1. Spirit Fanfics >
  2. Dark Paradise - Kakasaku >
  3. Capítulo 11

História Dark Paradise - Kakasaku - Capítulo 11


Escrita por:


Capítulo 11 - Capítulo 11


Fanfic / Fanfiction Dark Paradise - Kakasaku - Capítulo 11 - Capítulo 11

Suspirou, jogando a caneta sobre a mesa irritado.

— Muito trabalho? - alguém falou o fazendo se assustar.

— Droga Sasuke! O que você está fazendo aqui? - perguntou Naruto se encostando na cadeira enquanto massageava sua têmpora, sentia que logo sua cabaça iria começar a doer. - Achei que só apareceria na semana que vem...

— Tive um tempo livre. - disse o outro se aproximando da mesa.

— A propósito... - Naruto se lembrou de algo e o procurou entre as pilhas de papéis. - Está feito. Parabéns. - falou cheio de ironia, enquanto lhe mostrava o papel.

Sasuke olhou para o documento e nada falou.

— Será que você não podia ter feito um pouco mais de esforço para não deixar que as coisas chegassem a esse ponto? - perguntou o loiro irritado.

— Diferente de você, eu prefiro não ficar vivendo numa vida de mentiras pra sempre. - Sasuke falou, indicando com a cabeça o porta retrato que estava em cima da mesa.

Naruto olhou para a foto de sua família.

— Eu amo minha família. E amo a Hinata. - ele falou fechando a cara, voltando a se encostar na cadeira.

Sasuke se aproximou e se inclinou, apoiando a mão no braço da cadeira,  ficou com o rosto na mesma altura que o do outro.

— Mas não é o nome dela que você geme quando está gozando.

Viu o loiro espreitar os olhos com raiva, mas logo depois o viu descer os olhos para seus lábios. E ele sorriu com malícia.

— Você não consegue resistir não é? - murmurou antes de ser calado pelos lábios de Naruto, que se juntou aos seus num beijo necessitado.

O loiro se levantou da cadeira e o encostou contra a mesa. Enquanto o beijava, começou a abrir a calça dele de forma desesperada.

— Vai com calma. - Sasuke falou, segurando as mãos dele.

— Eu não tenho tempo. - falou beijando o seu pescoço. - Tem que ser rápido. Depois eu te recompenso... - completou terminando de abrir o zíper.

Sasuke cedeu ao pedido dele e virou de costas, apoiando a mão sobre a mesa.

Naruto colocou a capa dele de lado, e desceu sua calça até o meio da coxa. Escorregou sua mão até o membro de Sasuke e o estímulo, com movimentos de vai e vem,  enquanto se esfregava em sua bunda. Ficando satisfeito quando o ouviu gemer.

Sem poder mais esperar, ele umedeceu seu pau com saliva e começou a penetrar lentamente em Sasuke, que mordeu o lábio, contendo um gemido, enquanto Naruto o masturbava.

Logo ele ja estava por inteiro dentro dele e começou a se movimentar de forma rápida, o segurando com força pelo quadril.

Os dois tentavam conter os gemido, enquanto os corpos se chocavam fazendo barulho.

Não demorou muito para que Naruto se derramasse dentro dele, deixando a pele branca de seu quadril marcada pelo aperto dos seus dedos.

Sem peder tempo ele virou Sasuke de frente e se ajoelhou, colocando seu membro quanse que por inteiro dentro de sua boca, fazendo o outro abafar um gemido.

O chupou com vontade e urgência.

Sasuke segurou a cabeça de Naruto enquanto investia contra sua boca. E se deliciando com a sensação, não conseguiu conter o orgasmo que o atingiu, o fazendo estremecer e se derramar dentro dela.

O Loiro se levantou enquanto limpava, com a língua, o que havia sobrado no canto de sua boca, antes de ser puxado pelo outro, para um beijo demorado.

— Você tem que ir agora... - Naruto sussurrou entre seus lábios.

— Eu sei. - Sasuke falou o soltando e voltando a se vestir.

Naruto voltou a se sentar e ficou assistindo enquanto ele se arrumava.

— Não esqueça que você tem uma filha. - falou irritado antes que o outro desaparecesse através de um portal.

.

Eles desceram da árvore e avançaram para o centro da clareira onde a princesa estava,  mas de repente foram impedidos de avançar, pois foram atingidos por uma chuva de shurikens.

Kakashi conseguiu bloquear uma parte delas com uma Kunai, e Sakura bloqueou o resto, dando um soco no chão e suspendendo um pedaço grande de rocha para os proteger.

— Vocês demoraram. - eles escutaram a princesa falar ao longe.

— Não baixe a guarda. - Kakashi falou ao lado de Sakura - Ela é uma princesa, mas teve treinamento ninja.

Ela fez que sim com a cabeça, ficando alerta.

— Mitsuko, vamos acabar logo com isso. Nós não queremos te machucar. - Kakashi falou, olhando ao redor, precisava manter ela falando, para achar aonde estava escondida. - Tenho certeza que se você conversar com seu pai ele vai te entender.

— Você sabe que ele não vai. Ele nunca vai aceitar... - ela falou e Kakashi fez um sinal com a mão para Sakura, indicando uma árvore mais a frente.

Ela correu até lá e pegou a mulher de surpresa a segurando contra a árvore.

— Peguei você. - Sakura falou sorrindo vitoriosa.

— Será querida? - A mulher perguntou, sumindo numa nuvem de fumaça logo em seguida, deixando um tronco no lugar.

Ela reapareceu atrás de Kakashi e o imobilizou com uma kunai no pescoço.

— Eu sinto muito Kakashi. Mas não posso deixar que vocês me levem de volta. Isso acaba agora. - Falou dando um golpe certeiro no pescoço dele.

O movimento seguinte foi rápido demais para que ela conseguisse ver, no momento seguinte ela já estava no chão imobilizada com as mãos nas costas, sendo seguradas por Kakashi.

— Eu sinto muito. - ele falou quando a viu começar a chorar.

— Ele falou que prefere me ver morta a deixar que eu me case com o Miura... - disse chorando.

— Ele disse isso da boca pra fora. Ele só está em choque com a notícia. Se quisesse te ver morta não teria mandado chamar a melhor médica da atualidade só para te examinar. Além do mais, você não vai resolver nada fugindo.

— Ele tem razão querida. - um homem falou, se aproximando ao lado de Sakura. - Não podemos ir. Você sabe que ele nunca nos deixaria em paz... Temos que ficar e lidar com a situação. - ele se abaixou ao lado dela.

Kakashi a soltou e se afastou enquanto os dois se abraçavam. Ele parou ao lado de Sakura.

— Parece que está tudo resolvido por aqui. - ela falou enquanto olhava o casal abraçado.

— Parece que sim. - ele disse, colocando as mãos no bolso.

.

Com tudo resolvido e a princesa entregue de volta ao pai, Sakura e Kakashi retomaram a sua viagem de volta para Konoha.

Eles fizeram o mesmo trajeto de volta, tendo que levantar acampamento no meio do caminho para a estação, onde pegariam o trem.

A noite já havia caído quando Sakura terminou de fazer o jantar para eles.

Ela se levantou, se espreguiçando e olhou para Kakashi, que estava deitado nos sacos de dormir, que agora estavam lado a lado. Ele estava de olhos fechados e com as mãos atrás da cabeça. Parecia dormir.

Sakura riu e se aproximou devagar. Se abaixou ao seu lado e se inclinou, beijando sua boca sobre o tecido da máscara.

— Hum... - ele murmurou sorrindo, e sem abrir os olhos a puxou para que deitasse junto com ele, ficando de conchinha.

Kakashi a abraçou, puxando para mais perto de seu corpo, enterrando seu rosto dentro dos cabelo dela.

— O jantar ja está pronto. - disse ela sorrindo e acariciando o braço que a segurava pela cintura, de forma possessiva.

— Eu estou com fome de outra coisa... - escutou ele sussurrar em seu ouvido, a fazendo se arrepiar.

Ela prendeu a respiração quando sentiu os lábios quentes dele em seu pescoço.

— Que tal irmos direto para a sobremesa? - perguntou acariciando a pele exposta da barriga dela, a fazendo estremecer.

— Eu suponho que isso não seja uma kunai no seu bolso. - ela falou brindando e escutou uma risada gostosa vindo dele.

— Talvez seja... - disse rindo pressionando sua ereção contra a bunda dela. - Mas se quiser ter certeza eu sugiro que coloque a mão e veja por você mesma. - falou a provocando.

Sem exitar ela levou a mão entre eles e segurou seu membro rígido por cima das roupas.

— É uma bela kunai. - disse o segurando firme e apertando com um pouco mais de força, fazendo ele gemer rouco em seu ouvido.

— Porra... Assim você me deixa louco. - murmurou mordendo seu pescoço. Foi a vez dela gemer.

— Sabe, hoje eu aprendi uma coisa nova lendo seu livro... - ela falou enquanto ele apertava seu seio. -  Na página 122... - completou e riu quanto ele parou de repente.

Ela se virou em seus braços, ficando de frente, e ele a olhou com os olhos cheios de desejo é expectativa.

— Confesso que fiquei bem curiosa. - sussurrou enquanto abria calmamente a calça dele. - É realmente tão bom assim?

— É uma delícia. - Kakashi murmurou mordendo o lábio quando ela agarrou seu pau e o colocou para fora.

— E eu posso experimentar? - perguntou deslizando a ponta de seu dedo pela glande   molhada pelo pré gozo.

Kakashi gemeu baixo, fechando os olhos e murmurou um sim rouco.

Não conseguindo conter sua animação, ela começou a baixar sua calça e cueca dele, se colocando sobre suas pernas.

Ela segurou em seu membro pela base e o admirou por alguns instantes, nunca tinha visto um assim tão de perto... Tá que ela era médica e também tinha sido uma mulher casada. Mas em todas essas situações não havia ficado tão próxima assim, ao ponto de ver as veias que o circundavam, e senti - las pulsar sob o aperto de sua mão.

Estranhamente sentiu a boca salivar, quando viu o líquido pré gozo escorrer pela glande, a convidando a prova - lo.

E ela não recusou esse convite.

Sem pensar muito, deslizou delicadamente a língua pela cabeça, e sentiu Kakashi se contrair sob seu toque, gemendo.

Ela levantou os olhos para ele e o pegou a olhando com desejo. Sorriu se sentindo mais confiante.

Ainda o olhando ela sugou a cabeça, a colocando inteira dentro de sua boca. Viu ele abrir a boca e fechar os olhos, gemendo com uma expressão de prazer, quando o escorregou para dentro de sua boca. Tirando logo em seguida.

Ela repetiu o processo mais algumas vezes antes de parar.

— Estou fazendo certo? - perguntou enquanto o masturbava com a mão.

Kakashi concordo com a cabeça, estremecendo.

— Esta uma delícia. - falou deslizando os dedos por entre os cabelos dela. - Você tem uma boca muito gostosa. - murmurou puxando sua cabeça, para que voltasse a chupá - lo. Dessa vez ele segurou firme em seu cabelo e a conduziu na velocidade que queria.

— Será que consegue coloca - lo por inteiro dentro da boca? - ele perguntou enquanto tirava alguns fios de cabelo que estava no rosto dela.

Ela pensou por alguns instantes, e por fim concordou com a cabeça.

Kakashi assistiu enquanto a boca de Sakura deslizava sobre seu membro, tentando alcançar sua base. Sem conseguir se conter ele impulsionou seu corpo contra ela, segurando sua cabeça, se colocando dentro por inteiro. Saindo em seguida para que ela conseguisse respirar.

Ela tossiu um pouco.

— Te machuquei? - ele perguntou preocupado, e ela fez que não com a cabeça.

— Pode continuar... - ela sussurrou lambendo os lábios.

Ele mordeu seu lábio e levou os dedos para os dela.

— Se você falar assim eu não vou conseguir me conter. - Ele murmurou passando o polegar pelos lábios entreabertos dela. - Acho que você não vai querer que eu perca o controle. - completou colocando o dedo dentro de sua boca.

Sakura chupou o dedo dele, o provocando com a língua.

— Não precisa se segurar comigo. - sussurrou sorrindo, e viu os olhos dele brilharem.

Sem perder tempo ele segurou seu membro e deslizou sua cabeça por seus lábios. Ela colocou a língua para fora tentando alcança - lo, e Kakashi bateu levemente a cabeça de seu pau na língua dela, antes de escorregar pra dentro por inteiro, a pegando de surpresa.

Ela tossiu quando ele saiu, ele voltou a entrar, mas dessa vez deixou que ela fosse até onde conseguia, e a guiou pela cabeça, lhe mostrando o ritmo certo. Só para mais uma vez ir até o fundo e sair para que ela pegasse um pouco de ar.

— Se continuar assim eu gozar... - ele murmurou gemendo, quando ela voltou a chupá - lo só na glande.

— Eu não me importo se... - ela sentiu o rosto corar. - Eu quero saber como é o gosto.

Ele arqueou uma sobrancelha, mas por fim assentiu com a cabeça.

Se ela queria aquilo, ele não iria se negar a dar.

— Abra a boca e tente relaxar. - ele murmurou segurando com as duas mãos sua cabeça, e deslizou para dentro da boca. Começou com os movimentos mais rápidos, indo até o fundo vez ou outra.

Gemeu alto, sentindo que estava quase lá.

— E-Eu vou... - tentou avisar mais não conseguiu. Perdeu totalmente o controle, quando Sakura começou a massagear seus testículos, o estimulando ainda mais. E o orgasmo veio, fazendo seu corpo se contorcer em espasmos, enquanto gemia se derramando dentro da boca dela.

Ele deixou que suas mãos caíssem ao lado de seu corpo, totalmente exausto.

Olhou para Sakura enquanto ela lambia sua glande uma ultima vez, antes de limpar o canto da boca com o dedo.

Nunca em sã consciência imaginou que a veria ali, engolindo seu gozo.

— Hum... o gosto é estranho, mas não é ruim. - ela falou, se deitando ao lado dele.

Kakashi a puxou para seus braços, capturando os lábios dela, num beijo demorado.

— Você é perfeita... - sussurrou, fazendo carinho em seu rosto.

Sakura sorriu, fechando os olhos sob seu toque. Sentindo seu coração se aquecer, a deixando mais leve.

Ele depositou um beijo casto em sua testa.

— Não vou deixar que você escape das minhas mãos...  - falou a abraçando. - Agora você é minha.


Notas Finais


Eita caraca kkkk ♥♥♥ amo!

Queria a Kunai do Kakashi pra mim 🌚😈 kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...