1. Spirit Fanfics >
  2. Dark >
  3. A pergunta não é como, mas quando.

História Dark - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente, não levem essa história tão a sério por motivos de quê eu acabei de escrever e tô a dois dias sem dormir nada e meu cérebro ainda tá meio lento.

O lance é que eu terminei dark essa madrugada e pensei: "UAU". Ai depois de meia hora olhando pro teto, pensei: "os fyozai vendo isso seria bem louco"

Então, escrevi agora que consegui tempo MAS a ideia é só uma interação bobinha entre eles.

Eu também não citei nenhum acontecimento da série, por motivos óbvios de spoiler, mas se conseguirem tempo, super recomendo assistir!

Acho que só isso mesmo, boa leitura.

Capítulo 1 - A pergunta não é como, mas quando.


Fanfic / Fanfiction Dark - Capítulo 1 - A pergunta não é como, mas quando.

- Suicídio a dois não dá pra fazer sozinho, mas em dois, em dois dá! Suicídio a dois, suicídio a dois. - cantarolava alegremente enquanto suas mãos organizavam os travesseiros em cima do futon que havia arrastado até a sala apenas alguns minutos atrás.

- Você não cansa de cantar isso, Osamu? - Fyodor perguntou assim que atravessou a porta que separava a sala da cozinha. Ele tinha um balde de pipoca em mãos e a expressão de tédio que sempre usava na presença de qualquer pessoa.

Dazai apenas olhou para trás e deu de ombros indiferente a pergunta.

- SUICÍDIO A DOIS. SUICÍDIO A DOIS. - continuou cantarolando, mas dessa vez olhando fixamente para os olhos púrpura a sua frente. 

Dazai não era nada se não afrontoso.

- ...

- Ora, Fedya, não pareça tão chateado assim. - sorriu ao se levantar e caminhar até onde o russo estava parado o observando. 

- Não pareço. - Fyodor respondeu e deu de ombros. Não estava realmente chateado, já havia se acostumado ao modo peculiar do japonês.

- Então, vamos começar a assistir? Kunikida e Chuuya falaram muito bem dessa série, e se eles conseguiram ver, não imagino porquê não conseguiríamos também.

- Sobre o que se trata? - Fyodor caminhava em direção ao futon, sendo seguido de perto por Dazai.

Assim que devidamente acomodados no conforto do futon, Dazai puxou o cobertor avermelhado para cobrir a ambos e pegou o controle em mãos, ligando a TV e entrando no aplicativo.

- Chuuya falou que é sobre a merda de viagens no tempo. - Dazai respondeu distraidamente, afinal, estava procurando a dita série recomendada pelos amigos.

Sorriu quando localizou. Dark.

- Hum... - Fyodor parecia interessado no assunto abordado pelo seriado. - Coloque em alemão, ou você não consegue acompanhar a história assim? - alfinetou assim que percebeu que Dazai estava nas configurações de áudio.

Não era fluente em alemão, mas Dazai também não. 

- Meu caro Fyodor. - Dazai olhou rapidamente para o lado antes de ligar a legenda e colocar a série no áudio original. - Não subestime minha perspicácia, de fato irei entender o enredo melhor e até mesmo antes que você.

- mmm... você definitivamente tem uma alto estima elevada, mas se me perguntar, é óbvio qual de nós irá entender a história primeiro.

- Oh, é mesmo? - Dazai olhou para o russo e sorriu com o desafio.

- De fato. - Fyodor acenou uma única vez com a cabeça. - Mas estou curioso com qual será sua teoria sobre os acontecimentos.

- Com toda certeza serão superiores as suas. - Dazai falou com prepotência.

- Duvido muito disso. - Fyodor deu de ombros, nenhum pouco preocupado com essa possibilidade.

- fufufufufu. - Dazai sorriu com a óbvia confiança alheia, sua própria risada já era uma provocação.

- hahahahah. - Fyodor sorriu para a provocação recebida.

E mesmo quando pararam de rir, continuaram se encarando fixamente, até que Dazai deu play no vídeo.

Ambos, então, viraram o rosto para a tv, observando atentamente o começo da história para descobrir quem iria entender o que acontecia primeiro.

Em todo esse tempo, suas mãos estavam entrelaçadas debaixo da coberta quentinha.


Notas Finais


Eu amo a risadinha deles no mangá, é isso, até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...