História Dark - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bruxo, Depressão, Gay, Lobisomen, Magia, Musica, Romance, Suícidio, Vampiro
Visualizações 18
Palavras 1.357
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Capítulo novo, e estamos chegando na reta final, contando com esse só faltam 5 capítulos para a nossa querida história acabar 😢

Foto da capa: Diego e Annie

Capítulo 18 - Annie Blanc


Fanfic / Fanfiction Dark - Capítulo 18 - Annie Blanc

 - Eu só queria entender, por que? - Pergunto e vejo seus olhos se encherem de lágrimas

- Sabe... Era uma vez, o silêncio, esse mesmo silêncio que me fez fazer tantas coisas, e por que? Porque tudo era tão lento, tão pesado, tão triste... Tinha um céu, mas não era azul, era cinza, tinha grandes tempestades, e eu não estava aguentado mais. E quantas vezes com os olhos cheios de lágrimas eu sorri? Várias, e todas elas eram por você! João no vazio cabe um monte de coisas, eu não falava nada com ninguém, mas pensava tudo o que não conseguia falar, após tantas decepções meu corpo era o único que entendia pelas marcas que tinham, ahh e se o travesseiro falasse... Contaria histórias que ninguém nunca imaginou. As lágrimas não doem, mas o que doem é o motivo delas caírem, e como doía. Sabe aquela frase "As pessoas não mudam, elas apenas nunca foram o que você pensava". Isso aconteceu comigo e você, você não era o que eu pensava, nunca foi. - Diego falava isso lentamente, e como aquelas palavras doíam

- Mas por que se afastar de mim? - Pergunto e depois penso em tudo, aii como eu sou um idiota

- Porque o silêncio tem sido meu melhor amigo, porque eu sou meu pior pesadelo, porque estou morto por dentro, porque eu sou um inútil. - Diego fala e aquilo já estava me irritando

- Você não é um pesadelo, você é o sonho que eu almejo. Muito menos inútil, você me ensinou a ser uma pessoa melhor, eu nunca me importei com alguém, como me importei com você, você é incrível. Ainda me lembro quando você entrou naquela sala pela primeira vez, seus olhos me trouxeram uma paz, de fato eu mal te via sorrir, mas quando você sorria me dava forças para lutar. Quando minha irmã morreu, você me apoiou, Douglas só pensava na droga do futebol, e você todo dia estava falando aula, lá em casa do meu lado, quando eu tentava te beijar você desviava, e nunca traímos Douglas, você é perfeito, você é a melhor pessoa que eu pude conhecer.

- E isso não foi o bastante - Diego fala e sinto como se ele tivesse atingindo uma flecha em meu peito - É melhor você ir embora, só te deixei as cartas, os áudios para te explicar tudo, mas João não sou uma vida digna de ser salva.

- Sim você é - Falo

- Não, não sou - Diego fala e vejo mais uma vez uma lágrima cair de seu rosto, vá embora por favor

- Eu fui um covarde de fato, mas agora quem tá sendo é você...

Pov Diego

João sai da sala, será que ele tá certo? Estou mesmo sendo um covarde em não tentar? Por anos o que eu quis era João do meu lado, e agora ele estava bem perto de mim, eu ainda posso ser feliz? Abracei a tristeza, que quando a alegria bateu em minha porta não consegui abrir. Mas eu não sou um ser humano, por tanto tempo me disseram que eu era um monstro, que até hoje acreditei, eu tinha tanta inveja do João, mas era porque acima de tudo, ele era feliz, eu queria ser feliz e isso me afetou, João ainda não tinha saído do reino então decide ir ler.

Primeiro fui ler a origem dos demônios... Sem início de linhagem definido. Milhares de anos atrás, na divisão de planos dos três grandes, o senhor da escuridão ficou com o mundo inferior como um "rei" não pode governar seu "Reino" sem seus sutidos, ele então foi até o Rio das Almas fazendo um corte no pulso e deixando o seu próprio sangue até as águas que de lá fluir do Rio se ergueram seres de aparência horrenda alguns com asas outros não, alguns com chifres outros não, e a única coisa em comum entre todos eles era sua forte aura negra que exalava cheiro de sangue e ódio mostrando que seu único propósito era destruir e assim foi criados os primeiros demônios.

Depois fui ler a origem dos Nephelim... Não se sabe ao certo quando foi nascimento do primeiro Nephelim. Existem dois tipos de Nephelins, um deles é a prole de um Anjo com um ser humano, o outro é a prole bastarda de um Anjo com um Demônio. O primeiro ou pelo menos o primeiro conhecido que nasceu foi a prole de um anjo com um demônio, Edgar era um demônio que acabou se encantando por uma arcanjo chamada Liz, os dois se apaixonaram e desse amor proibido foi gerado um fruto, um fruto que não foi aceito nem nas profundezas do tártaro e muito menos nos portões celestes, a única opção da criança continuar viva foi ser mandando em segredo até o reino das Fadas pois Liz tinha uma amiga lá que ficaria encarregada de cuidar da criança, a bebê então foi mandada para o reino das Fadas e Liz junto com Edgar foram condenados a morte.

E por último a origem das bruxas... Não tem como datar a primeira bruxa porém se sabe que as bruxas são divididas em várias classes, aquelas que usam sua magia vinda da natureza, aquelas que usam sua magia vinda de rituais, aquelas que usam magia negra, aquelas que sugam energia de outros seres para utilizarem sua magia e assim por diante.

Quando terminei de ler ainda sentia a energia do João, comecei a andar pelo Reino a sua procura, e vi algo que nunca queria ter visto, João estava aos beijos com Ygor, Ygor segurava na cintura de João enquanto o beijo rolava, por mais que meu coração quisesse negar João queria aquele beijo, o meu pior erro foi ter saído do meu quarto. Entrei em meu quarto mais uma vez e peguei a adaga de Razel, e voltei a me cortar, doía um pouco, mas nada igual a toda a dor que passei na minha vida... Senti uma presença forte no meu quarto, sabia exatamente quem era, Annie Blanc a irmã mais nova de João

- Sabe... Eu não fazia parte daquela família, e eles deixaram bem claro quando me bateram e desprezaram, sabe o que é engraçado? Quando meu clone estava lá caído, morto, eles não notaram que era um clone, e choraram, e como choraram, como se o mundo deles tivesse acabado. Eu só queria ser amado Annie, eu mereço ser amado, não sou forte como todos pensam, na verdade sou tão fraco, sou tão inútil, e eu odeio quando não aguento a minha solidão, porque daí volto a me cortar, e mais marcas se formam no meu corpo, acho que eu fui bem claro, nas minhas palavras para João, ele se importou com elas, mas não o suficiente, pensei que quando ele me visse ele viria até mim, e me beijaria, porém, ele ainda aguarda eu tentar alguma coisa. Eu sou um erro, a minha história com João é tão longa, ele sabe de grande parte dela, e isso ainda não mudou nada, acho que nunca vai mudar. E eu sei o que está pensando, não me faça fingir que é só uma fase, porque não é, e quando eu baixo a guarda, as pessoas me decepcionam, assim como João acabou de me decepcionar. - Falo e me viro, ela está com um sorriso lindo em seus lábios

- Eu sei, mas vou lá fora, tem alguém que quer falar com você - Annie fala e sai, no mesmo instante entra uma luz em meu quarto se tornando no grande Ryudoshel o líder dos 4 arcanjos

- Olá Anel, e adeus... - Ele só diz essas palavras, vem até mim toca em meu cabelo e vai enfraquecendo, suas asas somem, sua roupa também, e logo ele todo some, ele me deu sua graça e... Morreu

Pov João

Me sinto tão culpado, Ygor me beijou e eu apenas permite, deveria ter negado, estava quase saindo do reino, quando uma luz atinge meus olhos se tornando em uma linda garota, era a... Annie

- Maninha - Falo e ela sorri

- Precisamos conversar 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, e os últimos mistérios irei mostrar nos últimos 4 capítulos

Quem sabe mais tarde eu poste um novo

Abraços ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...