1. Spirit Fanfics >
  2. Dark Desires - Naoya Zenin X Leitora (Imagine) >
  3. Fantasias

História Dark Desires - Naoya Zenin X Leitora (Imagine) - Capítulo 2


Escrita por: Otakus_hard

Notas do Autor


●°• A música do "BTS - Fake Love" cai perfeitamente nessa fic, boa leitura meu bem.

~(˘▽˘~)~(˘▽˘)~(~˘▽˘)~ - Segue o baile

Capítulo 2 - Fantasias


Fanfic / Fanfiction Dark Desires - Naoya Zenin X Leitora (Imagine) - Capítulo 2 - Fantasias

Maki: Não quer conhecer seu N-O-I-V-O? ! - Num tom de zoeira.

S/n: Noivo o caralho já falei e vou repetir eu não vou casar com ele.

Maki: Hum...

S/n: Mas deixando esse assunto de lado você veio fazer o que aqui? Não é da sua cara vim pro clã.

Maki: Tô de passagem só vim buscar algumas armas amaldiçoadas nada demais.

S/n: OK, mas como vai a Mai-san? Ela tá bem? Vocês estão na maior paz e amor?

Maki: É complicado... porém resumindo ela tá ótima e nos estamos tranquila.

S/n: Quando vê ela fala que eu mandei um beijo, faz um tempinho que não a vejo.

Maki: Pode deixar.


Conversamos um bocado mas as horas voaram deixando um momento descontraído e genuíno ser interrompido pelo fato deu ir pra casa, olho pro relógio no meu pulso e já passava da hora de voltar sairmos da estufa indo embora do local relaxante voltando pra mansão.


S/n: Obrigado por me fazer companhia Maki-san.

Maki: Que nada, foi bom vê-la.

S/n: Até mais. - Me virei de costas.


Quando dei o primeiro passo no piso de madeira esculto sua voz me atiçar os ouvidos.


Maki: Conta logo pra ele. - Falou calmamente. 

S/n: Eu sei. - Disse deprimida 


Depois de algumas conversas chatas de minha mãe com o senhor Naobito finalmente sairmos daquele ninho de cobras, no carro vendo as árvores passando rapidamente a mulher estava com um semblante alegre como se tivesse ganhado na loteria nesse caso vendendo a filha como se não fosse nada isso me dava nojo no fundo do meu amargo. 


● Agora seu pai pode ficar tranquilo finamente podemos compra os remédios.


Ela esboça um sorriso irritante.


S/n: Que legal. - Irônica 

● Ao menos mostre um pingo de compaixão por ele. - Disse irritada 

S/n: Se eu tivesse eu mostraria porém vocês sempre me menosprezaram pelo simples motivo deu...


A mulher aumenta o tom de voz me deixando ainda mais irritada.


● CALA A BOCA!!! Você não tem direito de reclamar nem de opinar só se faça oque nos dizermos e ponto final.

S/n: Eu não sou como os outros de lá onde vocês casam e batizam com eles... eu não sou um brinquedo.

● Pelo menos dessa vez faz oque estamos te pedindo.

S/n: Desde de quando você é o velho pedem algo a mim além de dar ordens atrás de ordens... agora eu lhe pergunto cadê seu pingo de compaixão comigo.

● Sabe que faço isso pelo se...


Essa conversa tava me tirando do sério ela não pensa nos meus sentimentos nem na minha vida com um todo pouco menos na minha existência.


S/n: Pelo meu bem? Ah me poupe não vem bancar a super mãe boazinha agora não já é tarde demais pra isso.

● Ela era melhor... você só me traz desgosto. - Falou de maneira fria.

S/n: Aquilo não foi minha culpa.

● Aceita de uma vez por todas que foi culpa sua.


Ela suspira colocando a mão na cabeça.


● Ah isso não importa mais o que foi feito não será desfeito.

S/n: Tsc. - Olho pra janela

● Além do mais já marcamos a data do casamento ficou pra daqui a quatro meses.

S/n: Com o desespero que tava pensei que iria querer logo pra amanhã. - Ironicamente 

● Chega de gracinha, por mim seria amanhã mesmo mas o senhor Naobito propôs quatro meses nesse tempo até lá ele quer que você conheça melhor seu futuro marido além das obrigações do Clã quando for pra lá.

S/n: Resumindo a história você se livra de mim e eles ganha uma empregada nova não é isso.

● Nossa casa não é boa o suficiente pra vocês morarem conosco.

S/n: Que bela desculpa hein.


Me pergunto como o Megumi está além de como vou contar pra ele sobre esse assunto tão delicado e como vamos levar nosso relacionamento daqui pra frente, daqui a quatro meses vou estar ao lado de uma monstro não tenho muito tempo tenho que bolar um plano urgente.


● Escolha uma roupa decente amanhã a noite vamos jantar no Clã Zenin em comemoração ao acordo feito mostre sua educação e se vista feito uma dama, não quero passar mais vergonha.

S/n: Tá legal. - Tava pouco me lixando pro assunto.

● Não vou aceitar erros como foi hoje tá me escutando.

S/n: Sim eu sei.

● Você vai adorar o jovem Naoya ele é um rapaz excelente e forte vai ser um ótimo líder no futuro mostre elegância quando estiver com ele. 

S/n: Tá certo. - Desanimada 


"Relaxa velha vou mostrar todo o meu carinho amanhã ele vai chorar... te garanto!" - Penso 


Chegando finamente em casa só tava querendo ir pro quarto nem me dei ao luxo de ver o velho nem de pegar algo pra comer meu corpo pedia por descanso profundo, me jogo na cama abraçando o travesseiro e respiro profundamente penso comigo mesma como eu deveria fazer as coisas daqui por diante o tempo não tá ao meu favor e muito menos a sorte.

Sem mais nada pra fazer pego o celular é vejo uma mensagem fofa do meu lobinho favorito.


 "Tô com saudade" 


Eu só queria dormir agarrada nele até esquecer do meu próprio nome... um desejo inocente... uma fantasia infantil de uma adolescente apaixonada o Fushiguro é tudo que ainda me resta sou imensamente feliz com ele ao ponto de aguentar tanta dor e sofrimento que passo aqui nessa casa, não vejo a hora de sair daqui e ir morar com ele longe desse furacão dessas regras ridículas e dessa ladainha de democracia entre líderes de Clãs. 


S/n: Eu não sirvo pra ser noiva e muito menos líder... Talvez ela tem um pouco de razão mais você com certeza me perdoaria... - Pego o porta retrato ao lado da cama vendo uma bela foto de infância - né onee-san por ter te matado?


As lágrimas escapam dos meus olhos  um sentimento de tristeza me domina logo abraço a fotografia me repreendendo mentalmente pelas escolhas do passando assim depois de um tempo caio no sono profundo que tanto almejava mas sentindo o vazio no peito.


Notas Finais


●°• Mais eis a questão por quê ela fez isso?

(≧◡≦) ●○ Um xêro gostoso e até a próxima safadinha (o).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...