História Dangerus games - Capítulo 52


Escrita por: ~

Visualizações 209
Palavras 1.562
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Esporte, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores, hoje estou sem aula então tive tempo de escrever um pouquinho
Espero que gostem
Boa leitura ❤️

Capítulo 52 - Happy end?


Eve

Dois meses depois

Me olho no espelho e quase não me reconheço, meu vestido branco modelo sereia, ficou perfeito como se o estilista estivesse pensando em mim quando o costurou.

Não vejo a hora de ver o Liam me esperando naquele altar, ansioso e nervoso igualmente a mim mas sabemos que no final tudo vai dar certo.

-Puta merda Eve, o Liam vai morrer quando te ver- Jenny diz enquanto me olha admirada

-Não vejo a hora de chegar ao altar- digo sorrindo

-Então se apresse pois a noiva pode chegar atrasada mas não muito.

Deus, é hoje! Depois de tudo finalmente vou me tornar a senhora Hall.

A cerimônia vai ser relativamente pequena; trezentos convidados em uma igreja no centro  de Miami. Optamos por algo mais “íntimo” pois queremos por perto apenas quem é realmente importante, e digamos que nossas famílias sejam um pouquinho grandes.

Meu pai ainda não está totalmente feliz com a ideia mas fez questão de organizar tudo, e mesmo que ele deseje muito matar meu futuro marido, eles estão tentando ter uma relação harmoniosa pelo menos na minha frente.

A maquiadora dá os últimos retoques na minha maquiagem e finalmente estou pronta. Coloco o véu no rosto e me sinto a pessoa mais feliz do mundo.

-Eve o carro chegou- Cecília grita

Escolhi Jenny e Cecília para serem as minhas madrinhas, e eu não poderia ter feito a melhor escolha. Duas estudantes de moda, duas cabeças cheias de bom gosto.

-Vamos Eve se apresse- mamãe abre a porta do carro e eu entro

-Para onde vamos?- o motorista pergunta me fazendo estranhar

-Para igreja- digo dando uma risada nervosa

-Eu acho que não

O homem se vira para mim e eu o reconheço na hora. Stefan! Mas o que ele está fazendo aqui?

-Stefan?

-O próprio baby- ele sorri

-Deixa de brincadeira por favor, eu vou me casar cadê o motorista?

-O motorista sou eu, mas a parte do casamento hum... acho que não vai rolar.

Tento abrir a porta do carro mas ele a tranca e arrasta o carro.

-SOCORRO- grito mas já é tarde de mais

A última coisa que vejo é Cecília com cara de desespero

-Stefan para esse carro, me deixa sair daqui agora.

-Evelin para de gritar eu não vou te machucar

-Bom, você acabou de me sequestrar. Eu tenho a leve impressão que não posso confiar em você.

Ele para o carro em uma estrada então avisto um carro da polícia,penso em gritar mas vejo Stefan tirando uma arma do porta luvas.

-Nem pense nisso- ele aponta a arma para mim.

-Porque está fazendo isso? Achei que fossemos amigos- digo beirando as lágrimas

-Eu nunca quis ser só seu amigo, mas durante todos esses anos eu tive que me contentar com isso. Agora você precisa descansar um pouco.

-Eu não estou cansada, eu quero sair daqui.

-Se não vai por bem, vai por mal.

Stefan molha um pano e põe no meu rosto. Tudo vai ficando meio confuso e escuro…


Liam

Tudo bem a noiva se atrasar meia hora mas duas horas de atraso já é sacanagem.

Será que ela desistiu e fugiu? Eu não duvido nada da Eve mas ela me ama e se tivesse desistido pelo menos uma mensagem eu receberia.

-Liam para de andar de um lado para o outro, você vai abrir um buraco no altar- mamãe me repreendeu.

-Ela está demorando demais.

-Noivas se atrasam - ela revira os olhos.

-Eu sei, mas a minha está atrasando demais.

Respiro fundo tentando me acalmar quando vejo Cecília entrar correndo igreja a dentro assustando todos os convidados e a mim.

-ALGUÉM LEVOU A EVE- ela grita.

-O que?- corro até sua direção.

-Levaram a Eve, ela foi sequestrada- diz ela tentando recuperar o fôlego.

-Quem levou?- eu entro em desespero.

-Eu não sei, o carro havia chegado então ela entrou e do nada o motorista arrastou o carro sem nos esperar.

-Cadê a porra do motorista?

-Encontramos ele em um beco ao lado do salão com um ferimento na cabeça.

Levo minhas mãos a cabeça sem saber o que fazer. Levaram a Eve para não sei onde no dia do nosso casamento.

Saímos da igreja em direção ao sacrilégio, minha mãe e  Charlotte ficaram encarregadas de explicar o ocorrido a todos os convidados.

-Cecília tem certeza que não vou ninguém? Tente se lembrar por favor.

Ela está nervosa e tremendo, ela chora muito e eu estou tentando ao máximo não surtar.

-Eu.. eu não vi, ela entrou no carro e logo depois gritou e aí ele saiu em alta velocidade.

-Tudo bem, vamos encontrá-la- Alex a abraça e tenta acalmar os ânimos.

Pego meu celular e coloco todos os meus contatos atrás dela e de quem quer que seja que a tenha levado. Preciso achar a minha pequena o quanto antes, ela pode estar correndo riscos.

                             ***

Estou a mais de quatro horas na droga de uma delegacia tentando achar uma pista qualquer da Eve. A placa do carro era clonada e provavelmente já foi substituída, o celular dela foi encontrado em uma rodovia na saída da cidade e essa até agora é a única pista que temos.

-Tá, mas vocês já verificaram todas as pessoas dessa lista?- Sebastian pergunta ao investigador.

Ele meio que assumiu o comando da operação. Mesmo sem ser da polícia, Sebastian dá ordens e ideias e algumas podem até funcionar.

-Já sim mas nenhuma delas bate.

-Então só tem uma pessoa que pode estar envolvida nisso.

-Quem?- eu pergunto enfurecido.

-Tiffany!

-Impossível, ela está presa bem longe daqui.

-Não é o que parece- Sebastian me mostra o jornal desta manhã.- Ocorreu uma fuga ontem na madrugada e entre as fugitivas está  a nossa querida Tiffany hilton.

-VADIA MISERÁVEL!- jogo um vaso no chão com toda força- eu juro que vou matar essa desgraçada.

-Hey Liam vai com calma. Ela não fez isso tudo sozinha, tem mais alguém envolvido e esse alguém é muito próximo, pois quase ninguém sabia onde a Evelin iria se arrumar para cerimônia. Só não consigo pensar em alguém que se encaixe nisso.

-Não me peça calma Sebastian- meu rosto queima de ódio.

-Nós vamos encontrar ela cara, eu vou te ajudar acredite.

                           ***

Olho para nossa casa e me sinto ainda mais arrasado. Eu havia preparado tudo, seria uma surpresa para quando voltássemos da lua de mel. Mandei reformar tudo ao gosto dela,pedi ajuda a mãe e amigas. Isso seria nosso refúgio, nossa fortaleza, aqui nada iria nos abalar. Mas aquela vadia novamente se meteu em minha vida e atrapalhou tudo. Eu deveria simplesmente ter comprado uma arma e metido uma bala na testa dela mas não, fui bonzinho como sempre e novamente ela me ferrou. Mas quando eu a encontrar não vão conseguir reconhecer seu corpo nem com comparação de impressão digital…


Atlantic city, New Jersey

Stefan

Ela dorme como um anjo...Ainda está sobre o efeito do clorofórmio, eu não poderia arriscar deixá-la acordada em uma viagem de 17 horas.

A trouxe para a casa de férias da minha família, a compramos recentemente e fiz questão de dispensar todos os funcionários. Tiffany vem se esconder aqui também, ela prometeu me ajudar com a Eve mas eu estou de olhos bem abertos com essa vadia. Se ela sonhar em tocar num fio de cabelo da Evelin eu estouro a cabeça dela sem pensar duas vezes.

Talvez a Eve não entenda agora, talvez ela pense que quero machucá-la ou que eu esteja fazendo isso por pura maldade. Mas não, eu a amo e ela não sabe o quanto. Eu não poderia deixá-la se casar com um cara que nitidamente vai acabar com o coração dela em menos de seis meses, ela nem conhece essa cara direito.

Nós crescemos juntos, eu sei cada defeito e qualidade dessa garota, sei das desventuras amorosas e sei que ela merece ser amada por alguém que a entenda e esteja disposto a se virar contra o mundo só para fazê-la feliz. Ela não poderia se casar com aquele babaca e eu fiz e faria tudo de novo. Vou fazê-la entender que é comigo que ela vai ser feliz, eu que serei o pai dos filhos dela…

-Onw que fofo o príncipe encantado está esperando a bela adormecida acordar- Tiffany chega regada de sarcasmo

-Você demorou- digo sem a olhar

-Tive uns probleminhas jurídicos

-O que foi? O policial que você subornou deu para trás?

-Sim, já mandei dar um jeito nele -ela diz calmamente- Acha que se me pegarem esse assassinato também vai para minha ficha?- ela faz uma cara pensativa- Que se dane, esse não vai ser o primeiro- a louca solta uma risada alta e psicopata

-Você é doente sabia?

-Eu sou determinada, são coisas diferentes.

Ela se levanta da cadeira e vai até a cama onde Eve está deitada

-Não chegue perto dela- eu a repreendo

-Calma fofinho, não vou machucar seu amorzinho, pode relaxar- ela sorri e eu me sinto enojado.

-Eu só aceitei isso para protegê-la do Liam e não vou medir esforços para proteger ela de você também. Então não tente fazer nada contra Eve porque se você acha que é perigosa, é porque nunca me viu com raiva.

-Humm que machão, me senti até excitada- ela se aproxima de mim e beija meu pescoço.

-Sai daqui garota- eu a afasto.

-Tudo bem, se você não quer alguém que realmente queira ir para cama com você pode aproveitar seu projeto de cadáver. Você sabe que ela nunca vai abrir as perninhas santificadas dela para você não é?- ela sai do quarto rindo alto

Garota insuportável!  Mas isso não vai ficar assim por muito tempo. Vou só esperar a poeira baixar e vou  levar a Eve para Alemanha, lá ninguém vai nos achar e a essa altura ela já vai ter entendido que eu a amo de verdade e vai se entregar para mim por livre espontânea vontade...



Notas Finais


Please não queiram me matar por favor kkkkk
Prometo dar um jeito nessa bagunça logo logo....
Até logo😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...