História Daughters of the lines. - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Shawn Mendes
Personagens Camila Cabello, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Beronica, Betty Cooper, Camilacabello, Camren, Daughters Of The Lines, Laurenjauregui, Riverdale, Shamila, Shaw Mendes, Veronica Lodge
Visualizações 24
Palavras 684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Cap. 16


Fanfic / Fanfiction Daughters of the lines. - Capítulo 16 - Cap. 16

- Hey.

Betty se assustou ao ouvir Verônica a chamar, estava distraída escutando música sentada no gramado da campus, assim que tirou um dos fones Verônica sentou ao seu lado.

-Hey Baby, como foi seu dia ?

-A melhor parte dele está em te ver agora

-Você é muito gay sabia ?

- totalmente por você.

-Meu deus, tá inspirada hoje.

- Talvez, e o seu dia ?

-Ah, foi normal , nada demais aconteceu, a aula foi chata, os alunos parecendo um bando de babuínos , tudo como sempre é

-O que estava ouvindo?

-Eu preciso muito te mostrar, ontem descobri que minha mãe fazia parte de uma banda, vem ouvir.

~ elas estão ouvindo BO$$ ~

-Nossa B, da muita vontade de dançar, a banda não deu certo ? Porque tinham muito talento.

-Eu não sei direito, pelo que minha mãe me contou ela tinha um caso com uma garota da banda e tinha medo de assumir isso, a garota se cansou e decidiu sair da banda, parece que depois disso meio que desandou.

-Sua mãe namorou uma garota ? Não imaginava, apesar que sua mãe pode ter quem quiser né , a sua beleza tem a quem puxar .

-Eu também fiquei surpresa, minha mãe é fabulosa, olha essa foto dela na banda.

~ foto da capa~

- Nossa, essa garota parece muito com minha mãe quando era mais nova.

-Já pensou ? Seria o máximo

-Seria engraçado, mas é meio improvável, pelo que sei minha mãe morava no Brasil antes de vir pra cá

-Ah, então só é parecida mesmo, quer ouvir outras músicas comigo?

-Claro!

Verônica e Betty ficaram sentadas ouvindo até acabar as músicas do álbum.

-Qual o nome da banda ?

-Parede que era Fifth Harmony, mas não sei muita coisa.

-Posso pesquisar B ?

-Claro, se achar algo me conta, vamos descobrir mais o passado da minha mãe

- A gente podia descobrir mais sobre as integrantes e sei lá, seria legal

-Como se a gente não tivesse atoladas de coisas, mas podemos sim V.

- Olha só, se não é o novo casal do campus!

-Oi Bea !

Verônica falou animada ao ver sua amiga, mas a expressão de Betty era totalmente diferente

-Não tá feliz em me ver Betty ? Será que posso conversar com você a sós ?

-O que você quer ?

- Eu disse a sós Betty.

-Vai lá.

Betty se levantou e se distanciaram de Verônica

-Então ?

Betty perguntou já impaciente

-Primeiro, quero parabenizar você por tomar coragem, segundo, o que eu disse sobre Verônica não era mentira, apesar de eu estar a ajudando causando ciúmes em você , nossa história é real assim como meus sentimentos, porém eu reconheço que a Verônica realmente gosta de você e é a você que ela quer para que a faça feliz, então eu quero te fazer um pedido.

- E qual seria ?

-Cuide muito bem e a faça muito feliz, eu sempre irei apoiar vocês duas enquanto você a estiver fazendo bem, mas se magoar Verônica, juro que vou fazer você se arrepender, nunca vi ela se entregar para alguém como ela está fazendo com você, chega a me dar inveja, ser amada por Verônica e uma dádiva que, aparentemente, apenas você conseguiu.

-Eu não sei muito bem o que dizer, mas garanto que a irei fazer feliz, e vejo que você realmente se importa com ela, acho que começamos errado e que você ,apesar dos sentimentos, e alguém que é boa pra ela tanto quanto eu, então , uma trégua?

-Eu já entrei quando você tomou atitude pra beijar ela na festa fofinha.

Então Bea e Betty sorriram uma para outra, e ambas sabiam que aquilo significava paz, elas foram até Verônica e ficaram um tempo conversando até Bea ir para seu dormitório e Betty e Verônica para os seus .

-Durma bem B.

-Igualmente V, sonhe comigo.

-Como faço todas as noites

- Ae?

-Xiu, não conta para Betty e um segredo.

-Pode deixar, não vou

Elas se despediram selando seus lábios e entraram em seus devidos dormitórios




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...