1. Spirit Fanfics >
  2. Daria a minha vida em troca da sua. >
  3. O mundo de Meliodas cai .

História Daria a minha vida em troca da sua. - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Muito obrigada pelos comentários do post anterior
E me desculpe pelo capítulo pequeno
Espero que gostem muito dele.
Uma boa leitura.

Capítulo 8 - O mundo de Meliodas cai .


O pai de Jenna assim que chegou no apartamento da filha. Abrindo a porta com a chave reserva . Ao entrar no apartamento da filha, se deparou com uma cena lamentável. Ficando constrangido com o que via na frente.dos seus olhos.


 

Jenna ainda estava usando peças íntimas , desde que fora abandonada pelo Meliodas. E segurando uma garrafa de uísque fortíssimo. Chorando sobre o tapete da sala. E ainda por cima, muito embriagada.



 

_ Filha. O que está acontecendo aqui? Por que está vestida deste jeito? -  O pai de Jenna fica aflito com a situação da filha.


 

_ Ah… - Jenna tenta falar algo, só que ela está totalmente embriagada, voltando a chorar descontroladamente .


 

_ Filha. Pare de chorar descontroladamente sem razão alguma . Onde está o Meliodas?! - O pai tenta manter a calma, assistindo a filha chorando.



 

Jenna para de chorar descontroladamente. Começando a se levantar . Porém,por causa da embriaguez . Ela estava muito desequilibrada, tanto psicologicamente . Parecendo que tinha perdido toda a sua vitalidade .


 

_ O que está fazendo aqui ,pai? Não era para estar no trabalho? 


 

Antes de ter a sua pergunta respondida pelo pai . Jenna cambaleou na direção do sofá, caindo que nem uma pedra . Começando a dormir .


 

Aquela cena deixou o pai de Jenna muito apreensivo . Ficou por algum tempo, vigiando a filha dormindo de roupa íntima no sofá.


 

Até que ,o pai de Jenna ouviu a campainha do apartamento da filha tocando . E então, decidiu que ia atender no lugar da filha.


 

Assim que atendeu a porta. Se deparou com um homem bem musculoso. Parecido com um fisiculturista ou atleta esportivo. E começou a interagir com o visitante.


 

_ Boa noite. Eu sou o pai da moradora aqui. E quem é você?


 

_ Boa noite, eu sou namorado dela. Ela me convidou para uma " festinha particular" Se é que me entende.


 

Depois que disse aquilo . O homem caiu na gargalhada. O que fez o pai de Jenna pensar um pouco melhor do que a sua filha andava fazendo por trás das suas costas.


 

Então, o pai de Jenna teve um plano brilhante de última hora. E então, voltou a falar com o suposto amante de Jenna.


 

_  Minha filha está no banho. E muito cansada para fazer a sua " festinha particular" com você . E tem trabalho amanhã. E então, pode vir em uma outra ocasião? 


 

_  Tudo bem. Posso vir sim. Mas semana que vem , vou ter que ir para um concurso de fisiculturismo em Las Vegas. . 


 

_ Te desejo boa sorte. Bem, tenho que entrar. Muito obrigado por te compreendido .


 

_ Obrigada pelo apoio, senhor. Até breve.


 

Com um breve aceno de mão. O misterioso homem saiu de perto do apartamento. E caminhou pelo corredor.


 

E assim que o homem entrou no elevador que ficava no final do corredor. O pai de Jenna fechou a porta .


 

(..)


 

Meliodas já tinha encontrado o seu irmão Zeldris , ambos entraram no carro dele. E saíram em disparada .


 

Durante a viagem, Meliodas socava o banco que estava sentado. Murmurando palavras ofensivas para si mesmo. E se culpando por ter abandonado a sua amada Elizabeth e os seus amigos.


 

_ Como sou um completo imbecil . Fiz aquelas juras de amor para Elizabeth. E jogarem todas no lixo. Me deixei levar pelas mentiras do nosso pai. Da Jenna e do pai dela.


 

_ Convenço que é realmente um imbecil. Também o seu melhor amigo Ban, está querendo dar uma boa surra em você. E Baltra , nem quer olhar para a sua cara.



 

_ Obrigada, Zeldris. Não é de menos. Todos tem uma enorme razão em ficar com raiva de mim. Afinal de contas, fui ignorante e babaca.


 

_ Sei que está com raiva de tudo. Mas, precisa saber as verdadeiras intenções do nosso pai fazer aquele negócio com o pai de Jenna. Eu e King fizemos uma pequena investigação particular. E descobrimos algo bem interessante. Quer ouvir ?

 

 

_ Não quero . A minha principal preocupação é a minha Elizabeth . Não quero mais nem saber do nosso pai , ou da Jenna ou do pai dela .

 

 

_ Muito bem. Estamos quase chegando ao hospital .

 

 

_ Perfeito .

 

 

[…]

 

 

Depois da conversa entre os dois irmãos . Finalmente o carro de Zeldris chegou ao estacionamento do hospital . E assim que estacionou próximo a entrada . Meliodas nem esperou duas vezes. Saltou para fora do carro . E saiu correndo em disparada . Deixando o irmão Zeldris desesperado .

 

 

_ Irmão. Pare de me dar tanto susto no coração . Me espere

 

Zeldris fechou a porta com rapidez . E saiu correndo atrás do irmão. Ficando com raiva da burrice do irmão .

 

 

[..]

 

 

Meliodas chegou rapidamente a recepção do hospital. E foi correndo na direção da recepcionista que se assustou com o loiro enfurecido . Mas, conseguiu manter a sua postura .

 

 

_ Sim. Em que posso te ajudar ? - A recepcionista pergunta ao visitante inesperado.

 

 

_ Sabe onde fica o quarto da senhorita Liones ?! - Meliodas pergunta suando , respirando ofegante .

 

 

_ Sim . Você é algum amigo ou parente da paciente ? - A recepcionista olha fixo para o loiro.

 

 

_ Ah. Sou o noivo dela . - Meliodas responde a recepcionista .

 

 

_ Muito bem. É no quarto 446 . No final do corredor do quarto andar . Mas, é melhor se apressar . O horário de visitas vai terminar em uma hora e meia . - A recepcionista indica o quarto e avisa ao loiro.

 

 

_ Obrigada - Meliodas agradece , sai em disparada .

 

 

[…]

 

Meliodas chegou em pouco tempo . E entrou o quarto de Elizabeth , conforme a recepcionista havia dito . E assim que entrou , sentiu que o mundo tinha caído aos seus pés . Começou a chorar em desespero. Acreditava que tudo não passava de uma mera ilusão . Só que ele está enganado, aquilo era realidade nua e crua.

 

 

O loiro tremendo de dor e desespero , foi na direção da cama de sua amada . Chorando horrores , caindo sobre o corpo imóvel da platinada , segurou a sua mão com delicadeza. E chorou muito mais .

 

 

_ Me desculpe , Elizabeth . Não conseguir cumprir com as minhas promessas . Fui enganado pelo meu pai , pela Jenna e pelo pai dela . Te abandonei quando mais precisou de mim. Nem todos os pedidos de desculpas vão ser o bastante para que me perdoe . Sei que fiz inúmeras promessas . Só que a minha covardia , foi a minha fraqueza . Foi o meu pecado . Nunca vou me recuperar depois disto .

 

 

Aquilo estava bem lá fundo da alma de Meliodas . Que continuou a chorar sobre o corpo imóvel de Elizabeth . Continuando com o seu discurso de desculpas . Segurando a mão de sua amada .


 

 

 


Notas Finais


me desculpe por algum erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...