1. Spirit Fanfics >
  2. Dark queen ( Bonkai) >
  3. Flowing river where memories come together

História Dark queen ( Bonkai) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Rosas deixadas ao vento se desmancham mais rápido

Capítulo 6 - Flowing river where memories come together


Fanfic / Fanfiction Dark queen ( Bonkai) - Capítulo 6 - Flowing river where memories come together

Pov: Bonnie 

 

Uma espécie de  gemido é o que eu ouvia além de algo me prender por trás, abrir os olhos vendo o meu  quarto , mas algo jazia fora do lugar ,não precisei de muito tempo pra  perceber  o maldito herege deitado ao meu lado ,com a mão repousada em volta de mim , o balancei fazendo que acordasse logo, mas  nada rolou .

-Então você quer brincar ?. Sussurei levantando seu braço devagar para que não acordasse ,pensei em um balde com água fria ,e ele apareceu flutuando de leve em cima de Kai , sai da cama me afastando ,medi cada um dos meus passos até está a uma distância segura , quando vi que já estava bom , abaixei a mão e a água Junto com o balde caíram em cima dele , fazendo com que acordasse assustado ,respingos caiam manchado os belos lençóis de seda , enquanto ele me olhava sem entender , sorrir saindo do quarto .

O dia sempre começa estressante mas nada do que um bom café resolva , desci as escadas da casa , era um bom lugar para morar mas não iria ficar ali por muito tempo ouvi um barulho forte por trás em seguida sons de passos.

-BONNIE !!!. Que ótimo ele já estava vindo atrás de mim ,  bufei se esse otário não fosse uma esponja de magia teria deixado virar o lanchinho dos Mikaelson. -Bonnie espera aí ...

Deus isso era irritante ,me virei antes que ele se quer se aproximasse, provocando várias aneurismas na sua cabeça oca .

-Então o que  quer ?. Perguntei para um Kai ajoelhado a minha frente gemendo de dor.

-Porque ... Jogou água fria... Ahhh...em mim?.

-Porque achei que precisasse de um belo banho é muito saudável para homens mais velhos vovô. Sorrir insinuando ,Kai ainda conseguiu levantar um pouco a cabeça com o olhar de gelar a alma mas voltou a sentir dor . - é um ser desprezível mesmo ,eu te disse que queria privacidade ,e você como o pedófilo que é, invadiu meus aposentos espero que não tenha feito nada . Aumentei as aneurismas , pensando nessa possibilidade ,se eu encontrasse uma marca que fosse daquele idiota em meu corpo ,seria o fim dele .

Ao vê que estava perdendo o controle , rebati as emoções fazendo que se acalmassem me virei o deixando ,se curar sozinho enquanto eu descia o resto dos degraus .

A ira fazia parte do meu dia a dia os poderes novos ,criavam essa sincronia estranha entre ódio e raiva o resultado nunca era bons mas eu aprovava de qualquer jeito.

Desci até a sala , vendo o espelho retangular perto da lareira me aproximei , encostei minha mão nele ,e poucos segundos depois Aghata e Cristal já apareciam do outro lado o fuso horário na Romênia era muito maior do que na Itália , a paisagem que vi era escura , e o brilho da lua estava presente.

-Alguma novidade ? . Perguntei olhando as duas , elas acenaram de leve mostrando uma garota que tentava sem sucesso sai das correntes de fênix . 

-Essa é sybil uma das sereias que escaparam estamos esperando pelo ritual pra manda-la de volta .concluiu Cristal dando um tapa forte no rosto da garota fazendo ela cuspir sangue, ela arrastou a sereia desacordada para outro lugar , me deixando com Aghatha.

-Soube das notícias Bonnie seu pai não gostou muito de saber que está envolvida com um herege. Suspirei levantando minhas mãos pelas têmporas que doíam só de saber .

-Tá e quem está me vigiando . Cade tinha olhos e ouvidos pelo mundo não me admiraria se ele estivesse aqui Agora.

- Soube de uma ceifadora que trabalha pra ele e ... . Ela parou olhando por trás de mim , revirei os olhos sentindo Kai descer o resto das escadas já curado .

-A não ser que queira que eu arranque sua cabeça preciso de privacidade . Ele saiu pela porta da frente rápido batendo duro.

- Idiota . Sussurei .

-Hãm... Então ele está solteiro ?. Aghata perguntou sorrindo .

-Me ligue se tiver novidades . 

-Bonnie espera.... . Mas quebrei a conexão ,logo sua imagem saiu de desfoque ,  e o espelho voltou ao normal ,  caminhei até a cozinha ,torradas com geleia e café era mais saudável . Preparei tudo e me alimentei como devia , hoje precisava encontrar Nádia Petrova , o feitiço nunca erra ela está em algum lugar daqui ,bem é melhor começar a procurar.

Refiz um feitiço fazendo a mesa farta de café da manhã sumir , voltei a sala , subindo direto as escadas essa roupa já estava avançada precisava trocar por algo mais normal.

Voltei ao quarto onde o balde havia sido atirado contra a parede de frente a cama , uma grande rachadura se formou ali , ah o que eu tinha na cabeça ao trazer um maníaco metido a sociopata comigo.

A cama ainda estava ensopada , não me aproximei para não me irritar mais  , fui até o guarda-roupa alguma coisa tinha que servir , encontrei um vestido de renda branco e uma jaqueta bom e mais embaixo peguei um par de sandálias , ótimo o mais normal possível.

Saí do quarto , e desci as escadas de novo não sei pra onde kai foi e nem quero saber , aliás vai ser bom se ele sumir por aqui pela Itália , torço pra outro cachorro sarnento arrancar as tripas dele .

Sorrir e sai de casa , às ruas eram agitadas aqui ,meu corpo ainda se adaptava ao fuso horário , mas as pessoas eram gentis aquelas aulas de língua viriam a calhar .

Vi um casal andar devagar admirando a paisagem e os parei.

-Com licença preciso de ajuda . Falei em meu italiano impecável o dom de poliglota era pra poucos e me sentia sortuda por tê-lo comigo , eles concordaram sorrindo , dei as características de Nádia aos dois , ela não ficaria muito tempo por aqui sem comida e tenho certeza que já encontrou . 

-Hum ... Vi uma mulher assim agora a pouco ,caminhando com um homem  até foram bem educados conosco . A mulher respondeu alegre ,Franzi o cenho vendo duas marcas de presas ,que ótimo foram compelidos .

- A jovem moça pediu para que ficasse longe ou muita gente ia se machucar . O homem respondeu feliz e juntos seguiram pelo caminho de mãos dadas.

Então ela sabe que estou atrás dela e não está sozinha , quem seria esse homem ?.

                     

                           *****

 

Pov : kai

 

Que droga , ontem só faltou abrir as pernas pra mim e hoje voltou a ser a mesma bonnie de sempre , não acredito que eu caí em seu jogo estúpido ela só estava me seduzindo , ela não terá mais nada de mim ,  caminhei sem ter um rumo só precisava esfriar a cabeça , ou melhor precisava me Alimentar a raiva criava desejos me impulsionando , mas depois que me tornei um herege esse desejo ultrapassou todos os limites , no início toda essa raiva era direcionada ao meu pai e todo seu clã , mas quando conheci bonnie tudo mudou ,a raiva se tornou uma euforia eloquente me sentir como um garoto observando ela de longe .

Ela conseguiu acordar coisas em mim que achei que não existisse , só queria que Bonnie deixasse de ser essa obcessao depressiva que faz comigo , porque ao mesmo tempo que queria odia-la por ter me deixado, também queria abraça-la e não larga-la nunca mais .

Malachai para de pensar besteira , se concentre em alguma presa por perto , e não demorou muito pra encontrar. Em uma mesa de restaurante uma garota solitária esperava o pedido ,ela parecia aborrecida ou chateada.

- Com licença eu estava passando e não pude deixar de olhar o quanto você é linda . Ela se parecia um pouco com Elena mas não era tanto assim, ela sorriu.

-Puxa obrigada é muito difícil encontrar homens educados como você hoje em dia . Puxei uma cadeira e me sentei a mesa onde ela estava .

-A propósito sou Kai Parker e você é ..?

-Me chamo rayna . Ela sorriu eu ia me dar muito bem hoje .

-É um belo nome para alguém tão linda como você. Paquerei ela de forma inofenciva mais tarde seria meu café da manhã.

- Como é galanteador . Ela colocou uma mecha do cabelo atrás da orelha .-Mas eu já sou comprometida . Ela olhou duro pra mim antes de um movimento rápido das mãos arrancar meu anel do sol, mexi um pouco a cadeira para que as finas camadas de sol não ultrapassassem a varanda onde estávamos sentados , não acredito que cai na lábia de uma caçadora , não era preciso um gênio pra saber disso . Até porque vi aquela marca idiota que todos eles tem no antebraço ,quando ela levantou .

-Então você é o garoto prodígio que matou os irmãos e permaneceu exilado por dezoito anos .  Ela brincava com meu anel ,a jóia azul balançava devagar entre seus dedos .

-Não é educado roubar o que não é seu . Respondi Erguendo a mão fazendo um feitiço, e mais uma vez ela foi mais rápida pegando uma faca qualquer da mesa e prendendo minha mão com ela ,abafei um gemido pra que os outros idiotas não notassem.

- Também não é educado se alimentar de pessoas inocentes . Ela retirou a faca bruscamente da minha mão o que fez sangue jorrar pela mesa . - Vou te explicar uma coisa garoto , mulheres são sempre mais fortes , quer o seu brinquedinho de volta ?. Ela colocou o anel a minha frente mais rapidamente jogou para o Rio Chenistia que ficava bem ao lado do restaurante. -Boa sorte procurando sua jóia , e a propósito você é péssimo com cantadas nenhuma garota vai te dar bola . E assim ela deixou o dinheiro sobre a mesa. -E uma última coisa não vai conseguir compelir ninguém , pode se dizer que a Itália é a segunda casa da verbena . Sorriu me mandando um beijo  e saiu ,droga como eu ia sair daqui sem me queimar , eu só teria no máximo meia hora antes que o sol estivesse batendo aqui , o que eu faço ? .

 

                                   *****

 

Pov : Bonnie

 

Andei pelas ruas da adorável Veneza , muitos andavam por aí felizes , eu não poderia desejar isso a mim, já que estava em uma roda viva de dor ,onde não podia confiar em ninguém e tinha que continuar a minha caça .

A única notícia boa é que Cristal e Aghata já pegaram uma sereia agora tenho que pegar o resto. Nádia   não era tão inteligente quanto a mãe , deixando provas por todo lado eu estava na pista certa ,logo logo ela estaria queimando no inferno .

* Bon pode vim até um restaurante perto . Senti a voz de Kai fraca em minha mente.

* Não posso  estou ocupada .

* Por favor eu vou ... Morrer eu não estou brincando . Ele gaguejou sua voz era pior do que um homem bêbado.

* Olha a culpa não é minha se você se meteu em encrenca ,eu já salvei o seu pescoço dos Mikaelson , agora se vira .

* Bonnie por favor ...  . Ele implorou que nem da última vez que eu o esfaqueei na neve ,mas o blooquei da minha mente impedindo que falasse comigo .

Seguir o que identifiquei como a aura de Nádia Petrova , ela estava me levando até um velho armazém , que bela escolha essa , é um ótimo lugar pra morrer. 

As portas rangeram de leve, quando entrei dentro  a atmosfera era fria , quase mórbida claro só podia ser  ,bem ao centro notei sua forma humana não era tão assustadora quanto a outra lá de baixo .

Caminhei devagar até o homem negro segurando a cabeça de Nádia enquanto Katherine chorava ao lado do corpo sem vida.

- Era uma tarefa simples Bonnie , você só tinha que procurar quatro fúrias e a droga da caçadora.ele reclamou jogando a cabeça de Nádia para as sombras devorando os pedaços dela. - Estou desapontado.

-Eu teria feito o trabalho se confiasse mais em mim . Ele suspirou medindo as opções.

- Vou te dar um ano nós primeiros seis meses quero as cabeças de cada uma das fúrias na minha mesa, e o corpo da caçadora como tapete , e nos outros seis meses pode aproveitar esse lugar voltará para o inferno depois. Ele sorriu pra mim mas não pude retribuir já que algo em mim dizia que Cade estava mentindo .- Aliás eu salvaria seu namorado não é aconselhável a um vampiro andar no sol . Ele sorriu antes de ser engolido pelas sombras.

-Ele não é meu namorado . Procurei Katherine pelo armazém mas ela já tinha ido embora , agora teria que ir ao restaurante , fiz o feitiço de teletransporte , apareci as margens de um rio , notei Kai todo encolhido a luz do sol estava próxima a ele precisava ser rápida.

Bem precisava mesmo de um mergulho , me atirei nas águas do rio procurando pelo anel lápis- lazúli , um coral , alguns peixes mas nada do anel tem que está aqui em algum lugar .

-AHHHH. Alguém que não pude vê se atirou contra mim ,me fazendo bater a cabeça , cheguei ao fundo do rio ,onde finalmente vi a droga do anel a alguns centímetros de mim ,mas estava perdendo ar , apertei a jóia na minha mão para não perde-la , e apaguei me entregando a única escuridão  que Cade não podia alcançar.

Senti uma espécie de puxão ,depois meu peito era empurrado com movimentos ordenados e precisos , água subiu até a minha garganta , e finalmente acordei .

Olhei Kai todo molhado assim como de manhã mais dessa vez havia marcas de queimadura na sua pele extremamente pálida , depois de ver que eu tinha acordado , ele colocou o anel entre os dedos .

-Ufa que bom que acordou eu já ia .... . Mas dei um belo tapa nele o que fez se desequilibrar .

-Isso é por se meter em encrencas quer saber Kai, cansei pode ficar morando aqui na Itália pra mim já deu . Me levantei descidida a continuar minha busca sem ele ,mas Kai pegou meus pulsos .

-Você permanece morta por três anos depois volta em um dia como se não tivesse acontecido nada demais. Ele gritou apertando ainda mais meus pulsos . - Eu nunca gostei de você Bonnie pra mim ,é só uma vadia qualquer que logo se descarta. Tentei desferi outro tapa nele mais sua mão me pegou mais rápido.

-E você achar que podia rolar algo entre nós, olhe bem pra sua cara e depois a minha eu não ficaria com você nem que fosse o presidente dos EUA . Gritei no mesmo nível que ele ,um vento forte já soprava , algumas pessoas próximas gritavam falando que era uma tempestade ,mas na verdade era eu , zangada demais com ele.

-É eu achei ,pode me chamar de idiota por ter colocado minha própria vida pra salvar uma mulher metida a santinha. O olhei surpresa. -Quê? Damon ainda se lembra dele , não te contou sobre seu aniversário , que fui eu que te salvei do suicídio.

-Você está mentindo como sempre faz . Ele me empurrou bruscamente perto das margens do rio .

- quer saber agora quem cansou fui eu , boa sorte procurando essas misteriosas fúrias do inferno .  Então ele fez um feitiço e sumiu .

Muito bem já vai tarde não preciso de Kai Parker pra nada , tudo que eu tenho que fazer  é caçar as fúrias nojentas , a caçadora e a última sereia muito fácil. E depois volto lá pra baixo e contínuo sofrendo abusos psicológicos tudo vai terminar bem, sai das margens com a roupa molhada , alguns comentaram pelo fato de mim está encharcada.

Contatei Cristal e Aghata que me ajudaram com os outros preparativos , aquelas fúrias gostavam de almas , que lugar melhor pra encontrar do que numa festa bem grande .

Estava cansada emocionalmente mas considerando o estresse que levei hoje não era pra menos , mas com certeza não tem nada haver com Kai.

 

 

 

 


Notas Finais


Não digo nada😏😏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...