História Dark Past - Capítulo 106


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink, G-Dragon, Got7, HyunA, Lee Sunmi, Lei & Ordem: Unidade de Vítimas Especiais, Mamamoo
Personagens BamBam, Det. Odafin "Fin" Tutuola, G-Dragon, Hwasa, HyunA, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Sunmi, Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Bambam, Drama, Fin, Got7, Gravidez, Hope, Hoseok, Hwasa, Hyuna, Jenkook, Jenmin, Jennie, Jeon, Jeon Jungkook, J-hope, Jimin, Jimin-ah, Jiminie, Jimin-ssi, Jin, Jinsoo, Jisoo, Jungkook, Jungkook-ah, Jungkookie, Jungkook-ssi, Kook, Lee Sunmi, Lisa, Mamamoo, Mark, Melinda, Namjoon, Park Jimin, Romance, Rose, Seokjin, Serial Killer, Sope, Suga, Suícidio, Sunmi, Suspense, Swat, Tae, Taehyung, Taelisa, Vlisa, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 30
Palavras 1.897
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei!! Capítulo especial para o Namjoon

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
🐥🐇

Capítulo 106 - Reflection


Fanfic / Fanfiction Dark Past - Capítulo 106 - Reflection

Eu sei

Cada vida é um filme

Nós temos diferentes estrelas e histórias

Nós temos diferentes noites

E manhãs

Nossos cenários não são chatos

Para mim, esse filme é muito divertido

Eu quero filmar bem todos os dias

Eu quero me dar tapinhas nas costas

Quero me dar tapinhas nas costas

Mas, você sabe, às vezes eu realmente me odeio

Reflection - Namjoon (BTS)



Capítulo 105



Também te amo 


POV Jennie



Era de manhã quando Lily saiu do banheiro com os olhos marejados e assustados, meu corpo estava no chão ferido, eu podia sentir a dor de cada ferimento da noite anterior quando Jay chegou bêbado


Ele tentou ir para cima de Lily porém eu o impedi e pedi a Lily que fosse para o banheiro e trancasse a porta e só saísse de manhã. Ele me bateu e depois me estuprou, e depois me deixou no chão frio. 


Ela se aproximou de mim e pegou um lençol colocando por cima do meu corpo, e eu me arrastei com sua ajuda até o colchão onde eu tentava não chorar em sua frente, eu precisava ser forte ou ao menos fingir. Porém as lágrimas saíram sem permissão e tudo piorou quando ela começou a fazer carinho em meu rosto ferido.




Por que? - Ela perguntou me encarando.

Eu não ia deixar ele destruir sua vida, como fez com a minha - Respondi a vendo ficar surpresa - Sim Lily, ele me estuprou quando eu era criança.. Quer saber quem é ele? Aquele homem um dia foi meu padrasto e hoje é meu pior pesadelo.

Por que não me disse? - Lily perguntou curiosa.

Por que não queria te assustar, e eu não gosto de falar sobre isso - Falei encarando o chão - Estou começando a achar que nunca vou sair daqui, não viva.

Não pense assim - Ela disse me abraçando porém se afastou ao ouvir meu grito de dor - Vamos sair daqui juntas lembra?



A encarei vendo nela algo que eu não tinha.. Esperança, vi o brilho em seus olhos e eu respirei fundo. Sorri de canto antes de esconder meu rosto entre as mãos e voltar a chorar.



Me desculpe.. Eu sou um fracasso - Falei em meio às lágrimas. 

Não chore, é normal perde a esperança mais você não pode desistir - Lily disse segurando minhas mãos.

Meu appa me falava isso - Falei sorrindo de canto enquanto limpava as lágrimas

Meu appa também me diz isso - Ela comentou sorrindo - Ele diz que sou mais forte do que pareço

Eu concordo com ele. - Falei a vendo concorda.

Eu não quero mais ficar aqui - Lily disse respirando fundo.

Vamos sair logo - Falei e vendo concorda.

Vamos juntas neh? - Ela perguntou me fazendo concorda.

Porém se você tiver a chance  e sair daqui eu quero que faça sem pensar em mim - Falei a vendo negar com a cabeça. - Lily me escute, eu preciso que faça isso. Se tivermos a chance de sair você vai, e quando chegar quero que vá até a delegacia e os traga até aqui. Você pode salvar nos duas.

Mas ele pode te bater - Ela disse triste - Não quero que você sofra.

Eu não vou, serei forte e estarei aqui esperando por você - Falei a abraçando.



POV Jungkook



Olhei para o calendário e vi que era dia onze e me lembrei do aniversário do Namjoon, afinal era impossível esquecer já que era apenas alguns dias do meu. Eu queria o comprar um bolo e fazer uma surpresa, porém nenhum de nós estávamos com cabeça para isso. 


O caso em que trabalhamos parece cada dia ficar mais difícil, já se passaram tanto tempo e não achamos nenhuma pista e para piorar Lily havia sumido, deixando mais uma preocupação para nós. Infelizmente não dava mais para ficar escondendo a verdade, Taehyung trabalhava sobre o caso "J" sem ao menos saber que a Jennie está viva, tudo o que ele sabe e que o cretino sequestrou a filha da Jisoo.


Nem mesmo a Rose sabe da irmã e queria manter assim, mas não estava dando certo. Eu encarei a tela do computador mais uma vez e respirei fundo, as delegacias da região responderam nossos e-mails e como imaginamos nenhuma delas viu a Lily, nem mesmo uma garota parecida com ela. 



Suspirei mais uma vez cansado, a vida não é fácil.. Porém eu irei insistir



Momento errado? - Mark perguntou parado na porta 

Não, na verdade acho que preciso de sua ajuda - Falei o vendo se aproximar confuso

Se tem haver com conselhos sugiro que procure o Namjoon - Mark disse me fazendo rir.

Na verdade é sobre o Namjoon que eu queria falar - Expliquei o vendo ficar cada vez mais confuso. - Hoje é aniversário dele e pensei em comprarmos um bolo para ele e o força a sair daqui para quando ele voltar ter uma surpresa na sala dele.

Isso seria ótimo - Ele sorriu fofo - 4 de Setembro

O que? - Perguntei confuso

Foi meu aniversário - Mark respondeu rindo.

Te dou um cupcake de presente - Falei o vendo rir mais ainda enquanto negava.

Vamos nos concentrar na surpresa do Kim - Ele disse me fazendo concorda - Posso comprar o bolo para você.

Eu ouvi bolo? - Hwasa perguntou entrando na sala com Sunmi - Tenho uma ótima audição.

Percebi - Falei rindo. - É aniversário do Namjoon hyung e vamos fazer uma surpresa, é bom que você pode nos ajudar a tirar ele daqui por algumas horas.

Okay - Sunmi concordou.

Já avisei a Fin e ele concordou - Avisei os vendo concorda.

Falta poucas horas para acabar o plantão então vou o tirar daqui, achem um lugar que faça bolo - Hwasa disse saindo.



POV Namjoon



Meu plantão havia acabado e eu não tinha motivos para ir para minha casa, então fiquei sentado em minha poltrona lendo um dos meu livros favoritos enquanto as horas passavam. Ouvi a porta ser aberta e vi Hwasa me encarar, ela vestia uma calça jeans colada, e um moletom largo azul claro



Você está linda - Falei a vendo sorrir 

Lendo livros sobre a natureza que fofo - Hwasa comentou se sentando ao meu lado 

Eu gosto desse tipo de livros - Comentei sorrindo de canto.

Sua biblioteca não te deixa mentir - Ela disse olhando para minhas coleções. - É psicólogo, ama a natureza.. Algo a mais que eu deva saber?

Meu lugar favorito é Ttukseom, gosto da pouco iluminação, as pessoas felizes mesmo que seja pelo quantidade excessiva de álcool, é um bom lugar para se tomar uma cerveja enquanto escuto algumas pessoas cantando - Respondi a vendo se levantar.

Então vamos até o Tukso - Hwasa disse me fazendo rir.

É Ttukseom - A corrigir a vendo rir

Tanto faz - Hwasa disse dando de ombros e me puxando pelo pulso. - Vamos beber uma cerveja e deixo você aqui a tempo de continuar lendo seu livro. E não aceito não como resposta.



Eu não pude dizer nada então apenas guardei o livro e fui arrastado por Hwasa.. Nos sentamos em uma mesa afastada das outros e ficamos conversando de coisas aleatórias como sempre.




Vejo em seus olhos.. - Ela início mudando de assunto -  Sua preocupação. Está começando a perder as esperanças?

Não sei.. Não quero perder as esperanças - Respondi encarando o chão.

Eu não vou deixar você perder a esperança. - Hwasa disse segurando minhas mão e sorriu para mim 

Obrigado - Falei a sorrindo.

Agora quero que você vai lá e cante algo - Hwa pediu me fazendo negar - Vai Joonie por favor

Okay - Cedi aos seus encantos.



Me levantei e fui até o pequeno e simples palco, peguei o microfone e vi o olhar de todos sobre mim.. Aquilo era estranho, sem saber muito o que falar eu apenas comecei a cantar meus sentimentos.



"Mas, você sabe, às vezes eu realmente me odeio

Sinceramente, com muita frequência eu realmente me odeio

Quando eu realmente me odeio, eu venho à Ttukseom

Eu apenas fico aqui, com a familiar escuridão

Com as pessoas que estão rindo, a cerveja que me faz rir

O medo que suavemente retorna e pega a minha mão

Tudo bem, já que todos estão agrupados em dois ou três"



Assim que acabei coloquei o microfone no mesmo lugar e ouvi vários aplausos, vi Hwasa me encarando e fui até ela.



Tudo aquilo que cantou era verdade? - Ela perguntou curiosa 

Não tenho motivos para mentir sobre meus sentimentos - Respondi a vendo ficar em silêncio 

Acho melhor eu te levar de volta para seu livro, já está tarde - Hwasa se colocou de pé e fomos em direção ao seu carro - Por isso gosta daquele local? Por que quando se odeia você vem até aqui?

Sim - Respondi simples. - Eu odeio meus fracassos, odeio o jeito que cometo erros, eu me odeio por não ser bom o suficiente, por ter prometido a Jennie que iria ficar tudo bem 

E vai ficar tudo bem - Hwasa disse segurando em minhas mãos - Não se culpe vamos acha-la logo



Eu a encarei e vi que ela fazia o mesmo, ficamos em um silêncio dentro do carro e senti quando suas mãos tocaram meu rosto em forma de carinho, porém nossos corpos pareciam imã e foram se juntando até que nossos lábios estavam unidos em um beijo calmo porém perfeito



Nos separamos e o silêncio ainda estava presente então ela ligou o carro e dirigiu até a delegacia. O caminho para minha sala parecia ser mais constrangedor ainda, hora ou outra trocamos olhares, porém quando estávamos no elevador eu caminhei de forma calma até sua direção para mais uma vez selar nossos lábios dessa vez em um beijo mais intenso.. 


Minhas mãos foram até sua cintura a puxando para mais perto de mim, sentia suas delicadas mãos em minha nuca puxando meu cabelo… Ouvi a porta ser aberta e nos afastamos e acabamos rindo da situação.



Vamos logo - Hwasa disse me puxando pelo pulso até minha sala 



Abri a porta da minha sala e me surpreendi quandos todos gritaram "Feliz aniversário!".. Eu não tinha reação, realmente foi algo que eu não esperava. 



Meus amigos estavam ali, até mesmo a Lisa com o pequeno Yuta. Todos me abraçaram e até me trouxeram presentes, Hwasa se aproximou e me deu uma pequena e quadrada embalagem e acabei sorrindo quando abri e vi o novo livro de natureza que havia sido lançado.



Eu percebi que era o único que você não tinha então eu comprei - Ela disse sorrindo e me abraçou - Eu te avisei que estava te observando.

Obrigado - Sorri a vendo fazer o mesmo. 

Vamos comer - Jungkook sugeriu e todos concordamos.



Vi Lisa sentada brincando com Yuta e fui até ela. 




Ele cresceu tão rápido - Comentei a vendo me encarar

Sim.. Eu só queria que a Jennie pudesse o ver, tenho certeza que ela iria o bajular tanto - Lisa comentou sorrindo de canto. - Não há um dia que passe, que eu não queira que ela estivesse aqui. Sinto falta dela

Eu também - Admiti respirando fundo.



No final da noite após muitas comidas e bebidas todos nos dirigimos a uma grande mesa com um lindo bolo escrito " Para o melhor amigo" e acabei sorrindo, finalmente depois de tanto tempo eu estava comemorando meu aniversário com outras pessoas, e eu estava feliz.

Como eu costumo dizer, que a minha vida era um reflexo de algo triste e solitário porém agora não mais.


Notas Finais


A música em homenagem ao Namjoom é o seu próprio solo, também foi a música que ele cantou. Vou deixar o link aqui
https://youtu.be/a4iSvS96TAU

Parabéns para nosso querido líder Kim Namjoon💛 muitos anos de vida, saúde, felicidade, amor e amizade.. Que seus sonhos sejam realizados💛

#ParabénsKimNamjoon


Beijo do casal HwaNam

Espero que tenham gostado. Obrigado por ler

Amo vocês🐥🐇


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...