História Dark Age: Gênesis - Remasterizada. - Capítulo 4


Escrita por:

Visualizações 17
Palavras 1.525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Perdoem a demora, muitos problemas pessoais....

Capítulo 4 - Arco I: A Queda do General - A Ascenção de Blake.


Fanfic / Fanfiction Dark Age: Gênesis - Remasterizada. - Capítulo 4 - Arco I: A Queda do General - A Ascenção de Blake.

O duelo teve início. Beniamin avançou com total velocidade sobre seus oponentes. Não demorou para ele ser recebido por Andriele, que lhe veio com ataques diretos e segundo ela e suas habilidades, certeiros; pela frente. Todavia, Beniamin era mais habilidoso do que aparentava. Ele esquivava com total agilidade, como se tivesse uma ampla visão de como poderia cortar o prazo em que fosse antigo e pelo qual fosse esquivar, não demorando para evitar todos s ataques de Andriel, que passaram despercebidos pelo vento, enquanto o máximo que esta pode fazer foi cortar um mero fio de cabelo de Beniamin, que rapidamente, Beniamin recompensou cada ataque num único golpe, onde girou seu quadril de forma alinhada, numa posição favorável para um chute lateral com a peita de seu pé, com a botina, atingindo violentamente o abdômen de Andriel, num chute onde a moça fora arremessada metros para trás.

Andriel num gemido baixo de dor, recebeu o dano, que foi um tanto absorvido com a mesma colocando sua espada a frente de seu físico frontal, onde logo pôde se recompor do ataque após ralar-se um pouco, caindo de pé no chão, arrastando a palma de sua mão destra sobre o solo árido, onde havia caído, com seus dígitos e toda face da mão sendo cobertos de poeira, além de levantar uma cortina de poeira sobre a área. A mesma rangeu os dentes enquanto pôde ver que, após Beniamin tê-la atacado pelas costas, este foi recebido por Michael atrás de si, com um potente chute na cabeça, porém, Beniamin com seus sentidos aguçados agachou rapidamente, esquivando, do chute, mas Kira lhe veio pela frente com a espada, forçando Beniamin a inclinar seu corpo para o chão, com a espada cortando a lateral de seu rosto, rapidamente com este girando um mortal, acertando um chute nas cabeças de ambos Michael e Kira, jogando estes para longe.

Hyndra num salto veloz, veio de cima para cortar a cabeça do vampiro, que rapidamente se jogou num mortal para o lado, esquivando da espada sagrada do garoto. Não demorando para este acertar um soco na boca do estômago de Hyndra, fazendo este gorfar e urrar de dor; pegando-o pelo pescoço.

Beniamin:  Quer lutar também?! 

Hyndra: — Ghgh... — Sufocando, segurou no braço do vampiro, tentando se soltar, enquanto derrubou sua espada no chão.

Kira, vendo a cena, exclamou o nome do irmão, isso até ver a espada do mesmo caída no chão, sem consentimento do general. Não demorou para este correr, pegando sua própria espada que caiu a alguns metros a sua frente, saltar sobre a cabeça de Beniamin, jogando sua espada na direção do mesmo. Com isso, Beniamin para esquivar, jogou Hyndra no chão, esquivou da espada, que, apenas cortou um lado de sua bochecha, onde este sentiu uma breve dor intensa pela benção da espada. Rangendo os dentes, ele foi para cima de Kira, que, sorrindo de canto, se atirou no chão com uma rasteira, apanhando a espada de Hyndra na mão, passando por baixo das pernas de Beniamin, cravando a espada do irmão na panturrilha do vampiro, prendendo-o no chão.

Beniamin: — Aaar!! Maldito! 

Logo, Kira atingiu um potente chute no maxilar de Beniamin, que o levou no chão, mas, também lhe quebrou o maxilar. Beniamin cuspiu sangue, sorriu de canto ao colocar o maxilar no lugar, dando uma potente cabeçada em Kira, com este caindo sobre o chão, rachando o mesmo. Logo Beniamin com uma expressão de dor foi retirando a espada lentamente de sua panturrilha, para se levantar. 

Não demorou para Michael e Andriel entrarem em ação novamente, cravando suas espadas nas costas do vampiro, que urrou de dor e pegou ambos o casal pelos braços, batendo eles de um lado para o outro no chão, jogando eles no chão. Enquanto isso, Hyndra recuperava fôlego após ter quase sua garganta esmagada. Não demorou para Beniamin se soltar, e retirar também as espadas de suas costas.

Beniamin caminhou lentamente na direção de Kira, a quem ele havia notado aptidão e força, era um rapaz interessante 

Beniamin: — Você é impressionante... Gostaria de se juntar a nós? Digo, você não é um humano de se jogar fora. Tem coragem, garoto, e força de vontade também. Junte-se a mim, e eu pouparei sua família... hoje. — Pegou ele pelo pescoço, caso ele recusasse, já iria quebrar o mesmo.

Kira, quase sem ar, ficando roxo, começou a rir baixo, enquanto tentava se soltar chutando o corpo do vampiro, mas que nem demonstrava reação, já que Kira estava perdendo forças.

Kira: — Não me leve a mal, mas na Higure só existem homens mortos! Agora!

Beniamin, o erro dele, era se desconcentrar dos alvos quando focava em apenas um. Esta era sua fraqueza e foi notada pela família. Contudo, rapidamente Michael se recompôs, pegando as espadas de Yin&Yang do chão, correndo na direção dele, em oculto, indo por trás dos escombros de algumas casas devastadas, enquanto pela frente, vinham Hynda e Andriel, onde Beniamin rapidamente jogou Kira no chão, onde este gritou pelo impacto que lhe foi causado, ao abrir um buraco no mesmo local, rapidamente com Beniamin avançando na direção de mãe e filho.

Ele trocava chutes e socos com Hynda, ao mesmo tempo que Andriel também estava envolvida no combate com sua espada. Ele então, num momento único, pegou Andriel pelo pescoço, jogando esta no chão, logo foi recebido por um soco no rosto de Hyndra, onde retribuiu com um pontapé no rosto, que Hyndra defendeu com os braços, caindo para trás, porém este saltou com os pés para esmagar a cabeça do rapaz, mas Hyndra rolou para o lado, esquivando. Levantando com um giro mortal, Hyndra acertou sequências de chutes e socos em Beniamin, que estava esquivando de uns e recebendo outros, enquanto Andriel também ainda estava de pé e avançando contra eles.

Eram golpes impressionantes dos 3, enquanto a sincronia da mãe e do filho eram ouvidas e tinindo sobre a armadura esplendorosa do general, que era tão forte quanto uma rocha. Ele então, rapidamente, acertou um duplo chute no ar abrindo as pernas sobre os peitos dos dois, jogando estes no chão. Assim, finalizando o combate.

Beniamin: — Todos em uma fraqueza, e a de vocês é deixar brechas para o oponente.

Andriel, cuspindo sangue, ousou rir, e indagou para o vampiro:

Andriel: — Sim, huff.. huff... E a sua fraqueza é dar abertura para qualquer um que se desfoque do combate e te desvirgule de atenção.

Beniamin arqueou uma sobrancelha, não entendendo nada, foi quando Hyndra grudou em uma de suas pernas, Ariel em outra, este chutando-os para soltá-los, enquanto de repente, saltou Michael dos escombros, com Kira junto, já que Beniamin havia o deixado de canto, houve tempo para este se recuperar por um período breve para um novo ataque de tática.

Andriel: — Kira, agora!!

Kira: — Sim!!!! — Girou um mortal no ar, ao saltar sobre um escombro. Quando feito, Michele jogou a espada de Yang no ar para Kira, que a pegou com facilidade, enquanto Michael continuou com a espada de Ying pelo chão.

Beniamin: — O que?! Impossível!!!

De repente, Kira veio por cima, na esquerda, e Michael por baixo, na direita. Colidindo as espadas ambas no mesmo momento sobre o pescoço de Beniamin, Kira caiu de pé, a direita e Michael de pé, a esquerda. Suas mãos e corpos ensanguentados, com sangue jorrando da cabeça de Beniamin que acabara de ser decepada. Contudo, o corpo do vampiro pegou sangue, e sua cabeça, rolou no chão, com seu rosto com uma expresso de pra surpresa, olhos arregalados e arrependimento no olhar.

Michael: — Você falhou...

A cabeça pegou fogo e virou cinzas. Com isso, os aplausos e urros de esperança e felicidade emergiram dos sobreviventes do ataque. Aclamados Slavs, vocês são tudo o que eles tem. Vocês são nosso pecado favorito...

Andriel: — Conseguimos, huff... — Limpando suas roupas.

Hyndra: — E agora...?

De repente, Michael, sorrindo, caminhou ao meio da vila aonde seria visto e ouvido por todos, e iniciou seu diálogo com todos presentes alí:

Michael: — Irmãos e irmãs do vilarejo de Aurélia! Para celebrarmos a vitória em nome de Cristo!; Vamos todos para a taverna do Flint, ao oeste! Por minha conta!!!

Aldeões: — AEEEEEEEE!!!!!!

Kira: — ... Sério isso? Eu vou é tomar um banho!

Planalto Higure, altar de Blake; hora atual.

Os olhos de vampiro mestre se abriram imediatamente, com isto, ele se teve encarando o horizonte, visto de um vidro a frente das portas de saída da sala do trono. Ódio emergirá disfarçadamente em seu olhar, e com isso, ele foi perguntado pelas suas belas servas o que estava sentindo e o que ocorria. Não demorou para Blake indagar:

Blake: — O general falhou...

A surpresa foi notável tanto nos guardas, quanto nas servas e todos alí presentes, sendo súditos ou não. Com isso, Blake se levantou, caminhando na direção de seu próprio dormitório particular, com seus passos firmes e fortes rachando o chão aonde passava, fora que seu ódio causava sua magia negra, fazendo as velas de todo o palácio de apagarem assim que este passasse por elas, fora que uma ventania forte e intensa fora causada ali mesmo, com mínimas aberturas das janelas.

Blake: — Ilustrem minha melhor armadura. Dentro de uma semana, eu irei fazer uma viagem. ~ Certo, eu mesmo faço isso...


Notas Finais


Obrigado. 🥀❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...