História Dark Side - Capítulo 52


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 44
Palavras 1.321
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Luta, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OIEE :3 No finalzinho da Quarta-feira mas ta aqui <3 Espero que gostem <3

Capítulo 52 - CAP 52- O pai


Rinaly diariamente estudava o livro que Jassie havia falado, enquanto isso na cozinha predominava um clima um pouco incomodo entre o Diretor e Zet.
Diretor- De fato as coisas se tranquilizaram, digo com relação aos assassinatos.
Zet- Diretor, sinceramente, você acha mesmo que o Jassie foi o autor desses assassinatos?
Diretor- Pra falar a verdade, eu não queria pensar isso dele, mas as provas estão todas contra ele.
Liana- Vocês deviam evitar falar disso...
Zain- Verdade, a Rina já ta mal o bastante.
Zafira- Vocês parecem idiotas que não prestam atenção ao redor.- Reclamou entrando depois de Zain no cômodo.
Zet- Mas sério gente, oque vocês acham disso tudo?
Zain- Eu não acho nada...
Liana- Eu acho que a gente deveria mudar de assunto.
Rinaly- Eu acho que você devia sair da frente da geladeira pra eu beber água.
Todos- RINA!!         
Rinaly- Eu?
Diretor- Desde quando você ta ai?!
Rinaly- Tempo suficiente para ouvir a conversa de vocês. Mas relaxem eu não estou mais com raiva.
Liana-Não?
Rinaly- Não, realmente as provas estão contra ele, ai já cabe a cada um acreditar nesse ou não.
Zafira- Rina, eu não acho que tenha sido ele- falou com sinceridade.
Zain- Nem eu, sabe, sempre achei que o Jassie fosse ser aquele assassino de sempre, mas com o tempo de convivência, eu vi que ele realmente mudou, e por você..
Rinaly- Não precisam se explicar, eu realmente não me importo mais. Bom, vou indo dormir, boa noite.
Liana- Espera Rinaly eu vou subir com você.
Zain- Eu também.
Zafira- Boa noite.
Zet- Boa.
Rinaly entrou em seu quarto, despiu-se e foi tomar seu banho. Ao sair, já pronto para dormir, notou a sombra de um homem em sua janela. Estava muito escuro para que pudesse identificar a pessoa, mas foi capaz de ver uma coisa, os olhos dourados, tão brilhantes como o mais puro ouro.
Rinaly- “ Olhos dourados?...” Quem é você?!- Falou encostando-se na porta afastando-se do homem.
Abrakan- Você sabe quem eu sou.
Rinaly- Senhor, se eu perguntei é por que eu não sei.
Abrakan- Huhu Você pe bem corajosa menina. E agora está mais bela que antes.- Aproximou-se dela.
Rinaly rapidamente abriu a porta e correu, porém foi puxada pelos cabelos antes que chegasse na escada.
Rinaly- Ai.. SOCORRO!! SOCORRO!!
Imediatamente as portas do corredor foram abertas revelando Zain, Zet, Zafira e Liana, logo depois o Diretor surge sendo seguido por Hanna e Vivi.
Zain-Solte ela agora.
Liana- Rina!- escondia-se atrás de Zain segurando a manga da camisa dele.
Zet- Quem é você?
Diretor- Hanna, pegue a Vivi e esconda-se.- Falou cautelosamente.
Hanna- Abrakan?- sussurrou em choque.
Abrakan- Olá minha amada.
O homem de cabelos vermelhos como sangue empurrou Rinaly na parede com força que escorregou até o chão e logo direcionou a atenção para as pessoas ao redor.

Zafira- Conhece ele Hanna?- Hanna pareceu despertar.
Hanna- OQUE FAZ AQUI SEU DESGRAÇADO?!- Gritou com a voz chorosa e tremula.
Diretor- Quem é ele?
Hanna- Ele.. é o pai da Victoria.
Vivi- Mamãe..- falou já com os olhos marejados>
Hanna- Vivi! AH.- teve o corpo puxado até o demônio por alguma força sobrenatural.- CORRA VIVI.
Abrakan- Está bem ousada não é?- Lambeu a bochecha dela e a empurrou na parede e a prendeu na mesma com a mesma força que usou para puxa-la.
Assim fez com Rinaly. Diretor, Zain, Zet e Zafira tentaram ataca-lo mas foram presos a parede antes de conseguir alcançar o homem. Liana pegou Vivi no colo e tentou correr mas foi puxada e presa na parede também.
Abrakan foi até vivi e a pegou no colo e direcionou sua atenção para Hanna e os vampiros que tentavam se soltar.
Hanna- SOLTE MINHA FILHA SEU BASTARDO!
Rinaly- Nos solte seu nojento.
Abrakan- Huhu Nossa filha você quis dizer não querida Hanna? A propósito a muito tempo não nos vemos, sentiu minha falta?
Hanna- Sua falta? VOCÊ ACABOU COM MINHA VIDA, ABUSOU DE MIM E ME DEIXOU NO MUNDO FALIDA SEM UM LUGAR PARA MORAR COM UMA CRIANÇA NA BARRIGA!!!! VOCÊ FEZ A MINHA FILHA SOFRER!!!- já chorava desesperadamente.
Abrakan- Se isso foi tão ruim, diga-me por que não a deixou? Por que não a abandonou em uma lixeira assim que nasceu?
Hanna- Não sou um monstro como você.
Abrakan- A meu amor, não custa nada admitir que de mim veio a coisa que você mais ama.- disse acariciando os cabelos da pequena em seu colo.
Hanna- Nojento.. Oque quer aqui?? Por que apareceu novamente depois de anos?
Abrakan- Vim buscar minha filha é claro.
Hanna- NUNCA, Não vou permitir que leve minha filhinha.
Aproveitando-se da distração do demônio, Zain materializou uma lamina nas costas dele e atacou, mas antes de encostar nele a lamina parou. Começou a entortar até que se quebrou em centenas de pedaços. Abrakan prendeu vivi na parede entre Hanna e Rinaly e começou a fazer os pedaços da lâmina quebrada girar ao redor de si.
Abrakan- Você vampiro é, de fato, muito forte para um original do seu nível, suas laminas são muito poderosas, não posso negar que estou surpreso. Mas infelizmente, para você, não é páreo para mim.- Dito isso ele lançou os pedaços da lamina em todo o corpo de Zain.
Liana- ZAIN!!! NÃO POR FAVOR, NÃO O MACHUQUE!
Abrakan- Não se preocupe meu doce.- enxugou as lagrimas de Liana- vocês todos irão morrer.
Diretor- Como você surgiu aqui sem deixar rastros?
Abrakan- A eu deixei, mas vocês não pareceram cogitar a ideia de que fosse um demônio.
Zet- Do que você ta falando?
Abrakan- To falando que você mandaram embora o único que tinha poder suficiente para me deter, graças a meus rastros.- Começou a rir.
Rinaly- Jassie?
Abrakan- Sim, esse é o nome dele, um lvl F poderoso, poderoso como nunca tinha visto antes.
Zafira- Sabia... sabia que não tinha sido ele..
Abrakan- Sabe, a desconfiança gera muitas desvantagens para os Hunters, foi mais fácil do que eu pensei. Sabe vocês vão ter que ser punidos por serem traidores. HAHAHAHA
Zain- Agr... Como vai fazer isso?
Abrakan- Vou começar com minha filhinha querida. Sabem, crianças são inocentes, não pecam em sua maioria, e essa pequena não teve culpa de nada.
Liana- Se ela não tem culpa por que vai puni-la?
Abrakan- Por que você amam ela, será delicioso ver a expressão de vocês enquanto eu a puno por culpa de vocês.- Riu e lançou dois pedaços pequenos da lamina quebrada de Zain, na perna direita e braço esquerdo da pequena que chorou de dor.
Meninas- PARE, POR FAVOR.
Hanna- Pare Abrakan, eu imploro, pare.
Abrakan- Parece que as moças estão sentindo mais do que os rapazes, oque será que eu posso fazer para... Ah já sei.- surgiu diabolicamente e começou a passear as mãos pelas pernas da menina.
Diretor- OQUE PENSA QUE VAI FAZER? TIRE SUAS MÃOS IMUNDAS DELA!!!
Abrakan- Será que ela aguenta? Tão pequena, a mãe dela sabe como é aqui embaixo.- apontou para o zíper de sua calça.
Zain- Desgraçado! Juro que se eu me soltar eu acabo com sua vida.
Zet- É BOM PARAR POR QUE SE EU ME SOLTAR EU VOU TE COMER SEU FILHO DA PUTA. ARHG- Abrakan retirou alguns pedaços da lamina do corpo de Zain e perfurou o rosto de Zet e sua perna.
Abrakan- Silencio, eu vou começar a punição.- falou fingindo indignação.
Voltando a tocar a garota todos se desesperaram, Abrakan retirou vagarosamente a calcinha de Victória, mas logo voou contra a parede quebrando uma boa parte. Todos assustaram-se e direcionaram seus olhares surpresos para o homem que havia deferido o soco no demônio.
Jassie estava com os olhos vermelhos mergulhados em fúria e atrás dele estava Mirandes muito assustada.
Mirandes- Eu ouvi um barulhão lá de casa.    
Abrakan- Oque faz aqui?- levantou-se irritado limpando o filete de sangue que escorria em seu rosto.
Jassie- Vim acabar com a sua raça.
Abrakan- Então vou ter que te destroçar seu inseto maldito.


Notas Finais


E ai gente? a História está acabando, mas lembrando que terá pequenos Oneshot tá? <3 Oque estão achando?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...