1. Spirit Fanfics >
  2. Darling in the Franxx - Jovens e Apaixonados >
  3. One shot: Zorome e Miku

História Darling in the Franxx - Jovens e Apaixonados - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - One shot: Zorome e Miku


ONE SHOT: Zorome X Miku

 

 

Miku: EU NÃO VOU FICAR COM ESSE IDOTA!

Zorome: QUEM TÁ CHAMANDO DE IDIOTA? EU QUE NÃO QUERO FICAR COM UMA GAROTA!

Ichigo: isso não é uma escolha que vcs tem.

Goro: e qual o problema, cada um vai ter sua própria cama, e dependendo nem vão precisar se ver, é só para dormir.

Ikuno: vcs tem sorte, o Futoshi come enquanto dorme, e é bem irritante ouvi-lo murmurar sobre a Kokoro e comida

Futoshi: ;-;

Ichigo: agora parem de discutir e vão logo!

Zorome e Miku se encaram com uma carranca e aceitam: sim...

*no quarto*

M: olha, eu não vou aturar nenhum tipo de barulho enquanto durmo, então se vc ronca dorme lá fora!

Z: ei! Esse quarto é meu também! e os incomodados quê se retirem!

M: grrrrhh! VC É UM METIDINHO DE MERDA!

Z: AH É?! E VC É UMA TSUNDERE SEM CORAÇÃO!

M: QUEM É VC PRA FALAR ISSO!?

Z: VC ME OUVIU, EU ODEIO SER SEU PARECEIRO! (uma onda de culpa o atingiu naquele momento)

M: ... ( lágrima escorre)

Miku então sai do quarto chorando e Zorome depois de perceber o que falou, sentiu-as totalmente arrependido e culpado...

 

Miku sumiu durante a noite toda, todos estavam à sua procura, mas ninguém a encontrou, só Zorome, pois sabia exatamente onde ela estaria, afinal de contas ELE era o parceiro dela.

 

Z: finalmente te encontrei...

M: Cai fora Zorome

Z: olha... eu não quis dizer aquilo, eu só tava irritado

M: me engana que eu gosto-

Z: eu não to mentindo! É sério, na verdade...

M: na verdade...?

Z: EU TE AMO!

 

Gritou em desespero, queria naquele momento demonstrar seus verdadeiros sentimentos pela parceira.

Continuou:

Z: eu te acho a garota mais fofa e atraente de todas do nosso esquadrão, não, na verdade de todos os esquadrões... EU TE AMO MUITO!

 

Antes que ela respondesse gritasse ou qualquer coisa, Zorome beija Miku, com toda paixão e ternura coladas em seus lábios levemente molhados, e o rosto mais vermelho que sangue humano (hehe Easter egg)

 

Miku estava totalmente muda, não conseguia dizer nada, apenas o beijou novamente, em forma de reecontribuição aos sentimentos do menor, ela também o amava, e ele sentiu isso no beijo dela, que foi surpreendentemente mais desesperado do que o dele nela, mas ainda assim ele reecontribuiu o beijo.

 

De repente o beijo se aprofundou, Miku colocou os braços em volta do pescoço de Zorome que coloca as mão na cintura de Miku e depois passa para as coxas, Miku pediu passagem com a língua, subitamente Zorome aceitou e começaram a roçar suas línguas uma na outra, era uma sensação nova para ambos os jovens apaixonados e eles estavam amando e desfrutando daquilo juntos.

A saliva de ambos escorre pelas suas bocas enquanto param para tomar ar

 

M: por que não continuamos isso... lá no quarto?

Z: s-sim!

 

A velocidade de Zorome, fez Miku se assustar, sem ao menos esperar, Zorome joga Miku sobre a cama e fica em cima dela

 

M: Zo-Zorome vá calma!

Z: ...(encara Miku)

Zorome beija Miku, com um desespero e ferocidade que a assustaram, sua língua ocupou toda a boca da maior, que já estava hesitando pelos atos anormais do parceiro.

 Z: o-o que foi? Pensei que quisesse continuar...

M: eu disse, mas pode ir com calma...(suspira) vai logo!

Z: eh?

M: vc sabe do que eu to falando! Tire minha roupa!

(Zorome cora)

Z: m-ma-mas como assim?! v-vc quer fazer isso?! Sério?!

M: do que mais achou do que eu estava falando?

Z: d-de beijar claro! n-não de coisas assim...

M: (suspira) vc realmente é uma criança idiota... vc quer ou não?

Z: é-é claro que eu quero... eu posso?

M: se vc quiser...

 

Zorome começa a abrir o zíper da roupa da maior, e já começa a ver algumas partes de Miku que estava muito corada e suando um pouco, começa a aparecer a parte dos seios cobertos por um sutiã, que o menor tenta retirar, mas tem um pouco de dificuldade

 

M: quer ajuda?

Z: n-não eu cosigo (retira finalmente aquela peça de roupa cuja estava tampando a parte mais desejada por Zorome)

(Zorome encara os seios da parceira, eram maiores que esperava, e com os bicos rosados)

M: dá para parar de encarar seu tarado?!

Z: é sério que vc vai me chamar disso logo agora?!

(Miku cora de vergonha por estar sendo exposta)

M: só para com isso e faz logo o que vc quer faze-

(Miku é cortada por uma sensação de prazer imensa, o menor acaba de lamber o bico do seio esquerdo)

M: nnhnhhh Zo-Zorome s-seu i-idi-idotaaaahhhnnn...

 

Zorome alterna entre lambidas chupadas no seu seio esquerdo, enquanto esfrega e aperta o sei direito, depois faz visse e versa, causando em Miku um enorme prazer.

 

M: Z-Zo-Zorome p-pa-para p-por fa-favor n-nã-não... NÃO!

Z: que foi?! (vergonha estava estampada em sua cara)

M: para de enrolar e vai logo!

Z: vc é muito confusa! não sei se tá gostando ou quer que eu pare!

M: ...

Z: (suspira) tá bom! Eu vou! Então vê se para de gemer tão estranho!

 

Zorome termina de retira toda a vestimenta de Miku, deixando-a apenas de calçinha, cuja também foi retirada, mostrando a ele, a sua parte intima, e onde havia a maior preciosidade de Miku, sua virgindade.

 

Zorome começa beijando levemente as costas das coxas de Miku, que geme em resposta, depois comega a lamber e chupar sua entrada, junto à sua mão estimulando seu clitóris, Miku geme de forma tão manhosa, que Zorome não teve dúvidas de que aquilo a satisfazia.

 

Assim depois, Miku sente a língua de Zorome dentro de si, dá um gritinho em resposta

M: Z-Zo-Zorome a-ai é-é s-su-sujo! p-pa-para! Nnnnnnnhhhhhh (sente um dedo dentro de si)

M: Zo-Zorome o-o que pensa q-que tá f-fa-fazendo?!

*geme* aaaannnhhh PA!-paraaaaahhhhnnn (sente dois dedos)

Z-Zo-Zoromeeeeehhhhnnnn! Aaaahhhhnnnnn (sente três)

(finalmente goza) AAAAAHHHHHNNN-

(seu grito é abafado por um beijo)

 

(Zorome lambe seus dedos encharcados de gozo)

 

Zorome tira sua roupa, mostrando agora a sua parte íntima, que era bem maior do que Miku esperava.

Agora estava na hora... Zorome encostou seu pênis na entrada e esperou a autorização de Miku...

 

M: (suspira) pode ir (diz Miku olhando para o lado e depois olhando arregalada para Zorome enquanto adentrava-a com seu membro)

 

Miku se contorcia de dor, Zorome tentava fazer o mais gentil que conseguia, mas lhe era difícil

 

M: nnnnhhhhaaaaahhhhhhnnnn (Miku soltava algumas lágrimas enquanto se sentia sendo rasgada por dentro)

Zorome por favor... se mexa...

Zorome começou os movimentos de ida e volta, também estava sentindo dor, mas bem menos do que sentia a sua amada.

 

Z: eu vou gozar!

M: eu também!

Os dois gozam ao mesmo tempo.

Exaustos, eles caem num sono profundo...

                                                                                                             

FIM


Notas Finais


o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...