História Dark Love - Clace - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias As Peças Infernais, Mitologia Grega, Os Artifícios Das Trevas (The Dark Artifices), Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Camille Belcourt, Catarina Loss, Céline Herondale, Church, Clary Fairchild, Emma Carstairs, Hodge Starkweather, Imogen Herondale, Isabelle Lightwood, Jace Herondale, Jem Carstairs, Jocelyn Fairchild, Jonathan Christopher Morgenstern, Julian Blackthorn, Luke Graymark, Madame Dorothea, Magnus Bane, Maia Roberts, Mark Blackthorn, Maryse Lightwood, Max Lightwood, Personagens Originais, Raphael Santiago, Robert Lightwood, Simon Lewis, Stephen Herondale, Tessa Gray, Valentim Morgenstern, Will Herondale
Tags Clace, Ficdark, Malec, Sizzy
Visualizações 87
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


"CALA A BOCA E ME BEIJA"
SOCORROOOO
MLR CENA DO MUNDO INVERTIDO
OPA
VOLTANDO
ÚLTIMO CAP DA MARATONA!
TRISTY, PORÉM SEXTA TEM DE AIWBY
E SÓ VEM TRETAAAAAAAAA
OQ DIZER DESSE CAP?
TÁ AMORXINHEO
BOA LEITURA!!!

Capítulo 9 - Dark Horse


Fanfic / Fanfiction Dark Love - Clace - Capítulo 9 - Dark Horse

No Capítulo Anterior...

-Pronta? –ele perguntou.

-Uhum. –ela assentiu e suspirou.

Jace começou a tocar o instrumental da música, e Clary se impressionou com a facilidade que ele teve de pegar o ritmo, como se ele já conhecesse a música. Então, após o instrumental, ela começou....

Fiquem Agora Com O Capítulo De Hoje...

 

I knew you were

You were gonna come to me

And here you are

But you better choose carefully

‘Cause I, I’m capable of anything

Of anything and everything

 

Make me your Aphrodite

Make me your one and only

But don’t make you enemy, your enemy, your enemy

 

So you wanna play with magic?

Boy, you should know whatcha falling for

Baby, do you dare to do this?

‘Cause I’m coming at ya like a dark horse

Are you ready for, ready for

A perfect storm, perfect storm?

‘Cause once you’re mine, once you’re mine

There’s no going back

 

Mark my words

This love will make you levitate

Like a bird

Like a bird without a cage

But down to earth

If you choose to walk away, don’t walk away

 

It’s in the palm of your hand now, baby

It’s a yes or no, no maybe

So just be sure before you give it up to me

Up to me, give it all to me

 

So you wanna play with magic?

Boy, you should know watcha falling for

Baby, do you dare to do this?

‘Cause I’m coming at ya like a dark horse

Are you ready for, ready for

A perfect storm, perfect storm?

‘Cause once you’re mine, once you’re mine

There’s no going back

 

Oh, oh, oh oh oh ah

Oh, oh oh oh ah

Ah, ah ah

 

So you wanna play with magic?

Boy, you should know what you’re fallin’ for

(you should know)

Baby, do you dare to do this?

“Cause I’m comin’ at you like a dark horse

(like a dark horse)

Are you ready for

Ready for (ready for)

A perfect storm?

Perfect storm (a perfect storm)?

“Cause once you’re mine

Once you’re mine (oh)

There’s no goin’ back…

 

Clary suspirou e a música acabou.

-Você é uma compositora incrível. –Jace destacou com um sorriso sincero.

-Obrigada, Jacezinho! –ela sorriu agradecida.

-Essa música foi bem direta. E bem... Sombria. –ele comentou de cenho franzido, e logo riu. –A sua cara.

-Eu sei, eu sei. –ela riu convencida.

-Foi uma indireta? –ele perguntou tamborilando os dedos no caderno.

-Eu diria que na verdade foi o mais direta possível. –ela deu de ombros.

-Certo. Vamos continuar com o trabalho. –ele pediu pegando a caneta.

-Tudo bem. –ela colocou uma almofada no colo.

-Qual sua comida favorita? –ele perguntou.

-Frango brie ao molho de framboesa. –ela sorri mordendo o lábio inferior.

-Hmm. –ele anotou. –E no que pretende se formar, Clary?

-Ainda não sei, mas estou pensando entre a possibilidade de ser astróloga ou uma especialista em casos científicos anormais. –ela respondeu sinceramente.

-Especialista em casos científicos anormais? –ele franziu o cenho. –Por quê, exatamente?

-Gosto do sobrenatural. –ela sorriu diabólica.

-Falando em sobrenatural, você ainda não me contou o que aconteceu com os lobos. –ele pediu impaciente. –Eles morreram? Por que avançou neles daquele jeito?

-Jace, podemos terminar o trabalho e depois você me interroga como uma criminosa? –ela bufou irritada.

-Claro, me desculpe a curiosidade, é que... –ele parou de repente.

-O quê? Você é uma pessoa muito curiosa?! –ela revirou os olhos ironicamente irritada.

-Não, droga! –ele vociferou e fechou os olhos, ficando nervoso. –Eu estou perguntando porque, caralho Clary, você estava com lobos e voltou pra casa simplesmente encharcada de sangue e cheia de arranhões! Pode não parecer, mas me preocupo com você!

Ela o fitou nos olhos por longos segundos, e logo esboçou um sorriso largo e sincero.

-Agradeço à preocupação, Jace, mas eu já falei. Não foi nada. Eu estou bem. –ela disse acariciando o rosto dele com uma mão.

-Você não quer mesmo me contar, não? –ele riu e segurou a mão dela, entrelaçando os dedos. –Tudo bem. Você está bem. Isso é o que importa.

-Isso, exato. –ela alargou o sorriso e deu um selinho nele. –Vamos, continue com os interrogatórios. Sobre o trabalho, digo.

Ele pareceu acordar de uma realidade alternativa, onde ela o havia beijado. Acabara de perceber que foi real, e sorriu.

-Certo. –ele desviou o olhar para o chão e logo para o caderno. –Quais seus outros gostos musicais?

-Bom... Eu gosto de músicas de suspense. Sabe como é, aquelas como nos filmes de terror.

-Parecem mesmo a sua cara. Sexy e misteriosa. Adoro. –ele sorriu maliciosamente.

-Obrigada, Jacezinho! –ela retribuiu o sorriso.

-Tá, agora a talvez pergunta mais constrangedora. –ele riu e expirou o ar pra fora dos pulmões. –Já gostou de alguém do mesmo sexo?

-Uma menina? –ela fez uma cara hilária de nojo. –Eca, credo, não! Nada contra as meninas que gostam da mesma fruta, mas não, nunca. Como eu disse pra você, eu gosto apenas do órgão masculino. Pê-nis. –ela soletrou e abriu mais um de seus sorrisos maliciosos.

-Hmm... Interessante. –ele retribuiu o sorriso e anotou, claro, decentemente a informação que acabou de ouvir. –Certo, vou parar por aqui. Mais alguma última informação que queira compartilhar?

-Na verdade, tenho sim. –ela se aproximou dele e colou seus rostos. –Eu estou louca pra beijar você de novo. E sentir sua boca maravilhosa... –ela mordeu o lábio inferior.

-Saiba que o desejo é recíproco. –ele disse, sentindo-se excitado pela proximidade.

-É? –ela deixou ambos lábios a milímetros de distância.

Ele assentiu abrindo um sorriso sacana, atacando os lábios dela num beijo quente e lento. Ele puxou a cintura dela, a colocando em seu colo, e desceu as mãos por toda a coluna dela, chegando nos quadris e apertando com possessão. Ela sorriu entre o beijo, retribuindo o beijo com avidez, firmando suas mãos nos fios loiros de Jace, fazendo suas línguas dançarem lenta e sensualmente, até a voz de alguém familiar para Clary os interromper.

-O que diabos está acontecendo aqui?!

 

Continua.....


Notas Finais


REPITAM CMG
SEBASTIAN EM-PA-TA A FODA!
SEBASTIAN EM-PA-TA A CLACE!
OBG POR LEREM AMOREXX!!
SEXTA MARATONA DE AIWBY!
ESPERO MT MT QUE TENHAM GOSTADO!
BJS DE LUZ E ATÉ O PRÓX CAP!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...