1. Spirit Fanfics >
  2. Darkness - Fic Enhypen (Lee Heeseung) >
  3. Chapter IV

História Darkness - Fic Enhypen (Lee Heeseung) - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Chapter IV


Fanfic / Fanfiction Darkness - Fic Enhypen (Lee Heeseung) - Capítulo 4 - Chapter IV

Seguro na mão de meu irmão para descer as infinitas escadas até o salão do baile. Quando adentro o lugar, todos os olhares se voltam para mim e logo em seguida foi possível ouvir palmas ensurdecedoras dos convidados.


– Está lotado! *Fala Benjamin animado*


Começo a andar pelo lugar, converso com todos ali e fico na esperança de que Ethan tenha vindo.


– Princesa Anabel, estás linda. *Fala Anthony, príncipe de Portugal*


– Obrigada alteza, você também está muito charmoso está noite. *Falo e sorrio para o rapaz*


Fico alguns minutos conversando com Anthony até perceber que algumas princesas não paravam de olhar pra entrada do salão, ando para ver do que se tratava e lá encontro Ethan extremamente arrumado, ele estava parecendo um príncipe de verdade e o mais lindo de todos.


– Você veio! *Falo animada*


– Vim, queria ver você princesa.


Assim que ele termina sua frase sinto meu coração acelerar, um sentimento estranho se formou em meu peito.


– Você quer dançar?


– Eu que deveria perguntar isso senhorita. *Fala de uma forma sexy*


– Tudo bem, pergunte então.


– Me concede essa dança alteza?


– Seria uma honra.


Nós dois seguimos até o centro do salão e começamos a dançar, Ethan dançava tão bem que eu podia jurar que estava dançando com um dos príncipes que estavam ali presentes. Todos pararam pra nos observar, não era pra menos, a aniversariante estava dançando com um rapaz misterioso que eles nunca tinham visto, mas que já tinha roubado a atenção por conta de sua beleza exagerada.


– Você dança muito bem.


– Uma amiga me ensinou quando eu era mais novo. *Ele fala simples*


– Ah, entendo.


– Estão todos olhando pra nós Anabel.


– Estão curiosos, quando pararmos de dançar se prepare para responder as perguntas deles.


– Perguntas? *Ele fala confuso*


– "De que reino você é?", "Tem quantos anos?", "Já tem alguma pretendente?".


– É estranho perguntarem se já tenho pretendente, não acha? 


Começo a rir pois ele não havia entendido a minha real intenção.


– Na verdade, sou eu que quero saber se você tem alguma pretendente... *Falo tímida*


– Não Anabel, não tenho nenhuma pretendente. *Fala e da um sorriso*


– Não que eu esteja interessada, foi só uma pergunta mesmo.


– Sei!


Depois que a música terminou meu pai me chamou, então tive que deixar Ethan sozinho por um tempo. Vou até onde o mais velho estava rodeado de alguns reis de países diferentes, entre eles o rei Minhyuk.


– Anabel querida, feliz aniversário. *Fala Minhyuk animado*


– Obrigada majestade.


– Deixe eu lhe apresentar para meu filho Soobin. *Fala puxando um rapaz alto para perto dele*


– É um prazer conhecê-la alteza. *Fala o menino depois de fazer uma reverência*


– Igualmente. *Falo e dou um sorriso*


Soobin era realmente muito bonito, depois de Ethan ele com certeza era o mais bonito do baile.


– Filha, leve o Soobin para conhecer nosso jardim. O Minhyuk disse que ele adora jardins.


Concordo contragosto já que minha vontade era de voltar a dançar com Ethan, mas eu não queria ser mal educada na frente dos amigos do meu pai.


{...}


– Eu lhe comprei um presente, não sei se você vai gostar. Meu pai avisou que estávamos vindo pra Europa um pouco tarde, então não tive tempo de me preparar. *Fala e me entrega uma pulseira cheia de pedrinhas azuis, provavelmente safiras*


– Não precisava se preocupar alteza, mas muito obrigada. É muito linda. 


– Pode me chamar só de Soobin.


– Só se você me chamar só de Anabel.


– Feito! *Fala animado*


– O seu jardim é muito bonito, e tem flores muito bonitas.


– Você gosta de plantas?


– Gosto, mandei construir uma estufa do lado do meu quarto para que eu possa estudar vários tipos de flores.


– Que interessante, eu nunca sei o nome das flores que têm aqui, com excessão dos girassóis porque eu os amo.


– Entendo, tem algum motivo específico pra gostar tanto assim?


– Ao que eu saiba eram as flores favoritas da minha mãe. 


– Ah, então elas tem um significado grande pra você.


– Sim.


Soobin e eu ficamos horas conversando, tanto que me esqueci de Ethan e só fui me lembrar dele quando o baile já havia chegando ao fim e todos os convidados já tinham ido embora.


Ele deve está muito magoado comigo. ~penso.


Cecília me ajuda a tomar um bom banho e por fim a colocar uma camisola pra finalmente eu me deitar. A janela da minha varanda estava aberta então o vento frio estava me incomodando, levanto e vou até a mesma para fechá-la e acabo dando de cara com Ethan parado logo ali.


– Ethan! *Falo assustada*


A primeira coisa que fiz foi passar os braços para cobrir meu corpo, já que a minha roupa de dormir era fina demais.


– Não se preocupe alteza, não vou ficar muito tempo. *Fala e se senta na beirada da minha cama como da última vez*


Me sento na minha cama e puxo o lençol para me cobrir, o garoto apenas me olhava atento.


– É com ele que você vai se casar? *Pergunta sério*


– Como? 


– Aquele rapaz com quem você estava, é seu futuro esposo?


– Bom, é um pretendente.


– Entendo.


– Me desculpe por não ter te dado atenção hoje.


– Não se preocupe alteza, eu entendo que você estava ocupada com algo importante.


– Bom... *Eu ia falar, mas ele me interrompe*


– Eu tenho um presente pra você. *Fala e da um sorriso*


– Ótimo, onde está? *Falo animada*


– Vou te dá amanhã, estarei aqui de noite para buscá-la.


– Onde nós vamos?


– Surpresa.


Ele se levanta e vai até a varanda, antes que ele pudesse sumir como da última vez, o mesmo me encarou profundamente e segundos depois eu já estava dormindo.



Notas Finais


•Desculpem qualquer erro de escrita.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...