1. Spirit Fanfics >
  2. Davi Sparth: O Começo da Jornada >
  3. Capítulo 1: Primeiro Passo

História Davi Sparth: O Começo da Jornada - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Entre ( " ) são as falas dos personagens e entre ( ' ) os pensamentos.

Capítulo 1 - Capítulo 1: Primeiro Passo


Uma criança passou correndo pelos becos do distrito comercial, sua túnica preta tornava difícil o seu reconhecimento, ela parou abruptamente em frente de uma casa velha e escondida da sociedade.

"Davi!!" A criança ofegante bateu na porta repetidamente, o medo em seus olhos era uma coisa marcante para uma criança tão jovem.

A porta rangeu, a criança rapidamente entrou na casa e a fechou, um rapaz a olhava com um rosto confuso, por que ela estava tão apressada hoje?

"E-e-el..." O medo no seu olhar aumentou, como se cada segundo que passasse fosse o suficiente para tudo se transforma em nada.

"Se acalme Sasha, venha, sente-se, eu vou pegar um copo d'água" Davi pegou uma cadeira para ela e logo voltou com um copo de madeira.

Sasha bebeu toda a água, suas mãos que estavam tremendo de medo, se estabilizaram levemente...

"Agora que você se acalmou, diga-me o que aconteceu para tamanho nervosismo" Davi tinha um olhar sério, mas preocupado 'Essa não era a primeira vez que isso acontece, ela deve ter roubado de algum comerciante de novo'.

O silêncio durou cerca de 1 minuto, Sasha parecia estar elaborando suas palavras.

Ela respirou fundo e enxugou o suor de suas mãos na túnica.

"Elfa... Eles encontraram uma elfa, e a estão vendendo no centro comercial..."

Davi estava com uma expressão de surpresa no rosto, 'ela não tinha ido roubar desta vez? Eu já estava pensando em uma punição' Ele suspirou de alívio, mas logo entendeu o medo de Sasha, pegou uma espada na parede e foi para a porta com um sorriso no rosto, "Você vem?".

"É... É claro!" A preocupação que ela tinha rapidamente desapareceu, o que substituiu foi um sorriso de confiança.

....Centro Comercial....

A praça hoje estava lotada de pessoas, a maior multidão se encontrava no local de venda de escravos.

"Que estranho, essa é a primeira pessoa da raça elfa que aparece aqui né?"

"Acho que sim, afinal quem gosta de comprar esses malditos elfos são os nobres"

"Mas temos que concordar, elas são realmente boas, hahaha"

"Licença, posso saber o que está acontecendo aqui?" Davi perguntou para os senhores.

"V-você, é um caçador certo? Essa é a insígnia da guilda da região... Mas antes..." O rapaz  mais velho esticou a mão.

"Conte-me tudo que sabe" Davi ficou com um olhar sério e lhe deu uma moeda de bronze.

"Você não irá se arrepender, está vendo aquela mulher seminua na plataforma de venda? Ela é uma elfa, os rumores falam que ela foi encontrada perto da cordilheira que divide os 2 reinos" O homem explicou alegremente.

"Como ela foi encontrada nesta parte da cordilheira? Que eu saiba os elfos não deixam as florestas da vida, muito menos o reino de Elfarys" Davi perguntou enquanto olhava para a elfa.

"Eu não sei se é verdade, jovem, mas dizem que ela se perdeu, e então foi encontrada ferida, mas ela não deve ficar muito tempo aqui... Este local não tem nenhum nobre para adquirir está beleza, afinal, uma elfa como essa em uma cidade grande deve custar 50 pratas, isso é tudo que eu sei" O homem lambeu os lábios e se virou para a multidão.

Neste momento um rapaz subiu no palco, ele estava bem vestido, tinha longos cabelos pretos, com algumas jóias em seus dedos, o rapaz parecia ter cerca de 35 anos.

"Senhoras e senhores, meu nome e Kyle Sanchez, e hoje eu lhes apresento essa beleza da floresta" O homem se aproximou da elfa e mexeu em seus cabelos.

"Essa elfa está em perfeitas condições, seus lindos cabelos dourados remete que ela é uma elfa comum, mas sua beleza ainda assim é impecável, o lance inicial para ter essa elfa em sua casa, é de 20 moedas pratas" Kyle levantou a cabeça da elfa, assim mostrando os seus olhos azuis, naquele momento estavam sem brilho, sua expressão era de quem já estava destinada a morte, e não tinha mais esperanças.

"25" um homem perto do palco anunciou.

"27"

"29"

Os lances estavam aumentando aos poucos, Davi checou seu dinheiro, só para sentir uma profunda amargura, sua economia era de 32 moedas de bronze e 4 de prata.

"35"

"45"  Davi fez o seu primeiro lance.

"50" Um velho na frente deu mais um lance, ele não parecia ter intensão de parar.

"Sasha?" Davi olhou para seu lado, só para descobrir que ela já estava lhe entregando um saco preto, ele sorriu e pegou o saco.

"Ninguém mais? Está elfa com certeza vale um pouco mais, os senhores realmente perderão está chance? Dou-lhe uma, dou-lhe..."

"65" Davi se aproximou do palco onde a elfa estava, ele olhou no fundo dos olhos dela com um olhar de compreensão, aquilo fez a elfa se arrepiar, era como se ele a conhecesse a anos.

"65? Esse rapaz deve estar louco, está elfa não tem uma linhagem nobre... nem sequer é tão bonita" vários sussurros e conversas particulares permearam a multidão.

"65 moedas de prata, alguém dar mais? Senhor? Não? Dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três... Vendido para o jovem de roupa azul" Kyle estava com um enorme sorriso no rosto, ele não pensara que conseguiria tanto dinheiro nesta elfa, o principal motivo era que está região era só uma cidade fronteiriça, e raramente existem pessoas com dinheiro nestes locais.

Davi subiu no palco e começou  a checar as condições da elfa... Abriu sua boca e olhou os seus dentes.

"Parece que realmente fiz uma bela compra, vou ter com que me divertir hoje a noite, senhor Sanchez" Davi entregou o saco preto a Kyle.

"São poucos que entendem o valor de uma boa elfa como senhor, haha" O leiloeiro abriu o saco e logo congelou, não tinha moedas ali dentro, e sim núcleos de feras mágicas.

O Saco preto explodiu, formando uma nuvem de fumaça preta em todo o palco, Davi pegou a elfa pela cintura e pulou na multidão.

"Parem este maldito agora!!!" Kyle gritou para os seus guardas, só para perceber que estavam todos desmaiados 'quando isso aconteceu? Aquele maldito já havia preparado tudo'.

Davi correu para um beco estreito, quando ele entrou, Sasha puxou uma corda e vários escombros caíram impedindo a passagem.

"Você vai ficar bem agora, não se preocupe" Davi falou com um sorriso acolhedor no rosto, enquanto passava por atalhos e becos da cidade.

A elfa estava surpresa, afinal... Nem todos os humanos eram sem coração como o seu pai disse, ela sabia! Eles só tinham que procurar um pouco mais... Aquele sorriso tirou um grande fardo de sua costa, quando Davi a olhou, ela já havia adormecido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...