazer...?

- Ah, me desculpe. Talita - fiz uma reverência com a cabeça e todos ainda nos olhavam desconfiados

- Ah sim, prazer Talita. Kookie falou bastante de você

- É mesmo? - o olhei fingindo surpresa. Eu sou a pessoa mais debochada dessa vida - Nossa, que bom não é? Assim podendo ser amigas mais rápido - voltei a olhar para a acastanhada

- É... eu acho - sorriu falsa e os dois finalmente se sentaram a nossa frente

- Com licença, eu já volto - me levantei e fui em direção ao banheiro. Pude ouvir Lisa dizer que também precisava ir comigo. Entrei no local e esperei por Lalisa encostada na pia. Ela entrou e me olhou como se já soubesse o que estava pensando

- O que foi aquilo? - fechou a porta e ficou em minha frente

- Você acha que eu sei?! Não acredito que esse filho da puta fez isso comigo!

- Você está triste?

- Que que você acha? Na verdade não estou triste, não exatamente. Eu estou brava, de verdade. Jungkook simplesmente me descartou como se eu fosse um pedaço de bolo! E eu não sou um bolo! (a: quem já escutou 'Cake' da Melanie vai entender, rs)

- Eu sei que você não é um pedaço de bolo, Talita, todos sabemos

- Eu quero voar na cara daquela... daquela... songa monga! Argh!

- Songa monga? Sério Talita? - cruzou os braços como se esperasse algo mais vindo de mim

- Aish Lisa! Ele me usou! Aquele escroto! Mas não vou me deixar abalar, ele não vai estragar um dia tão especial assim, não mesmo! - saí enfurecida e Lisa veio correndo atrás de mim. Ao chegar mais perto da mesa pude ver os dois se beijando. Fiz cara de nojo e voltei ao meu lugar

- Oh! As pizzas já chegaram! - falei quando vi a enorme quantidade de caixas de pizza que estavam sobre a mesa. Pizza era meu ponto fraco, de verdade. Eu esquecia de todos os meus problemas quando comia aquele delicioso alimento em forma triangular. Dramática eu, não é mesmo? Peguei uma fatia e coloquei em minha boca, recebendo olhares dos outros que também comiam

- O que foi? - perguntei com a boca cheia, olhando para todos que riram de meu estado; menos Jungkook, que parecia odiar o fato de eu não estar ligando para os dois juntos. Sorri internamente e voltei a comer

Comíamos e conversávamos tranquilamente e eu podia perceber o olhar de Jeon sobre mim, ignorei e continuei a falar com Hoseok

- Então gente, queria dizer que eu e Jennie estamos muito felizes juntos - sorriu e ela também

- Cof, cof se forçar mais caga cof, cof, cof - fiz uma tosse forçada arrancando risinhos baixos de todos - menos o casalzinho - que estavam sentados

- O que foi, Talita?

- Nada não, é que eu me engasguei aqui. Tá tudo bem - ri disfarçadamente e ele bufou de raiva - Taehyung! Me passa o ketchup, por favor - gritei para ele que estava a uma certa distancia de mim

- Claro! - pegou o molho e passou pra mim, mas Jungkook pegou de sua mão e ia me entregar, porém sua mão "acidentalmente" bateu no copo de plástico em minha frente, derrubando todo o líquido em minha roupa. Ahh ele me paga

- Jungkook! - me levantei enquanto o líquido escorria pelas minhas pernas, manchando minha calça - era minha calça favorita, seu babaca! Por que fez isso?! - Jackson pegou alguns guardanapos e me ajudou a secar minha roupa

- Calma aí, foi sem querer - sorriu dissimulado e eu bufei de raiva

Enquanto secava a bebida ouvi alguns risinhos de Jennie. Foi aí, meus amigos, que meu sangue ferveu - e você? Tá rindo de que sua filhote de hiena?! - eu estava consumida pelo ódio

- Está falando comigo? - se fez de desentendida

- Não, com o espírito atrás de você! Ta achando graça na cena ridícula e infantil que o seu namoradinho fez?

- Não, claro que não, imagina - disse cínica

- Sua vadiazinha!

- Você me chamou de que?!

- Além de vadia é surda? - Lisa e Seokjin riam baixo, enquanto Namjoon disfarçava sua risada dando tapinhas no braço de Jin dizendo para ele parar de rir

- Você vai se arrepender de ter me chamado disso!

- Ah é? E vai fazer o que?

- Isso - pegou um prato e ia tacar em mim, mas assim que percebi o que ela iria fazer me abaixei, conseguindo desviar do objeto que poderia fazer um grave ferimento. Infelizmente - ou felizmente - o espelho atrás de mim que sofreu com as consequências; se despedaçou inteiro junto com o prato e todos nós nos encolhemos, tentando nos proteger dos cacos que estavam caindo. Jennie fez cara de surpresa e medo quando viu o que tinha causado e o provável dono do estabelecimento vindo em nossa direção

- O que está acontecendo aqui?! - falou irritado - QUEM QUEBROU MEU ESPELHO E MEU PRATO? - foi involuntário, todos nós apontamos pra Jennie, inclusive Jeon. A acastanhada o olhou incrédula e quando olhou para o dono deu um sorriso amarelo

- Então né... - começou a enrolar uma mecha de seu cabelo, nervosa - foi sem querer, sabe?

- Sem querer vai ser o dinheiro que você vai pagar por tudo isso, mocinha! - a puxou pelo braço levando-a até sua sala. Respirei fundo e me levantei, indo até a parte de fora da loja. Me sentei em uma das cadeiras que tinham ali fora. Estava vazio e então me libertei para chorar a vontade.

Eu não faço ideia do por que de eu estar chorando, mas aquilo estava preso em minha garganta. Senti uma mão em minhas costas e me assustei, olhei pra trás e era Vernon.

- Ah, Vernon - rapidamente limpei as lágrimas

- Talita, não fica assim - se sentou ao meu lado

- Ai Vernon, me desculpa. Eu estraguei a noite que era pra ser divertida - coloquei as mãos no rosto

- Claro que não, você não estragou nada, quem estragou foi Jungkook com aquela piranha de quinta. Ele te magoou muito, não é?

- Poxa, eu queria dizer que não, mas não tem como negar. Eu gostava dele de verdade. Ele me usou, Chwe. Eu só fui mais uma das garotas que ele pega e descarta como se fosse um lixo. Eu odeio me rebaixar a esse nível, como fui tão tola

- Não fala assim. Ele queria te provocar

- Se essa era a intenção dele, ele conseguiu o que queria direitinho. No início eu tava me controlando sabe? Até tinha esquecido que eles dois estavam alí... não deu, de verdade - ele me abraçou de lado, colocando minha cabeça em seu ombro

- Você é um ser humano, Talita. Não dava pra lutar contra seus sentimentos

- Você tem razão - suspirei fundo

- Vamos voltar? Se não quiser ficar aqui também não precisa

- Não, que isso. Vamos voltar lá, tem uma pizza de queijo me esperando lá dentro

- Palhaça - riu e se levantou, segurando minha mão. E assim, voltamos lá pra dentro



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...