História Dark Lifes - Capítulo 3


Escrita por: e mags20t

Visualizações 100
Palavras 3.555
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus amores!! Aqui é a Lari!
Voltamos com mais um capitulo para vocês!!

Eu e a Duda demoramos um pouco,pois as aulas voltaram,e com ela os trabalhos e atividades para a nota. Então estávamos sem tempo. Nos desculpem pela demora!

Já avisando á vocês,para não ficarem em dúvida kkkk

O Liam é o Liam Payne da one direction e o Zayn é o Zayn Malik.
A Hailey é a Hailey Baldwin e a Sofia com quem o Zayn traiu a Alyson, é a Sofia Richie. Perrie Edwards é do Little Mix..O Aaron,é o Aaron Carpenter da Magcon! o Chris e o Chaz da gangue das Evans são os amigos do Justin Bieber,Chaz Somers,Chris Beadles...
A Hailee é a Hailee Steinfeld,A Camila é a Camila Cabello,o Nate é o Nate Maloley,o Sammy é o Wilkinson,e o Cameron é o Dallas....

Quando aparecer mais personagens eu vou explicando à vocês,okay?

Boa leitura bebês!!!

Capítulo 3 - Theft.


Fanfic / Fanfiction Dark Lifes - Capítulo 3 - Theft.

Shawn Mendes P.O.V

                                                                                                                                                 Toronto Canadá,21 de abril de 2018

Cheguei em minha mansão que dividia com Justin,e fui pegar uma cerveja na geladeira,eu estava com uma sede, já que estava em uma das minhas boates resolvendo sobre as vadias que trabalham lá,elas estavam reclamando e eu tive que resolver.

Eu queria apenas ir dormir, amanhã tínhamos que repassar o plano para roubar a encomenda dos killers,tinha que sair tudo perfeito,e para isso tínhamos que estar bem fisicamente e mentalmente.

Assim que terminei minha cerveja,subi as escadas enquanto retirava minha jaqueta,passei pela porta do escritório,e parei bruscamente no meio do corredor ao ouvir gemidos vindo de dentro do escritório,voltei como o flash abrindo as portas duplas de madeira vendo Justin comendo uma vadia na mesa do escritório.

- Que porra é essa Justin? - Perguntei gritando,ele se assustou e saiu de dentro da menina que tentava esconder seu copo com as mãos.

- Estou ocupado porra, sai daqui! - Falou embolado.

- Jura que você está bêbado? Você sabe muito bem que temos coisas importantes para fazer amanhã. - Repreendi ele mas logo desviei o olhar para a garota nua. - Vaza daqui vadia. - Mandei com um olhar frio e ameaçador,fazendo ela pegar suas roupas e sair correndo dali.

- O que você quer Shawn? Vai me fazer gozar agora caralho? - Reclamou vestindo sua cueca e calça.

- Você é um nojento,existe quarto pra quê? Eu uso esse escritório porra! - Gritei com raiva e ele riu.

- Foi mau aí Mano! Mas a mesa é mais gostosa. - Debochou e eu precisei respirar fundo para não socar a cara desse imbecil.

- Porque você bebeu? Não sabe que temos serviço amanhã? Você vai estar de ressaca porra,vai acabar botando tudo a perder!

- Não vou colocar nada a perder caralho , eu sei o que estou fazendo  - Falou bravo e saiu me deixando com mais raiva do que já estava.

Justin é muito impulsivo,do tipo que faz as coisas sem pensar nas consequências e bota tudo a perder,ele sempre ta com uma vadia diferente, não que eu seja muito diferente,é claro que eu como as vadias e bebo,mas eu sei das minhas responsabilidades,gosto que tudo saia como o planejado 

                                                                           Alyson Evans P.O.V.   

                                                                                                                                    Toronto Canadá,22 de abril de 2018

Vim para casa de madrugada,eu e Sammy não transamos,ficamos nos pegando,mas não passou disso,eu não consegui avançar, acabei lembrando da pior noite da minha vida e me desesperei, tive que contar para Sammy,e ele foi muito compreensivo e não me forçou a nada,agora ele entende o meu ódio por Frank.

Levantei da minha cama assim que vi que era 13:00,com certeza Thany dormia ainda ,já que voltou tarde ontem,eu ouvi passos logo em seguida a porta do seu quarto batendo,era quatro e pouco da madrugada.

Fui em direção do banheiro que havia em meu quarto,ele tinha uma banheira bem extensa,um box grandinho também e uma hidromassagem,a pia de mármore era incrivelmente linda,com espaço para se maquiar,eu deixava minhas maquiagem e produtos de cabelo ali,o espelho acompanhava o comprimento da pia,tinha o armarinho da pia,que continha várias gavetas e portas,onde tinha toalhas,sabonetes,escovas de dentes novas,creme dental,cera quente de depilação,gillette,entre outras coisas.

Abri o box assim que me livrei do pijama ,liguei o chuveiro em uma temperatura morna,lavei a cabeça e me lavei,depois de um tempo sai e peguei minha toalha,me enxuguei e coloquei meu roupão colocando a toalha no cabelo.

Atravessei o quarto indo para o closet ,ali tinha todas minhas roupas,sapatos,acessório ,perfumes,cremes,tudo que eu precisava.

Procurei uma roupa para ficar em casa,e optei um short jeans cós alto,uma blusa petra com flores vermelhas,e um tênis também preto,coloquei um relógio de ouro,uma correntinha com um pingente de arma também de ouro,um brinquinho pequeno de pedrinha,e deixei meu cabelo solto, já que ele estava meio molhado, saí do quarto descendo as grandes escadas,estava tudo em silêncio,mas logo ouvi barulho de panelas na cozinha e segui para lá com um sorriso no rosto já sabendo quem era que estava cozinhando,só podia ser uma pessoa, já que eu dispensei os empregados,e isso inclui as cozinheiras,e a Thany não era porque ela deve ta com uma ressaca terrível,com certeza estava dormindo igual uma pedra.

- Agnes!! - Exclamei fazendo ela se assustar,ri e abracei ela apertado que logo tratou de devolveu da mesma forma e intensidade.

Agnes sempre cuidou de mim e da Thany,quando éramos pequenas,Frank tinha que nos deixar com alguém quando ele estava ausente para cuidar dos seus negócios,e Agnes era essa pessoa,ela cuidava da gente como se nós fossemos suas filhas,e quando saímos da gangue dele,ela veio junto.

Claro que ela mora em sua casa,ela tem uma filha e uma neta,mas ela sempre vem nos ver,e sempre cuida de mim e de Bethany,ela é algo mais próxima de uma mãe que nós temos.  

- Que saudade Aly! - Falou sorrindo. - Como você passou esses três dias que eu não vim? - Perguntou atenciosa e mexeu algo na panela,o cheiro estava uma delícia.

- Passei bem - Respondi sorrindo e me sentei na mesa observando ela cozinhar. Eu sempre fazia isso,desde pequena adorava ver Agnes cozinhar.

- Graças a Deus - Exclamou. - Eu vim hoje porque fiquei preocupada com você e Thany, já que ontem vocês iam roubar o Frank. - Falou preocupada. - Eu não gosto do rumo que vocês tomaram,é perigoso isso que vocês fazem,sem contar que é errado. - Advertiu séria. – Mas como não adianta eu falar porque sei que vocês não vão sair dessa vida,melhor eu me acustumar com os cabelos brancos,amo vocês - Falou e eu ri me levantando e abraçando ela.

- Eu também te amo! - Falei abafado por conta do meu rosto estar em seus cabelos.

 Agora vai lá chamar sua irmã para nós comermos,o almoço tá quase pronto. - Falou e eu assenti,quando eu,Thany e Agnes estamos juntas,eu me sinto bem,pois querendo ou não somos uma família independente de ser grande ou pequena, é o máximo de amor materno que eu e Bethany recebemos, já que nossas mães morreram.

Isso me faz bem,é a única coisa que me faz feliz nesse mundo, são elas,elas são minha vida, são tudo pra mim.

Andei até a sala,logo pegando o rumo das grandes escadas,subi rapidamente virando no extenso corredor que dava para o escritório e mais algumas salas e quartos de hóspedes,virei a esquerda onde tinha o meu quarto que pegava o corredor inteiro,no final encontrei outra escada onde daria para o quarto de Bethany,essa mansão é gigante,subi as escadas e andei mais um pouco até parar em frente a porta do quarto de Thany,abri a porta e observei o quarto que estava com bem pouca iluminação,o que o iluminava era a porta que acabará de abrir,as grandes cortinas escuras cobriam as grandes janelas e portas de blindex que davam para a extensa varanda,o seu quarto é do mesmo tamanho e estilo que o meu,só muda a pintura e forma da decoração.

- Thany acorda,a Agnes tá aí e mandou falar que o almoço está pronto. - Falei enquanto andava pelo quarto até sua cama,ela nem sequer mexeu. - Bethany levanta! - Chamei e pulei em cima dela,ela resmungou um monte de palavrões e virou para o outro lado. - Bethany Evans,levanta logo essa bunda gorda daí,vai tomar um banho porque a Agnes tá aí e você está cheirando a sexo e bebida.  - Falei e ela se levantou em um pulo.

- A Agnes tá aqui? - Perguntou tentando arrumar o cabelo que estava todo  bagunçado,parecia uma juba de leão me fazendo segurar a risada.

- Aham - Confirmei. - E ela está fazendo a comida maravilhosa dela. - Falei e a Thany arregalou os olhos e saiu do quarto correndo quase trombando na parede. Ri com isso e me levantei da cama indo logo atrás.

Quando se trata de Agnes nós duas nem parecemos gangsters,ficamos feliz e mais amorosa perto dela,a única que consegue fazer esse milagre.

Depois de atravessar a mansão inteira correndo junto com a Thany, chegamos na cozinha ofegantes .

- Agnes!! - Thany berrou me fazendo rir com isso.

- Minha menina! - Agnes falou abafado pois estavam se abraçando.

- Você me abandonou. - Bethany falou saindo do abraço e fazendo seu típico drama.

- Que exagero,foram só três dias! - Falou dando um tapa no ar e voltou para a cozinha.

- Mesmo assim! - Thany falou fazendo bico – Cadê o rango? to com fome - Falou afobada. Com certeza o dia vai ser cheio.

                                                           Justin Bieber P.O.V

                                                                                                                                              07:30 AM 

Estava com uma dor de cabeça horrível,essa porra de ressaca.Tive que acordar cedo para encontrar com os outros no galpão principal,precisávamos repassar o plano novamente. Enquanto o Aaron falava e falava, eu só conseguia pensar em como seria bom se eu pudesse dormir o dia todo.

- Porra Justin! Você nem está prestando atenção!  - Saí do transe com o Harry chamando minha atenção,quando percebi todos me encaravam,dei de ombros e ví que Shawn me olhava mortalmente,como se dissesse “Eu falei filho da puta,agora você tá de ressaca e vai estragar tudo”.

- Lógico que eu estou prestando atenção! - Falei bufando e cruzando os braços, senti alguém segurando o meu braço direito,olhei e ví a Hailey,ela sorriu pra mim mas eu não retribui e voltei a olhar para frente,não estava de bom humor hoje.

- Ta bom cara,mas presta atenção porque é coisa séria! - Aaron falou e voltou a explicar o plano.

                                                                   13:30 PM

Já estavam todos em seus lugares,nossos seguranças estavam espalhados por toda parte,a carga vai chegar a qualquer momento,alguém dos Killers vai vim buscá-la,e vamos pegá-los de surpresa.

- Tem um carro preto chegando. - Taylor avisou pela escuta e todos ficamos em alerta,nós estamos escondidos e com bandanas na cara,então eles não iria conseguir nos ver e nem ver nossos rostos.

Logo um caminhão se aproximou, assim que ele parou, um carro preto,que parecia mais uma camionete, apareceu,nele saiu uns cinco homens armados,todos de ternos e óculos escuros,assim que o homem que dirigia o caminhão e mais outro saíram,foram para a parte de trás abrindo a carga.

- Agora! - Shawn avisou,todos nós saímos do esconderijo,estávamos em vinte,contando eu,os meninos e os seguranças,todos com armas apontadas para eles,quando eles perceberam o que estava acontecendo,apontaram a arma pra gente.

- Acho melhor vocês baixarem as armas - Shawn falou debochado,olhei para os idiotas e vi medo em seus olhares,o que me fez sorrir satisfeito. Eles viram que estavam em desvantagem e com isso baixaram as armas,Hailey e Perrie foram amarrar os caras,enquanto eu e os meninos com a ajuda dos seguranças começamos a carregar a carga para os carros que os seguranças acabaram de trazer. Era mais de 1 milhão em cocaína e heroína das boas,isso ia nos dar muito lucro.

Assim que terminamos de deslocar todas as drogas,deixamos uma pequena provocação,não iriamos sair dali sem avisar que eles tinham uma nova gangue para se preocupar,fomos para nossos carros para dar o fora antes que a coisa ficasse feia. 

                                                                             Alyson Evans P.O.V

                                                                                                                            14:30 PM 

Eu e Bethany estamos assistindo um filme de ação,Agnes teve que ir,pois a Whitney,ia pra casa dela pra poder levar a Lindsay.

Whitney é a filha da Agnes,ela deve ter uns vinte e nove anos,a Lindsay é a filha da Whitney tem quatro aninhos,neta da Agnes,elas são bem unidas, são uma família linda.

- Eu to com uma ressaca do caralho - Thany reclamou enquanto pegava um punhado de pipoca,logo o enfiando na boca e derrubando metade no chão.

- E o que você fez ontem heim? - Perguntei com um sorrisinho malicioso,me ajeitei no sofá e fiquei olhando pra ela,que apenas tinha uma expressão de tédio na cara.

- Bebi,dancei,beijei e transei - Falou sem animo,mas eu pelo contrário soltei um gritinho- Me conta tudo!! - Falei animada e ela me olhou com as sobrancelhas arqueadas.

- Você tá parecendo aquelas adolescentes do colegial que vive fofocando - Falou e eu revirei os olhos.

- Fala logo Thany, você sabe que eu sou curiosa! - Falei e ela bufou.

- Dancei com o Cameron,beijei a camila e transei com o Nate. - Resumiu e eu fiquei de boca aberta.

- Como assim você beijou a Camila?? - Perguntei perplexa e ela riu.

- Fizemos aquele bagulho da tequila - Falou e eu concordei ainda processando o fato da minha irmã ter beijado uma garota.

Não que eu seja preconceituosa, longe disso, só fiquei um pouco chocada.

- Você não presta Bethany - Falei rindo e ela deu de ombros.

- Como foi com o Sammy? - Perguntou dando ênfase no “Sammy”.

- Foi bom! - Falei sem dar detalhes por saber onde essa conversa iria chegar.

- Usaram camisinha? - Perguntou com uma das sobrancelhas arqueada e um sorriso de canto.

- Não transamos. - Eu Murmurei e ela suspirou.

- Achei que a noite ia ser boa - Falou comendo mais pipoca.

- E foi,mas não passamos dos beijos.

- Okay senhorita Alyson,só não se apega! - Falou e agora foi minha vez de olha-la com uma das sobrancelhas arqueada.

- E porque diz isso? - Perguntei e ela deu de ombros.

- Porque com o Zayn foi a mesma coisa,mas aí você se apegou,amou,e olha o que aconteceu! - Falou séria.

Ela tinha total razão,Zayn é um dos integrantes da gangue de Frank,os Villains,eu e ele éramos amigos,mas começamos a sentir atração sexual um pelo outro, começamos a nos envolver como quem não quer nada,sem compromisso,assim como Bethany e o Gilinsky,mas acabou que eu me apaixonei,eu falei pra ele e ele disse sentir o mesmo, começamos a namorar,mas uma certa noite peguei ele comendo a Sofia na minha cama,Sofia também era integrante daquela gangue,eu fiquei péssima,era horrível ter que olhar para cara deles depois,eu confiei nele,mas pelo visto eu amava por dois.

Mas agora isso não vai mais acontecer,eu aprendi que homens são todos iguais ,só querem te usar,para te destruir no final, então porque não fazer o mesmo?

                                                                            Bethany Evans P.O.V

Alyson continha um olhar raivoso e magoado,eu tinha tocado no assunto “Zayn”,eu tive que falar sobre isso,só pra lembrar ela que se apaixonar pode não ser a melhor coisa a se acontecer na vida que levamos,claro que nem sempre tem que dar errado ,mas a maioria das vezes sempre saímos machucada.

Meu iPhone começou a tocar,ignorei enquanto comia pipoca,e via o Toretto do filme velozes e furiosos correndo com aquele carro massa dele.

- É melhor você atender - Aly falou enquanto comia um pouco de pipoca,bufei e peguei o celular,praguejando o ser que estava me ligando,vi que se tratava do Chaz.

- O que você quer Chaz? - Falei assim que atendi a ligação.

- Bethany, você e a Alyson tem que vir para o galpão principal agora! - Falou e eu dei um pulo do sofá.

- O que aconteceu? - Perguntei temendo a resposta.

- Vem logo pra cá! - Me ignorou e desligou na minha cara,NA MINHA CARA,se eu não estivesse desesperada eu poderia dar um tiro nesse filha da puta.

O galpão principal só era usado quando temos que bolar algum plano para algum roubo grande ou pra quando algo grave acontece com a nossa facção,coisas leves bolamos na casa do Cam,então nesse caso e pelo desespero que percebi na voz de Chaz e por não termos nenhum plano para bolar,só pode ter acontecido algo grave.

- O que aconteceu? - Alyson perguntou sem se importar enquanto assistia.

- Temos que ir para o galpão agora,vamos! - Falei pegando meu celular,corri para o porta chaves de carros,e peguei a primeira chave que eu vi,corri para a garagem gigante que temos no subsolo,tinha quase todo tipo de carro e moto,destravei um dos carros pela chave e a BMW M6 preta fez um barulho indicando que era ela a dona daquela chave,corri em sua direção e quando ia abrir a porta a Alyson apareceu.

- Espero que realmente seja algo urgente,ele atrapalhou meu filme  - Falou raivosa.

- Entra logo nessa porcaria de carro Alyson, não temos tempo - Mandei entrando no carro e batendo a porta,coloquei a chave na ignição,logo ela entrou no lado de passageiro,sai da vaga e fui em direção do portão gigante,apertei o botão que tinha na chave e ele se abriu,saí dali clicando de novo no botão para o portão se fechar,e quando fechou e arranquei com o carro,passando pelo portão principal,dirigia o mais rápido que pude.

Eu não me preocupo de deixar a mansão aberta, já que lá tem um monte de segurança,e também moramos em um condomínio fechado

Ao chegar na estrada de terra que vai para o galpão,eu fiquei putassa,o carro tava limpinho,agora ia sujar tudo,sorte que não é eu que lavo,todos nossos carros são limpinhos,porque eu tenho os empregados para manter eles brilhando.

Eu estava apreensiva,podia ter acontecido qualquer coisa,a polícia nos descobriu,ou alguém morreu,pode ter acontecido algo com nossas boates.

Eu dirigia focada na estrada, Alyson também estava focada no caminho, já que não falou uma palavra se quer.

Ao avistar o galpão,vi que tinha poucos carros ali,estacionei o meu do lado de uma Amarok prata,desci do carro e praticamente corri para dentro do grande galpão com Alyson atrás,assim que eu entrei na sala,estava apenas a Hailee,o Chaz,o Chris,Liam e Cameron.

- Que porra ta acontecendo? - Perguntei e eles ficaram quietos,o que me deixou com raiva,quando eu ia falar Alyson me interrompeu.

- Responde logo! - Falou alto e o Chaz bufou.

- Os outros ainda não chegaram! - Falou e eu só faltei voar no seu pescoço.

- Foda-se se não chegaram eu quero saber o que ta acontecendo! - Praticamente gritei.

- Calma Thany, já vamos saber o que tá acontecendo! - Cameron tentou me acalmar inutilmente.

Depois de um tempo esperando todos já tinham chegado,nesse tempo eu queria meter a porrada em todos.

- Já que estão todos aqui, você já pode falar o que tá acontecendo! - Falei impaciente,e ví que a Hailee ia começar a falar.

- Vocês sabem que temos inimigos e concorrentes né!? - Nos olhou e assentimos. - Pois um dos nossos concorrentes aprontaram com a gente. - Disse e eu senti que ia explodir,qual o problema dessa porra que não vai direto ao ponto?

- Que porra eles aprontaram? E quem são eles? - Alyson perguntou entredentes, já vi que não é só eu que estava irritada.  

- Os Darks Gods - Falou e eu me vi cega de raiva,eles eram nossa gangue concorrente,minha gangue estava na frente da deles,por possuir mais boates e termos aliados em quase todo lugar do país.

- O que eles fizeram caralho? - Aumentei um pouco o tom de voz fazendo a Hailee engolir seco e ficar apreensiva,como se soubesse que não ficaria nada bem quando falasse o que aconteceu.

- Eles roubaram nossa carga de mais de um milhão em drogas. - Chaz falou indo direto ao ponto,ele se encontrava de braços cruzados e expressão séria.A expressão de cada um mudou de apreensivos para raivosos.Eu não sabia o que falar, só parecia que eu ia explodir a qualquer momento,eu me sentia fervendo de raiva.

- Como eles conseguiram nos roubar? - Perguntei tentando me manter calma.

- Como a porra daqueles seguranças me deixa isso acontecer ?- Gritou Sammy derrubando a cadeira

- Eles Surpreenderam os seguranças que foram buscar a carga,os nossos eram só cinco,o deles eram uns vinte,e estavam todos armados! - O Chris continuou sério.

- ESSAS PORRAS DE SEGURANÇA NÃO SABEM FAZER NADA DIREITO? - Gritei batendo a mão com tudo na mesa,fazendo todos me olharem.

- Essas drogas eram essenciais para as boates e para os traficantes que compram da gente! - A Alyson falou séria batendo o dedo indicador na mesa,enquanto seu outro braço segurava seu tronco.

- Sem essas drogas, além de perdemos bastante dinheiro,vamos perder compradores menores que a gente! - Cameron continuou indignado.

- Esses filhos da puta ferraram com a gente! - Camila falou entredentes. Vi que a Hailee estava inquieta como se tivesse mais coisas para ser dita.

- Desembucha Hailee! - Falei séria olhando em sua direção,ela se encontrava do outro lado da mesa.Assim que me ouviu arregalou os olhos e engoliu em seco.

- Seja lá o que você tem que falar,é melhor falar logo Hailee! - Alyson olhava em sua direção com desdém.

- Eu...é...eles - Ela gaguejava nervosa.

- FALA LOGO PORRA! - Gritei diferindo um soco forte na mesa,causando um barulho alto por conta do impacto.Ela deu um pulo assustada e se encolheu.

- Os Darks Gods com esse roubo, conseguiram vários dos nossos compradores e alguns já não querem mais fazer negócios com a gente- Chris falou no lugar da Hailee,e eu gritei de raiva.

- Como isso aconteceu? - O Nate perguntou com os olhos transbordando raiva.

- Eles tem mais boates e compradores que a gente. - Hailee falou baixinho.

- MAS QUE PORRA!!! DESGRAÇADOS!!! - Gritei dereubando tudo que tinha em cima da mesa,causando um barulho ensurdecedor.

- E agora? - Nate perguntou incorfomado e todos ficaram quietos e pensativos.

- Agora vamos fazer pior! - Alyson falou e eu tentei regular a respiração ofegante,olhei na direção da Alyson,e ela me olhava.

- Vamos acabar com eles,e eu já tenho um plano! - Falei fria e vingativa.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!!
Bjooossss!!!
E não se esqueçam de falar o que acharam!
A Duda Também mandou um beijão!!
Trailer: https://youtu.be/GWEdiRSczjo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...