História Jikan no kami - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Tsunade Senju
Tags Incesto, Naruharem, Naruto, Naruto Dark, Naruto Overpower, narutsu
Visualizações 336
Palavras 5.927
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - My Demons


Fanfic / Fanfiction Jikan no kami - Capítulo 5 - My Demons

Depois da aparição repentina do jovem loiro e de sua fala ameaçadora, um silêncio ensurdecedor  e estritamente perigoso, começou a rodear todo o campo de batalha por vários e vários minutos, nem mesmo os animais e o vento ousaram fazer o mínimo ruído. Até que uma risada histérica que logo se transformou em uma alta gargalhada maligna, que vinha do sannin das cobras que gargalhava feito um maníaco, interrompendo o silêncio absoluto que reinava no campo de batalha e chamou a atenção total do jovem loiro para se. Apertando seus punhos com uma força tão grande que os fez sangrar, Naruto começou a liberar mais de sua intenção assassina pelo campo de batalha, queimando boa parte do gramado onde estava, assim como algumas plantas e árvores que haviam espalhadas por ali, surpreendendo um pouco a dupla de psicopatas que sentiram um leve arrepio subir por suas espinhas, mas por pura arrogância e prepotência, resolveram ignorar a demonstração do Jinchuuriki.  

Orochimaru _Ku! Ku! Ku! Ku! Você...! Vai me fazer pagar? Pergunta encarando o jovem loiro, recém chegado com puro deboche enquanto gargalhava feito um demente, desdenhando das palavras ameaçadoras do pequeno uzumaki que continuou, o encarando mortalmente enquanto a energia vermelha que sair de seu corpo começava a aumentar em tamanho e quantidade, se espalhando completamente por todo o campo de batalha como uma onda de poder que varreu os belos gramados do local. _Oh! Parece que alguém ficou bravinho, Ku! Ku! Ku! Ora garoto não seja arrogante, o que um pedaço de lixo como você, poderia fazer contra mim?! Perguntou gargalhando histérico, enquanto encarava o pequeno loiro diretamente em seus ameaçadores, olhos escarlate com a pílula no formato de fenda, que no momento estavam queimando de ódio e esse ódio era totalmente direcionado ao sennin das serpentes que ainda sorria, debochando do loiro que os fitava com ódio brilhando em seus olhos vermelhos e logo surpreendeu a dupla de mal caratê, quando o chakra que o envolvia se intensifica ainda mais, tornando maciça a raposa formada de chakra que envolvia o corpo do pequeno loiro, enquanto a quantidade de chakra e intenção de matar, se intensificava pelo campo de batalha. 

Enquanto as coisas ficavam cada vez mais tensas no campo de batalha, dentro do pequeno loiro que fitava intensamente a dupla de adoradores de serpentes, um par de grandes olhos vermelho sangue com a pílula no formato de fenda que exaltavam maldade e ódio, se abriram no meio da escuridão, acompanhado de uma gigantesco sorriso doentio e repleto de grandes e afiados dentes que poderiam estraçalhar com extrema facilidade um ser humano, apenas com uma simples mordida. Tal ser de proporções tão ameaçadoras, tratava-se de única e exclusivamente da mais poderosa das bestas de caudas, apelidada pelos humanos de Kyuubi no youko ou como é mais conhecida, a raposa de nove caudas, uma raposa de proporções gigantescas e como seu nome já condiz, a mesma possuir nove longas caudas, balançando suavemente em suas costas. Observando atentamente as ações de seu mais novo Jinchuuriki, a poderosa raposa de nove caudas sorria largamente e com malícia, enquanto mandava mais e mais de seu chakra para o pequeno loiro. 

Orochimaru _Ha! Ha! Ha! Moleque eu vou fazer com você o mesmo que fiz com sua querida Okaa-chan! Afirmou encarando o pequeno loiro enquanto sorria de forma diabólica, antes abrir a boca e lançar uma gigantesca bola de fogo que avançou com extrema velocidade, na direção do loiro que permaneceu parado no mesmo local, porém ao ouvir o que o amante de cobras havia dito em relação a sua Okaa-chan, o ódio nos olhos do loiro aumentaram de forma absurda, enquanto uma segunda cauda feita de puro chakra vermelho, começara a surgir nas costas do loiro e sua intenção assassina sobre o sennin das cobras dobra de intensidade. 

Kyuubi _Ku! Ku! Ku! Vamos gaki, mostre seu poder para ele, esmague esse inseto desprezível! Afirmou a gigantesca raposa de nove caudas, com um enorme sorriso maquiavélico, dançando em seus lábios enquanto assistia o que acontecia do lado de fora, pelos olhos do pequeno loir. Quando a gigantesca bola de fogo finalmente se chocou contra o pequeno uzumaki, ocorrer uma grande explosão de chama que devastar mais da metade da plantação de todo o campo de batalha, assumido friamente o que seu ataque fizera, com um grande sorriso asqueroso dançando em seus lábios, o sannin das cobras não se conteve e pensando já ter acabado com o loirinho corajoso logo caiu outra vez na gargalhada, debochando da coragem do “moleque raposa” segundo ele próprio pensara. 

Kabuto _Orochimaru-sama, o senhor disse que queria o garoto, porque o matou? Perguntou o fiel aprendiz do ex-sennin lendário,  mostrando bastante confusão com a atitude de seu mestre, enquanto fitava mais ao longe, a grande nuvem de fumaça, onde antes estava o jovem Jinchuuriki e logo depois retornou sua total atenção para seu mestre, que continuava gargalhando feito um louco, se divertindo enquanto assistia a fumaça e as chamas.

Orochimaru _Ku! Ku! Ku! Eu me enganei Kabuto, esse moleque não passa de um peso morto, assim como essa loira pate... A fala do adorador de serpentes e "garotinhos revoltados do clã uchiha", foi brutalmente interrompida por um baita soco no meio de seu rosto que o lançou, capotando violentamente pelo extenso e parcialmente destruído, gramado do campo de batalha e logo seu corpo sumiu, entrando no meio da floresta e derrubando várias e várias árvores pelo caminho, antes de parar, chocado-se com força em uma grande rocha. Parado no mesmo local onde antes estava o ex-sennin, podia-se ver agora o jovem Jinchuuriki que aparecera de repente na diante do sannin e de seu fiel ilustrador de bolas, e havia acertado o potente soco no sannin que vou longe, deixando no local somente o escudeiro “baba ovo” do sannin, que estava extremamente assustado com a força e velocidade do jovem loiro.

Naruto _Não fale mal Okaa-chan seu verme! Afirmou o jovem Jinchuuriki, parado ao lado do aprendiz que ainda encarava perplexo para o uzumaki que  encarava fixamente, o grande buraco na floresta que o sennin acabará de fazer com o próprio corpo. Sua voz mais grossa e totalmente distorcida, lembrava muito bem a de um animal intocável e furioso. Irritado depois de assistir bem de perto, o que o maldito Jinchuuriki acabara de fazer com seu sensei, Kabuto logo sacou duas kunai de seu coldre e mesmo estando temeroso com a forte intenção de matar liberada pelo garoto, avançou com rapidez contra o mesmo, iniciando várias e várias investidas, tentando a todo custo acertar o jovem uzumaki que desviava de seus ataques sem dificuldades alguma. _Seu verme desprezível, como ousou machucar a Shizune-chan?! Perguntou o jovem jinchuuriki encarando seu atacante, possesso de fúria enquanto se desviava facilmente dos ataques do mesmo que começou a se desesperar, por ver que não acertou nenhum ataque naquele que, pra ele e seu mestre, não passava de um garotinho revoltado, mal treinado é bastante inferior a ele. Desviando de mais uma saraivada de investidas do aprendiz do sennin, Naruto já bastante irritado com o mesmo, segurou um dos braços do mesmo que vinham em direção a seu pescoço e logo em seguida começou a apertá-lo com uma força extrema, fazendo o platinada berra de dor enquanto sentia os ossos de seu antebraço se rachando, pouco a pouco por conta da grande pressão exercida pelo  uzumaki que com um grande sorriso diabólico, dançando em seus lábios, colocou ainda mais força e esmagou de vez e sem remorso algum, o osso do braço do platinado. 

Kabuto _AAAGGGHHH!! Seu berro de dor e agonia, foi calmamente interrompido por um forte soco carregado de chakra no meio de seu estômago, que foi dado de cortesia pelo caridoso uzumaki que o lançaria longe porém, por ainda não está satisfeito. Naruto o segurou pela camisa e enchendo sua perna com chakra, o mesmo logo deu mais um chute em uma das pernas do aprendiz do ex-sennin que gritou ainda mais de dor, sentindo seu joelho se estraçalhado violentamente, por conta do potente chute do uzumaki que continuava a sorrir feito um psicopata e logo começou a socar, várias e várias vezes, tanto o rosto quando o dorso do platinado que até tentou fugir, mas ficou surpreso ao ver que seu corpo não se mexerá um milímetros sequer,  totalmente indefeso contra o loiro ele nada pode fazer, a não ser gritar de dor em agonia. 

Naruto _Ha! Ha! Ha! Não se preocupe amigo, seu sofrimento está apenas começando! Afirmou levantando o corpo semi-desmaiado do aprendiz do sennin, pelos cabelos, assim como ele fizera com a morena, enquanto o encarava com puro deboche e sarcasmo. Assistindo a tudo de dentro de seu pequeno Jinchuriki, a poderosa Kyuubi, também parecia se divertir bastante com as brincadeiras do mesmo enquanto sorria largo, assistindo o loiro retomar sua diversão, voltando a socar violentamente o rosto do platinado que durante a investida acabou desmaiando, mas ainda assim o pequeno que sorria de forma sádica, continuou a socar-lo até finalmente se dar conta. _Ei, ei, ei, não está na hora de dormir, vamos acorde. Mandou sorrindo largo com sarcasmo, encarnado o rosto adormecido do aprendiz do sannin das serpentes que, se encontrava com o rosto completamente inchado e cheio de hematomas. Não obtendo resposta do mesmo que continuou “dormindo” e ficando bastante irritado por isso, Naruto logo pisou com força em cima do joelho quebrado do platinado, esmagando por completo os ossos do mesmo pouco se importando.

Kabuto _AAAAGGGGHHHH!! A assistente acorda no mesmo instante, berrando alto em agonia, sentindo uma dor alucinante se apoderar de todo o seu corpo, por conta das muitas lesões e machucados, feitas pelos ataques anteriores do jovem Jinchuuriki em seu corpo, em especial seu joelho e antebraço que estava em pedaços no momento. _P-po-por fa-fa-favor, nã... Pedia o mesmo em um sussurro de voz fraco e assustado, implorando ao loiro por clemência  enquanto encarava assombrado e desesperado, os olhos vermelhos do jovem Jinchuuriki que tinha um sorriso perverso, dançando em seus lábios enquanto mantinha-se fitando o aprendiz de serpentes que tinha um olhar de completo pavor e desespero, espantado em seus olhos quase que complementam fechados, por conta do inchaço. 

Naruto _O que foi? Quer que eu pare, mas logo agora!? Perguntou encarando o rosto assombrado e todo deformado do jovem aprendiz do ex-sennin enquanto sorria com pura maliciosa, se aproximando lentamente do platinado caído no chão que usou toda a força que ainda restava em seu corpo, para tentar se afastar do perverso Jinchuuriki, mas foi completamente inútil, já ele não conseguirá ir muito longe. _Mais é claro que não, meu grande amigo. Exclamou sorrindo largo enquanto fitava fixamente, o rosto desesperado do aprendiz de serpentes que tentou se afastar do mesmo a qualquer custo, mas Naruto o impediu segurando em sua perna machucada e o puxou, sem delicadeza alguma para perto de si novamente. Ainda fitando-o sorrindo com malícia, Naruto estende suas mãos para o ar e no mesmo instante, vários e vários minérios começaram a se aglomerar na palma da mesmas e segundos depois, de repente surgem duas katana pequenas que o jovem uzumaki, rapidamente as fincou até o cabo nas pernas do aprendiz de serpentes que berrou de dor, sentido o loiro rasga os músculos da suas coxas enquanto sorrindo feito um psicopata.

Enquanto Naruto se divertia, torturando o aprendiz do maldito ex-sennin, bem longe dali, mais precisamente no meio da floresta onde tempo atrás, o sannin amante de serpentes havia sido lançado depois de praticamente voar por quase quinhentos metros e ter vários de seus ossos rachados. O velho sennin começara a se levantar do chão, revelando que seu corpo está todo machucado e encharcando com seu sangue, seu braço direito estava totalmente torto e ao tentar se levantar e sentir uma dor alucinante em seu dorso, ele teve a certeza de que tinha quebrado algumas costelas, principalmente quando uma delas era facilmente visível, rasgando sua pele e camisa surrar. 

Orochimaru _Gaaagghh! Moleque maldito, tem a mão pesada igual aquela vadia peituda. Exclamou o ex-sennin, bastante irritado e com certa dificuldade enquanto massageava seu maxilar totalmente deslocado, antes de sem cerimônia alguma o colocar outra vez no lugar, para logo em seguida começar a se alongar e estalar seus muitos ossos e músculos, ainda atrofiados por conta do forte golpe recebido e o pequeno voou que fizera pelo campo de batalha. _Haaa! Mais isso não ficará assim Naruto-kun! Afirmou lambendo os próprios lábios e sorrindo malicioso, antes de sumir em uma nuvem de fumaça e instantes depois reaparecer novamente no campo de batalha, mas ao ver somente seu fiel assistente caído no chão sobre uma poça de seu próprio sangue, todo machucado com os braços e a perna quebrados, além de esta com várias cortes pelo corpo e lacerações pelo corpo. O sorrisinho malicioso e prepotente que dançava em seus lábios asqueroso logo sumiu, dando lugar a uma expressão extremamente confusa e desacreditada enquanto encarava o corpo todo ferrado de seu mais fiel aprendiz caído no chão.

Kabuto _O-oro-orochimaru-sama... Resmungou fracamente, o aprendiz a amante de serpentes, tirando o ex-sennin de seus devaneios, sobre onde havia parado o jovem e enigmático Jinchuuriki da kyuubi. Desviando suas atenções do campo de batalha e fitando fixamente seu assistente, Orochimaru finalmente percebeu o tamanho do estrago que o loirinho digestivo havia feito em seu aprendiz, seus cortes que ele havia pensado ser só superficiais, eram bem profundo e neles ainda tinha algo parecido com metal que parecia que aos poucos iam abrindo ainda mais os machucados, causando mais dor e agonia ao platinado.

Orochimaru _Kabuto! Onde está, o moleque raposa, vamos res. Perguntava o ex-sennin impaciente, se ajoelhando diante do platinado e o balançando sucessivas vezes em busca de uma resposta, até se auto interrompeu, quando enfim percebeu que seu aprendiz outra vez, havia desmaiado por conta da dor que sentia, irritando o sannin que trincou os dentes com força enquanto apertava o colarinho do platinado. _Onde você está moleque-raposa, apareça… Oooh! É isso. Você está com medo, depois de ver o que fiz com sua mamãe certo? Perguntava ostentando um largo sorriso de prepotência, deixando o corpo adormecido de seu aprendiz no chão e se logo levantando, irritado enquanto olhava de um lado para o outro do extenso campo, em busca do jovem Jinchuuriki porém, seus olhos logo se ampliaram em descrença, pois só agora notou a falta da loira peituda e de sua aprendiz inútil, que também haviam sumido junto com o loiro, o que deixou o sannin das cobras ainda mais furioso e então o mesmo resolveu provocá-lo para ver se o mesmo aparecia de uma vez. 

Instantes depois do "incentivo" por parte do sannin das cobras, de repente uma tenebrosa e assustadora intenção assassina, se espalhou completamente todo o campo de batalha e fez um grande arrepio subir pela espinha do do ex-sennin que parecia excitado com o perdido e logo encontrou a fonte de tamanha hostilidade, ao colocar seus olhos mais uma vez na cabana, onde o pequeno Jinchuuriki e sua antiga companheira de equipe moravam. Que toda essa vontade de matar pertencia ao jovem loiro, o ex-sannin não tinha a mínima dúvida, mas sua surpresa maior era por a mesma está muito mais forte e tenebrosa que antes, possivelmente o Jinchuuriki havia liberado uma outra calda pensava ele e tal pensamento lhe causou uma angústia ainda maior. Pois lutar contra um Jinchuuriki, ainda mais o da raposa de nove caudas, estando cansado e com tão pouco chakra, depois de ter trocando de pele na luta contra a senju, já seria uma tarefa extremamente difícil, Agora enfrenta um Jinchuuriki descontrolado e com três caudas com seu corpo todo machucado, seria uma tarefa impossível no momento, pensando bem, a única coisa que o sannin poderia fazer para sair vivo dali, era tentar sobreviver até ter uma oportunidade de fugir dali. Segundos depois de libertar toda aquela intenção assassina gigantesca, Naruto finalmente surgir em um flash vermelho diante do sannin, ficando frente a frente com o mesmo que o analisou e como ele próprio presumiu havia uma terceira cauda, balançando suavemente junto às outras atrás do jovem loiro que parecia ainda mais insano e encarou mortalmente o sannin com várias e várias veia estourando em suas têmporas. 

Naruto _ROOAAARRRR!!! Rugindo  ferozmente como se fosse a procura bijuu de nove caudas, o loiro envolto com o poderoso chakra da raposa e com três caudas da mesma, logo avançou contra o sannin das serpentes com suas garras extremamente afiadas para destrolar-lo e envoltas com o chakra da raposa, deixavam um grande rastro de destruição toda vez que tocava o chão. _Morra  maldito! Afirmou o pequeno Jinchuuriki possesso de ódio, já diante do sannin das serpentes, o mesmo logo tentou acerta-lo com um de seus poderosos socos, mas Orochimaru agindo com toda sua experiência em batalhas e aproveitando que o pequeno estava descontrolado, apenas desviou para o lado, deixando que o loiro passasse reto porém. Surpreendendo o ex-sannin, Naruto usou uma de suas caudas e enlaçando o pescoço do albino que ofegar, deixando escapar um baixo gemido de , sentindo sua pele aos poucos sendo derretida pelo chakra corrosivo da raposa. Apertando-o com força o loiro logo começou a bater a cabeça do ex-sennin violentamente, contra o chão várias e várias vezes, antes de o lançar de qualquer jeito, capotando para longe 

Ainda voando sobre o gramado, Orochimaru conseguiu restabelecer seu corpo e enfim parar porém, logo foi surpreendido por uma saraivada de ataques do pequeno Jinchuuriki que para facilitar ainda utilizava de suas caudas, para atacar o ex-sennin que tentava defender ou desviar dos ataques do jovem Jinchuuriki descontrolado, porém tinha muita dificuldade em fazer-lo, por conta dos dos inúmeros ferimentos em seu corpo e muitos dos ataques loirinho, acabaram passando pela guarda do sannin e feriram o mesmo, abrindo vários cortes por todo seu corpo. Assistindo a tudo com todo esmero, estava a poderosa Kyuubi, a enorme raposa sorria e se divertia enquanto via o loiro lutar com seus olhos brilhando de excitação, apreciando o belo trabalho que o jovem loiro estava fazendo, usando seu chakra contra o maldito ex-sannin que ela finalmente lembrou-se que em certas vez o amante de cobras, tentou fazer experimentos com Kushina, para tirá-lo de dentro da ruiva.

Kyuubi _Ku! Ku! Ku! isso criança, acabe com esse  inseto, desprezível! Afirmou a gigantesca raposa de nove caudas, assistindo a luta dos dois sorrindo malicioso enquanto via o pequeno loiro, aplicar um sequência de três poderosos socos, diretamente no dorso do adorador de cobras que saiu capotando, novamente pelo chão e com toda a certeza quebrando alguns de ossos. 

Orochimaru _Arf!... Arf!... Não me subestime, seu moleque. Exclamou  o ex-sennin possesso de fúria, se levantando do chão e cuspindo uma quantidade considerável de um líquido viscoso e roxo no chão, antes de logo desviar de outro soco carregado de chakra do pequeno loiro que visava inteira e completamente sua cabeça. Segurando no braço do jovem Jinchuuriki e logo em seguida o puxando para se, o ex-sennin lendário logo acerta um potente soco, bem na cabeça do loiro que voou com a potência do golpe, batendo em várias árvores até para, ficando no tronco de uma delas, gemendo de dor enquanto se levantava lentamente, balançando a cabeça antes de rapidamente se recuperar e rugido feroz. _Eu já foi um dos sannin lendário garoto e você não passa de uma mera criança. Um inútil igual aquela puta que você chama de mãe! Afirmou gargalhando alto, sorrindo precedente e encarando os olhos escarlate do pequeno uzumaki, enquanto fazia uma longa sequência de selos de mão, antes de terminar juntando os dedos a frente da boca e sopra, disparando uma gigantesca bola de chamas que avançou com rapidez em direção ao pequeno loiro e o engoliu completamente e logo em seguida causou uma grande explosão no campo de batalha, excitando ainda mais o ex-sannin psicopata que gargalhava diabolicamente, enquanto assistia o fogo se alastrar pelo gramado. Segundos depois que as chamas se alastraram e da fala presunçosa do ex-sennin das cobras, uma terrível intenção assassina muito maior que a anterior foi liberada pela nuvem fumaça e acompanhada com uma forte brisa, a nuvem de fumaça causada pelas chamas, se evaporam revelando que no lugar do loiro, havia uma pequena mini kyuubi de quatro caudas.

Naruto _RAAGGGHHHH! Rugindo ferozmente para o céu, enquanto liberava uma quantidade absurda de chakra que arrastava tudo ao seu redor, a pequena mini-Kyuubi abriu sua boca e no instante seguinte, várias e várias bolinhas de energia alternadas entre azul e vermelha, começam a se acumular na boca da mesma, formando uma bola de energia maciça e de cor escura, surpreendendo o ex-sannin das serpentes que encrava a pequena Kyuubi com os olhos levemente arregalados.

Orochimaru _Esse moleque maldito. Exclamou o ex-sennin encarando a pequena criatura, bastante assombrado enquanto fitava a bola de energia, ficando cada vez mais e mais maior, causando uma grama pressão sobre o chão que cedeu com facilidade diante de tamanha pressão de energia. Surpreendendo ainda mais o adorador das cobras que já sabendo que não teria chances contra aquilo, começou a pensar em algum meio de fugir dali antes que acabasse morto ou ainda mais machucado. _Mais que merda, eu preciso sair da...o que?! Se perguntou incrédulo, enquanto arregalava os olhos de surpresa, por não conseguir movimentar suas pernas, desviando suas atenções da mini-kyuubi para suas pernas, o adorador de cobras outra vez arregalou seus olhos dessa vez em desespero, ao ver que segurando em seus calcanhares com firmeza, pode-se ver depois braços maciço de chakra vermelho que o prendia com firmeza ao chão, impedido que o amante de serpentes saísse de seu lugar, desesperado ainda mais o mesmo.

Kyuubi_ Parece que não Ku! Ku! Ku! Afirmou a gigantesca raposa de nove caudas com um grande sorriso presunçoso, dançando em seus lábios enquanto se divertia, assistindo o desespero bastante nítido no olhos do velho sennin das serpentes  que tentava se soltar do aperto da Mimi-kyuubi para poder fugir do ataque da mesma, nas de nada adiantou.

Orochimaru _Seu maldito me solte agora! Mandou o ex-sennin em puro desespero, enquanto tentava se livrar do aperto da mini-kyuubi que pouco a pouco fazia uma bola escura ainda maior. Enquanto o ex-sannin desesperado tentava se solta, a mini-kyuubi finalmente termina a bola e logo em seguia, engolido a mesma ficando todo inchado, a pequena kyuubi logo se vira na direção do sannin e começa a disparar várias e várias bolas de chakra, contra o sennin que por  esta preso, não pode fazer nada além de sofrer com cada ataque da mini-kyuubi, que rugir alto enquanto continuava a disparar outras bolas de energia, excitando mais ainda a poderosa Bijuus de nove caudas que se divertia bastante assistindo a luta. _Arf! Arf! Desgraçado... Aaghh! Eu não posso lutar com ele, nessas condições eu acabarei morrendo. Falou o sannin com extrema dificuldade, enquanto torcia forte e bastante sangue caia de sua boca. O ataque colossal da mini-kyuubi havia lhe custado muito caro, pois além de ter perdido seus dois braços durante o ataque enquanto tentava se proteger, já que não possuía mais chakra para um jutsu de substituição. Seu corpo estava envolto de grandes queimaduras de terceiros e segundos graus, sentindo o gosto de ferro subindo por sua garganta, o ex-sannin logo cuspiu uma quantidade considerável de sangue e ao fazer-lo sentiu uma dor alucinante em suas costelas quebradas que possivelmente, tinha perfurado alguns de seus órgãos.

Naruto _RAAAGGGHHH! Rugiu alto a mini-kyuubi enquanto encarava o ex-sennin das serpentes, todo machucado com um gigantesco sorriso psicótico dançando em seus lábios, causando um grande arrepio no adorador de cobras. 

Orochimaru _Eu preciso arrumar um jeito de sair daqui e levar o Kabuto, ele ainda deve está vivo. Fala consigo mesmo enquanto percorria seus olhos pelo campo de batalha em busca de uma saída e logo parando onde o platinado estava caído, com um devaneio em mente, gemendo de dor e muita dificuldade, Orochimaru lentamente  começa a se levantar do chão, chamando a atenção da mini-kyuubi que ainda segurando nos pés do amante de cobras, logo o puxou com violência, arrastando o corpo do ex-sannin por debaixo da terra e quando o tirou do subterrâneo, a mini-kyuubi logo começa a bater o ex-sennin lendário com tudo no chão, indo de um lado para o outro, provocando fortes tremores a cada vez que o corpo do albino atingia o solo.

Enquanto Naruto totalmente descontrolado, se divertia fazendo o sannin lendário de bonequinho de pano. Ao mesmo tempo a alguns quilômetros distantes de onde eles estavam, mais precisamente na cabana onde o Jinchuuriki morava com sua mãe e sua irmã, podia-se ver tanto a morena quanto a senju, ambas desacordadas no chão. Se divertindo em uma lutinha amistosa ao lado das duas belas mulheres, estavam o trio de lobinhos que o loiro havia salvo momentos antes de começar a batalha contra o ex-sannin, por conta dos altos barulhos da batalha e seus grandes tremores, a morena que estava deitada sobre os volumosos seios da senju, aos poucos começou a despertar.

Shizune _Mmnnnn... o q-que acon...teceu?! Se perguntou a jovem aprendiz olhando em volta, ainda meio sonolenta e com a visão ainda meio turva, a morena logo começou a vasculhar o local em busca de sua mestra ou de seu querido irmãozinho. Percebendo a movimentação brusca da jovem  assistente da sannin das lesma, os pequeno lobinhos rapidamente para sua briga amistosa e logo vão até a morena, e começaram a lamber as mãos da mesma, chamando a atenção da morena para eles que logo voltaram a brincar, enquanto a morena assistia com um pequeno sorriso em seus lábios. A atenção de todos foi chamada para os fortes temerosas e explosões, causadas pela diversão do nosso querido narutin. _Essa não… Na-Naruto-kun... Falou a morena temerosa enquanto encarava com seus olhos bastantes marejados, o centro de toda aquela destruição e no meio da mesma o motivo de suas lágrimas, uma mini-kyuubi jogando alguma coisa para todos os lados, assustado e desesperado ainda a morena que tampou a boca, enquanto grossas lágrimas caiam de seus olhos e a mesma tentará se levantar porém, não conseguiu e acabou caindo de bunda no chão. Alertando os filhotes de lobo que logo começaram a rugir, alertando a morena que ainda não havia notado, a presença da sannin desmaiada ao seu lado 

Lobos _Roar! Rugem os filhotes de lobo, todos ao mesmo tempo enquanto puxava as mangas do kimono da morena, a levando em direção a sannin das lesmas, ainda desmaiada no chão.

Shizune _Tsunade-sama! Afirmou a mesma encarando a loira bastante preocupada e se aproximando da mesma, e logo colocando a cabeça da loira deitada em seu colo, enquanto derramava grossas lágrimas de preocupação. Voltando para a batalha de sennin vs Jinchuuriki, podia-se ver que a situação não mudou praticamente em nada, pois Naruto totalmente descontrolado, continua massacrando o corpo do sannin que totalmente ferrado, nada conseguia fazer contra a mini-kyuubi. 

Naruto _RAAAGGGHHH! Rugir descontrolado enquanto lançava o corpo do sannin, amante de cobras todo ferrado de um lado para o outro, violentamente contra e para qualquer lado do campo quase que completamente destruído, antes de o arremessar para qualquer lado e começar a absorver chakra novamente, formando outra bola de chakra e logo em seguida a engoliu e começou a disparar várias e várias bolas negras por todos os lados, pouco importando se estava atingindo o sennin ou não. 

Kyuubi _Isso garoto... Destrua tudo Ku! Ku! Ku! Afirmou a mesma abrindo um grande sorriso de pura malícia, enquanto assistia o loiro disparar bolas de energia para todos os lados. Percebendo sua chance e aproveitando que a mini-kyuubi estava mais preocupada em destruir tudo do que em matá-lo, o adorador de cobras mesmo estando todo machucado, ainda conseguiu fugir dos ataques descontrolados da mini-kyuubi, pegou seu assistente “chupa ovo” que por pura sorte havia sido lançado bem próximo do mesmo, por conta de uma das explosões do uzumaki e logo depois fugiu, sumindo em uma nuvem de fumaça. Voltando para a cabana, shizune com Tsunade deitada em seu colo, derramaram grossas lágrimas enquanto assistia seu querido irmãozinho totalmente descontraído, destruído tudo. 

Shizune _Eu tenho que fazer alguma coisa. Fala a morena consigo mesma enquanto assistia com bastante sofrer, a mini-kyuubi destruindo tudo o que restou do belo campo gramado, onde eles moravam.

Tsunade _Mmmnnn...Shizune o que acon. Onde está o Naruto-kun e aquele maldito, ele fez com meu bebê?! Perguntou a sannin das lesmas, levantando-se do colo de sua assistente em puro desespero enquanto, a agarrava pela gola do kimono e começava a balançar a mesma que parecia bastante travada, olhando para baixo e evitando olhar nos olhos sannin das lesmas. _O que houver Shizune, vamos me diga! Afirmou a mesma ainda desesperada, pois além de não esta vendo o maldito adorador de serpentes, não conseguia encontrar seu amado filho, ainda se ouvia essas constantes explosões que não ajudavam muito para acalmar os nervos da bel senju que estava ainda mais nervosa, com o silêncio de sua assistente que continuou calada por mais alguns tempo.

Shizune _Aquele homem eu não sei. Fala a mesma finalmente, levantando seus olhos e encarando a senju ainda meio tonta, por conta de ser sacudida pela loira peituda que ficou confusa com a afirmação da mesma e já iria perguntar sobre seu filho, mas sua assistente logo laje responder. _Já o Naruto-kun... Falando bem baixinho, quase inaudível para que a sannin das lesmas pudesse ouvir, que ficou ainda mais confusa com a ação da assistente que baixou a cabeça com um olhar triste e tal ação da morena deixou a bela sannin peituda ainda mais aflita.

Tsunade _O-o qu-que ele fez com meu filho Shizune? Perguntou a senju já bem desesperada, encarando fixamente sua assistente enquanto lágrimas já caiam constantemente de seu olhos. Ainda de cabeça baixa, a morena nada lhe diz e somente levantou a mão direita e apontou para uma direção, assustando mais ainda a senju pois era da mesma direção de onde vinham os barulhos de várias explosões.

Shizune _Ele está ali tsunade-sama. Avisou a morena finalmente levantando sua cabeça e mostrando para a senju, seus olhos já vermelhos de tanto chorar e que ainda derramaram grossas lágrimas de angústia. Desviando seus olhos da morena para onde ela havia apontado, Tsunade arregalou seus olhos em desespero enquanto lágrimas começaram a cair de seus olhos.

Tsunade _Naruto-kun... Sussurrou a sannin das lesmas bastante assustada e se ajoelhando no chão, derramando grossas lágrimas de desespero, enquanto assistia com pesar seu precioso bebê, totalmente descontrolado que atacava tudo e todos que via pela frente enquanto rugindo alto, continuando a disparar as bolas de energia, destruindo completamente o belo e extenso gramado que um dia fora aquele campo de batalha.

Shizune _TSUNADE-SAMA!  Gritou a mesma desesperada enquanto via a senju correndo velozmente pelo campo de batalha, indo em direção a onde estava a mini-kyuubi que estava destruindo tudo.

Tsunade _Naruto-kun para, Por favor. Pede a mesma em puro desespero, correndo com lágrimas nos olhos em direção ao mesmo, enquanto vários e vários destroços das árvores passavam voando velozmente, próximo da senju que ainda assim continuou avançando na direção de seu filhote. _Ei sou eu meu bebê, a Okaa-chan, que tal irmos para casa em? Perguntou a mesma sorrindo fraco, parando bem na frente da pequeno Kyuubi que parou no mesmo segundo um grande ataque que tinha como mira, a cabana onde ele próprio morava junto com a senju e sua assistente. Retorcendo seu ataque, a mini-kyuubi parou suas investidas e passou a encarar a loira, parecendo avaliar a imagem da senju chorosa de joelhos, bem a sua frente. _Você não precisa mais lutar, olha  aquele homem já se foi, eu estou bem, a shizune também. Falou a bela senju, sorrindo e se aproximando lentamente da Mimi-kyuubi que permaneceu parada em seu mesmo local, encarando fixamente a senju se aproximar cada vez mais de si e até tentou tocá-lo, mas rapidamente se afastou quando percebeu um movimento hostil por parte do pequeno Jinchuuriki. 

Naruto _RAAAGGGHHH. Rugir a mini-kyuubi ainda encarando fixamente a sannin das lesmas e logo em seguida, começando a absorver o chakra da agora micro-bola de energia para dentro si. _O...Ok...aa-chan... Sussurrou fracamente o pequeno Jinchuuriki teimando de absorver todo o chakra usado para formar a bola de energia, dissipando-a por completo e fazendo uma pequena luz surgir diante da loira que sentiu um grande alívio em seu coração. 

Tsunade _Por favor volta... Volta pra mim. Pediu a mesma em agonia e se ajoelhando na frente da mini-kyuubi, enquanto grossas lágrimas caiam de seus olhos já inchados de tanto chorar. Fintando a senju ajoelhada a sua frente, a mini-bijuu logo começou a se aproximar lentamente da mesma, enquanto o poderoso chakra que a envolvia começava a regredir lentamente cauda por cauda, fazendo o coração da bela senju se iluminar ainda mais de esperança enquanto o via se aproximar. 

Naruto _Oka-chan... Sussurrou fracamente, parando bem diante da senju que abriu um grande e lindo sorriso em seus belos lábios enquanto fitava seu amado bebê que logo correspondeu ao seu sorriso com um ligeiramente menor e bem mais fraco. 

Kyuubi _Ku! ku! ku! Parece que o show acabou garoto. Lamentou a mesma fechando vagarosamente seus grandes olhos vermelhos e sorrindo satisfeita, enquanto seu poderoso chakra regrediram totalmente para dentro do corpo do períneo loiro, mostrando o loirinho totalmente machucado antes de cair desmaiado nos braços da senju que chorava muito, abraçando o corpo do loiro enquanto a morena usava seu chakra para tratar dos ferimentos do mesmo.

Tsunade _Meu lindo bebê! Não se preocupe viu, a mamãe vai cuidar de você! Afirmou a mesma fintando intendente e com um sorriso radialmente dançando em seus lábios, o rosto adormecido do loiro antes de unir seus lábios em um selinho demorado e cheio de amor, enquanto a mesma começava a liberar seu chakra medicinal diretamente dentro do corpo do loiro, passando a auxiliar sua assistente a curar o ferimentos do pequeno loiro. 

Kyuubi _Hum... Até que ele aguentou be. Começou a falar a grande raposa de nove caídas, antes de se auto interromper, ao sentir o chakra e a presença asquerosa do maldito sannin adorador de serpentes, se aproximando lentamente do corpo do loiro e chegando cada vez mais próximo do mesmo. _Merda ei moleque, acorde vamos acorde ROOAAR! Rugir a gigantesca raposa, tentando a todo custo acordar seu carcereiro, para que o mesmo pudesse se defender, mesmo que já soubesse que nas condições atuações seu Jinchuuriki nada poderia fazer para se defender e também não acordaria tão cedo. Enquanto a poderosa Kyuubi tentava copiosamente ajudar seu carcereiro, do lado de fora enquanto a senju e sua assistente cuidavam do loiro, se aproximando sorrateiramente deles, o albino sendo a cobra traiçoeira que é, se arrastou por debaixo da terra e surgindo de repente ao lado a senju com seu pescoço alongado, o sannin logo mostrou suas presas de serpentes e às ficou no pescoço do pequeno loirinho que acordou momentaneamente e logo desmaiando de novo nos braços da senju.

Tsunade _NARUTO-KUN!!!! Grita a senju desesperada encarando o loirinho que começa a se debater violentamente em seus braços, enquanto uma marca estranha, porém muito parecida com o sharingan do clã uchiha, começa a aparecer no pescoço do loiro. Enquanto isso a alguns quilômetros dali, podia-se ver sobre uma grande árvore, o desprezível sannin amante de serpentes carregando o corpo de seu assistente semi-morto em seus ombros, enquanto encarava sorrindo a mesma direção onde estavam seu novo corpo estava sendo preparado.



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...