História Daughters of the lines. - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Shawn Mendes
Personagens Camila Cabello, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Beronica, Betty Cooper, Camilacabello, Camren, Daughters Of The Lines, Laurenjauregui, Riverdale, Shamila, Shaw Mendes, Veronica Lodge
Visualizações 61
Palavras 1.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


_____________________

Isso mesmo, dois capítulos novinhos cheios de emoção.

Vocês acharam que não ia compensar vocês pela demora ?

Quem será na porta da nossa queridinha Betty?

Até domingo !

❤️

Capítulo 11 - Cap. 12


Fanfic / Fanfiction Daughters of the lines. - Capítulo 11 - Cap. 12

-Acho que tem alguém nos olhando .

Verônica dizia para Bea enquanto seus corpos se encontravam durante a dança

- Olha Vero, tô tentando te ajudar, mas se ela não tomar uma atitude logo, eu quem vou tomar.

-Como assim?

-Eu sempre gostei de como somos juntas e isso não mudou, você gosta dela mas acho que você merece alguém que não tem medo de pegar na sua mão e te levar pro céu, e eu claramente não tenho, então se ela não se decidir logo, eu não vou me negar a isso é você quem vai decidir em quem deve investir.

-Eu não sei o que dizer, eu também gosto como somos e não quero esperar alguém a minha vida toda.

- Então é isso, ou ela toma uma atitude, ou tomo eu.

-Certo.

As duas continuaram a dançar como se o assunto entre elas não fosse algo de se pensar, quando de repente Verônica sentiu alguém a puxar fazendo a girar os calcanhares e sendo surpreendida por um beijo.

- Eu cansei de negar, de esconder e de fingir que ver vocês duas não me incomoda, Verônica eu quero você, apenas você, como namorada ou como amiga, não importa , mas eu quero ser sua e quero que seja só minha!.

-Finalmente ! Finalmente você tomou uma atitude Betty, já estava sendo difícil te provocar sempre.

Betty olhou para Bea sem nada entender, deu de ombros e voltou a beijar Verônica, dessa vez chamando a atenção e todos presentes as olhando.

Cochichos eram escutados por todos os lados durante uns 3 minutos, depois todos voltaram a dançar e beber como se nada tivesse acontecido ali.

- Você mais que ninguém sabe como eu te quero , Betty.

-Agora você tem, e não me importo com o que vão dizer ou pensar.

Enquanto as duas dançavam e diziam o que esperavam uma da outra, um pouco mais no canto da casa um ruiva as olhavam orgulhoso.

-Eu sei o que você estava fazendo.

-Sabia é ? E o que achou ?

Bea olhava suspeita para Archie

- Genial, Betty só precisava perceber que o medo de perder Verônica era maior que o medo do que os outros poderiam dizer.

- Então você é um Beronica shipper?

- o primeiro eu diria.

- então um brinde a elas.

Eles bateram seus copos, em seguida Archie a puxou para dançar , ambos se sentia que seu trabalho já estava feito.

A festa rolou até de manhã, aos poucos as pessoas iam embora, Archie, Betty, Bea, Cheryl, Tony e Kevin ainda estavam de pé

- “Nos nunca seremos um casal” , aham Bettyzinha, super já acreditava nisso.

- Fica quieta Chery.

Todos disseram ao mesmo tempo.

- Tá bom então, mas sério, vocês demoraram muito pra assumir isso, credo, eu já teria chegado no campus gritando aos ventos.

-Claro, você adora atenção.

-e você é quem ?

-Sou Tony, e te darei quanta atenção precisar.

-Eu gostei disso, vamos conversar mais sobre depois.

- Você não existe Cheryl.

-Claro que existo Kevin ! E sou fabulosa.

-Eu não poderia ter amigos melhores, vocês são demais.

Betty estava sentada no colo de Verônica, Archie estava ao lado de Bea , do outro lado estava Kevin e de frente para Cheryl estava Tony.

Mesmo já sendo manhã a conversa se estendeu durante um bom tempo, em seguida Betty indicou alguns quartos para que pudessem descansar para mais tarde limpar toda bagunça.

Betty e Verônica foram para um quarto, Archie , Bea e Kevin para outro e Cheryl e Tony outro.

-Acho que agora é oficial, somos Beronica.

-Somos o que V?

-Betty Verônica = Beronica, Bea nos chamava assim.

-Calma, eu achei que Bea estava querendo ficar com você.

- Pra ser bem sincera, sim ela queria, mas ela estava mais interessada em me fazer feliz, e ela viu que minha felicidade está em você, então fez um plano.

-Como assim um plano?

- Te causar ciúmes, o que claramente funcionou.

-Eu não fiquei ! – Verônica a olhou – tá só um pouco, mas aquele dia no pops ela me disse algo.

- como o que ?

- Ah, algo que agora já não importa, pois mesmo se fosse verdade ela perdeu a chance, agora você é minha.

-Diz isso de novo!

Betty empurrou Verônica na cama a fazendo cair e apoiar seu corpo com seus braços.

-Agora você é minha!

Em seguida subiu em seu colo colocando uma perna de cada lado, puxou a mesma pela gola da blusa, em seguida passou a mão por sua nuca puxando levemente seu cabelo a fazendo suspirar.

-Você não tem noção de como eu te desejo, e fazer isso só piora minha situação.

- Pioro e ? E se eu fizer isso.

Betty começou a rebolar levemente em seu colo, fazendo o calor entre suas pernas e seus corpos aumentar, colocando a mão em sua cintura Verônica comandava os movimentos da loira, a fazendo ir e voltar apenas aumentando a tensão entre seus corpos.

- Você quer me matar né ?

-Eu já não estou fazendo nada, quem está é você.

-E vou fazer muito mais.

Verônica mudou suas posições deitando Betty, começou a beija-la descendo por seu pescoço , tirou sua camiseta tendo uma visão privilegiada de seus seios apenas cobertos pelo sutiã.

-Você é tão gostosa.

Em seguida continuou beijando seu corpo, descendo pelo vale de seus seios até o topo de sua intimidade coberta pelo short que vestia, ela retornou o caminho de seus beijando deixando várias mordidas para então voltar a beija-la, Betty tirou sua camiseta entre os beijos , o calor entre elas e no quarto era imenso, em segundos ambas estavam só com suas roupas íntimas, as mãos de Betty foram paras as costas de Verônica a arranhando levemente da nuca até o meio de suas costas, as mão direita de Verônica apertava seu seio enquanto a esquerda descia até sua intimidade ainda coberta , Betty gemia com os toques da morena, quando Verônica estava prestes a tirar a calcinha da loira elas escutaram um barulho vindo da parte inferior da casa.

-O que foi isso ?

-Deve ser apenas algum deles de ressaca

Quando iam voltar a se beijar alguém bateu em sua porta.

-Betty ?




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...