História Dark Feelings - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Harry Potter
Visualizações 16
Palavras 626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu deveria estar dormindo né, mas escrever fanfic é bemm viciante. Então eu tô aqui postando mais um capítulo rs ♥️
Espero que gostem!

Capítulo 3 - My Consequences


Fanfic / Fanfiction Dark Feelings - Capítulo 3 - My Consequences

Eu não estou acreditando nos meus olhos.

- O que faz aqui? - Pergunto enquanto me aproximo.

- Vim ajudar você a lutar nessa guerra! -

- Guerra? - Não consigo evitar uma risada cínica.

- Cat, você trouxe consequências quando decidiu sair da França. -

- Então eu comecei uma guerra? tá bom, Sebastian! -

- Ela já estava pronta, sabe disso. -

- Por que não pede ajuda para o meu pai? Ele adoraria ajudar você. - Digo.

- Você...- Ele olha para baixo.

- Você é a única Argent viva..-

Meu coração para por um segundo, eu olho diretamente para ele. Ele está dizendo a verdade.

- A minha mãe...- Não consigo terminar a frase.

- Está morta. Todos estão, é por isso que estou aqui! - Ele se aproxima de mim, eu estou me controlando para não me afundar em lágrimas nesse momento. Todos...minha família toda está morta!

- Quem fez Isso? - Pergunto.

- Inimigos...- Sebastian Responde.

Eu tento me virar para ir embora mas Sebastian me abraça por trás. Eu tento me debater, tento fugir...mas eu estou fraca. Me viro e abraço Sebastian com tanta força. Sinto as lágrimas descerem pelo meu rosto!

- Eu estou aqui, Cat. - Ele Susurra.

- Você não vai embora? - Pergunto.

- Não, vou ficar aqui com você! -

Depois de um tempo abraçados, eu finalmente o solto para poder respirar.

- Você pode morar aqui, comigo. Vamos vencer essa guerra juntos! -

- Eu...- Penso um pouco.

- Eu vou pegar minhas coisas. -

- Espera! - Ele me para.

- Vai precisar de uma varinha! -

É a minha varinha...

- Como você conseguiu? -

- Seu pai me entregou depois que você veio para Inglaterra. Achei que iria querer de volta. -

- Obrigada...- Pego a varinha da mãos de Sebastian.

Sigo o mesmo caminho até a porta de entrada, eu não tinha reparado que a escada tem detalhes com Ouro, o que torna essa mansão mais parecida com a da minha família na França.

Eu não evitei em aparatar para o meu apartamento. Mas se está começando uma guerra mesmo...tenho que estar preparada.

Mare não está aqui. Talvez ela esteja no mercado comprando panquecas.

Vou até o meu quarto. Meu olhos batem diretamente na foto dos meus pais na cômoda de madeira.

Eles se foram...

Meus olhos se enchem de lágrimas novamente. me jogo na cama e pego meu diário em baixo do travesseiro. Eu preciso colocar tudo para fora, Isso está me consumindo.

~ Eu decidi não esconder nada. Então está na hora de eu escrever sobre o meu passado.

Como eu já tinha escrito na página anterior, eu estudava em Beauxbatons. Eu não era uma pessoa Boa, nunca fui, e acho que nunca vou ser!

Em Beauxbatons eu tinha um grupinho de amigos. Todos tinham sangue puro, nós sentíamos tanta raiva dos nascidos trouxas. Um dia nós descobrimos como descontar todo o nosso ódio por eles. Nós fizemos coisas horríveis, como torturar os Nascidos trouxas até perderem a consciência. O pior não era eu torturar eles, o pior era eu ser a comandante desse grupinho.

Quando eu estava no terceiro ano eu comecei a mexer com Arte das trevas, é uma coisa de família. E é claro que eu ensinei aos meu amigos. Eu era uma pessoa desprezível, não tinha pena, não tinha remorso, só tinha a raiva e a arrogância dentro de mim.

E agora quando eu acho que finalmente estou livre do meu passado.. Sebastian Blanc aparece me dizendo que eu ter vindo para Londres trouxe uma guerra até a minha família. Eu confio nele, ele foi por sete anos o meu melhor amigo em Beauxbatons. Mas com tudo isso na minha cabeça.. Eu só queria viver em paz.


Notas Finais


O Próximo capítulo vai ser um Flashback de quanto a Cat estava em Beauxbatons. Aaahh eu tô muito animada para escrever mais. Como eu falei, é viciante aah ksks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...